Kibe de Abóbora Recheado

Postado em Comidinhas, Cozinha Árabe, Dicas, Fácil, Light, No forno, Petiscos, Pratos Principais, Vegetarianas - 08 de março de 2017

Kibe de Abóbora Recheado_Figos e Funghis

Mais uma receita de kibe de abóbora Fabi? Sim, mais uma, porque vocês já sabem que eu não resisto a uma receitinha nova deste prato que eu amo de paixão, e na verdade é aquela minha velha receita, mas de carinha nova, atualizada e com recheio de couve cortada bem fininha refogada ao alho e óleo. Se esta descrição já te deu água na boca espera só até você provar esta deliciosidade!

 

Devo reconhecer que não sou a maior fã das receitas da Bela Gil, apesar de achar que ela tem umas sacadas incríveis e dicas super úteis, mas sem querer ser polemicona eu só acho que às vezes ela se excede um pouco na busca por opções naturebas. Quem me acompanha sabe que eu amo uma comida de verdade, procuro utilizar poucos produtos industrializados e amo uma receitinha light, mas cá pra nós, não precisamos ser radicais para nutrir nosso corpo de forma saudável sem abrir mão do prazer de comer e principalmente do sabor. Então que de vez em quando dou uma passeada pelos canais de TV e se acho algo interessante paro e assisto. Foi numa dessas vezes eu vi a Bela Gil terminando de preparar um kibe de abóbora recheado de uma verdura chamada bertalha. Achei muitíssimo interessante e me perguntei porque eu nunca tinha tido esta ideia genial de rechear com verdura os meus kibes, já que a minha esfiha preferida é, por acaso, de verdura! Foi amor à primeira vista, mas como sou preguiçosa não entrei no site do programa para procurar a tal receita, até porque eu sei fazer kibe com os dois pés nas costas desde que era pequena e ajudava minha bisavó a prepará-los. Não, eu não precisava da receita do kibe, mas eu precisava daquela ideia genial que a Bela Gil teve, e tinha que ser logo porque minhas lombrigas estavam me matando! Ideia da Bela, receita minha, e tá tudo certo. Não usei bertalha porque é bem difícil de achar se não estiver na época, mas usei couve que eu adoro! Acho que folhas de brócolis ou de couve-flor picadinhas também ficariam deliciosas no recheio, além de dar um destino digno e gostoso para uma parte que costuma ser desprezada.

 

O kibe ficou absolutamente delicioso, mas já vou avisando que dá um certo trabalho na hora de modelar os bolinhos porque como só tem abóbora, trigo e temperinhos na massa ela não fica tão firme para modelar como o kibe de carne, e chega um certo momento em que você vai precisar parar tudo, lavar as mãos e recomeçar porque a massa fica grudentinha. Unte as mãos com azeite ou com água mesmo para facilitar o processo.  Agora, se quiser facilitar tudo e ganhar o troféu de rainha da praticidade monta logo num refratário com uma camada de couve refogada entre duas partes de kibe de abóbora e tá lindo, fica gostoso do mesmo jeito.

Kibe de Abóbora Recheado2_Figos e Funghis

KIBE DE ABÓBORA RECHEADO (ASSADO)

(rende 8 unidades grandes ou 12 médias)

 

Ingredientes:

  • 600g de abóbora japonesa descascada e cortada em cubos
  • 2 xícaras (chá) de trigo para kibe já hidratado em água quente*
  • 1/2 cebola bem picada
  • 1 dente de alho espremido ou bem picado
  • 1/2 xícara (chá) de cheiro-verde picado
  • 1 punhado de manjericão picado
  • 1 punhado de hortelã picada
  • 1 colher (café) de pimenta síria
  • 1 pitada generosa de cominho em pó
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 colher (café) de sal

 

Para o Recheio:

  • 200g de couve manteiga cortada em fatias bem fininhas
  • 2 dentes de alho espremidos
  • 1 fio de azeite
  • sal a gosto

 

Modo de Preparo: Cozinhe ou asse os cubos de abóbora até que fiquem bem macios (se cozinhar deixe por alguns minutos a abóbora já cozida sobre um escorredor para retirar o máximo de água dela). Amasse a abóbora já cozida e reserve. Aqueça uma frigideira, coloque nela um fio de azeite e refogue brevemente o alho, em seguida junte a couve, adicione sal e mexa. Tampe e deixe murchar por uns 2 minutos, desligue e deixe esfriar. Em um bowl misture o trigo já hidratado, todos os temperos e misture bem. Por fim junte a abóbora amassada e torne a misturar novamente até que esteja totalmente incorporado e obter uma massa bem homogênea. Pegue porções da massa de kibe e abra um pequeno círculo, coloque um pouquinho da couve refogada dentro e feche dando um formato de kibe. Repita esta operação com toda a massa e a couve restante. Preaqueça o forno a 200º por 10 minutos. Unte uma assadeira com azeite, ajeite os kibes na assadeira e pincele mais azeite sobre cada um dos kibes (só um pouquinho mesmo para dourar). Leve ao forno por 30 minutos e sirva em seguida.

