Ceviche de Salmão

Postado em Entradas, Fácil, Light, Peixe, Petiscos - 02 de fevereiro de 2011

Gente, depois da comilança do final do ano, das férias e da época da mudança em que qualquer pedaço de pizza estava valendo, a vida alimentar precisa voltar aos trilhos, e sem diminuir as calorias isso não será possível. Bom, pra mim reduzir calorias não é sacrifício nenhum porque eu amo devorar saladas, legumes, verduras e peixes. Então, já que não há sacrifício hoje eu sugiro um pratinho light que é uma verdadeira esbórnia alimentar de tão delicioso! É o ceviche (pronuncia-se “cebiche”) de salmão, uma receitinha MARA, que é bem leve, cítrica, refrescante e com pouquíssimas calorias. Quer servir como petisco em uma recepção? Ok, sem problemas. Quer servir como entrada de um jantar? Maravilhoso. Quer pegar um garfo, umas torradinhas e se deliciar comendo na frente da tv? É por sua conta. Estão vendo? Além de bonito e saudável este prato é versátil também. O ceviche é um prato tradicional peruano que sempre mistura um peixe marinado em suco de limão a um vegetal ou fruta. Consiste em deixar o peixe cozinhar no suco de limão e depois temperá-lo com os temperinhos mais deliciosos e frescos que você tiver. Não copiei a receita de lugar nenhum, mas me inspirei em várias que ví por aí e fiz uma na minha própria versão, usando o que eu gosto, você pode mudar se quiser. Anota aí:

Iscas de Linguado

Postado em Fácil, Peixe - 13 de janeiro de 2011

Este petisco é um dos mais queridinhos do Brasil, conheço poucas pessoas que não gostam de peixe, mas quem gosta é capaz de comer um pratão dessa isca de linguado, ainda mais se acompanhada de uma cerveja estupidamente gelada. Quem acompanha o blog sabe que eu não sou lá amiga das receitas fritas, que são raras por aqui, mas às vezes eu preciso ceder e sair da minha natural inclinação para a alimentação light quando a minha “mente gordinha” pede, mas ó, não é por qualquer fritura não, não desperdiço caloria com fritura ruim. Fritura boa tem que ser com óleo de boa qualidade (reaproveitar óleo jamais heim gente!) e preparada do jeito certo, se não o que era pra ser apenas calórico torna-se uma verdadeira bomba! Mas então vamos aproveitar que hoje é quinta-feira, o final de semana está aí, e sendo assim porque não programar uma isquinha de peixe para petiscar no #findi?

Restaurantes no Ribeirão da Ilha – Especial Floripa

Postado em Frutos do Mar, Peixe, Viagens - 05 de janeiro de 2011

O Ribeirão da Ilha é um bairro no extremo sul da ilha de Florianópolis que é conhecido por abrigar muitas fazendas de cultivo de ostras e mariscos, que são fornecidas aos restaurantes do Ribeirão da Ilha e para outros lugares do país. As ostras cultivadas aqui em Santa Catarina tem a fama de serem as mais frescas e as de maior qualidade do Brasil. Eu gosto de ostras, e sendo uma apaixonada por comida não poderia deixar de fazer um post a respeito desta iguaria. Todo ano o Ribeirão da Ilha é parada obrigatória para um almoço ou jantar, adoro o lugar.

As estrelas da ceia – Parte III

Postado em Arroz, É Natal, Peixe - 30 de dezembro de 2010

Já mostrei um pouco da decoração da minha ceia de Natal, já mostrei um pouco dos belisquetes e agora chegou a vez de mostrar alguns pratos principais da ceia, aqueles que ficaram sob a minha responsabilidade. Minha avó apenas me pediu para fazer um peixe, e aí eu escolhi o molho, os acompanhamentos e o pedido mais que especial de avó foi devidamente atendido. Ainda tínhamos algumas tortas, carne, massa, saladinha. Tudo simples, mas delicioso.

Salada de Atum Diferente

Postado em Fácil, Light, Peixe, Receitas Rápidas, Saladas - 02 de dezembro de 2010

Eu gosto muito desta salada, acho que todos os ingredientes casam muito bem, faço sempre que tenho vontade de comer uma saladinha de atum. É muito fácil de fazer além de ser super saudável também pois tem tudo o que precisamos em uma refeição. Vale à pena experimentar.

