Ceviche de Salmão com Maracujá

Postado em Clássicos, Comidinhas, Dicas, Entradas, Frutos do Mar, Light, Peixe, Pimenta, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 06 de julho de 2016

Ceviche de Salmão com Maracujá_Blog Figos & Funghis

Aqui em casa nós amamos ceviche, eu mais ainda porque sou fã mesmo da comida peruana (não é à toa que já estive no Peru por duas vezes com a única missão de comer tudo o que conseguisse kkkk). Então, aí que apesar de estarmos em pleno inverno surgiu um sol gostoso, e dias bonitos me lembram pratos delicados, frescos, coloridos…

 

Vocês sabem que o ceviche é um prato em que o peixe é cozido no caldo do limão né? Então, o diferencial desta receita é que além do limão eu deixo o peixe marinar/cozinhar no maracujá, ambas frutas ácidas e por isso adequadas para este tipo de preparo. Eu gosto do ceviche naquele ponto em que os cubinhos ficam cozidos do lado de fora e crus por dentro, e dá para perceber isso quando o lado de fora fica levemente esbranquiçado e opaco, mas acho ideal porque é tempo suficiente para que o leite de tigre encharque a carne do peixe de sabor.

 

Outro motivo para eu amar ceviche além da delicia que é, é que ele tem pouquíssimas calorias e é perfeito para depois da prática de exercícios, já que é proteína pura. Como eu faço um baita esforço para me manter em uma alimentação bacaninha durante os dias da semana o ceviche acaba sendo figurinha fácil por aqui. Como faço bastante, para dar uma diversificada às vezes eu coloco cubos de avocado (aquele tipo de abacate menorzinho, sabe?), em outras coloco manga, e assim sempre sai um ceviche diferentão. Por isso mesmo é que já publiquei algumas versões diferentes de ceviche aqui no blog. Olivia também já aprendeu com os pais e adora ceviche, come até a cebola crua e não reclama…kkkk. Aprendi que paladar de criança é assim, precisa de treinamento para se acostumar a comer de tudo.

 

CEVICHE DE SALMÃO COM MARACUJÁ

(para 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 400g de lombo de salmão fresco sem pele e sem espinhas
  • suco de 1 limão tahiti
  • polpa de 1 maracujá
  • 1 cebola roxa fatiada em meia lua
  • 1 pimenta dedo-de-moça sem sementes e bem picada
  • 2 colheres (sopa) de coentro fresco picado
  • sal a gosto
  • 6 pedras de gelo

 

Modo de Preparo: Deixe a cebola de molho em água fria por 10 minutos. Corte o peixe em cubos médios, nem muito grandes nem muito pequenos, do tamanho de um bocado. Coloque-os em uma tigela e cubra com o suco de limão, a polpa de maracujá e um pouco de sal. Junte os cubos de gelo e mexa com uma colher por alguns minutos, depois cubra e leve à geladeira por 15 minutos. Escorra a cebola e reserve. Tire o peixe temperado da geladeira, retire os cubos de gelo de dentro e junte a cebola, a pimenta e o coentro. Adicione mais sal se achar necessário. Sirva em seguida.

 

Dica esperta: Os cubos de gelo servem para manter o peixe bem fresco e gelado, além de acelerar o cozimento a frio. Aprendi este truquezinho lá no Peru, com um expert em ceviche de rua, os melhores que se pode achar por lá!

Não sei vocês, mas eu sou muito feliz com um bowlzinho de ceviche na mão :)

 

Beijo!

 

 

Peixe Assado em Crosta Crocante e Spaghetti de Vegetais

Postado em Abobrinha, Acompanhamentos, Comidinhas da Oli, Cozinhando para os Pequenos, Dicas, Fácil, Light, No forno, Peixe, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 04 de abril de 2016

Peixe Assado Crocante com spaghetti vegano_F&F

Tenho o hábito de preparar bastante peixe em casa, pois todos nós amamos e é uma proteína rica em vitaminas, além de ser uma escolha leve e saudável. O peixe é muito versátil, e pode ser preparado de infinitas maneiras diferentes: assado, ensopado, frito, gratinado, cru. São mesmo muitas possibilidades, mas uma das minhas formas prediletas é preparar o peixe assado. Gosto muito da textura do peixe assado, fica macio, suculento e suave. Desta vez resolvi fazer uma crosta de pão temperada com algumas ervas, azeite e sal e colocar uma camada grossa sobre o peixe, para que ficasse bem crocante quando ficasse pronto. A ideia era servi-lo com um acompanhamento delicioso e super neutro: Spaghetti de Legumes!

 

Outro dia nos meus passeios pela internet eu encontrei um utensílio de cozinha que se parece com aqueles descascadores baratinhos, sabem? Mas além de descascar ele tem um plus: faz perfeitas tirinhas de vegetais que ficam idênticas as spaghetti! Óbvio que comprei para testar (me custou apenas R$ 9,90), e quando chegou não botei muita fé no resultado, estava achando tudo muito simples. Quando passei a lâmina pela abobrinha eis a minha surpresa: fios caíam prontos sobre a tábua, como se fosse mágica! Eu já tinha feito spaghetti de legumes outras vezes (tem inclusive algumas receitas aqui), e talharim também, mas fazia na raça, depois de laminar na mandolina ou com o descascador de legumes eu mesma cortava as tirinhas. Mas este aparentemente inofensivo apetrecho faz o trabalho duplo com um único movimento. Genial!

 

Já falei pra vocês que a Olivia ama comer saudável né? Tenho certeza que esta preferência dela por comida natural vem da educação que damos e principalmente do exemplo que ela tem em casa. Durante a gestação eu e meu marido mudamos muitas coisas na nossa vida alimentar, e hoje eu vejo que foi a melhor escolha que fizemos para a vida da nossa família. Nossos filhos são o espelho do que vêem em nós, pais e mães. Bom, mas tô falando isso porque lá no Instagram do blog (@figosefunghis) vocês vão poder ver um videozinho da Oli (de algumas semanas atrás, role a tela para procurar) comendo esse Spaghetti de legumes que fiz pra nós usando palmito pupunha natural e abobrinhas italianas bem novinhas.

 

<<< DICA PRECIOSA>>>Procure no hortifruti e você vai achar abobrinhas pequenas. Elas são fundamentais para fazer spaghetti porque ainda não tem muitas sementes e por isso não soltam muita água durante o cozimento, o que garante uma textura incrível depois de prontas! Ah, as abobrinhas pequenas também são perfeitas para fazer esta receita de LASANHA DE ABOBRINHA SEM GLÚTEN que eu publiquei AQUI.

 

RECEITA DE PEIXE EM CROSTA CROCANTE COM SPAGHETTI DE VEGETAIS

(serve 4 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 4 filés altos de peixe (usei robalo, mas pode ser qualquer filé gorduchinho que você encontre)
  • 1 xícara (chá) de pão amanhecido ralado grosso
  • 2 colheres (sopa) de azeite extra virgem
  • 1 colher (sopa) de tempero seco para peixes (há várias marcas naturais hoje no mercado)
  • pimenta e sal a gosto

Para o Spaghetti de Vegetais:

  • 3 abobrinhas italianas pequenas bem lavadas e sem as extremidades
  • 200g de palmito pupunha cortado em fios (ou compre o tolete, abra e faça os fios)
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 2 dentes de alho triturados
  • 2 colheres (sopa) de água
  • sal a gosto

 

Modo de Preparo: Preaqueça o forno a 190º. Unte uma travessa refratária com um fio de azeite e ajeite os filé de peixe lado a lado. Em uma tigela pequena misture bem o pão amanhecido ralado, o azeite, os temperos para peixe, a pimenta e o sal. Cubra cada um dos filés com uma boa porção da farofa de pão amanhecido, pressionando com as pontas dos dedos para formar uma camada firme. Leve ao forno por 20 minutos, ou até que a superfície esteja com uma cor levemente dourada. Enquanto o peixe assa prepare os fios de abobrinha usando um apetrecho como o descrito acima, ou faça lâminas com um descascador de legumes e depois empilhe-as, para em seguida cortar fazendo os fios. Misture os fios de abobrinha com os fios de pupunha e reserve. Aqueça o azeite e doure o alho, em seguida junte os fios de abobrinha e de pupunha, regue com a água e cozinhe em fogo muito baixo até que estejam al dente. Você também pode cozinhar no vapor se preferir, e regar com o azeite de alho depois. Sirva o spaghetti de vegetais com o peixe assado em crosta crocante. Bom demais!

