Salada de Feijão-Fradinho com Mexilhões ou com Atum

Postado em Comidinhas, Entradas, Fácil, Frutos do Mar, Light, Peixe, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Saladas - 08 de fevereiro de 2017

Salada de Mexilhões e Feijão Fradinho_Blog Figos e Funghis

 

Hoje o post é 2 em 1! Olhaaaa! Por motivos de: há moradores nesta casa que não comem frutos do mar (aff!, fala sério!) e eu estava louca de vontade de comer mexilhões. O bom é que todos acabaram ganhando duas receitas em uma, e modéstia à parte eu te garanto que a combinação é uma deliciosidade só! A inspiração vem de uma saladinha de frutos do mar com feijão branco que eu comi em Madrid, na Espanha. Tinha camarão, polvo, mexilhões e lula numa espécie de molho vinagrete e o feijão branco. O sabor daquele prato era muito bom, e a harmonia da combinação um pouco inusitada de feijões com frutos do mar foi o fator surpresa.

 

Confesso que em termos de comida eu sou totalmente influenciável. Se eu provo algum prato gostoso em uma viagem e amo, fico por um bom tempo imaginando mil possibilidades para me inspirar naquilo e dali criar uma versão própria. Eu gosto de exercitar a criatividade, acho mesmo que este é um fator importante tanto na cozinha como em tudo na vida (Eu tenho pra mim que quem exercita a criatividade e o raciocínio não envelhece mentalmente – não é lindo?). Depois de anos de vivência na cozinha eu já me conheço muito bem para saber que o novo sempre me inspira. Viagens, novos livros, novos conceitos, os passeios pela internet, a receita da vizinha ou a compartilhada pelas mães da escolinha da filha no Whatts App (hahahaha), tudo isso me inspira a cozinhar.

 

Bom, voltando à receita do dia, eu resolvi testar a combinação de feijão-fradinho (também conhecido como feijão-de-corda) com os mexilhões que trouxe de Floripa agora em Janeiro. Aliás, os mexilhões de Floripa também são incríveis, não são apenas as ostras de lá que dão um show de sabor. Para quem não come mexilhão eu preparei a mesma salada mas os substituí por filezinhos de atum. Como esta salada saiu no improviso e eu não tinha atum fresco usei atum em conserva em azeite – os mexilhões saíram do congelador e o feijão da despensa. Por sorte um pimentão vermelho, uma cebola e um limão siciliano salvaram a receita. As ervas vieram da minha hortinha. Mas olha, se eu tivesse um pedaço de lombo de atum fresco eu o prepararia parcialmente selado e serviria nesta salada. Certamente subiria um nível…kkkk

 

É uma refeição completa e cheia de frescor, para dias de calor, de piscina e ainda que você esteja na cozinha da sua casa almoçando eu te garanto que você vai lembrar da praia. Um arraso de salada, que sai do comum e conquista, vai por mim!

Salada de Mexilhões e Feijão Fradinho2_Blog Figos e Funghis

SALADA DE FEIJÃO-FRADINHO COM MEXILHÕES

(serve 1 pessoa)

 

Ingredientes:

  • 12 mexilhões grandes, sem a casca e limpos
  • 1 xícara (chá) da salada de feijão-fradinho* (receita abaixo)
  • 2 gomos de limão siciliano
  • ervas frescas a gosto (usei salsa, manjericão e hortelã)

 

Modo de Preparo: Cozinhe os mexilhões no vapor por apenas 5 minutos e reserve. Depois junte-os delicadamente com a salada de feijão-fradinho e sirva com os gomos de limão e as ervas frescas.

 

PARA A SALADA DE FEIJÃO-FRADINHO:

 

Ingredientes:

  • 2 xícaras (chá) de feijão-fradinho já cozido em água, sal e 2 folhas de louro
  • 1 pimentão vermelho bem lavado e cortado em cubinhos
  • 1 cebola grande cortada em finas fatias
  • salsa fresca picada
  • azeite o quanto baste
  • suco de 1 limão siciliano
  • sal a gosto

 

Modo de Preparo: Após cozinhar o feijão-fradinho em água, sal e 2 folhas de louro (o feijão deve ficar firme) escorra e reserve. Em uma tigela misture o feijão com o pimentão, a cebola e a salsa fresca e misture bem. Por fim tempere com azeite, limão e sal.

Salada de Atum e Feijão Fradinho_Blog Figos e Funghis

Para a versão com atum ajeite o feijão no prato ou tigela de servir e distribua bons pedaços de filés por cima. Finalize com ervas frescas e gomos de limão para quem quiser acrescentar mais ao tempero.

Salada de Mexilhões e Feijão Fradinho3_Blog Figos e Funghis

Para conferir uma outra receita misturando feijão e peixe confira esta Salada de Feijão Branco com Atum que eu publiquei há alguns anos aqui no blog. É boa demais também! O link está aqui ó: http://figosefunghis.com.br/2010/12/salada-de-atum-diferente.html

 

Bom Apetite!