Macarrão com Atum Mega Fácil

Postado em Fácil, Massas e Pizzas, Peixe, Receitas Rápidas - 06 de novembro de 2010

Esta é uma receita tradicional na minha família, praticamente todas as mulheres sabem fazer, até aquelas que não tem intimidade com a cozinha. Mas o motivo é muito justo, trata-se de uma receita muito fácil, super rápida e ao mesmo tempo deliciosa, leve e saudável. O preparo não leva mais que quinze minutos se a água do macarrão já estiver fervendo, já que não é preciso usar uma panela para fazer o molho, ele vai direto misturado na massa, super prático! Uma dica valiosa para um jantarzinho de sábado à noite para poder receber os amigos e ficar mais tempo conversando do que pilotando o fogão.

Linguado com Molho de Amêndoas e Azeite com Batatas Coradas

Postado em Fácil, Peixe, Receitas Rápidas - 25 de outubro de 2010

Pra mim uma das melhores formas de comer um bom peixinho é fazê-lo assim, grelhado e acompanhado de batatas. Aliás, aí está uma dupla que dá muito certo: peixe e batata, ah que coisa boa! A receita de hoje é fácil, saudável e muito rápida de preparar. Se quiser diminuir as calorias troque o arroz branco por uma saladinha ou por arroz integral.

Salmão Marinado no Whisky e Grelhado com Molho de Cogumelos

Postado em Fácil, Light, Peixe, Receitas Rápidas - 13 de outubro de 2010

Gente, daqui a pouco vocês vão começar a dizer por aí que gosto de uma “pinguinha” pois ela sempre aparece nas minhas receitas, mas a verdade é que eu adoro o sabor que o álcool confere a alguns pratos, e fazem toda a diferença na sua receita. Gosto de testar novas combinações para descobrir novos sabores, mas uma das combinações que eu sempre repito é o salmão com whisky. Quem me ensinou a marinar o peixe no whisky e depois assar ou grelhar neste mesmo molho foi um japonês amigo meu que é um cozinheiro de mão cheia, conhecedor de carnes em geral. E desde que aprendi, há alguns anos atrás a receita é sempre sucesso, todo mundo gosta e pergunta o que foi que coloquei no tempero. É uma receita light, que não vai fazer você sair da dieta, coma sem culpa!

Bacalhau aos Dois Alhos e Purê de Mandioquinha

Postado em Bacalhau, Fácil, Peixe, Receitas Rápidas - 23 de setembro de 2010

Posso tentar explicar com os melhores adjetivos possíveis este bacalhau e mesmo assim tenho certeza que não vou conseguir ser fiel à realidade! Desde que aprendi com a minha amiga Dani Oliveira, do blog Cozinha Travessa a congelar o bacalhau já dessalgado, minha vida mudou! Meu marido simplesmente ama bacalhau e poder contar com um bacalhau já dessalgado economiza metade do nosso tempo, já que para tirar o sal do bacalhau leva ao menos 12 horas, trocando a água a cada 2 horas, ou seja: você precisa ter tempo disponível pra isso. Geralmente eu não programo as receitas que quero fazer, simplesmente abro a geladeira, vejo o que tem, penso em algo com os ingredientes que vi ou li em algum lugar, ou ainda, o que estou com vontade de comer naquele dia e pronto. Mas dessa vez, como era um pedido do marido eu me programei. Na noite anterior comecei a pensar em como faria o bacalhau para o jantar da noite seguinte, acabei decidindo por fazer o bacalhau apenas em alho e óleo com manjericão, e acabei me inspirando em uma receita da própria Dani, mas que no fim acabou ficando um pouco diferente em razão de não ter encontrado alguns ingredientes. No dia seguinte de manhã acordei e fui ao supermercado. Lá eu acabei decidindo o que seria o acompanhamento: lindas mandioquinhas orgânicas sorriam pra mim, quase pulando de suas bandejas pra dentro do meu carrinho. Mas elas estavam tão lindas como há tempos não as via, que decidi trazê-las pra casa e fazer um simples purê de mandioquinhas, que ficou demais! Gente, a combinação não poderia ter sido mais perfeita! Além de deliciosa, a receita é rapidíssima de fazer  fica linda!

Linguado à Fiorentina

Postado em Fácil, Molhos, Peixe - 21 de setembro de 2010

Está aqui um prato que quase todo mundo gosta, fácil de agradar quem ama comer peixe. O linguado à fiorentina é nada mais que um filé grelhado de linguado com creme de espinafre e queijo por cima, simples assim, mas que faz toda a diferença. Trata-se de um prato típico italiano, e lá é chamado de Sogliola alla Fiorentina, fiorentina é o termo usado para pratos que tem como acompanhamento o espinafre. Este é um dos meus peixes preferidos! Querem anotar a receita?

