Canapé de berinjela

Postado em Antepastos, Berinjela, Fácil, Light, No forno, Petiscos, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 12 de fevereiro de 2014

Canapé de berinjela_2_F&F

 

Estes canapés de berinjela são uma ótima alternativa para quem está de dieta, evitando comer carboidratos ou para quem não pode consumir glúten, já que a base dos canapés não é feita de pão ou torrada, mas sim de fatias de berinjela.

 

É uma receitinha bem coringa e pode ser feita com o queijo que você preferir ou o que estiver disponível na sua geladeira. Desta vez eu usei queijo coalho – ok, sei que não é dos mais light, mas é bem saboroso – mas poderia ser um tofu, um queijo branco, ricota, ou cottage. Na base do canapé pode-se usar fatias de abobrinha em substituição à berinjela, ou seja, é uma receitinha bacaninha que se adapta ao gosto do cozinheiro e dos convidados.

 

CANAPÉ DE BERINJELA COM QUEIJO COALHO

(rende 20 unidades)

 

Ingredientes:

  • 1 berinjela média bem lavada e fatiada (fatias de 1 cm)
  • 1 xícara (chá) de molho de tomate temperado com alho, pimenta e sal
  • 20 fatias de queijo da sua escolha, ou mini colheradas de queijo cremoso light como cottage
  • manjericão fresco a gosto
  • sal a gosto

 

Modo de Preparo: Ajeite as fatias de berinjela sobre um papel manteiga e sobre cada uma delas coloque uma colherada de molho de tomate temperado. Depois coloque uma fatia ou porção de queijo sobre cada canapé e finalize com folhas frescas de manjericão e sal. Leve ao forno preaquecido em 180º por 20 minutos. Retire do forno e sirva em seguida.

Canapé de berinjela_F&F

 

Bom Apetite!

 

Linguado com Limão e Amêndoas

Postado em Fácil, Light, No forno, Peixe, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 03 de fevereiro de 2014

Linguado com limão e amêndoas_F&F

 

Depois de uns dias afastada do blog volto com boas notícias: a minha baby Olivia nasceu! É um dengo, uma delicinha e graças a Deus é uma bebê saudável e muito tranquila. Quem me segue no Instagram pode ver algumas fotinhos dela que eu coloco às vezes por lá :)

 

E por falar em saúde, aqui em casa nós costumamos consumir bastante peixe, ao menos 2 vezes por semana eu preparo peixe assado, grelhado ou no papelote. Desta vez eu tinha um pouco de amêndoas trituradas e fiz linguado em crosta de amêndoas com fatias ultra finas de limão siciliano e posso dizer que ficou divino! Eu já publiquei várias receitas de peixe com crosta de amêndoas e de ervas aqui no blog mas gosto de mudar uma coisinha ou outra cada vez que faço. Peixe é o tipo de prato que combina com cozinha rápida, por ser uma carne bem delicada cozinha depressa e pode ser preparado de muitas formas diferentes, então se você não consegue peixe fresco com facilidade, vale à pena investir em pacotinhos dele congelado, mas lembre-se: separe apenas a porção que for usar de cada vez para descongelar pois uma vez descongelado não pode ser congelado novamente.

 

Esta mesma receita pode ser feita com castanha de caju, com castanha do Pará ou com pistache (amo esta versão). Como eu queria uma refeição bem leve servi o linguado com macarrão parafuso de linhaça, um produto orgânico que eu comecei a consumir muito aqui em casa há pouco tempo. Descobri este macarrão com linhaça em uma das minhas visitas ao bairro da Liberdade aqui em SP e depois disso nunca mais deixei de comprar. Ele não é sem glúten porque tem um pouco de farinha de trigo integral na composição, mas é com certeza mais leve e mais saudável que a massa tradicional e o sabor é simplesmente delicioso. Para a massa eu apenas salteei em azeite tomatinhos cereja, alho e brócolis. E precisa mais que isso?

 

LINGUADO COM LIMÃO E CROSTA DE AMÊNDOAS

(para 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 4 filés de linguado sem pele e sem espinhas
  • 4 colheres (sopa) de amêndoas trituradas (com ou sem pele)
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • suco de 1/2 limão siciliano
  • 4 fatias bem finas de limão siciliano com a casca
  • sal e pimenta a gosto

 

Modo de Preparo: Ajeite os filés de linguado sobre um refratário e regue com o limão, o azeite e tempere com pimenta e sal. Misture bem com as mãos fazendo com que o tempero pegue bem dos dois lados dos filés. Cubra a superfície dos filés com as amêndoas trituradas e depois cada filé com uma fatia de limão. Leve ao forno preaquecido em 180º por 30 minutos, ou até que os filés estejam assados e as amêndoas levemente douradas. Sirva em seguida.

 

Bom Apetite!

Salada de couve-flor com abobrinha grelhada e cebola roxa

Postado em Fácil, Light, Receitas Rápidas, Saladas, Vegetarianas - 20 de janeiro de 2014

Salada de couve-flor final_F&F

Ah o calor…o calor é cruel com as grávidas, que naturalmente já sentem o peso das altas temperaturas mais do que as outras pessoas, e eu não escapei. Estou passando perrengue com o calor extremo que tem feito aqui em SP, e quem diria, SP tem tido uma das temperaturas mais altas do país. Assim, a minha salvação tem sido as saladinhas bem nutritivas e geladas, as frutas (igualmente geladas) e tudo o mais que se possa imaginar…GELADO, claro!

 

Numa das minhas aventuras na cozinha acabou saindo esta salada de couve-flor cozida no vapor, abobrinha grelhada no azeite, cebola roxa, tomate e salsa, muita salsa <3. Um molhinho bem caprichado por cima de tudo e foi amor à primeira garfada.

 

É impressionante como todos estes ingredientes combinaram lindamente e agora esta saladinha virou uma das favoritas lá em casa. Eu gosto de salada de qualquer jeito, mas eu sei que muitas pessoas só comem salada quando ela tem um atrativo a mais, é mais colorida, mais elaborada e parece mais apetitosa aos olhos, e este é com certeza o caso desta delicinha aqui! Nada mal para começar uma semana leve e festejar a segunda sem carne, não acham?