Peixe assado crocante com spaghetti vegano2_F&F

 

E aí, gostaram?

Bom Apetite!

 

Bacalhau na Broa

Postado em Bacalhau, Comfort Food, No forno, Peixe, Pratos Principais - 16 de março de 2016

Bacalhau na Broa_blog Figos e Funghis

Quando estive em Portugal em Novembro provei pela primeira vez a famosa receita portuguesa de Bacalhau na Broa, e fiquei tão apaixonada pelo prato que fiz o que sempre faço quando gosto de algo que como fora de casa. Passei a tentar decifrar a receita toda, degustando lentamente cada garfada e tentando identificar os ingredientes. Aproveitei para postar a foto do prato que estava provando lá no meu perfil Instagram (@figosefunghis) e alguns leitores me pediram a receita. Bem, a receita eu não tinha, mas eu também queria muito descobrir. Até que esses dias eu decidi fazer o teste. A broa é um pão de milho, e geralmente seu formato é bem semelhante ao do pão italiano, mas é super difícil de encontrar broa de milho redondinha por aqui e de casca dura, como as que eles servem por lá, a não ser que você conheça uma padoca amiga do peito que faça por encomenda. Como este não é meu caso (ah, que saudade do interior nessas horas) eu acabei usando um pão italiano mini para fazer o meu “bacalhau na (não) broa” hahahaha.

 

A receita que provei tinha batatas amassadas em meio à lascas de bacalhau, creme de leite fresco e um pouco de espinafre, vinha dentro da broa e com uma crosta crocante feita com a mesma, esfarelada. O tempero era muito equilibrado e totalmente delicioso, inesquecível de fato (como quase tudo o que comi em Portugal). Mas a minha versão eu fiz com batata-doce em cubinhos (questão de preferência mesmo) em vez de batatas inglesas amassadas em meio ao creme. Também coloquei bastante espinafre picado e como já expliquei antes, a broa foi substituída pelo pão italiano. Mas o espírito da receita é este, combinado?!

 

Olha, #pelamor , só digo uma coisa: faça, faça, faça! Que receita deliciosa, cremosinha, reconfortante e ainda por cima com uma apresentação linda e fofa! Como resistir?!

 

BACALHAU NA BROA

(Serve 4 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 500g de bacalhau em lascas, dessalgado
  • 1 batata doce grande, descascada e cortada em cubos pequenos
  • 1 xícara (chá) de folhas de espinafre lavadas e picadas
  • 1 de xícara (chá) de creme de leite fresco
  • 1/3 de xícara (chá) de leite
  • 2 folhas de louro
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 cebola pequena bem picada
  • 1 dente de alho espremido
  • pimenta-do-reino e sal a gosto
  • 4 mini pães de casca dura e redondos (pão italiano ou broa de milho, por exemplo)

 

Modo de Preparo: recorte uma “tampa” na parte superior dos pães, retire uma boa parte do miolo tomando cuidado para não rasgar ou perfurar a casca e reserve. Pegue um pouco do miolo, esfarele e coloque em uma tigela. Regue com um fio de azeite e misture bem, em seguida reserve para finalizar o prato. Leve os cubos de batata-doce para cozinhar em água fervente com sal até que fiquem bem macias. Escorra e reserve. Aqueça o azeite e a manteiga e refogue a cebola com o alho e as folhas de louro juntos, sem deixar dourar. Junte as lascas de bacalhau já dessalgadas e refogue por alguns minutos. Adicione o leite, o creme de leite, a pimenta e o sal. Tampe a panela e deixe cozinhar em fogo médio, até o creme ferver. Junte os cubos de batata-doce bem cozidos, o espinafre picado e deixe cozinhar por mais 5 minutos, mexendo algumas vezes e cuidando para o creme não secar.  Desligue, deixe esfriar um pouco e recheie os pães cujos miolos foram retirados. Cubra com o farelo regado com azeite, ajeite sobre uma assadeira (com as respectivas “tampas”) e leve ao forno preaquecido a 190º por 20 minutos, ou até que a crosta esteja dourada e crocante. Sirva bem quente e de preferência com um vinho bem gostoso!

 

Bacalhau na Broa 2_Blog Figos e Funghis

Para ver mais RECEITAS COM BACALHAU acesse este link>>>>>> AQUI!

 

Bom Apetite!

Bacalhau Confit com Cebolas Caramelizadas e Purê de Cenoura

Postado em Bacalhau, Fácil, No forno, Peixe, Pratos Principais - 25 de novembro de 2015

Bacalhau confitado com cebolas e purê de cenoura_F&F

Com tantas receitas de bacalhau aqui no blog já deu para perceber que eu simplesmente amo este peixe maravilhoso né? Pois eu amo mesmo! E na minha viagem de férias que aconteceu este mês eu passei uma semana viajando por Portugal, comendo maravilhosamente bem a preços muito atraentes, e como todo mundo sabe Portugal é a terra em que mais se consome bacalhau salgado no mundo! Só sei que eu provei bacalhau preparado de muitas formas diferentes, desde carpaccio de bacalhau até terrines, sopas, fritos, cozidos, marinados…o que só serviu para que eu me inspirasse mais a preparar novas receitas com o pescado.

 

Mas Fabi, esta receita de bacalhau confit já passou por aqui antes! Sim, já passou, mas dessa vez além do bacalhau eu trouxe pra vocês um acompanhamento delicioso, incrível e viciante, que talvez pelo nome ou a uma primeira olhada você pode esnobar, por parecer muito simples e comunzinho, mas se você acreditar em mim e fizer na sua casa vai ver que eu estou falando sério, muito sério! Não é um purê de cenoura, mas é “o purê” de cenouras, e o segredo dele não está em técnicas mirabolantes de preparo, mas sim nos ingredientes que o compõem.

 

Este purê na verdade foi uma das primeiras papinhas que eu fiz para a Olivia quando a pediatra dela liberou o consumo de temperos mais fortes como curry  e canela, mas pra ela eu faço sem creme de leite e sem manteiga, uso só um fiozinho de azeite mesmo. Em casa ele é um acompanhamento muito versátil para carnes, peixes ou frango e já virou até recheio para quiche! #ficaadica ;)

 

BACALHAU CONFIT COM CEBOLAS CARAMELIZADAS E PURÊ DE CENOURA

(serve 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 2 postas grandes de bacalhau já dessalgado (se ainda não aprendeu a dessalgar corretamente o bacalhau aprenda AQUI!)
  • 1 cebola branca grande cortada em meia lua
  • 500 ml de azeite
  • 2 dentes de alho fatiados
  • 12 tomatinhos
  • pimenta moída e sal a gosto

 

Para o purê de cenoura:

  • 3 cenouras grandes descascadas e bem picadas
  • 1 colher (café) de curry em pó
  • 1 colher (café) de açafrão em pó
  • 1 pitadinha de canela em pó
  • 1 dente de alho
  • 1 folha de sálvia
  • 1/2 xícara (chá) de creme de leite fresco
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • pimenta moída e sal a gosto

 

Modo de Preparo: Disponha as postas de bacalhau sobre uma travessa refratária pequena (quanto menor o refratário menos azeite você vai precisar para confitar o bacalhau) com a pela para baixo. Por cima das postas polvilhe sal, pimenta, as lâminas de alho e por fim a cebola, fazendo uma camada generosa de cebola por cima das postas. Regue com todo o azeite da receita, espalhe os tomatinhos pelo azeite e leve ao forno preaquecido a 180º por 40 minutos. Ao final do processo as lascas do bacalhau devem estar se soltando com facilidade e as cebolas devem estar douradas.