Salmão Embrulhado em Presunto de Parma e Salada de Lentilhas com Agrião do Jamie Oliver

Postado em Fácil, Peixe, Saladas - 30 de agosto de 2010

Já fazia um tempo que eu tinha visto esta receita em um episódio do programa de Jamie Oliver (Canal GNT) e foi uma das últimas vezes em que assisti a um programa de receitas em que tivesse gostado de tudo, ou seja, do cardápio todinho. Quem gosta de cozinhar sabe que a gente sempre pensa em trocar uns ingredientes de uma receita por outros, modificar o tempero, as ervas, enfim, acho que é justamente esta a graça de cozinhar, cada um ter a liberdade de fazer suas próprias experiências. Mas isto não quer dizer que não seja delicioso poder reproduzir (quase) fielmente uma receita daquele seu chef preferido, fazer como ele fez, comer exatamente o que ele comeu, é muito interessante isso: pensar que uma mesma receita pode ser reproduzida de forma idêntica em vários lugares do mundo, unindo as pessoas que a provam por uma mesma experiência ainda que nunca tenham se encontrado. Não é muito louco isso?! 
Mas voltando à receita, quando ví Jamie Oliver embrulhando filés bem gordinhos e cor de laranja de salmão em fatias finíssimas de presunto de parma pensei: porque é que eu nunca pensei nisso antes? Por que eu devo esperar mais para fazer este prato perfeito? Não consegui fazer a receita de imediato, e nem na mesma semana, nem na outra….quem cozinha sabe que fazer uma determinada receita também envolve oportunidade e sorte. Sorte de encontrar aquele ingrediente especial que nem sempre tem à disposição, como um bom presunto de parma italiano cortado tão fino quanto uma folha de papel e oportunidade de ter na sua geladeira um maço lindo de agrião hidropônico. Isso acontece com muitas receitas, é como querer comer panetone longe da época de Natal, a oportunidade que temos de encontrá-lo é justamente nesta única época do ano, fora desta época, só contando com a sorte mesmo.
Gente, mas chega de conversa. Fato é que eu fiz esta deliciosa combinação de Jamie e mais uma vez não me arrependi com o resultado, muito pelo contrário, o sabor que o presunto de parma derretido escorre para o peixe é indescritível e a salada de lentilhas não poderia ser o acompanhamento mais perfeito! Nem precisa de arroz para acompanhar. Nosso queridinho nunca decepciona, ele realmente entende do assunto e sabe o que faz. A única coisa que tive que substituir na receita, seguindo orientação do próprio Jamie Oliver, foi trocar espinafre baby por agrião, já que é impossível encontrar espinafre baby por aqui. Pra quem quiser experimentar:

Bacalhau no Forno à minha moda

Postado em Bacalhau, No forno, Peixe - 23 de agosto de 2010

Aqui em casa nós amamos peixe, e um dos pratos preferidos do meu amore é o bacalhau. Costumo fazer à Portuguesa, receita tradicional e muito conhecida por todos, sempre segui à risca a receita da minha avó materna, que é um sucesso na família e presente todos os anos na Páscoa. Mas desta vez eu queria dar uma renovadinha na receita, queria dar uma incrementada nela e em vez de fazer na panela, decidi fazer no forno. É bem semelhante com a receita do bacalhau à portuguesa, mas coloquei muito espinafre (que eu amo) e muito grão-de-bico, que não falta aqui em casa. Pra finalizar, bastante azeite borges. Usei o Azeite de Arbequina desata vez, seguindo o conselho do orientador na degustação de azeites que fui na semana passada. Como o bacalhau é um prato com sabor marcante e muito característico ele me indicou o arbequina porque é um dos azeites mais aromáticos que a Borges tem. Eu já gostava dele e tinha em casa, acabei acatando o conselho e realmente ficou MARA! A única coisinha chata do bacalhau é o seu preço bem salgadinho, mas eu costumo comprar no Mercado Municipal central aqui em Sampa que frequento a cada 15 dias, e lá é um pouco mais barato do que nos outros lugares. Pra quem quiser testar a receita é esta:

Pescada Branca com Pesto Rústico de Ervas e Tomatinhos assados

Postado em Fácil, Light, Peixe - 18 de agosto de 2010

Gente, mantendo a dieta de dia de semana por aqui trago hoje uma receita muito, mas muito fácil de pescada branca com um suave molho pesto de ervas mistas e servido com tomatinhos cereja assados. Olha, apesar de fácil, não duvide do poder desta receita, ela fica muito saborosa e tem um perfume delicioso. A idéia surgiu porque o marido ama peixe, eu amo molho pesto e os tomatinhos estavam pedindo para serem usados de uma forma honrosa…hahahah. Se você quiser servir este peixe em um jantar para família ou amigos em uma ocasião especial tenho certeza que vai fazer bastante sucesso. Ah, um detalhe, sempre que eu faço molho pesto, seja para massas ou outros preparos eu prefiro socar todos os ingredientes dele num pilãozinho (como se fosse fazer caipirinha, manja?), dá um pouco mais de trabalho, mas as ervas desprendem um perfume maravilhoso na comida e as amêndoas ou outro tipo de castanha que você esteja usando tornam-se um delicioso purê. Vocês podem perceber pela foto que as ervas ficam mais inteiras do que quando processa-se os ingredientes do molho pesto, eu acho mais bonito assim, bem rústico. Mas se você prefere a praticidade pode continuar usando o seu bom e velho processador ou liquidificador que também fica bom.

A Ilha Kauai e O melhor kebab de camarão que já experimentei!

Postado em Contos, Frutos do Mar, Peixe, Viagens - 27 de julho de 2010

Estou devendo os posts da viagem pra vocês, eu sei. Já estou escrevendo vários deles com muitas fotos. Vou começar por Kauai. A ilha de Kauai, última ilha ao Norte no arquipélago do Hawaii é simplesmente um encanto. Com belíssimas praias com muita lava vulcânica, baías, santuários, cachoeiras incríveis e cavernas misteriosas na beira da estrada é impossível não ficar rendido à tanta beleza natural.
(Spouting Horn, Kauai)
(Caverna com água, ao norte de Kauai)
(Kilauea Point e Lighthouse, Kauai)
(Eu e marido no santuário de Kilauea Point e Kilauea Lighthouse, em Kauai)
Kauai foi a segunda ilha que visitamos em nossa lua-de-mel, a primeira ilha foi a ilha de Oahu, onde ficam a capital Honolulu e a famosíssima praia de Waikiki. A cultura gastronômica do povo do Hawaii é muito influenciada pela cultura oriental em razão da proximidade e do contato assíduo com aquele povo. Por este motivo são muitos os restaurantes japoneses, chineses e coreanos no Hawaii, além dos thailandeses e vietnamitas. Eu particularmente gosto de experimentar comidas diferentes e principalmente temperos mais exóticos, mas confesso que continuo preferindo nosso velho e abrasileirado sushi e sashimis nacionais. Não é à toa que quem vai ao Japão afirma que os nossos sushis e sashimis são bem mais gostosos, pois já foram elaborados de forma a melhor se adaptarem ao nosso paladar. Mas além da culinária oriental experimentei a culinária típica do Estado do Hawaii, que mescla peixe com abacate e muita pimenta, côco com ervas exóticas e especiarias, arroz japonês com mil e uma combinações e muita, mas muita macadâmia, que por sinal é a melhor e maior macadâmia que eu já comi. São enormes, bem redondas e saborosas. As fazendas de macadâmia são facilmente avistadas por todo o Hawaii e são abertas à visitação. 

Salmão com Mel e Gergelim

Postado em Fácil, No forno, Peixe, Receitas Rápidas - 15 de junho de 2010

Esta receitinha e tudo de bom! Deliciosa, bem rapida de fazer e alem de tudo saudavel. O salmao e um dos peixes que eu mais gosto, pois ele permite muitas receitas diferentes. Desta vez eu fiz com mel e gergelim, pode anotar a receita que e bem facil mesmo.