 

SALADA DE COUVE-FLOR, ABOBRINHA GRELHADA E CEBOLA ROXA

(serve até 6 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 1 pé pequeno de couve-flor separado em buquês e bem lavado
  • 2 abobrinhas italianas pequenas bem lavadas
  • 2 tomates italianos
  • 1 cebola roxa grande
  • 4 colheres (sopa) de azeite
  • suco de 1 limão
  • 1 dente de alho triturado
  • 1 pitada de pimenta calabresa desidratada
  • 1 pitada de tomilho desidratado
  • 1/2 xícara (chá) de salsa fresca picada
  • sal a gosto

 

Modo de Preparo: Cozinhe a couve-flor no vapor até que esteja al dente e reserve (não deixe a couve-flor amolecer demais se não perde a graça). Corte as abobrinhas  e a cebola roxa em meia lua, retire as sementes dos tomates e corte-os em cubos. Numa frigideira aqueça rapidamente o azeite com o alho. Junte a abobrinha cortada, o tomilho, a pimenta calabresa, um pouco de sal e deixe grelhar em fogo médio, salteando de vez em quando, até que estejam douradas de ambos os lados. Isto leva uns 8 minutos, aproximadamente. Quando a abobrinha estiver dourada junte a cebola roxa fatiada e mexa por apenas 2 minutos. Desligue, regue com o suco de limão e deixe esfriar. Numa travessa junte a couve-flor, a abobrinha grelhada com a cebola e o tempero que se formou na frigideira, os tomates cortados e misture tudo delicadamente. Finalize com a salsa picada, cubra com filme plástico e leve para gelar até o momento de servir, ou no mínimo 30 minutos.

 

Bom Apetite!

 

Pasta Básica de Ricota com Ervas

Postado em Antepastos, Clássicos, Comidinhas, Fácil, Light, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 09 de dezembro de 2013

Pasta de ricota com ervas_F&F

Esta pastinha básica de ricota com ervas é um coringa! Pode ser servida como patê acompanhada de torradinhas, como recheio para massas, tortas, sanduíches, pode ser servido com crudités de legumes e verduras, como recheio de cogumelos assados, e outras tantas finalidades.

 

O que eu adoro nesta receita é que ela é muito simples, prática e super saborosa. Basta usar as ervas que tiver em casa e as que mais lhe agradarem. Eu costumo usar como base de recheios de sanduíches naturais e garanto que combina tanto com salmão defumado ou atum quanto com frango desfiado ou fatias rosadas de rosbife, e todo mundo adora! Agora no verão então eu faço sempre e sirvo com crudités (confira uma sugestão de como servir os crudités aqui: Petisco Light), que são deliciosos e super light!

 

E sabe do que mais? Esta pastinha bem básica de ricota com ervas é tão fácil de preparar que pode ser a sua salvação nos preparativos de última hora para os petiscos natalinos. Se quiser dar uma incrementada ainda maior dá pra colorir adicionando espinafre, beterraba ou cenoura. Para uma versão sem lactose basta usar o tofu firme em substituição à ricota e um leite sem lactose.

 

PASTA BÁSICA DE RICOTA COM ERVAS

(rende 1 xícara)

 

Ingredientes:

  • 300g de ricota fresca picada
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 1/2 xícara (chá) de ervas frescas da sua preferência (gosto muito de usar alecrim, manjericão, hortelã e salsa)
  • 4 colheres (sopa) de leite desnatado
  • pimenta e sal a gosto

 

Modo de Preparo: Coloque todos os ingredientes juntos num processador de alimentos ou num liquidificador e bata até obter uma pasta bem homogênea, Ajuste o sal e a pimenta se achar necessário e mantenha na geladeira coberto com um fio de azeite até o momento de servir.

 

Bom Apetite!

 

Salada de Carpaccio de Pupunha com Agrião

Postado em Entradas, Fácil, Light, Saladas - 02 de dezembro de 2013

Salada de Carpaccio de Pupunha_F&F

Esta salada de carpaccio de pupunha é bem fácil de preparar, é light e é super refrescante para o verão. Além disso como ela fica com uma apresentação bem bonita pode perfeitamente fazer parte da sua ceia de Natal.

 

O carpaccio de pupunha hoje é facilmente encontrado já cortado em muitos supermercados (naquele “lugar de gente feliz” sempre tem) e ele é a base desta salada bem colorida e saborosa, que consiste basicamente na montagem dos ingredientes num prato bonito. O único segredinho aqui mas que faz toda a diferença é marinar as lâminas de pupunha no tempero por pelo menos uma hora antes de servir, para que fiquem mais macias e absorvam bem o tempero. Como eu amo acrescentar nozes, castanhas ou sementes em quase todas as minhas saladas achei que nesta a noz pecã cairia muito bem, mas dá pra usar castanha de caju, castanha do Pará, amêndoas, ou qualquer outra que preferir.

 

SALADA DE CARPACCIO DE PUPUNHA COM AGRIÃO

(serve 6 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 200g de palmito pupunha cortado como carpaccio
  • 200g de folhas de agrião bem lavadas e sem os talos
  • 20 mini tomates bem lavados (cereja, sweet grape, etc.)
  • 1/2 cebola
  • 1 punhado generoso de noz pecã picada grosseiramente
  • 1/2 xícara (chá) de azeite
  • suco de 1 limão
  • pimenta a gosto
  • sal a gosto
  • lâminas de queijo parmesão (opcional)

 

Modo de Preparo: Coloque o azeite, o suco do limão, a pimenta e o sal num pote com tampa e agite bem até que esteja bem misturado. Coloque as fatias de pupunha num prato ou travessa funda e cubra com o molho. Tampe com plástico filme e leve para a geladeira por 1 hora. Enquanto isso fatie a cebola em meias luas finíssimas e coloque de molho em água gelada até o momento da montagem da salada. Depois do tempo da marinada do pupunha ajeite cada lâmina num prato grande, forrando todo o prato. Misture o agrião, os mini tomates e a cebola fatiada num bowl à parte com as mãos e junte num montinho no centro do prato. Regue toda a salada com o molho da marinada e por fim salpique as nozes picadas por todo o prato. Se quiser adicione lâminas de queijo parmesão para finalizar.