Purê de cenoura: Coloque as cenouras picadas em uma panela e cubra com água sem deixar passar muito da altura das cenouras. Na própria panela junte o curry, o açafrão, a folha de sálvia, o alho, a canela, o creme de leite fresco, a pimenta e o sal e cozinhe em fogo baixo até que a cenoura esteja bem macia. Retire a folha de sálvia, e bata com um mixer ou em um liquidificador. Ajuste o sal se for necessário, retorne o purê para a panela, aqueça novamente, adicione a manteiga e misture delicadamente. Sirva em seguida.

Bacalhau confitado com purê de cenoura_F&F

 

Os tomatinhos confitados são sempre disputados “a tapas” em casa…hahahaha

Bacalhau confitado com pure de cenoura_F&F

Então é isso, simples assim! Tá vendo como ir pra cozinha não precisa ser trabalhoso e pode te render pratos lindos que parecem ter sido feitos por bons chefs?!

 

Mais fácil que isso só as receitas do canal do Figos e Funghis lá no Youtube! Você já foi lá conferir?! Vai lá, assiste os vídeos, curte, compartilha, se inscreve no canal e me dá o seu incentivo pra eu ver que tem gente assistindo, achando bacana e com isso me empenhar em fazer cada vez mais delicias pra vocês com todo carinho do mundo! O link é este aqui ó>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> www.youtube.com/c/figosefunghistv

 

Sigam o blog também no Instagram (@figosefunghis), com novidades diárias, dicas de lugares, comidinhas e receitas :)

 

Beijos!!

 

Kebabs de Camarão com Vegetais e Emulsão de Manteiga Lurpak com Limão Siciliano e Ervas

Postado em Comfort Food, Comidinhas, Dicas, Fácil, Figos&FunghisTV, Frutos do Mar, Light, Peixe, publieditorial, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Vídeos - 18 de novembro de 2015

Kebabs de camarão Lurpak_F&F

Eu sou daquelas pessoas que não vive sem uma boa manteiga. Seja para passar no pão, seja para cozinhar ou para finalizar alguns pratos ela é sempre uma ótima companhia.

 

E foi assim que a manteiga Lurpak entrou na minha vida. Para quem ainda não conhece, a manteiga Lurpak é especial porque é produzida com o mais puro creme de leite e não tem conservantes nem corantes, o que lhe garante um sabor puro e suave, além de uma textura perfeita para a elaboração de receitas. Tão deliciosa assim é claro que foi amor à primeira mordida!

 

Nesta receita que eu produzi em vídeo especialmente pra vocês eu usei a manteiga para preparar uma emulsão com limão siciliano e ervas, que depois foi usada para lambuzar deliciosamente alguns kebabs de camarão com vegetais que eu adoro! Mas não se assustem com o nome da receita, porque ela é na verdade muito simples. Esta é uma receita que aprendi quando fui ao Hawaii e ela é tão fácil de preparar, fica tão perfumada e linda que você também não vai resistir. É perfeita para dias quentes na beira da piscina ou para qualquer outra ocasião em que você queira algo prático, gostoso e com uma cara incrível sem perder muito tempo na cozinha.

 

Para conferir dá um play no vídeo aqui embaixo. A lista de ingredientes está na descrição do vídeo no canal do blog no Youtube ;) Vai lá, aproveita e se inscreve, tem vários vídeos lindos vindo por aí!!!

 

E então, gostaram da receita? Bora fazer comida boa?!

 

#boacomidamerece #façasuamágica #lurpakbr

 


Ceviche de Salmão

Postado em Clássicos, Comidinhas, Entradas, Fácil, Light, Peixe, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 29 de outubro de 2015

Ceviche de salmão_F&F

Eu simplesmente AMO ceviche! Toda semana tem ceviche em casa pelo menos uma vez na semana, algumas vezes preparo o clássico mesmo e em outras eu testo combinações diferentes. Um dos motivos que me fazem amar tanto este prato típico da culinária peruana (Peru I love you!) é a rapidez e facilidade do preparo, é o tipo de receita que não dá trabalho. E acho que este meu vício acabou contagiando a todos aqui em casa porque até a Olivia ama ceviche! Ela já pode consumir peixe cru, mas a recomendação é a mesma que vale para nós adultos: para o preparo do ceviche o peixe deve ser o mais fresco possível.

 

Outro dia no hortifruti que eu costumo fazer compras avistei um lindo lombo de salmão, e o peixeiro como já me conhece bem foi logo avisando que aquele estava bom para fazer salmão pois havia chegado horas antes. Claro que eu o trouxe para o jantar.

 

Normalmente o ceviche é preparado com peixe branco. Costumo usar robalo, tilápia (saint peter), namorado e até corvina, mas desta vez eu usei salmão e amei o resultado. O salmão é um peixe suave mas muito saboroso e achei que o mix de cítricos que eu fiz para a marinada – mais conhecida como leite de tigre – combinou muito bem com ele.

 

Ceviche de Salmão3_F&F

 

RECEITA DE CEVICHE DE SALMÃO

(serve 4 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 500g de salmão sem pele e livre de espinhas
  • 1 cebola roxa pequena fatiada em meia lua
  • 1 limão tahiti
  • 1 limão galego
  • 4 pedras de gelo
  • 1 punhado de coentro picado
  • 1 punhado de salsinha fresca bem picada
  • 1 pimenta dedo de moça sem sementes bem picada (pode substituir por pimenta biquinho se quiser algo mais suave)
  • sal a gosto
  • 1 fio de azeite

 

Modo de Preparo: Corte o lombo de salmão em cubos pequenos (mas não muito), do tamanho de um bocado mesmo. Coloque em uma tigela junto com as pedras de gelo, uma pitada de sal e regue com o suco dos limões. Mexa com uma colher por uns 3 minutos, até que o peixe comece a mudar de cor (ele vai estar cozinhando no suco de limão). Deixe descansar por 5 minutos, depois misture a cebola fatiada, a pimenta, o coentro, a salsinha e misture novamente. Coloque no recipiente que irá servir, finalize com 1 fio de azeite e monte o prato com chips de batata doce, com milho ou com batata doce cozida. Sirva em seguida.

 

Ceviche de salmão2_F&F

 

Já estão acompanhando o blog no Instagram? Não?! Então corre pra lá (@figosefunghis) porque a partir de amanhã você vai acompanhar a minha viagem de férias, com muitas dicas, comidinhas e lugares bacanas ;)

 

Semana que vem tem vídeo novo no ar lá no canal do Youtube, inscreva-se! youtube.com.br/c/FigoseFunghisTV

 

Beijo!

 

Mini Menu para o Dia dos Namorados

Postado em Datas Especiais, Dicas, Fácil, Frutas, Light, No forno, Peixe, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Sobremesas - 11 de junho de 2015

Amor

Pensando no que eu gosto de preparar para o meu amor no Dia dos Namorados eu resolvi elaborar dois mini menus – compostos por prato principal e sobremesa) para esta data especial, elaborado especialmente para quem gosta de decidir só no dia o que vai servir, dependendo do humor e do apetite (eu faço isso…rsrsrs). E para deixar todo mundo ainda mais feliz eu vou publicar uma dica de mini menu hoje e uma amanhã, assim teremos duas opções fresquinhas para a comemoração.

 

Eu gosto da ideia do mini menu porque no fim das contas é isso o que sempre acaba acontecendo na minha própria casa. Eu costumo comprar um ou dois pedaços de queijo e monto uma pequena tábua com frutinhas secas, alguma geleia e uma mini cesta de pães e torradas para acompanhar. Com isso eu consigo dar mais atenção ao prato principal e à sobremesa, enquanto petiscamos e conversamos na cozinha eu finalizo os pratos.