 

Creme de Batata e Alho-Poró Thai ou Vichyssoise Thai

Postado em Comfort Food, Contos, Entradas, Frutos do Mar, Inverno, Restaurantes, Sopas e Caldos, Thai, Viagens - 10 de agosto de 2016

Vichyssoise thai2_Figos & Funghis

Quando eu era criança minha mãe – que aliás é uma mestre na preparação de sopas – fazia muito um creme de batata com alho-poró pra nós que todos amavam, e mais tarde fui descobrir que a tal sopa é a famosa e tem nome chic: Vichyssoise. Trata-se de uma clássica receita francesa em que batatas e talos de alho-poró são cozidos em caldo de galinha e depois adicionados de creme de leite fresco. Quem já provou sabe que por si só a receita já é uma absoluta delicia e não precisaria de mais nenhuma modificação.

 

Porém, quando estive recentemente em Portugal, mais precisamente na pequena cidade de Ericeira, me hospedei no Hotel Vila Galé e o restaurante de lá tinha uma chef que fazia uma comida incrivelmente deliciosa. Em uma das refeições que fizemos ali resolvi pedir uma vichyssoise com camarões que tinha no menu (e nada de descrição, apenas o nome mesmo), mas jamais imaginei a surpresa que estaria por vir. Quando a sopa chegou na mesa além de linda exalava um perfume intrigante de capim limão e coentro, uma versão da sopa famosa que eu nunca tinha visto. Os camarões vieram por cima, grandes e com aspecto delicioso deixado pelo cozimento no vapor, e finalizada com delicadas folhinhas de coentro. Mesmo sem provar eu já estava feliz porque adoro ser surpreendida por receitas inusitadas, e também porque a apresentação estava deslumbrante.

 

Já contei pra vocês que eu sou apaixonada por comida thailandesa né? Então, ao olhar para o prato logo identifiquei esta forte influência na receita, e quando provei a minha felicidade apenas se completou, foi uma festa de sabores na minha boca. E não só o coentro e os camarões combinaram perfeitamente nela como também percebi imediatamente que o leite de coco havia sido utilizado em substituição ao creme de leite fresco. Eu adoro decifrar receitas quando vou a um restaurante e gosto do que provo…fico sentindo cada detalhe do prato para depois tentar reproduzir em casa. Não, não tive coragem de pedir a receita à chef, afinal em um hotel como aquele isto não soaria muito educado, enfim, pode ser bobagem, mas fiquei tímida.

 

Só sei que aquela sopa deslumbrante não saiu da minha cabeça, e assim que tive oportunidade de reunir todos os ingredientes corri para prepará-la. A dificuldade estava em encontrar o capim limão, também conhecido como capim cidreira, pois o que se usa na receita como na tradicional culinária thai é justamente o bulbo dele que fica debaixo da terra, próximo da raiz, e não é toda hora que se acha um pé de capim cidreira pela frente. No interior é sim bem mais fácil, mas por aqui geralmente só se encontra as folhas. Eu já cheguei a ver uma vez há anos atrás no empório Santa Luzia uma bandeja só de bulbos de capim limão, mas eu ainda era inocente naquela época e não via muita utilidade pra eles…hahahaha. Acabei encontrando um pé de cidreira na casa da minha avó e como ela havia recém colhido as folhas eu tratei logo de arrancar o que restou. Dá pena, porque arrancando o bulbo com a raiz capim não nasce mais, precisa plantar novamente, mas aqui eu aproveito para dar uma dica: use o ingrediente com consciência e não desperdice, pegue apenas o que irá usar ou use tudo o que colher. E plante novamente depois para ter sempre :)

 

A sopa? Ah sim, na minha opinião deu super certo e cheguei bem perto do resultado daquela que provei em Portugal, deu para matar a vontade, ficou mesmo deliciosa, só não posso dizer que ficou igual porque não sou tão boa cozinheira quando a chef portuguesa, e também porque fica difícil a comparação entre a minha sala de jantar e o restaurante com vista para o mar do Vila Galé. De todo o jeito viajar e conhecer novos sabores e combinações é maravilhoso, e poder relembrar destas experiências pelo paladar é a minha forma preferida de matar as saudades. Espero que vocês também provem esta receita e se deliciem com ela.

 

VICHYSSOISE THAI

(para 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 4 batatas inglesas médias descascadas e cortadas em cubos
  • 2 talos de alho-poró fatiados (use a parte mais clara e reserve a verde para fazer um caldo de legumes caseiro)
  • 1 bulbo de capim limão bem limpo e fatiado
  • 1 litro de caldo de galinha (ou caldo de legumes)
  • 1/3 de xícara (chá) de leite de coco
  • 2 colheres (sopa) de coentro fresco picado
  • 1 fio de azeite
  • 8 camarões médios ou grandes e limpos (sem as cabeças e com os rabos)
  • suco e raspas da casca de 1/2 limão tahiti
  •  1 colher (chá) de sal grosso
  • 1 ramo de tomilho-limão fresco
  • pimenta branca em grãos
  • sal e pimenta-do-reino moída a gosto
  • folhinhas de coentro ou de salsa fresca para finalizar

 

Modo de Preparo: Aqueça o azeite em uma panela e acrescente o bulbo de capim limão fatiado, refogando por alguns minutos até que o aroma comece a subir. Acrescente o alho-poró, refogue por mais alguns minutos e depois junte as batatas e o caldo de galinha. Cozinhe até que as batatas estejam macias, e então adicione o leite de coco e cozinhe por 5 minutos. Ajuste o sal se precisar. Desligue, junte as folhas de coentro picadas e bata com um mixer. Se precisar adicione mais caldo de galinha para conseguir a consistência desejada para o creme, que não deve ser nem muito espesso e nem muito ralo.

