Couscous de 5 minutos

Postado em Acompanhamentos, Cozinha Árabe, Dicas, Fácil, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Vegetarianas - 04 de janeiro de 2012

Nesta época do ano muita gente ainda está de férias, ou simplesmente não quer perder muito tempo na cozinha para aproveitar mais o sol, o calor, a piscina ou a praia. Então, para estes dias nada melhor do que uma refeição express, bem rápida, mas ao mesmo tempo bem deliciosa, porque não é necessário rasgar um pacote de lámem sempre que se quer comida rápida, há comidinhas incríveis que podem ser preparadas em apenas 5 minutos, e este é o caso do couscous. Eu simplesmente amo couscous e na minha despensa não falta, acho perfeito para os momentos de falta de tempo na cozinha. Sempre faço variações com os ingredientes, para dar mais emoção, e geralmente uso o que tiver na geladeira e na despensa, então esta combinação é apenas uma sugestão, você pode usar os ingredientes que preferir. Agora vou contar um segredo pra vocês: muita gente prepara o couscous somente a frio, ou seja, misturando todos os ingredientes num bowl e pronto, mas eu gosto de preparar um belo refogado que serve de base para o tempero do couscous. Não é nada de mais, apenas cebola picadinha, alho de vez em quando, especiarias e quando uso amêndoas ou castanhas eu gosto de tostá-las brevemente antes de usar no prato porque quando são aquecidas desprendem um aroma e sabor incomparáveis! Então é isso, o meu segredinho para um belo couscous é fazer um refogado no capricho que não leva nem 3 minutos para fazer, na verdade é o tempo que você precisa deixar a sêmola do couscous descansando para dar aquela “estufadinha”. Olha só como é fácil e rápido de preparar:

Continue Lendo …

Jambalaya de camarão

Postado em Arroz, Comfort Food, Curiosidades, Fácil, Frutos do Mar, Indicação, Pimenta, Pratos Principais, Receitas Rápidas - 28 de dezembro de 2011

Quem já me conhece bem sabe que eu amo uma receitinha com arroz, um dos meus alimentos preferidos! Pratos elaborados a base de arroz sempre são bonitos, coloridos e atraentes, sem contar que o arroz é um dos ícones da comfort food. Para pra pensar e me diz se não te dá água na boca em imaginar um prato de paella, de risotto ou de arroz com frango? Então, a Jambalaya, nossa estrela do post de hoje é um prato a base de arroz típico da culinária creole. Só a título de curiosidade, a culinária creole surgiu da junção de cultura dos povos que se encontraram no Estado americano da Louisiana, mais especificamente em New Orleans. Outro dia fui convidada pela Home Chef’s a experimentar o kit de experiências gastronômicas que eles comercializam, e escolhi o kit para preparo de Jambalaya. Gente, além de super prático e com um material bem didático o kit é uma graça, os ingredientes (com exceção dos ingredientes frescos) vem todos dentro de uma caixa e arrumadinhos em vidrinhos e saquinhos fofos. O kit também acompanha a receita detalhada com a forma de preparo e uma lista de ingredientes para que você possa se orientar no momento de fazer a compra dos ingredientes frescos. Já que a intenção era testar a funcionalidade do kit eu segui a receita e o modo de preparo conforme as instruções e achei muito fácil de preparar, até quem não tem intimidade alguma com a cozinha consegue fazer. Eu só decidi omitir o frango em cubos da receita porque preferi fazer apenas com camarões e linguiça calabresa defumada fininha, para deixar o prato um pouco mais leve. Também aumentei um pouco as quantidades de camarão e linguiça porque havia 2 pessoas além da quantidade indicada na receita para o jantar, e eu não queria correr o risco de faltar, mas a receita rende muito e até sobrou. Ah, e já vou avisando que a Jambalaya é um prato apimentado, ou seja, hot! Eu amo pimenta, mas se você não gostar ou se for alérgico(a), ou ainda se for servi-la a crianças diminua bastante a quantidade recomendada na receita ou então simplesmente deixe a pimenta de fora da sua Jambalaya – o que eu acho uma pena.

Continue Lendo …

Salada de batatas perfeita!