 

Para o primeiro menu eu escolhi como prato principal um delicioso peixe assado com manteiga de ervas na folha de bananeira acompanhado de fettuccine de legumes cozido ao vapor e servido com um leve molho de alho e óleo com toque de limão. Este prato é incrível, bem perfumado, levíssimo, fácil e rápido de preparar e ainda por cima tem poucas calorias. Opção linda para quem não quer sair da linha ;)

Peixe na folha de bananeira_F&F

 

Já para a sobremesa eu escolhi um parfait de iogurte natural com uma compota rápida de frutas amarelas preparada com açúcar de coco e coberta com flocos de coco queimado. É tão leve e tão saborosa que eu simplesmente estou caindo de amores por ela e já quero fazer de outros sabores!  Espero que vocês também gostem e possam se divertir na cozinha com o love <3

 

Parfait com frutas amarelas e coco queimado_F&F

 

RECEITA DE PEIXE ASSADO NA FOLHA DE BANANEIRA COM FETTUCCINE DE LEGUMES

(para 2 pessoas)

 

Ingredientes para o peixe:

  • 2 postas grandes de peixe branco (pode ser robalo, badejo, meca, pescada cambucu ou qualquer outro que tenha postas altas)
  • 2 colheres (sopa) de manteiga em ponto de pomada
  • 3 colheres de sopa de ervas frescas bem picadas (uso salsa, alecrim e manjericão)
  • 2 bons pedaços de folha de bananeira
  • 2 fatias bem finas de limão
  • sal e pimenta à gosto

Modo de Preparo: Preaqueça o forno a 180º. Estique a folha de bananeira sobre uma tábua e ajeite o peixe no centro. Tempere com sal, pimenta e coloque metade da manteiga de ervas por cima. Disponha a fatia de limão por cima de tudo e feche a folha de bananeira, embrulhando o peixe como numa trouxinha, e depois espete palitos de madeira se precisar fechar. Se as pontas ficarem por baixo do peixe não precisa do palito. Leve para assar por 20 minutos e enquanto o peixe assa prepare o fettuccine de legumes.

 

Ingredientes para o fettuccine de legumes:

  • 2 cenouras médias descascadas
  • 2 abobrinhas pequenas e novas bem lavadas
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 dente de alho bem picado
  • 1 colher (sopa) de suco de limão
  • sal à gosto

Modo de Preparo: Faça lâminas finas no sentido longitudinal com a cenoura usando uma mandolina ou fatie com a faca mesmo, e depois empilhe todas as fatias e corte tiras médias. Faça o mesmo com a abobrinha. Coloque em uma panela de vapor e cozinhe por 5 minutos com a água já fervendo. Retire, escorra e dê um choque térmico colocando em um bowl com água e gelo. Reserve. Aqueça o azeite em uma frigideira e doure rapidamente o alho picado. Desligue o fogo, adicione os legumes já fatiados em formato de fettuccine, o suco de limão e coloque sal à gosto. Quando o peixe estiver pronto sirva-o sobre o fettuccine de legumes e deixe uma parte do peixe à mostra abrindo um pedaço do embrulho da folha de bananeira.

Peixe na folha de bananeira com talharim de legumes_F&F

E se você achou a receita do prato principal ultra fácil vai achar a receita da sobremesa ainda mais! Esta parfait de iogurte natural é bem simples e pode ser preparada de última hora ou pode ser preparada com antecedência e apenas deixar para montar na hora de servir. Uma praticidade só!

 

PARFAIT DE IOGURTE NATURAL COM COMPOTA DE FRUTAS AMARELAS E COCO QUEIMADO

(para 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 2 copos de iogurte grego sem açúcar adicionado
  • 1 colher (sopa) de néctar de agave ou mel
  • 3 gotas de essência de coco (opcional)
  • 1 maracujá azedo
  • 1 manga média descascada e cortada em cubos
  • 3 colheres (sopa) de açúcar de coco
  • 1/4 de xícara (chá) de cachaça
  • 1/2 xícara (chá) de coco fresco ralado

Modo de Preparo: Em primeiro lugar ligue a grelha superior do seu forno na intensidade média. Se não tiver preaqueça o forno por 10 minutos a 200º. Espalhe o coco fresco ralado sobre uma assadeira antiaderente e polvilhe sobre ele 1 colher de sopa de açúcar de coco. Leve para assar por 5 minutos ou até ficarem de cor dourada. Retire do forno e solte os flocos de coco com um garfo. Reserve. Agora “tempere” o iogurte natural colocando o néctar de agave ou mel, a essência de coco e misture bem. Leve para gelar até o momento de servir. Por fim derreta o açúcar de coco restante em uma frigideira e junte a polpa do maracujá e a manga picada. Cozinhe em fogo médio até ferver e então aumente o fogo e adicione a cachaça para flambar. Incline a frigideira levemente em direção à chama assim que adicionar a bebida e deixe o fogo se apagar sozinho. Desligue, passe para um pote de vidro e reserve. No momento da montagem coloque a compota de frutas no fundo dos copinhos, depois coloque metade do iogurte “temperado” em cada um deles e cubra com uma boa porção de coco queimado. Sirva em seguida.

Parfait com frutas amarelas e coco queimado3_F&F

Coco queimado gostoso, lindo e saudável, feito com açúcar de coco!!!

Parfait com frutas amarelas e coco queimado2_F&F

Espero que vocês tenham gostado deste primeiro mini Menu de Dia dos Namorados. Amanhã tem a sugestão número 2, então espero vocês!

Beijos!

 

*Primeira imagem do post: Fonte gettyimages.com

Salmão assado em crosta de nuts e salada de quinua agridoce

Postado em Fácil, Light, Peixe, Pratos Principais, Receitas Rápidas, Saladas - 18 de março de 2015

Salmão nuts2_F&F

Eu sou doida por nuts! Em casa tenho um pote enorme recheado de diversos outros potinhos com vários tipos de nuts e frutinhas desidratadas dentro. Castanha de caju, amêndoas, pistache e macadâmias são as minhas preferidas. Na categoria das frutinhas sempre tenho uvas passas pretas, brancas e cranberries – que eu amo colocar no leite com granola.

 

Fato é que as nuts e as frutinhas acabam servindo para muito mais do que um simples petisco lá em casa, e se tornam deliciosos ingredientes para bolos, pães, cookies, tortas e claro, crosta para peixe assado, como na receita de badejo em crosta de amêndoas que já passou por aqui antes, e que depois ganhou variações aqui e aqui. Mas dessa vez a coisa foi um pouco diferente, e resolvi fazer uma boa mescla de nuts para o peixe ganhar um sabor mais acentuado de amêndoas tostadas, e acrescentei além das amêndoas picadas macadâmias, castanha de caju e cranberries. Para acompanhar preparei em 15 minutos uma salada agridoce de quinua vermelha com pepino japonês, rabanete e salsinha. Gente, ficou demais! Irresistível na verdade. O salmão ficou leve e muito saboroso, combinou perfeitamente com o contraste da salada agridoce. Comida fácil, rápida e saudável para comer feliz sem culpas.

 

SALMÃO ASSADO EM CROSTA DE NUTS

(serve 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 2 postas médias de salmão
  • 1 colher (sopa) de amêndoas com pele
  • 1 colher (sopa) de macadâmias
  • 1 colher (sopa) de castanha de caju
  • 1 colher (sopa) de cranberries desidratadas
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 limão tahiti
  • salsa fresca à gosto
  • pimenta moída e sal à gosto

 

Modo de Preparo: Preaqueça o forno a 180º. Disponha as postas de salmão num refratário e tempere com sal. Pique bem as amêndoas, as castanhas de caju, as macadâmias e as cranberries juntas, misturando em seguida. Cubra os filés de peixe com a farofinha de nuts e em seguida regue com o azeite. Salpique salsa fresca picada por cima e disponha fatias de limão com casca ao redor do peixe. Se quiser regue os limões com um fio de azeite. Asse por 20 minutos e sirva com os limões assados para serem espremidos no prato.