 

Bom Apetite!

 

Lasanha de abobrinha vegetariana e sem glúten

Postado em Abobrinha, Fácil, Gastronomia Funcional, Light, No forno, Pratos Principais, Receitas Especiais (s/ Glúten/Lactose), Vegetarianas - 27 de novembro de 2013

Lasanha de abobrinha sem gluten_F&F

Vocês sabem que eu sou fã de abobrinha né? E sou também fã de receitas vegetarianas, justamente por serem leves, saborosas e poderem ser consumidas à noite sem nenhuma culpa.

 

Esta lasanha de abobrinha é uma verdadeira delícia e é também muito fácil de preparar. Ela é vegetariana e sem glúten porque não leva massa na receita e nenhum outro tipo de farináceo. Para aqueles que não podem ingerir também lactose eu sugiro substituir a ricota fresca – que nesta receita usei de búfala – por queijo de soja (tofu) amassadinho com um garfo, e podem ter certeza que esta versão também ficará deliciosa!

 

A ideia de fazer esta lasanha surgiu de uma outra receita que eu já publiquei aqui, o Ravioli de Abobrinha sem Massa, em um dia que eu estava com uma vontade doida de comer lasanha mas não queria ganhar tantas calorias com uma lasanha tradicional. Então esta opção aqui matou a minha vontade lindamente, e para dar mais sustância ao prato eu acrescentei castanha do Pará no recheio. A graça e o toque cheio de glamour fica por conta do concassé* de tomates (ensino abaixo como fazer) que eu fiz na hora com tomates italianos ultra doces que eu tinha em casa, e que garantiu um sabor extra especial, mas se você quiser simplificar e usar tomates crus picados ou tomates pelados em lata fique à vontade.

 

LASANHA DE ABOBRINHA – VEGETARIANA E SEM GLÚTEN

(para duas pessoas)

 

Ingredientes:

  • 2 abobrinhas italianas pequenas bem lavadas
  • 1 xícara (chá) de ricota fresca amassada (usei de búfala, mas pode ser comum, ou tofu)
  • 1 punhado de castanha do Pará picada
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 4 tomates italianos maduros (2 fatiados e 2 para o concassé)
  • pimenta e sal a gosto
  • queijo parmesão ralado para finalizar (ou outro queijo light, ou sem lactose)

 

Modo de Preparo: Fatie as abobrinhas em lâminas finas no sentido do comprimento usando apenas a parte mais firme (despreze o miolo com as sementes – se quiser reserve para uma omelete) em um fatiador de legumes (mandolina) ou com uma faca bem afiada. Reserve. Em uma tigela misture a ricota amassada, a castanha do Pará e tempere com o azeite, pimenta e sal. Unte levemente 2 refratários pequenos ou 1 médio com um fiozinho de azeite e faça a primeira camada de abobrinha. Depois faça uma camada com a ricota temperada, outra com fatias de tomate e repita todas as camadas até acabar com uma camada de abobrinha. Finalize com uma cobertura de tomate concassé*, depois polvilhe um pouquinho de queijo parmesão e leve ao forno em 180º por 20 a 30 minutos, ou até que a abobrinha esteja macia e a cobertura levemente dourada.

Lasanha de abobrinha sem gluten2_F&F

 

* Receita de Tomate Concassé:

Concassé de tomate_F&F

 

Ingredientes: 2 tomates italianos maduros (rende 1 xícara de concassé)

 

Preparo: Faça um corte nos tomates em forma de cruz, de cima a baixo. Espete um tomate de cada vez (pela parte de onde seria o cabo) em um garfo comprido com cabo de madeira e leve-os para tostar direto na chama do fogão. Vá virando o tomate sobre a chama até que toda a pele esteja chamuscada e se soltando. Depois retire toda a pele (com os tomates ainda mornos), corte os tomates ao meio e retire todas as sementes. Pique o restante dos tomates (a parte da polpa) em quadradinhos bem pequenos e use na receita.

Obs: Você pode simplesmente retirar a pele do tomate passando-o por água fervente e fazer todo o processo para o concassé, mas eu prefiro sempre queimar na chama do fogão porque adoro o saborzinho defumado que este processo agrega aos tomates ;)

 

Bom Apetite!

 

 

Salada de grãos com frango

Postado em Acompanhamentos, Comidinhas, Fácil, Light, Receitas Rápidas, Saladas - 18 de novembro de 2013

Salada de grãos e frango_F&F Esta salada super nutritiva e saborosa vem lá do blog da minha amiga Faby, que assim como eu é uma apaixonada pelas receitas com grãos, principalmente a quinua.

Nós duas, acompanhadas de mais companhias femininas super divertidas e interessadas no mesmo tema: COMIDA, estivemos juntas no Peru em setembro deste ano para o Festival Gastronômico MISTURA, que acontece anualmente em Lima.

 

Como a maioria de vocês deve saber, o Peru é um país famoso pela diversidade da quinua que é produzida por lá. Digamos que eles podem ser chamados de reis da quinua, tamanha a variedade de cores, tamanhos e propriedades de cada tipo. No MISTURA, inclusive, havia uma tenda enorme só em homenagem à quinua, chamada Mundo da Quinua, em que diversos expositores mostravam e vendiam suas produções.

 

É claro que todas nós trouxemos alguns pacotinhos na mala, e esta saladinha da Faby foi uma das melhores receitas frias que eu já provei com quinua. Ela levou um bowl cheio desta delícia para uma reunião entre amigos que fiz na minha casa e eu garanto que não sobrou um único grão para contar história no dia seguinte.   O bom desta salada é que até quem torce um pouco o nariz para a quinua vai gostar porque ela é uma salada leve e refrescante que combina também couscous marroquino e lentilha. É viciante! E já fica a dica para preparar esta delícia para as festas de final de ano, por ser uma salada rica, colorida e que combina com praticamente tudo.