Postado em Acompanhamentos, Clássicos, Fácil, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Saladas, Vegetarianas - 27 de dezembro de 2011

Eu sou da opinião de que todos devem ter uma receita infalível de salada de batatas, ainda que não frequente muito a cozinha. Salada de batatas é uma unanimidade, não há quem não goste. Eu adoro uma salada de batatas e acho que ela cai bem em diversas ocasiões, como por exemplo: churrascos, almoços de verão, jantares vegetarianos e até mesmo em jantares mais formais. No dia que eu fiz esta salada ela foi o nosso jantar, prato único mesmo, mas é uma salada tão completa que realmente não dá pra sentir falta de nada. Pra mim o segredo da salada de batatas é prepará-la enquanto as batatas ainda estão quentes, além do tempero que tem que ser bem caprichado para não deixar a salada sem graça. Desta vez eu servi a salada de batatas com brócolis e grão-de-bico cozidos. Na minha salada de batatas, que eu fui adaptando ao longo dos anos conforme o meu paladar vai só um pouquinho de maionese, um pouco de queijo cottage que dá leveza e cremosidade, limão, azeite, mostarda dijon, raiz forte, sal e gergelim preto. Eu cozinho as batatas descascadas em água abundante até ficarem macias, depois corto em cubos e com as batatas ainda quentes misturo todos os outros ingredientes e mexo bastante, algumas batatas se desmancham e ajudam na textura da salada, ela fica mais cremosa e mais saborosa também. Olha só como é fácil ter uma salada de batatas deliciosa que vai lhe render muitos elogios ;)

Continue Lendo …

Legumes assados

Postado em Acompanhamentos, Comfort Food, Dicas, Fácil, No forno, Receitas Rápidas, Vegetarianas - 21 de dezembro de 2011

Outro dia assistindo ao delicioso programa de receitas natalinas do Jamie Oliver me vi instantaneamente hipnotizada com uma receita de legumes assados que ele preparava para a ceia de Natal. Eu costumo brincar dizendo que às vezes sou praticamente uma vegetariana, eu gosto de carne, mas sou bem seletiva com elas, não sou daquelas pessoas que come carnes exóticas – nem que seja apenas para dizer que provei – ou daquelas pessoas que precisa comer carne todos os dias, muito pelo contrário, em algumas épocas eu passo a semana toda sem ter vontade de comer carne. Por este motivo eu sou muito fã do reino vegetal e alguns pratos me parecem tão lindos e tão coloridos que me deixam em êxtase. É o caso desta receita, inspirada naquele do programa de Natal do “queridinho” chef inglês. Digo inspirada porque ele usou alguns vegetais que não aprecio muito, como nabo e aipo, e também porque na versão dele cada tipo de legume era temperado separadamente num bowl e depois acomodado em “seções” na assadeira, enquanto que na minha versão todos foram primeiro acomodados na assadeira e depois temperados todos juntos pra facilitar mais a vida. O que é mais encantador nesta receita é que cada legume combina melhor com um tipo de tempero ou erva, então você organiza cada tipo por “seção” na assadeira e depois tempera cada um com o que melhor combinar. Por exemplo, o curry eu usei apenas sobre as cenouras e beterrabas, o tomilho somente nas cebolas, hortelã nas cenouras e na vagem, já o alecrim foi para as cenouras e mandioquinha. E o melhor de tudo é que eu pude usar todas as ervas que tenho em casa na minha hortinha orgânica :) . Lindo demais isso né? E ó, presta bem a atenção nos benefícios desta receita que além de linda e saudável é um super coringa em qualquer cardápio, combina com o peru, com o tender, com o pernil de cordeiro, com o frango de padaria, com carne bovina e até com peixes. No meu caso este foi o acompanhamento do Pernil de Cordeiro Aromático. Daquelas receitinhas “porreta” para se ter na manga em qualquer ocasião!

Continue Lendo …

Salada de macarrão com mix de tomates

Postado em Acompanhamentos, Clássicos, Cogumelo, Fácil, Massas e Pizzas, Queijo, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Saladas, Vegetarianas - 16 de dezembro de 2011