Salmão nuts_F&F

 

SALADA AGRIDOCE DE QUINUA COM PEPINO E RABANETE

(serve 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 1 xícara (chá) de quinua cozida
  • 1/2 pepino japonês fatiado em lâminas finas
  • 1 rabanete fatiado em lâminas finas
  • 1 colher (sopa) de vinagre de arroz
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 pitadinha de açúcar
  • 1 punhado de salsa fresca picada
  • 1 pitada de pimenta calabresa
  • sal a gosto
  • 1 colherada de coalhada seca

 

Modo de Preparo: Dilua uma pitada de açúcar no vinagre de arroz. Tempere a quinua cozida com o vinagre de arroz, o azeite, a pimenta e o sal. Depois misture a salsinha, o pepino e o rabanete. Finalize com uma colherada de coalhada seca em cada porção. Sirva em seguida.

Salada de quinoa agridoce_F&F

 

Bom Apetite!

:)

Peixe Assado com Curry e Coco Fresco

Postado em Fácil, Light, No forno, Peixe, Pratos Principais, Receitas Rápidas - 03 de março de 2015

Peixe com Curry e Coco_reduzidaF&F

As férias se foram, o carnaval se foi e agora o ano aqui no Brasil pode oficialmente começar né?! hahahahaha. Brincadeiras à parte, desde que estava grávida a minha alimentação que já era boa ficou ainda melhor, com a inclusão de muito mais frutas e verduras no meu cardápio diário. Agora que a Olivia também já come de tudo a alimentação da minha família de uma maneira geral está 1000%. Estamos focando nos alimentos frescos, nutritivos e nos métodos de preparo que não agregam gordura, e se agregam é gordura pouca e boa. E querem saber? Eu estou amando ter esta rotina contínua de alimentação mais “limpa” e mais saudável, tanto é que as refeições fartas especialmente no período noturno não me fazem falta alguma, já que atualmente os jantares em casa são mesmo salada, grãos, peixes, frango ou alguma carne magrinha. Acho importante não só ensinar a Olivia a comer com qualidade, mas dar o exemplo pra ela, e o melhor modo de isso acontecer é transformando a nossa rotina alimentar de verdade. Com isso eu fui “presenteada” com 10 quilos a menos na balança!!! Uhu!

 

Em uma dessas noites corridas de dia de semana eu preparei um jantar gostosinho pra mim e pro marido, que além de delicioso não me tomou nem 30 minutos na cozinha. Resolvi dar uma cara nova para o clássico filé de peixe assado turbinando o tempero com curry e cobrindo com coco fresco ralado. O curry é uma especiaria deliciosa que vai bem tanto com peixes quanto com aves, carnes e pratos vegetarianos, eu uso bastante em casa. O coco ralado eu compro no hortifruti em uma quantidade razoável, uso o que preciso e congelo o restante para ir usando aos poucos em bolos, iogurte com granola, papinhas “doces” para a Olivia e também em receitas salgadas como esta delicia que vou passar agora pra vocês. Congelar o coco fresco não prejudica seu sabor e textura e garante que você tenha uma “gordura do bem” estocada em casa para quando precisar. Praticidade é tudo na vida!

 

Para acompanhar o peixe eu preparei uma saladinha de quinua vermelha com legumes refogados: cenoura ralada, abobrinha em cubinhos e cogumelos shimeji, azeite, alho e sal. Ficou delicia, super nutritivo, saudável e com pouquíssimas calorias.

 

PEIXE ASSADO COM CURRY E COCO FRESCO

(serve 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 2 postas médias de pescada branca (ou tilápia, ou outro peixe em filés de sua preferência)
  • 4 colheres (sopa) de coco fresco ralado
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 colher (café) de curry em pó
  • 1 pitada de pimenta calabresa desidratada
  • sal a gosto
  • salsa fresca picada a gosto
  • sumo de 1/2 limão

 

Modo de Preparo: Disponha os filés de peixe sobre um refratário levemente untado com azeite e tempere com sal e pimenta. Divida o curry igualmente para os filés e esfregue o tempero com as mãos sobre os filés, envolvendo todo o peixe. Regue com um fiozinho de azeite e depois cubra com o coco fresco ralado. Regue com o azeite restante e leve ao forno preaquecido a 180º por 20 minutos, ou até que o coco fresco esteja douradinho. Retire do forno, regue com o sumo do limão e sirva com salsa fresca picada e um acompanhamento do seu gosto.

 

Dica: Aqui no blog tem muitas receitas levinhas e deliciosas com grãos e vegetais para acompanhar o seu peixe com curry e coco. Pesquise na caixa no alto do blog e divirta-se com as combinações!

 

Bom Apetite!

 

Bacalhau confit com purê de batata-doce roxa

Postado em Bacalhau, Clássicos, No forno, Peixe, Pratos Principais - 30 de setembro de 2014

Bacalhau confit com purê roxo_F&F

Quem acompanha o blog há tempos já sabe que eu adoro bacalhau, e o amor é tanto que eu já fiz inúmeras receitas e combinações com ele. Desta vez escolhi preparar o bacalhau confitado em azeite e servi-lo com purê de batata-doce roxa. O resultado ficou incrivelmente bom, o sabor forte e marcante do bacalhau casou muito bem com o adocicado do purê de batata-doce, e a cor ficou deslumbrante também. Para dar o toque final eu preparei uma crostinha de pinhão que além de ter ficado um charme só agregou mais sabor ao prato.

 

Para quem não sabe, o método de confitar nada mais é do que cozinhar o alimento em alguma gordura, em baixa temperatura e por um tempo mais longo. Eu gosto muito deste método de cozimento porque além de não alterar as fibras do alimento proporciona mais maciez e mais textura, e no caso do bacalhau é perfeito porque o peixe se desfaz em grandes lascas e o sabor fica ainda melhor em razão de ser cozido totalmente submerso em azeite.

 

Este prato não é apenas bonito, mas é muito saudável também já que o bacalhau possui muitas vitaminas e a batata-doce além de ser rica em fibras possui baixíssimas calorias. Tenho certeza que se for servido em um jantar em qualquer ocasião vai causar ótimas impressões.

 

BACALHAU CONFIT COM PURÊ DE BATATA-DOCE ROXA

(serve 4 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 1 kg de postas de bacalhau limpas e sem pele
  • 500ml de azeite
  • 1 cebola grande cortada em pétalas bem finas
  • 1 colher (chá) de louro em pó
  • pimenta-do-reino moída na hora
  • sal a gosto
  • 10 pinhões cozidos e descascados

 

Para o purê de batata-doce roxa:

  • 4 batatas-doce roxa
  • 4 dentes de alho
  • 1/3 de xícara (chá) de iogurte natural
  • sal a gosto

 

Modo de Preparo: Corte as postas de bacalhau em quadrados médios (os pedaços menores cozinham mais rápido) e disponha em um refratário de modo que não sobre muito espaço vazio (assim o azeite cobre o peixe com mais facilidade e usa-se menos gordura). Tempere os pedaços de bacalhau com o louro em pó, a pimenta, o sal e cubra com as fatias de cebola. Regue com o azeite e leve ao forno a 150º (ou preaqueça em 200º, desligue e coloque o bacalhau com o forno desligado por 20 minutos, depois repita esta operação até que esteja cozido e macio), ou se o seu forno não tiver esta temperatura você também pode optar por cozinhar no fogão, em temperatura mínima por 50 minutos a 1 hora, com os pedaços de bacalhau totalmente submersos em azeite e controlando a temperatura do fogo para não deixar o azeite ferver de jeito nenhum. Enquanto isso prepare o purê de batata-doce roxa, colocando as batatas descascadas para cozinhar em água com sal até que estejam macias e os dentes de alho para assar com a casca regados com azeite e embrulhados em papel alumínio. Retire as batatas da água reservando uma xícara de chá do caldo do cozimento. Amasse as batatas, retire o alho assado do forno, extraia a polpa deles e amasse junto com o purê. Acrescente o iogurte e o caldo do cozimento das batatas até conseguir a consistência desejada (mais ou menos cremoso), ajuste o sal e reserve. Sirva o bacalhau sobre o purê de batata-doce roxa. Finalize com os pinhões bem picados e regue com azeite.

