Risoto de Funghi, Abobrinha e Macadâmia

Postado em Abobrinha, Cogumelo, Dicas, Fácil, Pratos Principais, Vegetarianas - 30 de novembro de 2009

Amo risotos, mas o de funghi em especial é o meu preferido! Sem dúvida nenhuma. Este aí da foto foi feito a 4 mãos, eu e meu faminto (e também muito exigente) namorado. Tinha um funghi seco chileno que comprei no mercado municipal aqui em SP e estava querendo usá-lo em alguma receita especial. Mas numa sexta-feira sem muita inspiração resolvi mesmo que seria um risoto. Algumas abobrinhas baby na geladeira, um finalzinho de macadâmias que amamos petiscar e pronto. Por que não misturar tudo e ver no que dá? Olha pessoal, o risoto ficou mesmo muito gostoso, mas o melhor de tudo foi que em um dia de cansaço eu vi que posso contar com o meu ajudante, que aliás, finalizou o risoto deixando-o muito mais molhadinho que o meu. Homens na cozinha são uma mão na roda, quando estão de bom humor então…uma maravilha. Recomendo que gritem aos seus também quando precisarem.

Cuscuz Caipira de Milho Verde com Frango

Postado em Comfort Food, Comida de Fazenda, Fácil, Frango, No forno, Pratos Principais, Queijo, Receitas Rápidas - 24 de novembro de 2009

Amo comida caipira, comida de fazenda, me recordam do interior, minha casinha de coração, onde passei uma infância e adolescência muito felizes. Uma das minhas comidinhas caipiras preferida é o cuscuz de milho. Pode ser vegetariano, apenas com milho verde, queijos, tomates, ou incluindo alguma carne, no caso usei peito de frango desfiado. E para completar o cenário de recordações, o mini refratário retangular da foto era da minha bisavó materna, Vó Lena. Delícia de receita, e não foge da proposta rápida/fácil. Só não posso dizer que é light, senão não estaria sendo honesta. Mas olha, vale a fugidinha da dieta.

Kibe Assado com Caldinha de Pistaches Caramelizados – Cozinha Árabe 3

Postado em Carnes, Cozinha Árabe, Dicas, Fácil, Molhos, Pratos Principais, Receitas de Família - 17 de novembro de 2009

Como eu já mencionei aqui algumas vezes, sou descendente de libaneses por parte de pai, minha bisavó, D. Marron veio em um navio fugida da guerra do Líbano e desde então passou toda sua cultura culinária para as mulheres da família. Minha mãe me ensinou a fazer este kibe assado, receita simples, sem segredos, mas muito muito saborosa mesmo. Eu apenas incrementei com a caldinha de pistaches, um teste que fiz um dia e acabou dando certo. Não é que combinou? Segue a receita:

Spaghetti ao Alho e Óleo com Brócolis e Lascas de Bacalhau

Postado em Bacalhau, Contos, Curiosidades, Massas e Pizzas, Pratos Principais, Receitas Rápidas - 11 de novembro de 2009

Bom, para quem já é frequentador daqui sabe que eu gosto de pesquisar “a fundo” (leia-se dois ou 3 sites e algum livro) a origem e a história dos alimentos e ingredientes das receitas que preparo, então devo dizer que: o spaghetti é uma das massas mais consumidas no mundo, e segundo a wikipedia, “espaguete ou esparguete é um tipo de massa cilíndrica, compacta, longa e fina. O nome é um aportuguesamento de spaghetti, que em italiano é o diminuitivo de spago, corda. Há vários tipos de espaguete conforme o seu diâmetro (spaghettone, spaghettino, capellini, vermiceli, vermicelloni). Diz-se que cada italiano consome cerca de 30 quilos anuais de massas, enquanto que no Brasil esse consumo é da ordem de apenas 5,7 quilos /ano.”

Polenta Cremosa com Funghi ao Vinho Tinto

Postado em Fácil, Pratos Principais - 24 de setembro de 2009

A polenta é uma velha conhecida de todos, e é um prato que nos remete à infância. A minha mãe sempre fazia polenta em casa e nós nos fartávamos de comer. A base da polenta é a farinha de milho, e esta receita tão amada hoje em muitos países foi criada na Itália, mais especificamente na região Norte do país, e sua receita tradicional leva o molho ao sugo ou à bolonhesa. A textura da polenta pode ser bastante variada, desde bem consistente para ser cortada em quadradinhos, até a consistência cremosa, que atualmente é bastante apreciada pelos chefs de cozinha. A polenta pode ainda ser frita, assada, laminada e depois torrada ao forno, enfim…inúmeras são as combinações para este prato tão eclético. Para quem tiver maior interesse na história da polenta, este link é bem interessante: história da polenta. A receita de hoje é fácil, porém exige uma certa paciência para que atinja a consistência desejada e cozinhe no ponto correto. O molho que eu mais gosto é este de funghi secci ao vinho tinto, mas também ficam ótimos os molhos de tomates frescos e manjericão, bolonhesa, azeitonas pretas (desalgadas) com aliche e brócolis ao alho e óleo. Então vamos à receita, que é perfeita para este dia de frio e chuva, acompanhada de uma boa garrafa de vinho tinto:

Pelo mundo…Thai Food

Postado em Pratos Principais - 17 de agosto de 2009

Hoje vou falar um pouquinho sobre a thai food, ou culinária thailandesa, como preferirem.

A comida thai é famosa por ser riquíssima em especiarias e carregada de pimenta, oferecendo aos seus apreciadores uma infinidade de sabores totalmente diferentes entre si. A base da comida thailandesa é o curry, que possui sabor exótico e é um dos temperos mais antigos do mundo. O pó mágico e característico que conhecemos, que possui sabor picante e adocicado, é uma alquimia de mais de 20 tipos de especiarias, ervas e sementes. Esta composição varia de acordo com a região e país. O curry original é na verdade uma planta (Murraya koenigii (L.) Sprengel). Originária do sul da Ásia, é uma erva aromática, de porte pequeno e folhas verdes brilhantes e fragrância pungente. Pouco comum no Brasil, aos poucos tem sido adotada na culinária ocidental por adicionar um gostinho especial sem ser muito quente. Nos supermercados maiores encontra-se as folhinhas desidratadas que são vendidas em vidros pequenos de marcas especializadas em venda de ervas e especiarias. Uma opção é o curry em pó de marcas importadas que se assemelham muito com o produzido na Índia. Propriedades curativas e rejuvenescedoras do curry já foram constatadas cientificamente, ou seja, curry é delicioso e saudável!