Tem coisa mais gostosa que uma saladinha de macarrão em dias quentes? Eu amo, acho uma refeição super completa, saborosa e prática. E na minha salada de macarrão não vai maionese e nem creme de leite, é uma versão mais magrinha por assim dizer. Eu gosto da salada de macarrão bem fresquinha, bem colorida e bem leve, então procuro usar legumes, verduras, frutas e queijos frescos. Dessa vez eu fiz com macarrão tipo parafuso, 3 variedades de tomate, cogumelos, nozes e mussarela de búfala com muito manjericão, mas a verdade é que você pode usar a sua criatividade e fazer uma salada de macarrão deliciosa com o que tiver na geladeira. Na minha opinião para uma salada de macarrão não ficar sem graça o segredo é o tempero, e por isso eu capricho no seu preparo. Às vezes eu faço o tempero no fogo mesmo, refogando em azeite cebola, alho e ervinhas, como fiz dessa vez, em outras eu faço o tempero misturando os ingredientes num bowl como se fosse fazer um molho para salada mesmo e depois rego tudo com ele. Viram como a salada de macarrão é versátil? Agora anota a receita que vai te inspirar a fazer muitas outras variações:

Continue Lendo …

Crumble de maçã e banana express

Postado em Comfort Food, Doces, Fácil, Frutas, No forno, Receitas de 30 minutos, Sobremesas - 15 de dezembro de 2011

Eu amo crumbles! Essas deliciosas tortinhas de origem britânica com base de frutas e cobertas com uma deliciosa camada crocante de cereais são perfeitas não apenas no inverno quando tudo o que se quer é uma sobremesa quente, doce e saborosa, mas também são divinas nesta época quente do ano para acompanhar sorvetes. Vou mais longe ainda, esta sobremesa de sorvete com crumble fica tão linda e tão comfort food que tem tudo a ver com o Natal que é uma festa naturalmente familiar, se você fizer esta sobremesa não vai ter quase nada de trabalho e vai receber muitos elogios, é fácil de agradar com ela! E olha, eu não sou fã de sobremesas muito doces, então pode acreditar que esta sobremesa é doce mas sem ser enjoativa. O crumble tradicional é coberto por uma camada de farofinha feita com manteiga gelada, farinha de trigo e açúcar, que também já fiz e é muito gostoso, mas por preferência eu gosto de cobrir as crumbles que faço com granola. Acho mais saboroso, mais crocante e além de tudo mais light! Nesta crumble de maçã e banana eu aproveitei para usar uma iguaria divina que eu ganhei da minha amiga Dani Oliveira, um melado de cana legítimo que eu estava querendo há tempos! O melado veio  numa caixinha fofura junto com outras delícias trazidas fresquinhas lá de Minas Gerais. Quando a Dani vem pra São Paulo nós gostamos de trocar uns mimos, que sempre são obviamente de comer…hahahaha. Mas voltando a crumble, tudo o que eu tenho a dizer para finalizar é: faça, faça e faça! É bem fácil de fazer, tão rápida que você nem vai acreditar e não suja nada de louça a não ser a própria travessa que irá para o forno ;) 

Continue Lendo …

Kibe de forno à Primavera

Postado em Clássicos, Cozinha Árabe, Fácil, No forno, Pratos Principais - 14 de dezembro de 2011

Não é novidade que aqui em casa uma comidinha árabe faz sucesso, e para variar um pouquinho e não ficar sempre na mesmice quando eu faço kibe, por exemplo, gosto de incrementar para deixá-lo mais convidativo ainda. Dessa vez eu fiz a massa do kibe normalmente – e esta massa principal eu confesso que não gosto de mudar – e depois cobri com diversos vegetais cortadinhos em cubos pequenos e assei junto com o kibe. O resultado foi um kibe bem colorido, todo perfumado e muito molhadinho por conta do líquido que se desprendeu dos vegetais. Para quem nunca fez kibe em casa não tem segredo gente, é muito fácil mesmo e suja pouca louça, eu juro! Nós aqui amamos e tenho certeza que você também vai amar! Se um dia você for receber visitas na sua casa que gostem de uma comidinha árabe não pense duas vezes em fazer esta receita pra eles, e para você ter mais ideias dos acompanhamentos basta entrar na seção de “Cozinha Árabe” daqui no blog e terá várias opções de acompanhamentos frios e quentes ;)

Continue Lendo …

Bolinhos de batata com carne moída

Postado em Comfort Food, Comidinhas, Fácil, No forno, Petiscos - 09 de dezembro de 2011