Bacalhau confit com purê roxo2_F&F

 

Bom Apetite!

 

Ceviche Peruano

Postado em Clássicos, Comidinhas, Entradas, Fácil, Light, Peixe, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 04 de agosto de 2014

Ceviche reduzida_F&F

 

Desde que eu era pequena o meu pai, que adora pescar, sempre trazia muitos peixes pra casa e nos fazia experimentar de todo jeito: assado, na brasa, recheado, frito e inclusive cru. Em casa sempre teve ceviche e sashimi e o resultado disso é que hoje a comida peruana e a comida japonesa estão entre as minhas preferidas no mundo!

 

Outro dia, em meio à Copa do Mundo, me bateu uma vontade de preparar um ceviche fresquinho para acompanhar junto com os amigos o jogo do Brasil x Chile. Ok, ceviche é peruano, mas saibam que a influência gastronômica do Peru sobre o Chile é gigante! Bom, os amigos se encarregaram das compras e voltaram com o Robalo mais fresquinho comprado no Ceagesp, aqui em Sp. Batata doce orgânica, cebola roxa e pimenta dedo-de-moça compuseram lidamente o ceviche, agregando cor e muito sabor! Como eu adoro o ceviche peruano acompanhado dos famosos “choclos” gigantes e por aqui não é tão fácil de encontrá-los resolvi fazer uma pequena adaptação e misturar ao ceviche uma espiga de milho verde cozido ao vapor, bem docinho. Bom, o resultado foi sucesso total, todos amaram o ceviche, que por termos exagerado um pouco na quantidade, mais tarde aqui em casa virou recheio de Fish Tacos…hahahahha

 

O que eu achei sensacional sobre o ceviche e resolvi utilizar nesta receita é o processo de cocção no gelo, e não apenas deixar o ceviche ali marinando no suco de limão temperado (o tal leche de tigre) por um tempão. Dizem que antigamente no Peru o ceviche era preparado assim, deixado marinando por horas a fio, mas que hoje a técnica mais moderna pede a cocção no gelo, talvez por ser mais rápido e mais prático.

 

CEVICHE PERUANO 

(serve 6 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 600g de robalo bem limpo e cortado em filés
  • 1/2 xícara (chá) de suco de limão (misturei 1 limão siciliano e 2 tahiti)
  • 1 cebola roxa cortada em meias luas bem finas
  • 1 pimenta dedo-de-moça sem sementes fatiada finamente
  • 1 punhado de coentro picado
  • sal a gosto
  • 4 pedras de gelo
  • 1 espiga de milho cozida (ou uma caixinha)
  • 1 batata doce cozida al dente

 

Modo de Preparo: Corte os filés de robalo ou outro peixe branco da sua preferência em tiras e depois em cubos médios e reserve. Adicione o sal, a pimenta dedo-de-moça e misture bem. Em outro recipiente misture bem o gelo com o suco de limão e regue o peixe cortado. Junte a cebola roxa, o coentro e misture bem, sem parar de mexer por uns 5 minutos. Prove o tempero, prove a consistência do peixe que deverá ser firme. O peixe fica levemente cozido na parte de fora e cru no interior. Ajuste o sal se achar necessário e adicione um pouco de água se estiver muito ácido. Finalize juntando o milho cozido já retirado da espiga (ou sirva rodelas da espiga ao lado do ceviche, como preferir) e com a batata doce cozida cortada em bastões. Enfeite com tirinhas de pimenta fatiada e folhas de coentro. Sirva em seguida.

 

Dica: Misture limão siciliano e limão tahiti para suavizar o sabor forte do limão.

 

Bom Apetite!

 

 

Robalo Grelhado com Cogumelos Salteados

Postado em Cogumelo, Fácil, Light, Peixe, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 29 de julho de 2014

Robalo Grelhado com cogumelos salteados

 

Se tem uma receita que pode ser ao mesmo tempo rápida de fazer e ultra saborosa é esta aqui! Perfeita para quando dá vontade de comer um peixe bem feito, grelhadinho e acompanhado de algo bem delicioso e igualmente light! Aqui o peixe usado foi o robalo, mas esta receita pode ser preparada com qualquer outro peixe de carne firme da sua preferência, como salmão, atum, badejo, congrio, entre outros.

 

Para acompanhar o robalo grelhado preparei cogumelos portobelo salteados com alho poró em azeite e temperinhos, além de uma batata doce que fiz assada no estilo rústico que ficou de comer de joelhos de tão boa! Sabe quando fica meio crocante por fora e nas pontinhas e cremosinha por dentro? Ficou exatamente assim!

 

Receita linda para festejar tanto peixe delicioso que temos por aqui, deixar a barriguinha feliz e ainda por cima não sair da linha! É uma receita bastante versátil e simples de preparar, que pode ser servida em refeições em dias de semana ou em um jantar mais especial para convidados queridos, afinal este prato faz bonito na mesa, e quem curte um peixinho vai se impressionar!

 

ROBALO GRELHADO COM COGUMELOS SALTEADOS

(para 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 2 postas altas de robalo, livre de pele e espinhas
  • 1 fio de azeite
  • 1 colher (sopa) de raspas de casca de limão siciliano
  • pimenta e sal a gosto

 

Modo de Preparo: Tempere as postas de peixe com o azeite, o sal, a pimenta e as raspas de limão siciliano e esfregue bem. Aqueça uma frigideira e quando estiver bem quente coloque as postas de peixe. Deixe grelhar por 5 minutos de cada lado ou até perceber que o peixe está bem cozido sem deixar passar do ponto, o que deixaria o peixe ressecado.

 

Para os Cogumelos Salteados:

  • 200g de cogumelos portobelo limpos e cortados em pedaços médios
  • 2 talos de alho poró fatiados em pedaços de 3 cm
  • 1 dente de alho espremido
  • 2 colheres (ssopa) de azeite
  • 1 ramo de tomilho fresco
  • pimenta e sal a gosto

 

Modo de Preparo: Aqueça o azeite numa frigideira e frite rapidamente o alho e o ramo de tomilho. Junte o alho poró e refogue por 3 minutos, então junte os cogumelos e salteie na frigideira por 5 minutos. Ajuste o sal e a pimenta a gosto. Deixe os cogumelos bem firmes ainda e desligue. Sirva junto com o peixe grelhado.

Robalo Grelhado com cogumelos salteados2_F&F

Salmão assado com salada morna de lentilhas e beterraba

Postado em Fácil, Light, No forno, Peixe, Pratos Principais - 25 de março de 2014

Salmão assado com salada morna de lentilhas e beterraba

 

O salmão além de ser um peixe bastante nutritivo é muito versátil de preparar e aceita infinitas combinações e formas de servir, mas uma das minhas formas de preparo favoritas é servir este delicioso peixe acompanhado de grãos, pois torna o prato uma refeição completa, leve e cheia de sabor. O grão escolhido da vez foi a lentilha, e como o tempinho está finalmente esfriando por aqui a salada morna de lentilhas com cubos tenros de beterraba assada com azeite, caiu perfeitamente bem. Para finalizar este prato ainda usei pimentões vermelhos confitados e croutons de pão australiano, o que conferiu à receita um quê de sofisticação, tornando-o uma ótima opção para aquele jantar em que se quer impressionar alguém em especial.

 

O preparo como sempre é bem simples e na verdade o prato é muito menos elaborado do que parece ser. Se você não gostar de lentilhas pode substitui-las por ervilhas frescas, grão-de-bico, quinua, cevadinha ou o que mais julgar que combine aqui. Seu problema é com a beterraba? Bom, preciso informar que você não sabe o que está perdendo em não provar a beterraba desta forma assada com azeite e ervas, pois é simplesmente divina! Mas, se quiser continuar torcendo o nariz basta substituir por mandioquinha, brócolis ou o legume que preferir. O salmão também pode ser substituído por bacalhau ou badejo, mas dê preferência para peixes de postas altas, assim você garante a suculência e maciez da carne, essencial neste prato.