 

SALADA DE GRÃOS COM FRANGO

(ligeiramente adaptada* do blog Pimenta no Reino)

Serve até 8 pessoas

 

Ingredientes:

  • 4 filés de peito de frango bem limpos e cortados em cubinhos
  • 1 fio de óleo de gergelim
  • 2 maçãs pequenas sem casca e sem sementes, picadas (não usei pois não tinha no dia)
  • 2 talos de alho poró fatiados* (apenas a parte branca e a verde clarinha)
  • 1 cebola pequena picada
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 punhado de uvas passas (usei pretas)
  • 1/2 xícara (chá) de vinho branco seco
  • 1/2 xícara (chá) de couscous já hidratado em caldo ou água
  • 1 xícara (chá) de lentilhas cozidas em água e sal e escorridas
  • 1/4 de xícara (chá) de quinua cozida al dente em água e sal e escorrida (usei a negra, mas pode ser a vermelha, a branca ou a tricolor)
  • 1 cenoura grande ralada
  • pimenta e sal a gosto
  • ervas picadas a gosto (usei manjericão e salsa)
  • 1/2 limão espremido*
  • 2 colheres (sopa) de molho de soja

Modo de Preparo: Tempere os cubos de filé de frango com sal e pimenta. Coloque o óleo de gergelim numa panela e frite os cubinhos de frango até dourarem. Junte as maçãs picadas (se estiver usando) e deixe dourar junto com o frango (no meu caso usei alho poró). Acrescente o molho de soja, a cebola, o alho e deixe dourar por mais alguns minutos. Depois acrescente as uvas passas e o vinho branco e deixe o álcool evaporar. Ajuste o sal e a pimenta se necessário e desligue o fogo. Num bowl misture o couscous já hidratado, a quinua cozida, a lentilha já cozida e escorrida, a cenoura ralada, e o frango refogado. Misture tudo delicadamente e regue com azeite a gosto, limão espremido, ervas picadas, pimenta e ajuste o sal se achar necessário.

 

Dicas:

1) A Faby sugere que quem não curte maçã pode substituir por damascos, abacaxi ou figos picados

2) A dica para os vegetarianos é substituir o frango por cogumelos

3) Para deixar tudo ainda mais saboroso você pode hidratar o couscous em um bom caldo de legumes ou frango (caseiro de preferência que é sempre mais gostoso)

4) Cozinhe a quinua sempre na proporção de 1 para 2, ou seja, 1 medida de quinua para 2 de água. Junte uma pitada de sal e cozinhe até que esteja al dente.

 

Bom Apetite!

 

Carpaccio de Carne Caseiro

Postado em Carnes, Clássicos, Fácil, Light, Molhos, Petiscos - 13 de novembro de 2013

Carpaccio de Carne_F&F

Fazer o próprio carpaccio pode parecer dificílimo e até impossível à primeira vista, mas a verdade é que não é não. Basta prestar atenção em alguns pequenos truques e o carpaccio caseiro poderá ser uma realidade, e ainda mais barato do que o comprado pronto.

 

Eu amo carpaccio, e sei bem que grávidas são proibidas de consumi-lo – o que é bem triste no meu caso porque eu estou com uma saudade! – mas outro dia recebi alguns amigos em casa e como era um dia quente tive a ideia de fazer carpaccio com um molhinho bem gostoso e servir com folhas verdes e torradas. Tão bom!

 

Pois bem, o Natal está chegando e o ano novamente passou voando. Alguns leitores já me enviaram e-mails pedindo sugestões de receitas para a ocasião festiva – sim, a temporada de receitas natalinas está aberta aqui no blog, animem-se! – e resolvi começar por esta dica de petisco que é uma delícia, além de ser um verdadeiro clássico. Muitos amam carpaccio! E se for acompanhado de um molhinho no capricho então fica irresistível. Apenas lembre-se que a carne deve ser ultra fresca e muito bem conservada em geladeira até o momento de servir, pois carne crua é delicada e com este calor desértico que faz no final do ano não podemos bobear.

 

Outra dica: faça o seu próprio carpaccio se for servir numa recepção para poucas pessoas (no máximo 12 eu diria), porque se for fazer para um batalhão é um trabalho à toa, fica mais fácil comprar aquele da caixinha mesmo e tá tudo certo, sem drama.

 

CARPACCIO CASEIRO COM MOLHO DE MOSTARDA E MEL

(serve até 8 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 1 peça de 1 kg de lagarto bovino bem limpo e fresco 

Para o Molho:

  • 3 colheres (sopa) de mostarda (gosto da dijon, mas pode ser da comum também)
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 1 colher (sopa) de mel
  • 2 colheres (sopa) de água filtrada
  • 2 colheres (sopa) de alcaparras bem picadas
  • queijo parmesão ou peccorino ralado a gosto
  • sal e pimenta a gosto
  • folhas de manjericão para finalizar

 

Modo de Preparo: Embrulhe bem a peça de lagarto em filme plástico, apertando a carne, e leve ao congelador por 3 horas. Depois deste tempo desembrulhe a carne do filme plástico e com uma faca bem afiada corte fatias bem finas – o mais finas que conseguir – e reserve. Se as fatias não ficarem tão finas quanto o desejado coloque uma a uma entre dois pedaços de filme plástico e amasse a carne com as costas de uma colher, ou dê leves batidinhas com um martelo de cozinha para que as fatias fiquem bem fininhas (também vale usar um rolo de macarrão se achar mais prático), mas tome cuidado para não rasgá-las. Ajeite todas as fatias em um prato grande, regue com o molho, finalize com o queijo ralado e sirva com folhas verdes e torradas. Se for preparar com antecedência reserve o molho para o momento de servir, cubra as fatias de carpaccio com filme plástico e mantenha em geladeira. O ideal é servir o carpaccio geladinho e bem fresco.

 

Para o molho: coloque todos os ingredientes – exceto o queijo parmesão – num pote de vidro com tampa, feche e agite muito bem. Regue o carpaccio com o molho e finalize com o queijo parmesão e com as folhinhas de manjericão.