Na verdade esta receita foi um pedido especial de um leitor que me segue no Twitter e que me convenceu dizendo que a avó dele fazia estes bolinhos quando era viva e que ele morre de saudades dos tais bolinhos de batata com carne moída. E um pedido assim tão emotivo não poderia ser ignorado, concordam? Ainda mais quando a cozinheira também adooora um bolinho! Bom, o leitor @assismarcio não me passou nenhuma receita e tampouco pistas para que eu fizesse os bolinhos, na verdade acho que ele estava mesmo querendo judiar de mim e me deixar aflita com a dúvida se estaria certo ou não. Longe de mim querer fazer os bolinhos idênticos aos da avó dele, afinal de contas comida de vó é comida de vó e não aceita concorrentes. O que eu fiz foi tentar ajudar o “faminto leitor” a resgatar lembranças de um passado que não volta mais, e na minha tentativa acho que consegui ao menos fazer bolinhos deliciosos, ainda que não sejam os mesmos que a avó dele fazia. Os bolinhos saíram no final de semana, e foram degustados acompanhados de cerveja beeeem gelada, mas em razão da vida corrida que este mundo moderno nos impõe só consegui publicá-los hoje. Espero que o @assismarcio não tenha morrido de fome :D, hahahah, e também que ele goste da receita. Se você também adora um bolinho pra beliscar enquanto toma uma “breja” não perca esta receita que é bem fácil, simples e que fica com uma textura incrível, crocante por fora e desmanchando por dentro, e o melhor de tudo é que eu fiz no forno, o que reduz e muito as calorias da iguaria.

Continue Lendo …

Bolo de laranja de liquidificador

Postado em Bolos, Comfort Food, Doces, Fácil, No forno, Receitas Rápidas - 06 de dezembro de 2011

Eu amo bolo de laranja! Pra mim ele tem sabor de infância porque eu nunca fui muito apegada aos doces e adorava quando minha mãe fazia bolo de laranja justamente por não ser assim tão doce. Na semana passada recebi uma encomenda especial vinda da casa dos meus pais: um saco cheio de laranjas lindas e suculentas que meu pai ganhou de um cliente e obviamente corri pra cozinha para fazer o bolo que eu tanto adoro. Meu pai é dentista no interior e quem mora no interior sabe que há este hábito gentil das pessoas compartilharem aquilo que produzem, e este foi o caso das laranjas que fizeram este delicioso bolinho ;) Minha mãe terá que me desculpar, mas como ela ama fazer doces todos os bolos dela são bem incrementados, farinhas separadas, claras em neve são obrigatórias, enfim, embora eu saiba que “O” bolo perfeito precisa mesmo desses cuidados “fingi” que esqueci a receita da mamy e parti em busca de uma receita bem fácil e bem rápida. Encontrei a receita no site Panelinha, por onde eu estou sempre passeando e a receita não poderia ser mais fácil: bolo de laranja feito no liquidificador! Gente, isso não tem preço! hahahah. Bom, em menos de 15 minutos o bolo estava indo para o forno. Assou, cresceu, perfumou a casa toda, ficou muito fofinho e depois durou menos de 24 horas :) A única modificação que eu fiz foi diminuir 1 ovo da receita porque só tinha 1 mesmo na geladeira, e reduzi um pouco do açúcar porque prefiro os bolos menos doces. Também não fiz a calda pelo mesmo motivo. É um bolo perfeito para comer tomando um chazinho ou aquele café da tarde. Olha só que fácil:

Continue Lendo …

Tartare de salmão

Postado em Clássicos, Entradas, Fácil, Peixe, Petiscos, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 05 de dezembro de 2011

 Sou suspeita pra falar sobre esta delícia porque em casa nós adoramos! O tartare de salmão é uma receita a base de carne crua de salmão, mas também existe tartare com carne bovina, com atum e peixe branco. Para um bom tartare você precisa de uma carne extremamente fresca e super limpa de gorduras bem picadinha e um tempero caprichado. Há por aí infinitas versões de tempero para o tartare, mas eu gosto da mais simples possível, sem muita firula e principalmente sem maionese. O tartare pode ser servido em porções individuais com saladinha verde ou pode ser servido em um grande prato com torradinhas, pão sueco ou até mesmo nachos, depende da ocasião. O resultado é MARA, pode apostar, e olha só como é fácil de preparar:

Continue Lendo …

Molho oriental para saladas

Postado em Fácil, Light, Molhos, Saladas, Vegetarianas - 01 de dezembro de 2011

Salada de Agrião com harusame e tomate cereja

 

Eu adoro uma saladinha, principalmente no verão quando o corpo pede alimentos mais leves, mais frescos e de preferência geladinhos. Saladas são sempre uma ótima opção! Na verdade eu não costumo colocar aqui muitas receitas de salada porque acho que salada é algo que todos sabem fazer, sejam cozinheiros de mão cheia, sejam iniciantes na cozinha ou até mesmo inexperientes. Misturar 2 tipos de folha, picar um tomatinho, ou um palmito, ou uns pedaços de atum ou o que você quiser não tem nenhum segredo. Só coloco mesmo aquelas saladinhas mais elaboradas ou com umas “frescurites”. Massssss, diante do pedido da Jurema no post do “Macarrão transparente com atum” não podia deixar de vir aqui mostrar pra vocês a minha receitinha de molho oriental para saladas, que é muito fácil de fazer e dá um up em qualquer salada de tomate. 