 

Para o preparo dos camarões: Se tiver uma panela de cozinhar no vapor ok, mas se não tiver coloque os camarões sobre um escorredor de metal e apoie sobre uma panela com água. Aromatize a água com o suco de limão, as raspas, o tomilho-limão e o sal grosso. Tempere os camarões apenas com um pouquinho de sal e pimenta moída na hora. Somente depois que a água da panela ferver coloque o recipiente com os camarões por cima, tampe e cozinhe no vapor por 8 a 10 minutos, dependendo do tamanho dos camarões. Fique de olho, se os camarões forem pequenos eles cozinharão em menor tempo, não deixe passar. Quando estiverem prontos sirva sobre o creme. Eu gosto dele quente, ainda mais nesta versão thai que remete a pratos quentes, mas na França é comum servi-lo frio.

Vichyssoise thai_Figos e Funghis

Esta receita fica chiquérrima se for servida como entrada em um jantar ou em pequenos copinhos em um coquetel ou recepção em formato de finger food. Pode ter certeza que o sucesso está garantido. É deliciosa, original e ao mesmo tempo simples.

 

Ah, e aproveitem para ver a página especial do Figos & Funghis que está em destaque esta semana no PINTEREST, está lindíssima e cheia de receitas deliciosas!!! É só clicar AQUI!

 

Beijo!

 

Ceviche de Salmão com Maracujá

Postado em Clássicos, Comidinhas, Dicas, Entradas, Frutos do Mar, Light, Peixe, Pimenta, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 06 de julho de 2016

Ceviche de Salmão com Maracujá_Blog Figos & Funghis

Aqui em casa nós amamos ceviche, eu mais ainda porque sou fã mesmo da comida peruana (não é à toa que já estive no Peru por duas vezes com a única missão de comer tudo o que conseguisse kkkk). Então, aí que apesar de estarmos em pleno inverno surgiu um sol gostoso, e dias bonitos me lembram pratos delicados, frescos, coloridos…

 

Vocês sabem que o ceviche é um prato em que o peixe é cozido no caldo do limão né? Então, o diferencial desta receita é que além do limão eu deixo o peixe marinar/cozinhar no maracujá, ambas frutas ácidas e por isso adequadas para este tipo de preparo. Eu gosto do ceviche naquele ponto em que os cubinhos ficam cozidos do lado de fora e crus por dentro, e dá para perceber isso quando o lado de fora fica levemente esbranquiçado e opaco, mas acho ideal porque é tempo suficiente para que o leite de tigre encharque a carne do peixe de sabor.

 

Outro motivo para eu amar ceviche além da delicia que é, é que ele tem pouquíssimas calorias e é perfeito para depois da prática de exercícios, já que é proteína pura. Como eu faço um baita esforço para me manter em uma alimentação bacaninha durante os dias da semana o ceviche acaba sendo figurinha fácil por aqui. Como faço bastante, para dar uma diversificada às vezes eu coloco cubos de avocado (aquele tipo de abacate menorzinho, sabe?), em outras coloco manga, e assim sempre sai um ceviche diferentão. Por isso mesmo é que já publiquei algumas versões diferentes de ceviche aqui no blog. Olivia também já aprendeu com os pais e adora ceviche, come até a cebola crua e não reclama…kkkk. Aprendi que paladar de criança é assim, precisa de treinamento para se acostumar a comer de tudo.

 

CEVICHE DE SALMÃO COM MARACUJÁ

(para 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 400g de lombo de salmão fresco sem pele e sem espinhas
  • suco de 1 limão tahiti
  • polpa de 1 maracujá
  • 1 cebola roxa fatiada em meia lua
  • 1 pimenta dedo-de-moça sem sementes e bem picada
  • 2 colheres (sopa) de coentro fresco picado
  • sal a gosto
  • 6 pedras de gelo

 

Modo de Preparo: Deixe a cebola de molho em água fria por 10 minutos. Corte o peixe em cubos médios, nem muito grandes nem muito pequenos, do tamanho de um bocado. Coloque-os em uma tigela e cubra com o suco de limão, a polpa de maracujá e um pouco de sal. Junte os cubos de gelo e mexa com uma colher por alguns minutos, depois cubra e leve à geladeira por 15 minutos. Escorra a cebola e reserve. Tire o peixe temperado da geladeira, retire os cubos de gelo de dentro e junte a cebola, a pimenta e o coentro. Adicione mais sal se achar necessário. Sirva em seguida.

 

Dica esperta: Os cubos de gelo servem para manter o peixe bem fresco e gelado, além de acelerar o cozimento a frio. Aprendi este truquezinho lá no Peru, com um expert em ceviche de rua, os melhores que se pode achar por lá!

Não sei vocês, mas eu sou muito feliz com um bowlzinho de ceviche na mão :)

 

Beijo!

 

 

Tapas! De Camarão com Linguiça Defumada

Postado em Antepastos, Comidinhas, Fácil, Frutos do Mar, Petiscos, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 01 de junho de 2016

Tapas de Camarão e linguiça defumada | Blog Figos & Funghis

Eu amo estas comidinhas que você pode ficar beliscando devagar, colocando no pão, batendo um papo com os amigos, tomando uma cerveja bem gelada ou um vinho branco tão leve que você nem percebe que bebeu a garrafa toda. Eu amo comida que agrega, que aproxima e une as pessoas, comidas que convidam a um bom bate papo, a momentos felizes de descontração. E foi numa dessas ocasiões que esta receita nasceu, deliciosa por sinal!