 

SALMÃO ASSADO COM SALADA MORNA DE LENTILHAS, BETERRABAS E MANJERICÃO, COM PIMENTÕES CONFITADOS E CROUTONS

(serve duas pessoas)

 

Ingredientes:

 

Salmão:

  • 2 postas grandes e altas de salmão ou outro peixe de posta alta, de aproximadamente 250g cada
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 2 colheres (sopa) de vinho branco seco (ou sumo de limão)
  • pimenta moída na hora a gosto
  • sal a gosto

 

Salada Morna de lentilhas e beterraba assada:

  • 1 xícara (chá) de lentilhas
  • 2 beterrabas pequenas descascadas e cortadas em cubos médios
  • 1 cebola pequena bem picada
  • 1 dente de alho bem picado
  • 1 colher (sopa) de óleo de girassol
  • 1 fio generoso de azeite
  • alecrim e tomilho frescos a gosto
  • salsa fresca picada a gosto
  • sal a gosto

Salmão assado com salada morna de lentilhas_2

 

Modo de Preparo: Misture o vinho, o azeite, a pimenta e o sal e pincele sobre todo o pedaço de salmão. Deixe marinando por 1 hora. Numa panela pequena refogue a cebola e o alho no óleo de girassol. Junte a lentilha já lavada e cubra com 2 xícaras de chá de água ou caldo de sua preferência. Espere levantar fervura, reduza o fogo e cozinhe por 20 minutos, ou até que a lentilha esteja macia, mas ainda al dente. Enquanto a lentilha cozinha espalhe a beterraba sobre uma assadeira, regue com azeite e salpique alecrim e tomilho frescos e sal a gosto. Misture bem para que os pedaços absorvam o tempero e leve ao forno preaquecido a 180º por 30 minutos. Retire a beterraba do forno e num bowl misture com as lentilhas já cozidas. Utilize o tempero da beterraba que ficar na assadeira na salada. Reserve.  Asse o salmão em 200º por 20 minutos, ou até que a superfície esteja levemente dourada. Monte o prato com a salada morna por baixo, o salmão assado por cima e finalize com tiras de pimentão vermelho confitado em azeite, croutons de pão feitos na hora  aproveitando o forno já aquecido e folhas de manjericão fresco a gosto. Sirva em seguida.

 

Bom Apetite!

 

Bacalhau na Brasa

Postado em Bacalhau, Clássicos, Fácil, Peixe, Pratos Principais - 13 de março de 2014

Bacalhau na Brasa_F&F

 

Como vocês sabem aqui em casa nós amamos bacalhau! Prova disso são as inúmeras receitas com este delicioso peixe aqui no blog, com muitas opções diferentes na forma de preparo em pratos que vão dos petiscos aos pratos principais, e hoje trago mais uma forma diferente e super prática de preparar o bacalhau: na brasa!

 

E tem coisa mais gostosa do que reunir a família e os amigos em um domingo de sol e colocar o carvão na churrasqueira? Bom, pelo menos pra mim é um dos programas mais gostosos aos finais de semana, e olha que nem gaúcha eu sou hein…hahahaha. Se bem que hoje o churrasco já é um patrimônio nacional né gente, o país inteiro ama! Foi num desses dias ensolarados que resolvemos colocar um bacalhau na brasa para fazer companhia às carnes e aos deliciosos legumes que não podem faltar num churrasco aqui em casa. Sim, eu amo churrasco mas amo ainda mais aproveitar a brasa quente para grelhar uns legumes, e os meus preferidos do coração são: cebola, pimentão vermelho, abobrinha e berinjela. Você pode colocar qualquer tipo de legumes ou vegetais na brasa, mas estes ficam especialmente bons.

 

Voltando ao bacalhau, não há dificuldade alguma para o preparo dele na brasa, apenas uma dica preciosa: quando eu faço bacalhau na brasa eu o deixo de molho em uma marinada de azeite aromatizado de um dia para o outro, isto garante um sabor muito especial ao peixe assado. A mesma marinada pode ser feita se você quiser aproveitá-la para um bacalhau ao forno, mas seu uso não é tão essencial quanto para o bacalhau feito na brasa.

 

BACALHAU NA BRASA EM MARINADA DE AZEITE AROMATIZADO

(serve 6 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 1 filé grande de bacalhau com a pele de aproximadamente 1,5kg
  • 1 xícara (chá) de azeite
  • 3 dentes de alho amassados
  • 2 folhas de louro
  • 1 colher (chá) de grãos de pimenta rosa
  • 1 colher (chá) de grãos de pimenta preta
  • 1 ramo de tomilho
  • sal a gosto (cuidado com o sal pois mesmo dessalgado o bacalhau ainda guarda um pouco do sal)

 

Modo  de Preparo: Na véspera do preparo coloque o bacalhau em um refratário baixo e regue co, o azeite e adicione todos os outros temperos. Cubra com filme plástico e leve à geladeira até o momento de preparar o peixe. Quando a brasa estiver bem quente coloque o bacalhau sobre uma folha de papel alumínio com a pele para baixo sobre a grelha da churrasqueira e deixe por 20 minutos, depois retire o papel alumínio debaixo do peixe e deixe por mais 30 minutos, ou até que a superfície esteja levemente dourada, a pele crocante e a carne se desfazendo em lascas na parte de dentro. Sirva em seguida.

 

Dica: Para fazer na brasa eu recomendo o uso do bacalhau tipo ling ou o macrocephalus, que são tipos “menos nobres” (se é que se pode dizer este sacrilégio sobre o bacalhau) de bacalhau, pois o gadus morhua (conhecido também como imperial, do Porto, etc) é considerado um tipo muito nobre de bacalhau para ser preparado na brasa e deve ser valorizado com receitas preparadas no forno ou confitados, ou ainda na tradicional receita à portuguesa.

 

Se quiser saber mais sobre bacalhau e tirar algumas dúvidas sobre este delicioso peixe acesse esta matéria esclarecedora que conta muito sobre ele, clicando AQUI

 

É isso aí! Viram que moleza? Por isso que eu disse que o segredinho está na marinada, fazer um tempero caprichado na véspera e deixar o bacalhau curtindo nele faz com que o sabor fique absolutamente espetacular :) Então que tal um deste para este final de semana?

 

Bom Apetite!

Linguado com Limão e Amêndoas

Postado em Fácil, Light, No forno, Peixe, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 03 de fevereiro de 2014

Linguado com limão e amêndoas_F&F

 

Depois de uns dias afastada do blog volto com boas notícias: a minha baby Olivia nasceu! É um dengo, uma delicinha e graças a Deus é uma bebê saudável e muito tranquila. Quem me segue no Instagram pode ver algumas fotinhos dela que eu coloco às vezes por lá :)

 

E por falar em saúde, aqui em casa nós costumamos consumir bastante peixe, ao menos 2 vezes por semana eu preparo peixe assado, grelhado ou no papelote. Desta vez eu tinha um pouco de amêndoas trituradas e fiz linguado em crosta de amêndoas com fatias ultra finas de limão siciliano e posso dizer que ficou divino! Eu já publiquei várias receitas de peixe com crosta de amêndoas e de ervas aqui no blog mas gosto de mudar uma coisinha ou outra cada vez que faço. Peixe é o tipo de prato que combina com cozinha rápida, por ser uma carne bem delicada cozinha depressa e pode ser preparado de muitas formas diferentes, então se você não consegue peixe fresco com facilidade, vale à pena investir em pacotinhos dele congelado, mas lembre-se: separe apenas a porção que for usar de cada vez para descongelar pois uma vez descongelado não pode ser congelado novamente.