Continue Lendo …

Macarrão transparente com atum

Postado em Coisas Cute, Comidinhas, Curiosidades, Dicas, Fácil, Massas e Pizzas, Receitas de 30 minutos - 29 de novembro de 2011

Quem já provou sabe do que eu estou falando, este macarrãozinho simpático, transparente e até meio esquisito vem lá da terra dos nossos amigos orientais. É uma espécie de noodle finíssimo feito à base de arroz ou fécula de feijão ou ainda de soja e foi batizado de harusame (no pacotinho vem escrito Vermicelli). É bastante utilizado para saladas frias, cozinha bem rápido, tem um sabor bem leve e uma textura delicinha de morder, ou seja, é viciante! Eu amo harusame e fui apresentada a ele ainda criança porque meu pai sempre curtiu uma comida oriental e nos lavava a “lugares estranhos”….hahahaha.  Sempre que encontro eu compro um pacotinho, que geralmente é usado para fazer salada com cenoura raladinha, pepino em fios, kani desfiado e temperado com um molho bem oriental, saladinha bem manjada pra quem curte restaurante japonês. Mas desta vez eu queria fazer um teste e provar outra combinação, dar uma “italianizada” no harusame, mas nem tanto. Fiz um molho vermelho EXPRESS bem encorpado – mas com tomates pelados para ser mais express ainda – e no prato mesmo finalizei com atum sólido ao natural em pedaços e folhas de manjericão colhidas minutos antes na minha mini horta de varanda. Servi morno, nem quente nem frio, porque o harusame deve ser consumido frio mesmo, ao menos na minha opinião, porque quente ele perde a graça, a textura muda. O resultado foi uma salada morna de harusame com atum muito leve, com cara de verão mesmo, muito saborosa e com um molho que deu o toque especial na receita. Experimenta e depois me conta ;) 

Continue Lendo …

Bacalhau Rústico

Postado em Bacalhau, Clássicos, Fácil, No forno, Peixe, Pratos Principais - 24 de novembro de 2011

Quem curte o Figos & Funghis e passa sempre por aqui já sabe que em casa somos fãs de bacalhau, mas no que depender do marido todo bacalhau deve ser feito apenas de uma forma, ou seja, a tradicional receita portuguesa com batatas, pimentões, azeitona, tomate, cebola e muito azeite. Esta versão mais tradicional é de fato deliciosa, não há o que contestar, eu também adoro! Porém como provavelmente ocorre com a maioria dos cozinheiros, eu sofro de “pânico da monotonia gastronômica” – hahahah, será que este termo existe? – e não me sinto confortável com a ideia de fazer sempre um determinado ingrediente da mesma forma, aliás, isso até me deixa um tanto quanto insatisfeita, então o remédio pra isso é inovar, fugir do comum, testar novos sabores, novos aromas, novas combinações, afinal aí está a graça de cozinhar! E o marido? Bom, o marido se não ficar quietinho e achar tudo delicioso fica com fome! Mentira, não sou tão má assim, de vez em quando eu faço o bacalhau tradicional, mas dessa vez eu queria mesmo era o bacalhau assado sozinho, bem rústico e que depois se desmanchasse em lascas para que eu pudesse servi-lo com o mais delicioso creme de espinafre ever. Para fazer um teste eu usei pedaços de lombo de bacalhau gadus morhua (cod para alguns) que já comprei dessalgados e congelados e ver se são realmente tão bons quanto a propaganda, e vou dizer que gostei! O preço foi honesto e o peixe também, felizmente era um autêntico gadus morhua (o que as vezes não acontece), quase não tinha espinhas e ao descongelar não soltou aquela aguaceira que acontece com outros tipos de peixe congelado – e que eu sempre procuro evitar, porque peixe bom é peixe fresco – com exceção ao bacalhau congelado que passou no meu teste. Agora eu sei que nos momentos de falta de tempo não terei problema algum em recorrer a ele pois já vem dessalgado. Olha só que coisa mais fácil esta receita gente:

Continue Lendo …

Creme de espinafre – do bom!