 

Desde já me desculpo pela foto, que foi tirada às pressas com o celular antes que todos atacassem com voracidade a travessa enorme que eu havia acabado de preparar. A inspiração para esta receita veio de uma tapa que comi na minha viagem à Madrid, e que mesclava lulas e chouriço espanhol, que é uma linguiça típica de lá, temperada com páprica. Mas algo me dizia que aquela combinação ficaria ainda melhor com camarões, e quando tive oportunidade resolvi testar. Fui na intuição. Não tinha chouriço espanhol, mas tinha calabresa defumada. Tinha camarões, alho, vários tipos de ervas e isso já era suficiente para conseguir algo delicioso. E foi mesmo!

 

Quando eu preparei este acepipe (ou chame de petisco, tapa, aperitivo, como preferir…) fazia muito calor, e aproveitamos para degustar na beira da piscina com uma garrafa de cava geladinha para acompanhar, mas isso não quer dizer que você precise da piscina e da cava, pois garanto que você vai ser feliz do mesmo jeito se for beliscar em frente à TV enrolado em uma mantinha bem reconfortante :) Ah, e tem ainda mais um ponto positivo para esta receitinha: fica pronta em apenas 15 minutinhos!

 

TAPAS DE CAMARÃO E CALABRESA DEFUMADA

(serve até 8 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 1 kg de camarões pequenos com a casca, ou 500g de camarões médios, já limpos
  • 500g de linguiça calabresa defumada (ou chouriço espanhol) cortada em fatias largas
  • 200g de mini tomates lavados e inteiros
  • 2 dentes de alho bem picados
  • 1 punhado de salsa fresca picada
  • 1 punhado de manjericão fresco rasgado com as mãos
  • 1 ramo de tomilho limão
  • 1 fio de azeite
  • suco de 1/2 limão tahiti e raspas da casca
  • pimenta moída a gosto
  • sal a gosto

 

Modo de Preparo: Em uma frigideira bem grande doure o alho e o ramo de tomilho limão no azeite e em seguida junte as fatias de linguiça. Mexa de vez em quando e deixe dourar bem. Quando a linguiça estiver bem dourada junte os mini tomates, os camarões e salteie por três minutos minutos, até que os camarões estejam cozidos (a carne deve estar branca). Desligue o fogo, regue com o suco de limão e finalize com a salsa fresca picada e as folhas de manjericão rasgadas. Misture tudo delicadamente e transfira para uma travessa. Finalize com as raspas de limão e sirva em seguida. Seja muito feliz devorando esta delicia!!!

 

Façam, façam e façam, garanto que vocês não irão se arrepender. Ah, e quem fizer volta aqui pra me contar o que achou tá?!

 

Beijo!

 

Esta receita você viu primeiro aqui, no Blog Figos & Funghis ;)

Kebabs de Camarão com Vegetais e Emulsão de Manteiga Lurpak com Limão Siciliano e Ervas

Postado em Comfort Food, Comidinhas, Dicas, Fácil, Figos&FunghisTV, Frutos do Mar, Light, Peixe, publieditorial, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Vídeos - 18 de novembro de 2015

Kebabs de camarão Lurpak_F&F

Eu sou daquelas pessoas que não vive sem uma boa manteiga. Seja para passar no pão, seja para cozinhar ou para finalizar alguns pratos ela é sempre uma ótima companhia.

 

E foi assim que a manteiga Lurpak entrou na minha vida. Para quem ainda não conhece, a manteiga Lurpak é especial porque é produzida com o mais puro creme de leite e não tem conservantes nem corantes, o que lhe garante um sabor puro e suave, além de uma textura perfeita para a elaboração de receitas. Tão deliciosa assim é claro que foi amor à primeira mordida!

 

Nesta receita que eu produzi em vídeo especialmente pra vocês eu usei a manteiga para preparar uma emulsão com limão siciliano e ervas, que depois foi usada para lambuzar deliciosamente alguns kebabs de camarão com vegetais que eu adoro! Mas não se assustem com o nome da receita, porque ela é na verdade muito simples. Esta é uma receita que aprendi quando fui ao Hawaii e ela é tão fácil de preparar, fica tão perfumada e linda que você também não vai resistir. É perfeita para dias quentes na beira da piscina ou para qualquer outra ocasião em que você queira algo prático, gostoso e com uma cara incrível sem perder muito tempo na cozinha.

 

Para conferir dá um play no vídeo aqui embaixo. A lista de ingredientes está na descrição do vídeo no canal do blog no Youtube ;) Vai lá, aproveita e se inscreve, tem vários vídeos lindos vindo por aí!!!

 

E então, gostaram da receita? Bora fazer comida boa?!