Bruschettas Light de Atum com Tabasco

Postado em Fácil, Light, Peixe, Pimenta, Receitas Rápidas - 09 de junho de 2010

Oi gente, tudo bem com vocês? Nossa, a vida anda tão corrida, o casamento está chegando e eu estou correndo feito doida para deixar a vida em ordem e poder “sair do ar” para merecidas férias e lua-de-mel. Fiquei dois dias sem postar, coisa que não acontecia comigo há tempos, mas tenho certeza que vocês compreendem. Daqui em diante tenho muitas postagens programadas e os comentários deixarão de ser moderados, mas por tempo determinado. Não vou sumir do blog não, vou tentar entrar com frequência para responder aos comentários de vocês nas postagens, mas as visitas aos blogs amigos infelizmente ficarão suspensas até o meu retorno. Sei que irão compreender e sei também que não irão me abandonar! :)
A receitinha de hoje é deliciosa, muito prática, muito rápida e muito fácil de fazer, usei um queijo minas frescal cremoso que é lançamento da Tirolez. Eles me enviaram dois potes para teste de consumidor e eu obviamente aprovei, é realmente delicioso. Assim que chegar aos supermercados comprem porque vale à pena, é saboroso, cremoso no ponto certo e ainda por cima light! Esta é minha primeira receita com o novo produto, espero que gostem.

Linguado ao Molho de Vinho Tinto e Shiitake

Postado em Cogumelo, Fácil, No forno, Peixe, Pratos Principais, Receitas Rápidas - 17 de maio de 2010

Peixe é um dos pratos preferidos sempre no “consenso de dois”, e para não ficar repetitiva gosto de usar a criatividade para fazer diferentes molhos e acompanhamentos para ele. Como peixe é muito leve mas de sabor marcante não gosto de usar no preparo da receita nada que ofusque o seu sabor original, por este motivo cebola e alho nunca entram no preparo dos meus peixes. E a companhia que acabo escolhendo pra ele é sempre a mais delicada possível, usando legumes, verduras e cogumelos fresquinhos e saborosos no ponto certo. Esta combinação aí de molho de vinho tinto e cogumelo shiitake é maravilhosa para acompanhar peixes, e eu já tinha feito outras vezes, mas é a primeira vez que tive tempo de fotografar para publicá-la aqui. Além de deliciosa e charmosa este peixinho é bem rápido de preparar. Faz e depois me conta se não é divino mesmo!

Badejo em Crosta de Amêndoas e Couscous de Quinoa

Postado em Abobrinha, Cogumelo, Fácil, Light, Peixe, Pratos Principais - 08 de abril de 2010

O badejo é meu peixe predileto para fazer no forno. Ele é bem gordinho, com filés mais altos que tornam o peixe mais tenro, mesmo depois de assados. Não ressecam quando vão ao forno, ainda que fiquem um tempo maior que o normal. Além disso o badejo é um peixe que permite muitas combinações, ele aceita desde o purê de batatas até a pasta de pimenta wassabi (tradicional da culinária japonesa) ou uma simples saladinha. Este aqui eu fiz em homenagem ao love, que ama peixes de todos os tipos. Ele me pediu um peixe levinho (leia-se light) mas ao mesmo tempo diferente. Eu tinha amêndoas do bolo ainda em casa e logo pensei em combiná-las ao peixe, pois já tinha experimentado esta combinação outras vezes e adorei o resultado. Mas precisava de um acompanhamento (que fosse leve….), e ao abrir o armário me lembrei do meu pacotinho de quinoa real, e lembrei também do risotto de quinoa que tinha feito no feriado Carnaval, e que naquela ocasião havia testado e aprovado a quinoa em versão quente. Problema resolvido: fiz um couscous de quinoa com legumes salteados, uma verdadeira delícia e ainda melhor: light!

Do Mar…DIVINO SALMÃO!

Postado em Peixe - 06 de agosto de 2009

Hoje irei postar um dos meus pratos favoritos e um dos que mais preparo em casa. É fácil, rápido, sem segredos, saudável e principalmente delicioso! É o salmão ao forno!
O salmão na verdade já é um peixe saborosíssimo e por este motivo qualquer (ou quase) combinação de temperos e de acompanhamentos faz dele um prato muito especial. Além de possuir DMAE, que é muito benéfico à saúde, e em especial às mulheres por previnir a tão assustadora flacidez da pele, o salmão esbanja proteína — alimento importante para os músculos, que, claro, são fundamentais para quem quer ter firmeza. O peixe também carrega outro nutriente do bem, o ômega 3, ácido graxo que impede a deposição de gorduras maléficas nas artérias e combate os radicais livres, ajudando a manter corpo e rosto jovens. Na receita abaixo, o salmão é acompanhado por emulsão aromatizada de amêndoas doces, mas também pode ser variado com crosta de pasta de missô e whisky, ceboulettes , gergelim, enfim, depende da imaginação. O importante é não pecar no excesso de temperos para que o sabor suave do peixe não seja anulado por uma confusão de aromas e sabores.