Postado em Acompanhamentos, Clássicos, Fácil, Receitas Rápidas, Vegetarianas - 23 de novembro de 2011

 

Então eu tinha na geladeira o espinafre da massa das panquecas e como eu simplesmente amo espinafre não poderia deixar de aproveitá-lo até a última folhinha! A minha receita preferida com espinafre é de longe este creminho de espinafre MARA que eu gosto de fazer para acompanhar um filet de peixe ou um peito de frango bem grelhadinho, aí tendo um arroz branco o almoço vira glamour total, concordam? Deixando a modéstia de lado, quem prova do meu creme de espinafre nunca mais consegue esquecê-lo, já passei esta receita para família e amigos algumas dezenas de vezes, e vou mostrar pra vocês como o creme de espinafre é fácil de fazer e é também muito versátil, pode ser servido de diversas maneiras diferentes, me aguardem! Outra coisa importante a se dizer é que esta receita é daquelas que as iniciantes adoram porque é facílima mesmo, olha só:

Continue Lendo …

Yakisoba vegetariano

Postado em Clássicos, Fácil, Massas e Pizzas, Pratos Principais, Receitas Rápidas, Vegetarianas - 21 de novembro de 2011

Sim, eu sei que hoje ainda é segunda-feira, e sei também que é massa, carboidrato do bom, mas e o que eu faço quando bate aquele desejo de comer um belo yakisoba cheio de verdurinhas coloridas e deliciosas? Fui fraca e acabei cedendo, para deixar o prato mais light eu fiz a receita sem carne, ou seja, um yakisoba – a grafia pode ser yakiSoba ou yakiSSoba, ambas estão corretas – vegetariano! Aproveitei para usar o shoyu premium da Sakura, que gentilmente enviou um kit recheado de delícias pra minha casa. Para facilitar a vida de quem mora no interior e não consegue encontrar facilmente “o legítimo macarrão para yakisoba” eu usei aquele que é bem fácil de achar e que se parece com o famoso lámen instantâneo. Usei os legumes que tinha na geladeira e o resultado foi um yakisoba lindo, perfumado e bem delicioso! Olha só como você também pode fazer em casa este delicioso prato oriental:

Continue Lendo …

Mini sanduíches de salmão defumado com cogumelos e brie

Postado em Comidinhas, Dicas, Fácil, Petiscos, Sanduíches - 10 de novembro de 2011

Eu simplesmente amo este tipo de lanchinho! Mini sanduíches são simples de fazer, rápidos e ficam um charme. Você pode servi-los numa noite de papo com os amigos, numa festinha ou até mesmo fazer uma noite temática do tipo “ONLY SANDUBAS” (ou só sandubas). Dá pra fazer de vários sabores diferentes, desta vez eu quis fazer com salmão defumado, cogumelos na manteiga, queijo brie e amêndoas picadinhas, mas você pode usar a imaginação e criar os mini sandubas da forma que mais te agradar, com peito de perú, com presunto parma, com salaminho, etc. A ideia aqui é mostrar como fica fácil agradar os amigos ou o maridão caprichando na montagem dessas delícias, e olha, vou dizer uma coisa: a apresentação faz muita diferença, eu diria que ela é responsável por 30% do apetite das pessoas. É ou não é? Aproveite as dicas e faça hoje mesmo uma noite de sandubinhas na sua casa!

Continue Lendo …

Salada de Lentilha

Postado em Dicas, Entradas, Fácil, Light, Saladas, Vegetarianas - 07 de novembro de 2011

Quando o verão se aproxima ficamos mais preocupadas com a alimentação e um dos motivos é conseguir ir à praia sem ter que se sentir mal com o próprio corpo. Nem estou falando de formas perfeitas e de padrões de beleza pré-definidos, mas estou falando da satisfação pessoal de cada pessoa, eu sei qual é a minha, você sabe qual é a sua e desde que estejamos felizes com o que temos o resto é só alegria. Não dá pra esquecer também da questão saúde, se preocupar com a qualidade do alimento que consumimos vai muito além das calorias, afinal de contas não adianta chegar na forma desejada com colesterol alto, glicose sobrando, ferro faltando, enfim, saúde é coisa séria, e independentemente da idade temos que cuidar dela sempre! O verão também pede pratos mais leves para facilitar a digestão e evitar qualquer tipo de mal estar, e é nesses momentos que eu recorro às saladinhas, e a salada de lentilha é uma das minhas preferidas por ser saborosa, completa e fácil de preparar. Um kibe assado e um molho de iogurte podem ser bons acompanhamentos.