 

#boacomidamerece #façasuamágica #lurpakbr

 


Camarão flambado com purê de mandioquinha e quinua

Postado em Fácil, Frutos do Mar, Light, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 29 de outubro de 2014

Camarão flambado com pesto2_F&F

Este prato é a prova de que é sim possível fazer receitas simples e fáceis com cara de receita elaborada, com um toque de sofisticação. Os camarões foram flambados, depois receberam uma generosa colherada de molho pesto por cima. Acompanhados por purê de mandioquinha – um clássico que combina perfeitamente com peixes e frutos do mar – e quinua negra ficaram com cara de festa!

 

Eu preparei este prato para jantar sozinha um dia desses em casa, porque a solidão no jantar não precisa ser sinônimo de macarrão instantâneo. Abri o congelador e bati os olhos em um pacote de camarão que eu havia trazido da praia. Imediatamente resolvi que seriam o meu jantar, e como flambar é o método mais rápido ( e na minha opinião o mais saboroso também) de preparar camarões eu os deixei descongelando e fui providenciar os acompanhamentos. O manjericão da minha hortinha de varanda viraram um delicioso molho pesto em menos de 5 minutos. As mandioquinhas orgânicas roubadas da gaveta de “papinha” da Olivia deram vida a um ultra simples porém delicioso purê, e a quinua negra trazida do Peru só agregou ainda mais sabor ao conjunto todo. Por falar nisso, quando você der de cara com um pacote de quinua negra no mercado não hesite em levá-lo para casa. Na minha opinião é a mais saborosa e crocante de todas as quinuas, uma pena ser tão difícil de encontrá-las por aqui, geralmente só encontro misturadas com a quinua vermelha e a branca. E se você for para o Peru faça como eu e lote sua mala desta delicia, porque além de todos os ótimos adjetivos a quinua por lá é muito mais barata que aqui.

 

Se você nunca se arriscou em preparar camarões saiba que há muitas possibilidades de preparo para eles, e que cozinham muito rápido, aliás tão rápido que você precisa ficar de olho pois se passarem do ponto ficam duros e pouco saborosos. O purê desta vez eu quis fazer uma versão mais light (não totalmente light porque sou filha de Deus e usei um tico de manteiga) e usei apenas a água do cozimento no lugar do leite (e prefiro assim). Para o molho pesto eu decidi não usar nenhum tipo de castanha ou amêndoa, porque eu queria que ficasse bem verdolengo e líquido, para escorrer sobre os camarões.

 

Esta receita é tão fácil mas tão fácil que qualquer iniciante bem intencionado na cozinha consegue reproduzir. Que tal agradar o marido, esposa, ou o seu próprio estômago preparando esta delicinha?

 

CAMARÕES FLAMBADOS COM PURÊ DE MANDIOQUINHA E QUINUA

(para 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 12 camarões grandes descascados e limpos
  • suco de 1/2 limão
  • 1/3 de xícara (chá) de cachaça (ou whisky, ou conhaque)
  • 4 mandioquinhas descascadas e fatiadas
  • 1/2 xícara (chá) da água do cozimento das mandioquinhas
  • 1 colher (chá) de manteiga
  • 1 xícara (chá) de folhas de manjericão
  • 1/3 xícara (chá) de azeite
  • 1/2 xícara (chá) de quinua (usei a negra, mas pode ser qualquer uma delas)
  • pimenta moída e sal a gosto
  • azeite a gosto

 

Modo de Preparo: Prepare primeiro o purê de mandioquinha, cozinhando-as em água até que estejam bem macias. Reserve a água do cozimento. Coloque em uma tigela (ou no liquidificador) a mandioquinha cozida, a água, a manteiga e o sal a gosto e bata com um mixer por apenas 2 minutos, até obter um purê bem liso e homogêneo. Também no mixer bata o azeite, as folhas de manjericão, a pimenta e o sal para fazer o molho pesto. Cozinhe a quinua no dobro da quantidade de água e sal por apenas 5 minutos após a fervura da água, pois elas devem ficar al dente. Agora prepare os camarões. Em uma tigela coloque os camarões e tempere com o suco de limão, a pimenta e o sal. Aqueça bem uma frigideira, adicione um fio de azeite e salteie os camarões por apenas 2 minutos. Regue com a cachaça (ou whisky ,ou conhaque) e incline a frigideira em direção á chama do fogão, deixando a chama subir e flambar os camarões. Sirva em seguida os camarões sobre uma “caminha” de quinua e acompanhados com purê de mandioquinha. Regue os camarões com uma porção generosa de molho pesto e seja feliz!

 

Camarão flambado com pesto_F&F

 

 

Bom Apetite!

 

Spaghetti com Camarão à Putanesca

Postado em Clássicos, Fácil, Frutos do Mar, Massas e Pizzas, Molhos, Pratos Principais, Receitas Italianas - 18 de junho de 2014

Spaghetti com camarão à putanesca_F&F

 

Eu amo massas, mas apesar de ter os meus molhos preferidos às vezes eu gosto de variar, e foi assim que surgiu a ideia de fazer um molho à putanesca com camarões. A variação deste molho clássico acrescido de camarões ficou simplesmente divina, tem um toque salgadinho e apimentado que faz toda a diferença. Para acompanhar e dar um charme a mais no prato eu fiz disquinhos de queijo parmesão, outra dica muito fácil de reproduzir aí na sua cozinha.