 

Bom Apetite!

 

 

 

Strogonoff Light de Frango com Iogurte

Postado em Clássicos, Dicas, Frango, Light, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 11 de novembro de 2013

Strogonoff de Frango Light_F&F

 

Eu faço esta receita há muitos anos, mas não sei por qual motivo ela nunca apareceu por aqui. É uma versão light do tradicional strogonoff de frango pois substitui o creme de leite por iogurte e apesar de muitos terem preconceito na substituição eu garanto que fica delicioso e digo mais: desde pequena eu aprendi a substituir o creme de leite por iogurte em diversas receitas e só ganhei com isso. Ganhei saúde, experiência e criatividade na cozinha.

 

Se eu gosto do strogonoff tradicional com creme de leite? Sim, é claro que eu gosto, mas sempre tenho esta carta na manga para quando bate aquela vontade de comer este delicioso prato bem no meio da semana, porque afinal de contas dar uma economizada nas calorias não faz mal a ninguém. Por isso o iogurte é um produto que não falta na minha geladeira, ele é tão versátil, tão saboroso e tão saudável que eu uso em muitos preparos, desde molhos para saladas até sobremesas levinhas.

 

Para aqueles que são intolerantes à lactose eu sugiro usar o tofu cream no lugar do iogurte, que também fica delicioso e muito saudável.

 

STROGONOFF LIGHT DE FRANGO COM IOGURTE

(serve 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 300g de filé de peito de frango bem limpo, sem nada de gordura
  • 1 cebola pequena picadinha
  • 1 dente de alho picadinho
  • 1 fiozinho de óleo vegetal ou azeite
  • 2 tomates sem pele batidos no liquidificador
  • 1 copo de iogurte natural desnatado, aprox. 170g (prefiro os mais cremosos)
  • 2 colheres (sopa) de catchup
  • 1 colher (sopa) de molho inglês
  • 1 pitada de páprica picante
  • 1/2 xícara (chá) de cogumelos paris frescos fatiados (ou champignon em conserva)
  • sal e pimenta a gosto
  • salsinha fresca picada para finalizar

 

Modo de Preparo: Corte os filés de peito de frango já bem limpos em tirinhas ou cubinhos, como preferir. Tempere com sal e pimenta e reserve. Enquanto isso refogue a cebola e o alho no fiozinho de óleo vegetal ou azeite. Junte o frango picado e refogue até que esteja branquinho de todos os lados e começando a dourar. Regue com os tomates batidos, junte o catchup, a páprica, o molho inglês e os cogumelos. Reduza o fogo para o médio e deixe cozinhar por 5 minutos, até quase começar a ferver. Junte o iogurte, mexa bem para incorporar ao restante do molho e cozinhe por mais 5 minutos. Ajuste o sal e a pimenta se achar necessário, finalize com a salsa fresca picada e sirva com arroz 7 grãos ou arroz branco, como preferir.

 

Bom Apetite!

 

Filé de Frango com Legumes Assados

Postado em Fácil, Frango, Light, No forno, Pratos Principais - 04 de novembro de 2013

Filé de Frango com Legumes assados_F&F

Oi gente, tudo bem? Dei uma escapadinha para tirar umas pequenas férias e fazer o enxoval da Olívia (sim, minha baby já tem nome) que chega no comecinho do ano, por isso eu sumi rapidinho mas já estou de volta pra começar a semana com tudo! Receitinha delícia, facílima de fazer e de quebra super saudável e nutritiva.

 

Este Filé de Frango é bem prático de preparar e você pode usar os legumes que mais gostar. Aí alguns podem pensar: mas não seria mais fácil grelhar os filés de frango e depois servir com legumes ao vapor? Sim, seria mais fácil mesmo e até mais rápido, mas eu simplesmente amo o sabor dos legumes assados, eu acho que nenhum método de cozimento os deixa mais deliciosos, perfumados e tenros, mas é uma questão de preferência.

 

A receita é bem levinha, perfeita para dias de verão. Tudo bem que os dias aqui em SP andam meio indefinidos, há dias de frio e chuva e outros de calor que mais parecem dias de sauna a céu aberto, mas este prato é uma refeição completa que até dispensa acompanhamentos, mas se você é daqueles que não dispensam um acompanhamento, um arroz integral como coadjuvante ou uma salada de folhas de entrada combinam super bem também.

 

FILÉ DE FRANGO AO FORNO COM LEGUMES

(serve até 4 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 6 filés de peito de frango bem limpos e de espessura média
  • 2 xícaras (chá) de brócolis (somente as flores)
  • 1 xícara (chá) de tomate cereja ou outro mini tomate
  • 1 abobrinha média fatiada
  • 1 xícara (chá) de abóbora descascada e cortada em cubos
  • azeite o quanto baste
  • 3 colheres (sopa) de molho de soja
  • 1 dente de alho moído ou espremido
  • pimenta moída a gosto
  • sal a gosto

 

Modo de Preparo: Tempere os filés de frango com azeite, pimenta e sal a gosto e reserve. Cozinhe o brócolis e a abóbora por 2 minutos em água fervente, depois escorra bem e reserve. Sele os filés de frango por apenas 1 minuto de cada lado em uma frigideira antiaderente. Disponha todos os legumes no fundo de um refratário e regue com a mistura de azeite, molho de soja, pimenta moída e alho (aqui não precisa colocar sal pois o molho de soja já é bem salgado). Ajeite sobre os legumes os filés de peito de frango que foram selados rapidamente em frigideira e leve ao forno preaquecido a 180º por 20 minutos, ou até que os legumes e o frango estejam levemente dourados. Sirva em seguida.

 

Bom Apetite!

 

Salada de Couve com Laranja

Postado em Eu testei!, Fácil, Light, Molhos, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Saladas, Vegetarianas - 16 de outubro de 2013

Salada de Couve com laranja_F&F

Outro dia assistindo ao delicioso programa do Rodrigo Hilbert – o novo queridinho do Brasil em se falando de programas culinários na TV – o vi preparar uma apetitosa salada de couve crua com molho de laranja e na hora minha boca se encheu de água!