Continue Lendo …

Molho de Gorgonzola para massas

Postado em Clássicos, Dicas, Fácil, Massas e Pizzas, Molhos, Queijo - 03 de novembro de 2011

Sabe quando você compra aquelas massas frescas recheadas para os momentos de pressa ou de preguiça? Então, o molho da massa não precisa ser sem graça só para economizar tempo, você pode cprichar num molho bem delicioso, caseiro e ficar muito satisfeita com o resultado. Este molho de queijo gorgonzola eu faço há anos e nunca deu “zebra”, a base é o tradicional molho branco ou molho bechamel, basta seguir as quantidades indicadas, o modo de preparo e pronto, um molho cremoso delicinha pra acompanhar aquela massa recheada que você adora! E este molho é bem versátil, não é exclusivo para massas não, na verdade esta é sua principal utilidade, mas também fica delicioso sobre um filet mignon ou filet de peito de frango grelhadinho acompanhado de arroz e batatas rústicas. 

Continue Lendo …

Frango marinado no barbecue

Postado em Dicas, Fácil, Frango, Molhos - 26 de outubro de 2011

Na minha opinião a melhor forma de se fazer frango em pedaços é preparando uma boa marinada, gostosa, aromática e bem caprichada para depois mergulhar os pedaços ali e deixar por algumas horas. Eu sempre deixo ao menos 12 horas na marinada, usando um saco plástico com fechamento do tipo zip e mantendo-o na geladeira, mas se você não tiver tempo pra isso ou caso não se lembre de preparar a marinada na noite anterior tente deixar no mínimo 2 horas para que a carne pegue o sabor dos temperos. Desta vez eu fiz a marinada usando o molho pronto tipo barbecue, que encontra-se com facilidade nos supermercados maiores. Olha, eu não sou a pessoa mais apaixonada por frango desse mundo, mas posso te garantir que o frango feito assim depois de um bom tempo marinando fica muito mais delicioso, e o perfume que sai de dentro do forno então enquanto o prato está assando? Uau! Anota aí a receita desta marinada porque eu garanto que você vai se surpreender!

Continue Lendo …

Bolinhos de arroz bem sequinhos

Postado em Arroz, Clássicos, Comidinhas, Fácil, Petiscos, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 25 de outubro de 2011

Já falei aqui pra vocês que eu não sou “mui” amiga de fritura né? Então, fritura não me cai muito bem, mas mesmo assim de vez em quando eu acabo sucumbindo a tentação de comer algumas friturinhas que eu amo, tais como: coxinha, mandioca frita, bolinho de bacalhau e bolinho de arroz. Viram que as batatas fritas nem entram na seleta listinha de frituras preferidas? É porque eu prefiro um zilhão de vezes as batatas assadas, rústicas, bem desse jeitinho AQUI Ó. Mas voltando ao assunto, o bolinho de arroz pra mim faz falta, então vira e mexe eu testo formas diferentes de prepará-lo tentando deixá-lo gostoso mas ao mesmo tempo sem nadar no óleo. Depois de algumas tentativas posso dizer que agora sim encontrei a “minha fórmula” perfeita para bolinhos de arroz – sim, porque eu imagino que bolinho de arroz é como feijão, cada um tem sua fórmula preferida. O mais importante desta receitinha é que que apesar de “fritos”, os bolinhos não são fritos por imersão, mas apenas passados por frigideira bem quente untada com óleo vegetal, então ficam bem sequinhos mesmo e ficam prontos rapidinho. A massa é molezinha de fazer, 5 minutos cronometrado no relógio! Os bolinhos ficam sequinhos porque a massa não leva leite, então ela fica mais consistente e não escorre, por isso dispensa a fritura por imersão. Desta vez eu coloquei abobrinha ralada e milho verde nos bolinhos de arroz, mas não são ingredientes obrigatórios. Se você quiser pode colocar cenoura ralada, ervas frescas picadas, rechear com queijo, enfim, a massa básica te permite diversas possibilidades.

Continue Lendo …