 

Esta massa fica linda e muito saborosa e é perfeita para os almoços de final de semana ou de feriado (andamos cheios de feriado por aqui hein?! Eba!). Tenho certeza que sua família e seus convidados irão se deliciar e pedir a receita :)

 

SPAGHETTI COM CAMARÕES À PUTANESCA

(serve 4 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 500g de camarões médios limpos, sem cabeça e sem casca
  • 500g de spaghetti
  • 4 tomates italiuanos sem pele e sem sementes picados
  • 1 lata de tomate pelado com o suco
  • 4 colheres (sopa) de azeitonas pretas sem caroço picadas
  • 4 colheres (sopa) de alcaparras
  • 1 pimenta dedo-de-moça sem sementes bem picada (ou outra de sua preferência)
  • 3 dentes de alho fatiados
  • 1 punhado generoso de manjericão fresco
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • sal a gosto

 

Para os discos de parmesão:

  • 200g de queijo parmesão ralado fino
  • 2 colheres (sopa) de farinha de trigo

 

Modo de Preparo: Leve água abundante para ferver para cozinhar o spaghetti. Enquanto isso aqueça o azeite em uma frigideira grande e doure levemente o alho fatiado. Junte os tomates italianos frescos picados, os tomates pelados com o suco e metade do manjericão. Cozinhe por 20 minutos e adicione as azeitonas e as alcaparras. Leve a massa para cozinhar na água fervente e adicione bastante sal na água. Cozinhe o molho por mais 5 minutos e junte os camarões limpos e descascados. Ajuste o sal e tampe a frigideira. Cozinhe por mais 5 minutos, escorra a massa e sirva com o molho por cima, finalizando os pratos com mais manjericão fresco picado e com um *disquinho de parmesão em cada prato. Sirva bem quente.

 

*Para fazer os discos de parmesão preaqueça o forno em 200º por 15 minutos. Misture o queijo parmesão com a farinha de trigo em um bowl e com a ajuda de um aro ajeite a mistura em uma assadeira antiaderente, fazendo o máximo de disquinhos que conseguir. Eles não podem ficar em uma camada grossa pois precisam ficar fininhos e crocantes ao final. Depois de moldar os disquinhos com um aro sobre a assadeira leve para o forno e asse por 15 a 20 minutos, ou até que os disquinhos estejam dourados. Retire do forno e espere esfriar. Depois de frios eles estarão crocantes para serem servidos com a massa.

 

Bom Apetite!

 

Arroz 7 grãos com mexilhões

Postado em Arroz, Comfort Food, Fácil, Frutos do Mar, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 17 de maio de 2013

16_05_2013_12_18_18

 

Eu amo frutos do mar e sempre que tenho oportunidade compro frescos, mas quando não consigo acabo comprando congelados mesmo. Hoje há boas marcas disponíveis no mercado, e os mexilhões por exemplo podem ser encontrados pré-cozidos e embalados a vácuo, o que conserva seu sabor, cor e frescor mesmo depois de congelados.

Continue Lendo …

Bobó de Camarão

Postado em Clássicos, Dicas, Frutos do Mar, Pratos Principais - 29 de novembro de 2012

Eu sou uma apaixonada confessa pela comida baiana, simplesmente não resisto a um bom acarajé, uma moqueca ou um bobó, e dia desses eu estava surtando de vontade de comer bobó de camarão, então tive que ir para a cozinha e preparar este delicioso bobó. Aproveitei para usar o azeite de dendê que trouxe da Bahia ;)

Continue Lendo …

Mexilhões ao vinho branco

Postado em Clássicos, Comidinhas, Entradas, Fácil, Frutos do Mar, Light, Petiscos, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 27 de novembro de 2012

Esta receita de mexilhões pode ser uma opção deliciosa de petisco para as festas de final de ano. Os mexilhões aqui são cozidos em molho de tomates ao vinho branco e ficam com um sabor delicado e irresistível. Outra coisa boa desta receita é que ela pode ser servida fria ou quente, depende apenas da sua preferência.

Continue Lendo …

Camarão thai

Postado em Fácil, Frutos do Mar, Light, Peixe, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Thai - 31 de agosto de 2012

A receita de hoje é inspirada na culinária thailandesa, que eu amo de paixão. Como aquele povo sabe usar os muitos temperos, especiarias e condimentos com perfeição! A comida é ao mesmo tempo condimentada mas sem ser carregada, há um equilíbrio nos sabores e o colorido está sempre presente! 

Continue Lendo …

Purê de abóbora com Camarão grelhado

Postado em Fácil, Frutos do Mar, Light, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 16 de agosto de 2012

Uma das melhores combinações com camarão na minha opinião é a abóbora, é incrível como estes dois ingredientes ficam deliciosos juntos! Se você está buscando uma receita muito glamourosa com camarões eu garanto que você vai amar loucamente esta receitinha aqui porque além de ser facílima (mesmo!) de fazer o resultado final fica um charme e vai causar muitos suspiros até mesmo dos convidados mais exigentes. E quer saber a melhor parte? Esta receita tem poucas calorias já que tanto a abóbora quanto o camarão são alimentos com baixas calorias, e a única gordura da receita é o azeite, que só faz bem à saúde, então pode comer sem culpa.