 

É claro que eu precisava preparar, não só porque o moço em questão cativa pelo seu jeito simples e prático de apresentar as receitas, mas também porque eu amo couve e já provei algumas vezes salada de couve crua, mas não com este tempero. Além de tudo a salada ficou linda e é absurdamente saudável! Quem olha pra ela tão simples não imagina a delícia que é a combinação da couve com o molho de laranja, é viciante!

 

Prepará-la é realmente muito fácil e o segredo está em usar uma couve orgânica e quanto mais fresquinha melhor. Eu fiz questão de comprar a minha assim – não curto muito aquelas que já vem cortadinhas na bandeja mesmo sendo ultra práticas porque pra mim não se compara ao sabor de uma couve cortada na hora. Outro segredinho foi a dica que o próprio Rodrigo deu no programa dele: colocar a couve já fatiada de molho em água para retirar o amargor da folha. Feito isso é só fazer o molho e ser feliz, muito feliz!

 

SALADA DE COUVE CRUA COM MOLHO DE LARANJA

(receita do Programa Tempero de Família, GNT)

(serve bem 2 pessoas)

 

Ingredientes:

 

  • 2 xícaras (chá) bem cheias de couve fresca fatiada em tiras bem fininhas
  • 1 laranja com a casca bem lavada
  • 1 colher (chá) de mostarda (usei mostarda com mel e ficou divino)
  • 2 colheres (sopa) de vinagre (usei aceto balsâmico)
  • 6 colheres (sopa) de azeite
  • pimenta moída a gosto
  • sal a gosto

 

Modo de Preparo: Antes de fatiar a couve retire todos os talos do centro das folhas. Faça uma pilha com as folhas e enrole todas juntas. Usando uma faca bem afiada fatie a couve em tirinhas bem finas, o mais fino que conseguir. Coloque a couve fatiada de molho em água por uns 5 minutos, depois escorra a água e transfira a couve para o recipiente de servir. Prepare o molho usando um vidro com tampa. Com a laranja ainda inteira rale a parte amarela da casca bem fininha de modo a fazer mais ou menos 2 colheres de raspas de casca de laranja. Dentro do vidro coloque o azeite, o vinagre, a mostarda, o suco da laranja, o sal e a pimenta. Tampe o vidro e agite bastante para que o molho se misture de forma homogênea. Regue a salada com o molho e finalize com as raspas da casca de laranja. Sirva em seguida.

 

Bom Apetite!

 

Maçãs Desidratadas ou Chips de Maçã

Postado em Comidinhas, Fácil, Light, No forno - 14 de outubro de 2013

Maçãs desidratadas_2

A saga da maçã desidratada começou pra mim há algum tempo atrás quando meu cunhado apareceu no escritório com um pacotinho delas e eu simplesmente viciei. Mas as dele eram industrializadas e eu tinha certeza de que era possível fazer em casa sem conservantes, sem açúcar, sem mel, sem nada. Apenas maçãs. E foi assim que eu consegui realizar meu desenho de ter minhas próprias maçãs desidratadas, testando como fazer em casa e com um único e delicioso ingrediente.

 

A gravidez me trouxe alguns hábitos que eu não tinha antes, como a loucura por frutas. Eu sempre gostei de frutas, nem todas na verdade, mas o fato é que eu não costumava comer fruta todos os dias, não tinha o hábito porque não tinha vontade, não sentia necessidade delas. Mas desde o início da gravidez isso mudou e eu devoro várias frutas todos os dias, o setor de frutas no hortifruti passou a ser um verdadeiro prazer pra mim e volto pra casa com pelo menos uns 5 tipos de frutas na sacola de compras. Maçã, pêssego e uva não podem faltar. Maçã então tem sido a minha fruta mais amada e preferida, como todos os dias durante o dia e a noite também, e como é bom!!!! Até me esqueci do meu amado chocolate amargo por causa da maçã, acreditem!

 

Então é claro que aprender a fazer minha própria maçã desidratada era uma obrigação, e agora estou muito satisfeita porque descobri que é facílimo, não toma muito tempo e nem dá trabalho. Pesquisei algumas receitas mas a que mais me cativou foi esta aqui porque só usa mesmo maçãs e mais nada! A única diferença foi que eu preferi as minhas sem o papel manteiga na hora de levar ao forno. Usei uma assadeira top que eu tenho antiaderente e foi sucesso total, porque antes eu testei com o papel manteiga e algumas fatias acabaram colando nele e me deu um trabalho master descolar uma a uma sem quebrar.

 

Agora a receita…uma opção perfeita e muito levinha para lanchinhos ao longo do dia, para carregar na bolsa, para enfrentar o trânsito, e até para incrementar a granola do café da manhã.

 

MAÇÃS DESIDRATADAS OU CHIPS DE MAÇÃ

 

Ingrediente:

3 maçãs pequenas ou médias bem lavadas e com a casca (uso a pequena, do tipo gala)

 

Modo de Preparo: Preaqueça o forno em 110º (se o seu forno não chegar a esta temperatura mais baixa preaqueça o forno em 180º com a porta parcialmente aberta) por uns 15 minutos. Enquanto isso lave e seque as maçãs com a casca e fatie-as na mandolina (aquele fatiador de alimentos que faz lâminas bem fininhas), desprezando os cabinhos e toda a semente que se soltar. Se preferir use um descaroçador de maçã. Ajeite as lâminas de maçã numa assadeira grande de modo que nenhuma fatia fique sobre a outra. Leve ao forno preaquecido por 1 hora em 110º (ou 180º com a porta parcialmente aberta – 4 dedos  de espaço são suficientes, se precisar coloque uma luva de cozinha e/ou panos de prato dobrados para segurar a porta aberta). Depois desligue o forno, vire todas as fatias de maçã e deixe esfriarem lá dentro com a porta parcialmente aberta. Depois de completamente frias armazene em potes com tampa ou de fechamento hermético. Os chips de maçã duram bem até 3 dias.