 

Esta mesma receita pode ser feita com castanha de caju, com castanha do Pará ou com pistache (amo esta versão). Como eu queria uma refeição bem leve servi o linguado com macarrão parafuso de linhaça, um produto orgânico que eu comecei a consumir muito aqui em casa há pouco tempo. Descobri este macarrão com linhaça em uma das minhas visitas ao bairro da Liberdade aqui em SP e depois disso nunca mais deixei de comprar. Ele não é sem glúten porque tem um pouco de farinha de trigo integral na composição, mas é com certeza mais leve e mais saudável que a massa tradicional e o sabor é simplesmente delicioso. Para a massa eu apenas salteei em azeite tomatinhos cereja, alho e brócolis. E precisa mais que isso?

 

LINGUADO COM LIMÃO E CROSTA DE AMÊNDOAS

(para 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 4 filés de linguado sem pele e sem espinhas
  • 4 colheres (sopa) de amêndoas trituradas (com ou sem pele)
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • suco de 1/2 limão siciliano
  • 4 fatias bem finas de limão siciliano com a casca
  • sal e pimenta a gosto

 

Modo de Preparo: Ajeite os filés de linguado sobre um refratário e regue com o limão, o azeite e tempere com pimenta e sal. Misture bem com as mãos fazendo com que o tempero pegue bem dos dois lados dos filés. Cubra a superfície dos filés com as amêndoas trituradas e depois cada filé com uma fatia de limão. Leve ao forno preaquecido em 180º por 30 minutos, ou até que os filés estejam assados e as amêndoas levemente douradas. Sirva em seguida.

 

Bom Apetite!

Salmão Assado na Manteiga de Ervas

Postado em Fácil, No forno, Peixe, Pratos Principais - 09 de outubro de 2013

Salmão assado na manteiga de ervas_F&F

Esta receita faz muito sucesso lá em casa. É bem prática, é gostosa e combina com qualquer ocasião, desde almoços tranquilos de final de semana até jantares especiais ou datas festivas, afinal de contas um salmão assado assim com tanto carinho causa ótimas impressões e já abre o apetite só de olhar!

 

Já começo o post pedindo desculpas porque esta receita só tem foto do antes! hahahaha. Me explico: fiz este salmão assado para levar em um almoço da família do marido. Comecei a assar em casa e deixei para finalizar no forno da anfitriã, mas quem disse que eu lembrei de levar a câmera para tirar foto do peixe pronto? Pois é minha gente, minha memória não é das melhores e quando eu me proponho a levar alguma comida na casa de alguém eu fico tão atenta aos detalhes do prato que acabo me esquecendo da foto, da produção, etc. Já foi sorte eu ter me lembrado de tirar esta foto em casa, antes de colocar o bichinho no forno. E como esta receita é boa demais eu não podia deixar de trazer pra vocês só por não ter foto do resultado final.

 

Mas então, receitinha luxo, poder e glamour pra você mostrar pra sogrinha que sabe sim cozinhar muito bem! O segredinho é o tempero, além de escolher um belo lombo de salmão, daqueles gordinhos que ficam bem suculentos depois de assados, e acertar no tempo do forno, pra não correr o risco de ter aquele peixe seco e esfarelento, combinado? Fala sério, desanima quando a gente vê um peixe assado todo bonito por fora mas quando cortamos ele está ressecado, duro e esfarelando não dá? Peixe gostoso pra mim tem que ser gordinho, carnudinho, assado no ponto certo e “se desfazer em lascas”…pode parecer frescura, mas não é não, pra mim é uma questão de ter respeito com o alimento e ter o cuidado de prepará-lo da forma correta, como ele merece.

 

Então anota bem a receita – pode ser na memória mesmo porque é muito simples – e arrasa na próxima vez que for preparar pro seu amor, para as amigas, para as visitas ou só pra você mesmo, porque é bom se agradar também de vez em quando!

 

SALMÃO ASSADO NA MANTEIGA DE ERVAS

(serve de 6 a 8 pessoas)

 

Ingredientes:

 

  • 1 lombo de salmão de aproximadamente 1,5kg (pode ser com pele)
  • 4 colheres (sopa) de manteiga em temperatura ambiente
  • 1/2 xícara (chá) de ervas variadas (gosto de usar salsinha, ceboulette, alecrim e hortelã) bem picadas
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 colher (sopa) de vinho branco
  • 1/2 colher (chá) de sal
  • pimenta calabresa a gosto
  • 500g de batatas bolinha descascadas

 

Modo de Preparo: Numa tigelinha misture a manteiga em temperatura ambiente, o azeite, o vinho branco, as ervas picadas, a pimenta calabresa e o sal até formar uma pastinha e reserve. Unte a assadeira com azeite. Deite o salmão sobre uma assadeira grande de modo que ele caiba inteiro (não o deixe apertado na assadeira e nem sobrando espaço demais) com a pele para baixo e por cima espalhe bem a pastinha de manteiga. Reserve a pastinha que sobrar. Cozinhe as batatinhas descascadas em água até que fiquem al dente. Tempere as batatinhas com a pasta de manteiga que sobrou e preencha os espaços laterais da assadeira que está o salmão. Preaqueça o forno a 200º por 10 minutos, cubra toda a assadeira com papel alumínio e leve para assar por 25 a 30 minutos ou até que as batatinhas estejam levemente douradas e o salmão assado. (para verificar o ponto exato de cozimento do salmão basta espetar uma faca pontuda bem no meio do filé – na parte mais gordinha – e afastar a carne. Se ela estiver toda cor de rosa e suculenta já está pronta.) Retire o papel alumínio e deixe mais 5 minutos para dar uma corzinha bonita no peixe e sirve em seguida.

 

Dicas de acompanhamento:

Arroz com Amêndoas

Creme de Espinafre

 

Bom Apetite!

 

 

Bolinhos Assados de Salmão

Postado em Comidinhas, Fácil, Light, No forno, Peixe, Petiscos, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 29 de abril de 2013

 Bolinhos assados de salmão

Em casa nós amamos um bolinho! Bolinho de arroz, de abobrinha, de lentilha, de batata, de bacalhau e agora de salmão! E a melhor parte é que os nossos bolinhos tem poucas calorias porque são feitos com ingredientes light e são assados em vez de fritos. Aliás, esta é uma solução muito esperta para fugir das calorias da fritura, tudo o que puder ser frito tente adaptar e fazer assado assim você não precisa abrir mão do sabor e do prazer de comer o que gosta para não ingerir muita gordura.

Continue Lendo …

Tartar de Salmão com salsa de Abacate

Postado em Clássicos, Comidinhas, Entradas, Fácil, Light, Peixe, Petiscos, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 18 de abril de 2013

Tartar de salmão_F&F

Já deu pra perceber que eu amo esta combinação de salmão com abacate né? Pois então, noutro dia me deu a maior vontade de comer um delicioso tartar de salmão, e como eu tinha na geladeira um pedaço bem fresco de filé de salmão e um abacate, na mesma hora olhei pra eles e sabia que juntaria os dois no mesmo prato.

Continue Lendo …

Moqueca de Bacalhau

Postado em Bacalhau, Clássicos, Fácil, Peixe, Pratos Principais - 02 de abril de 2013

02_04_2013_10_34_50

Eu sei que a semana santa já passou, mas eu não poderia deixar de dividir esta receita linda com vocês. No feriado eu comi bacalhau preparado pela família, mas no final de semana anterior uma certa pessoa acordou me pedindo logo cedo para preparar moqueca, mas como eu nunca tinha feito moqueca com bacalhau resolvi que dessa vez a moqueca seria luso-baiana…hahahaha

Continue Lendo …

Salmão Skin

Postado em Comfort Food, Fácil, Light, Peixe, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Viagens - 21 de março de 2013

Salmão Skin_F&F

 

Salmão skin é um dos pratos mais conhecidos da culinária japonesa, mas também pode ser um belíssimo componente de uma refeição comfort food como este prato aqui.

Continue Lendo …