Continue Lendo …

Moqueca Baiana de Peixe e Camarão

Postado em Clássicos, Curiosidades, Fácil, Frutos do Mar, Peixe, Pimenta, Receitas Rápidas - 20 de julho de 2012

Quando estive na Bahia agora nas férias o que eu mais comia por lá era moqueca. Moqueca de peixe, de camarão, de frutos do mar, moqueca mista, e em todos os restaurantes – até mesmo naqueles de praia – há uma moqueca no cardápio, é impressionante como o baiano ama moqueca, mas os turistas também! Eu como não sou boba nem nada aproveitei as muitas moquecas provadas para investigar com os cozinheiros e cozinheiras que encontrei na viagem como era o preparo de uma legítima moqueca. Isso quer dizer que na minha bagagem além de trazer lembranças deliciosas, fotos incríveis, temperinhos, azeite de dendê, tapioca e manteiga de garrafa eu trouxe também “A” receita da legítima moqueca baiana – que dizem os baianos é bem diferente da moqueca capixaba (que também já ouvi falar que é deliciosa!). Mas chega de papo e bora lá pra receita que ao contrário do que parece é facílima de fazer e fica pronta em apenas 30 minutinhos.

Continue Lendo …

Risoto de frutos do mar

Postado em Arroz, Clássicos, Dicas, Frutos do Mar, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Risotos - 23 de maio de 2012

Minha irmã e meu cunhado são simplesmente maluquinhos por frutos do mar, e meu cunhado é um dos maiores fãs da minha comida, principalmente dos meus risotos, ele adora! Aí o cunhado estava com vontade de comer risoto de frutos do mar, mas como a sister não tem lá muito conhecimento de como preparar frutos do mar eles foram em casa e eu preparei pra eles esta delícia. Sister é aluna aplicada, prestou atenção em cada detalhe e aprendeu a manusear e preparar frutos do mar – que na verdade não tem muito segredo – e o cunhado não preciso nem dizer que saiu de casa rolando de tanto que comeu risoto. Mas como sempre, tive que preparar dois risotos já que o marido não come nada de frutos do mar, então depois coloco aqui o risoto delícia que eu preparei especialmente pra ele. E ó, pra mim não pode faltar açafrão (ou cúrcuma) no risoto de frutos do mar, é o casamento perfeito! Olha só que fácil que é:

Continue Lendo …

Molho Alfredo com camarão

Postado em Dicas, Fácil, Frutos do Mar, Massas e Pizzas, Molhos, Receitas de 30 minutos - 25 de abril de 2012

Já deu pra perceber que eu sou doida pelo molho Alfredo né? Principalmente quando o clima colabora e as noites começam a ficar mais frias, o que pra mim significa que ficam muito mais gostosas! Massas com molhos cremosos e encorpados são perfeitas para esses dias, ainda mais se for fácil de fazer e ficar pronta em menos de 20 minutos! Este é exatamente o caso do molho Alfredo, que eu incrementei com camarões. Os americanos adoram acrescentar ingredientes diferentes ao molho Alfredo, e confesso que quando viajo eu não abro mão de provar as várias versões já que este é um dos meus molhos preferidos. Se você não gostar de camarão pode substitui-lo pelo bom e velho franguinho em cubos, que também fica muito gostoso.

Continue Lendo …

Camarão ao curry

Postado em Clássicos, Fácil, Frutos do Mar, Pimenta, Pratos Principais, Receitas Rápidas, Thai - 09 de abril de 2012

Esta receita é uma das mais gostosas e mais fáceis para se preparar com camarão. É bem simples de fazer, apesar de parecer cheia de frescura. O camarão ao curry e leite de coco é uma receita típica da culinária thailandesa (ou thai) e é também das mais conhecidas. Eu adoro uma comidinha thailandesa, as receitas são sempre coloridas, perfumadas, picantes e muito saborosas! Tenho um livro muito bom com receitas thai e é a ele que eu recorro quando tenho vontade. Com esta receita aqui não foi diferente, mas como eu mudei alguns ingredientes para usar o que tinha em casa a receita do livro não foi seguida e acabou sendo apenas a inspiração para um camarão ao curry bem especial e delicioso. Testa e depois me conta o que você achou!

Continue Lendo …

Risoto de Camarão com Palmito

Postado em Arroz, Frutos do Mar, Pratos Principais, Risotos - 18 de março de 2012

Este risoto de camarão com palmito eu fiz para a minha mãe na semana passada quando fui pra casa dela passar o final de semana. Minha mãe ama risotos, como todos na minha família, e sempre que vou visitá-la preciso fazer um risoto. Mas é claro que eu não fico no prejuízo, também aproveito e peço pra ela preparar as comidinhas de que mais gosto, e algumas delas inclusive já foram publicadas aqui no blog. O engraçado é que ela diz que os meus risotos são melhores que os dela, enquanto eu digo que os meus pratos preferidos que ela faz nunca ficam tão bons quando são preparados por mim…hahahhaa. Enfim, rola uma troca de comidinhas deliciosas. Mas voltando ao risoto, esta combinação de camarão e palmito fica simplesmente maravilhosa, o palmito não ofusca o sabor do camarão e também equilibra o prato, o toque final fica por conta daquele bom fio de azeite e muita salsa fresca picada por cima. E como sempre acontece nas minhas receitas com frutos do mar, a pimenta caiena não pode faltar. Realmente um risoto como este é sinônimo de carinho em qualquer ocasião! Vocês concordam?