 

Maçãs desidratadas_1

 

 

Palitos Crocantes de Abobrinha

Postado em Abobrinha, Acompanhamentos, Comidinhas, Dicas, Light, Molhos, No forno, Petiscos, Vegetarianas - 23 de setembro de 2013

Palitos de abobrinha_2

 

Esta receita é surpreendente e deliciosa! É tão gostosa que dá até pra duvidar que seja mesmo light! Mas é light sim porque os palitos de abobrinha são empanados numa mistura de farinha integral e depois assados. Quando esta delicinha sai do forno está crocante parecendo batata frita, um acompanhamento super saudável para sanduíches ou uma opção de petisco leve para receber os amigos em casa.

 

Como tudo na vida tem o seu lado B, esta receitinha aqui também tem uma parte chatinha, porque dá um pouco de trabalho para empanar os palitos um a um, mas nada tão aterrorizante assim, nada que você mulher poderosa na cozinha não tire de letra :) e eu garanto que os minutos de chatice valem muito à pena depois pelo resultado! Quando fiz em casa quase não sobrou pra mim, porque “alguém” que duvidava do sucesso da receita atacou os potinhos de abobrinha como se não houvesse amanhã…

 

Ó, a receitinha de hoje tem um bônus: o meu molho caseiro preferido de tomates! Pra vocês usarem e abusarem!

 

PALITOS CROCANTES DE ABOBRINHA

(rende 2 porções)

 

Ingredientes:

  • 3 abobrinhas médias bem lavadas e cortadas ao meio
  • 3 colheres (sopa) de farinha de trigo integral
  • 3 colheres (sopa) de farinha de trigo comum
  • 2 colheres (sopa) de farinha de milho
  • 1 colher (sopa) de queijo parmesão (opcional)
  • 1 colher (café) de sal
  • 1/2 colher (café) de pimenta moída
  • 2 ovos batidos com o garfo
  • azeite o quanto baste

 

Modo de Preparo: Preaqueça o forno em 250º. Enquanto isso unte uma assadeira com azeite e reserve. Numa tigela misture as farinhas, o queijo parmesão, o sal e a pimenta. Com uma colher de chá retire as sementes das metades das abobrinhas e depois corte-as em palitos. Passe os palitos de abobrinha pelos ovos batidos e depois pela mistura de farinhas e coloque na assadeira untada. Repita esta operação até que todos os palitos de abobrinha estejam empanados. Regue as abobrinhas com um fio de azeite (se tiver um borrifador de azeite o resultado será ainda melhor) e leve ao forno preaquecido por 10 minutos, retire, vire as abobrinhas e asse por mais 10 minutos do outro lado. Sirva bem quente com um molho de tomates básico*.

 

Meu molho de tomates básico: bata no liquidificador ou mixer 1 lata de tomates pelados com o suco (geralmente eu não bato, pois uso este molho com massas, mas para este tipo de receita – e também para pizzas – eu prefiro bater pra ficar mais homogêneo). Numa panela refogue 2 dentes de alho bem picados no azeite e junte o tomate batido + 1 colher rasa de café de sal. Quando o molho começar a ferver junte 1 colher de sopa rasa de açúcar mascavo – pois é, pra mim o açúcar mascavo faz TODA a diferença neste molho – e folhas frescas de manjericão (eu sempre coloco bastante e só uso o da folhona grande e brilhante). Abaixe o fogo, tampe a panela e deixe apurar por uns 40 minutos. Ajuste o sal e a pimenta se for necessário e desligue. Este molho pode ser armazenado em potes de vidro com tampa na geladeira por até 4 dias (dá pra congelar também). Fica delicioso com uma massa cozida. Só isso já faz a felicidade de alguém, pode confiar!

 

Quer uma dica de ouro? Anota a receitinha deste molho e leva pra vida, você certamente irá encontrar muitas receitas para usá-lo e por favor, lembre-se de mim quando o sentimento de felicidade e satisfação invadir o seu ser! hahahahaha

 

Neste vídeo AQUI eu ensino a fazer o meu molho de tomates preferido! Caseirinho e delicioso!

 

Palitos de abobrinha_1

 

Bom Apetite!!!

 

 

Tzatziki – ou salada de pepino com iogurte

Postado em Acompanhamentos, Antepastos, Clássicos, Cozinha Árabe, Fácil, Light, Petiscos, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 13 de setembro de 2013

Tzatziki_F&F

Esta saladinha é bem conhecida por quem aprecia comida árabe e grega, cada uma delas com sua versão, mas a base é sempre a mesma: pepino + iogurte + temperinhos. Eu amo esta salada porque além de ser bem leve e refrescante é muito saborosa e rápida de preparar. Gosto de servi-la acompanhada de pratos quentes como o quibe ou apenas com pães sírios e torradas numa mesa de petiscos. Sim, alguém vai dizer que já tem uma versão desta salada por aqui, e tem mesmo, mas digamos que ela é “do século passado deste blog” e eu gosto de refazer algumas das minhas receitas preferidas com fotos mais bonitas e uma modificação ou outra que na minha opinião só melhoram com o tempo :)

 

Quando eu era criança este petisco era obrigatório nas mesas das festas e dos nossos finais de semana, fazendo parceria com o babaganoush, o homus e a coalhada seca. Acho que a minha mania de petiscar já vem daí, da minha infância e dos hábitos familiares. Em casa não pode faltar uma mesa farta de petisquinhos antes de qualquer reunião, grande ou pequena.

 

Escolhi esta receita hoje em comemoração ao verão que vem se aproximando. Mas comemoração por que? Eu não sou a virtuosa defensora e apaixonada pelo inverno? Sim, eu sou, acontece que eu já me cansei do frio e grávida só consigo pensar em comidinhas frescas e de preferência geladinhas. Não que isto seja motivo para vocês se preocuparem, as saladas e receitas frias estarão sim presentes por aqui neste período, mas sem dúvida alguma as receitas quentes e mui apetitosas também, afinal ninguém consegue viver só de salada, né?!

 

TZATZIKI – ou saladinha delícia de pepino com iogurte

(serve até 4 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 2 pepinos japoneses grandes parcialmente descascados e sem as sementes
  • 2 copos de iogurte natural desnatado (ou coalhada)
  • 4 colheres (sopa) de azeite
  • suco de 1 limão
  • 1/2 xícara (chá) de hortelã fresca picada
  • pimenta moída e sal à gosto

 

Modo de Preparo: Depois de descascar parcialmente os pepinos corte-os longitudinalmente e retire as sementes com a ajuda de uma colher de café ou boleador. Despreze as sementes. Fatie as metades dos pepinos em lâminas finas e coloque numa tigela. Enquanto isso misture o iogurte com o azeite, o suco de limão, a hortelã picada e tempere com pimenta moída na hora e sal à gosto. Regue os pepinos fatiados com o molho de iogurte e misture bem. Passe para um recipiente e sirva com pães sírios, torradas como petisco ou como acompanhamento de saladas, quibes e frango grelhado.

 

Bom Apetite!

 

 

Legumes Gratinados com Tofu

Postado em Acompanhamentos, Fácil, Light, No forno, Vegetarianas - 02 de setembro de 2013

Legumes gratinados com tofu2

Esta receita é uma delícia vegetariana. Bem levinha, nutritiva e temperada no ponto certo, pode ser uma ótima opção para refeições pouco calóricas e para aquela controlada básica nos dias de semana. Receitinha fácil, daquelas que se faz até em dias de preguiça.

 

Eu sou suspeita para falar sobre o tofu – queijo de soja para quem não conhece – porque eu simplesmente amo e pra mim ele é delicioso até puro com um pouquinho de molho de soja e ervinhas picadas, mas engana-se quem pensa que tofu serve apenas para complementar uma salada ou para acompanhar a comida japonesa. Eu por exemplo faço infinitas receitas com tofu, e esta é uma delas, usando o tofu numa receita quente no lugar do queijo “gordo” para dar aquele arzinho de “queijo gratinado”. Mas é claro que como o tofu não possui gordura ele não derrete, mas dá uma douradinha, fica com um sabor delicioso e combina muito bem com os legumes assados.

 

Aqui eu usei apenas abobrinha, berinjela e tomate, mas poderia acrescentar outros legumes e verduras que ficaria igualmente bom! E tem coisa melhor do que comer uma comidinha deliciosa e depois não ficar com peso na consciência (nem na balança)?

 

LEGUMES GRATINADOS COM TOFU

(serve até 4 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 1 berinjela grande fatiada (com ou sem a casca, como preferir)
  • 1 abobrinha grande fatiada
  • 2 tomates grandes fatiados
  • 1/2 tomate sem sementes picado
  • 1 talo de alho poró fatiado
  • 1 copo de suco de tomate (ou tomate pelado batido no liquidificador)
  • 6 fatias de tofu firme
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • ervas frescas a gosto (usei alecrim, manjericão e hortelã)
  • pimenta e sal a gosto

 

Modo de Preparo: Forre o fundo de um refratário com metade do suco de tomate. Faça uma camada de berinjela, depois uma de abobrinha e uma de tomates, temperando cada camada com as ervas frescas, uma pitada de sal e pimenta. Regue com a outra metade do suco de tomate, depois com o azeite e por fim distribua as fatias de tofu. Finalize com o alho poró fatiado, com as ervas frescas e o tomate picadinho. Leve ao forno preaquecido em 180º por 40 minutos ou até que os legumes estejam macios e o tofu levemente dourado. Sirva em seguida.

 

Legumes gratinados com tofu1

Bom Apetite!

 

Figos Assados com Mel e Coalhada Seca com Amêndoas

Postado em Comidinhas, Dicas, Entradas, Fácil, Frutas, Light, Petiscos, Receitas Rápidas - 17 de julho de 2013

Figos assados com mel_1

Quer aproveitar o final da época de figos e arrasar com uma receitinha coringa que pode ser servida como petisco, como entrada acompanhada de salada de folhas verdes ou ainda de sobremesa? Então vem comigo!

Continue Lendo …

Torta de Abóbora Light

Postado em Fácil, Light, No forno, Pães e Tortas, Receitas Rápidas, Tortas, Vegetarianas - 04 de julho de 2013

Torta de abóbora light_F&F

Pra mim tudo o que é de abóbora já é mais tentador, já que ela é uma das minhas queridinhas no reino vegetal. E eu já contei aqui que além de ser deliciosa e muito versátil a  abóbora é também cheia de vitaminas e pouco calórica né?! Então, esta tortinha de abóbora aqui é muito saborosa e é bem levinha, com poucas calorias e muito fácil de preparar também.

Continue Lendo …

Cogumelos Recheados com Abobrinha

Postado em Cogumelo, Comidinhas, Entradas, Fácil, Light, No forno, Petiscos, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Vegetarianas - 24 de junho de 2013

Cogumelos recheados_F&F

 

Como uma boa amante de cogumelos eu não poderia deixar de gostar dos tradicionais cogumelos recheados e é justamente por isso que eu já publiquei algumas versões desta receita tão fácil e tão gostosa por aqui.

Continue Lendo …

Rolê de frango caprese

Postado em Carnes, Fácil, Frango, Light, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos - 17 de junho de 2013

Rolê de frango caprese_F&F

Segunda é dia de comida leve e fácil, principalmente para aliviar um pouco o peso na consciência do final de semana. Estes rolês de frango são bem gostosos, light e de preparo rápido. Acompanhados de um arroz e de uma salada não precisa de mais nada!

Continue Lendo …

Espetinhos de figo assado, presunto cru e mozzarella

Postado em Comidinhas, Datas Especiais, Entradas, Fácil, Light, Petiscos, Receitas Rápidas - 12 de junho de 2013

Espetinhos de figo, parma e mozzarella_F&F

Hoje é O DIA DO AMOR!!!! E pra mim este dia do amor tem comemoração dupla porque foi justamente o dia em que me casei, então é claro que eu não poderia deixar de trazer pra vocês uma receita que é sim puro amor porque ela é tão simples de preparar que você vai ter tempo de sobra para paparicar muito o seu amor e comemorar este dia tão gostoso sem nenhum estresse na cozinha.

Continue Lendo …