Continue Lendo …

Fettuccine com mexilhões

Postado em Fácil, Frutos do Mar, Massas e Pizzas, Peixe, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 18 de janeiro de 2012

Que eu sou doida por massa não é nenhuma novidade, que frutos do mar e peixes tem tudo a ver com o verão também não é novidade, mas esta minha receita é sim novidade por aqui! É a minha forma preferida de fazer massa com frutos do mar, aprendi com a minha avó e desde então fui aperfeiçoando. Esses dias fui procurar a receita aqui no blog para enviar para uma amiga que pediu e descobri que nunca postei – será por ciúmes? hahahah. Olha, quem nunca preparou frutos do mar, ou neste caso específico mexilhões, pode até pensar que é difícil, trabalhoso, etc, mas eu garanto que não é. A principal preocupação ao comprar frutos do mar é certificar-se de que estão muito frescos e são de boa procedência, além disso ao chegar em casa lave-os muito bem em água corrente e limpe. Para fazer esta massa você precisa saber que o segredo está no refogado, como sempre! Ah, o que um belo refogado feito no capricho não pode fazer de bom na nossa vida?!!! – suspiros – o meu refogado para fazer massa com frutos do mar é quase sempre o mesmo, aí na hora de acrescentar os “bichinhos” é que eu vario, pode ser camarão, lula, vôngole, mexilhões, ou uma combinação de todos eles. Além de ser uma receita fácil é rápida de preparar dá um toque de glamour – que a gente adora! – em qualquer refeição ;)

Continue Lendo …

Jambalaya de camarão

Postado em Arroz, Comfort Food, Curiosidades, Fácil, Frutos do Mar, Indicação, Pimenta, Pratos Principais, Receitas Rápidas - 28 de dezembro de 2011

Quem já me conhece bem sabe que eu amo uma receitinha com arroz, um dos meus alimentos preferidos! Pratos elaborados a base de arroz sempre são bonitos, coloridos e atraentes, sem contar que o arroz é um dos ícones da comfort food. Para pra pensar e me diz se não te dá água na boca em imaginar um prato de paella, de risotto ou de arroz com frango? Então, a Jambalaya, nossa estrela do post de hoje é um prato a base de arroz típico da culinária creole. Só a título de curiosidade, a culinária creole surgiu da junção de cultura dos povos que se encontraram no Estado americano da Louisiana, mais especificamente em New Orleans. Outro dia fui convidada pela Home Chef’s a experimentar o kit de experiências gastronômicas que eles comercializam, e escolhi o kit para preparo de Jambalaya. Gente, além de super prático e com um material bem didático o kit é uma graça, os ingredientes (com exceção dos ingredientes frescos) vem todos dentro de uma caixa e arrumadinhos em vidrinhos e saquinhos fofos. O kit também acompanha a receita detalhada com a forma de preparo e uma lista de ingredientes para que você possa se orientar no momento de fazer a compra dos ingredientes frescos. Já que a intenção era testar a funcionalidade do kit eu segui a receita e o modo de preparo conforme as instruções e achei muito fácil de preparar, até quem não tem intimidade alguma com a cozinha consegue fazer. Eu só decidi omitir o frango em cubos da receita porque preferi fazer apenas com camarões e linguiça calabresa defumada fininha, para deixar o prato um pouco mais leve. Também aumentei um pouco as quantidades de camarão e linguiça porque havia 2 pessoas além da quantidade indicada na receita para o jantar, e eu não queria correr o risco de faltar, mas a receita rende muito e até sobrou. Ah, e já vou avisando que a Jambalaya é um prato apimentado, ou seja, hot! Eu amo pimenta, mas se você não gostar ou se for alérgico(a), ou ainda se for servi-la a crianças diminua bastante a quantidade recomendada na receita ou então simplesmente deixe a pimenta de fora da sua Jambalaya – o que eu acho uma pena.

Continue Lendo …

Spaghetti verde com camarão, pesto e abobrinha chips

Postado em Abobrinha, Frutos do Mar, Massas e Pizzas - 12 de setembro de 2011

As massas são a minha perdição! Nossa como eu amo uma massinha, ainda mais quando o tempo está assim friozinho como está em SP hoje. A minha relação com as massas é bem interessante. Quando eu era criança eu só gostava de lámen – e que criança não gosta? – ou de massa fresca com pouquíssimo molho, e só comia ao sugo. Depois fui crescendo e comecei a experimentar outros molhos e outras massas, até que quando comecei a cozinhar mais constantemente a minha escolha era sempre o penne grano duro, e hoje eu gosto de todas elas, das frescas, das de ovos, das caseiras, das de grano duro e até das integrais, mas hoje a minha preferência está nas massas longas, especialmente o spaghetti e o tagliatelle, amo! Dessa vez eu queria muito fazer uma receita que estava na minha cabeça e nas anotações há tempos, mas como o marido não come camarão eu precisava de companhia! Chamei minha irmã e cunhado – cobaias 2 e 3 – e fizemos um jantar de massas. Preciso dizer que esta combinação pode parecer inusitada, mas preciso dizer também sem falsa modéstia que foi a melhor massa com camarão que eu já fiz na vida. Como base usei alho dourado em pouco azeite e molho pesto de manjericão, depois juntei o camarão salteado, as abobrinhas chips e as folhas de hortelã. Se você gosta de camarão tenho certeza que vai amar esta receita!

Continue Lendo …