 

*Hidrate o kibe. Eu aprendi fazer de duas formas: ou se deixa o trigo de molho em água fria de um dia para o outro, ou a opção mais rápida, deixar o trigo de molho por uns 15 minutos em água fervendo com infusão de algumas ervas. Eu faço tipo um chá com manjericão, hortelã e salsinha para hidratar o trigo (este segredinho lindo dá um upgrade no seu kibe que você não faz ideia!!). Eu coloco o trigo em uma tigela, cubro com esta infusão de ervas (apenas cubra, não deixe sobrar muita água se não seu trigo ficará encharcado), aí tampo com um prato raso, embrulho em um pano de prato e deixo descansar por 15 a 20 minutos, depois solto tudo com um garfo. Fica bem soltinho.

 

Dica: Eu adoro servir kibe com molho apimentado de tahine ou com aquele famoso molho de iogurte que já ensinei aqui no blog. Para conferir a receita acesse este LINK.

Kibe de Abóbora Recheado3_Figos e Funghis

Espero que você seja tão feliz quanto eu fui comendo esta delicia, porque comer é sim uma forma de ser feliz.

 

Beijinhos!

Homus de Beterraba

Postado em Antepastos, Comidinhas, Cozinha Árabe, Fácil, Gastronomia Funcional, Light, Petiscos, Receitas Especiais (s/ Glúten/Lactose), Receitas Rápidas, Restaurantes, Vegetarianas - 22 de agosto de 2016

Homus de Beterraba3_Blog Figos e Funghis

Eu já contei algumas histórias aqui que vivi e já compartilhei com vocês diversas receitas que aprendi com a minha bisavó paterna, que era libanesa e que eu tive o prazer de conviver até os meus 15 anos de idade. Ela era uma velhinha muito fofinha que tinha um sotaque árabe bem forte e que tinha verdadeiras mãos de fada, até hoje me lembro das suas valiosas dicas de cozinha e chego a sentir o sabor inigualável do seu quibe crú, das suas mezes (as famosas pastinhas árabes) e dos doces árabes na minha boca. Tudo o que ela fazia era mágico, e por sorte a minha bisavó também tinha um enorme coração, e ensinou pacientemente tudo o que sabia para as mulheres da família, incluindo a minha mãe que era apenas uma agregada…kkkk.

 

Mas não, este não é o homus que a minha bisavó preparava. O homus tradicional da cozinha árabe aprendido com a família já passou por aqui algumas vezes, mas este aqui é uma inovação que não vem da cozinha árabe mas sim da culinária saudável e funcional. Não, não fui eu quem inventou, mas eu amo beterraba, e a primeira vez que provei foi há alguns aninhos atrás no pequeno restaurante Sainte Marie no bairro do Morumbi. Comandado pelo fofo chef Stephan Kawijian – um francês/armênio muito querido e talentosíssimo – que proporciona aos seus visitantes uma comida árabe deliciosa e criativa, com um toque de modernidade e originalidade que torna daquele lugar um dos metros quadrados mais disputados de São Paulo em qualquer dia da semana (ele só não abre aos domingos). Desde então eu sempre quis tentar fazer em casa, mas quando ia preparar não tinha beterraba, aí acabava saindo o homus tradicional mesmo. Dessa vez me programei e deu tudo certo, e deste homus rendeu até uma outra receita que depois eu vou dividir com vocês.

Homus de Beterraba2_Blog Figos e Funghis

Por ora deixo aqui a receita desta delicia fresca, saudável e com uma cor tão vibrante que fascina até mesmo quem não gosta de beterraba.

 

HOMUS DE BETERRABA

(rende 500g de homus)

 

Ingredientes:

  • 4 xícaras (chá) bem cheias de grão-de-bico já cozido
  • 4 beterrabas médias cortadas ao meio
  • 2 dentes de alho
  • 2 colheres (sopa) de tahine (pasta de gergelim)
  • suco de 2 limões
  • 4 colheres (sopa) de azeite
  • 1/2 xícara (chá) da água do cozimento do grão-de-bico
  • pimenta moída e sal a gosto

 

Modo de Preparo: Cozinhe o grão-de-bico em água com folhas de louro e sal até que estejam macios. Escorra e deixe esfriar, guardando 1 xícara de chá da água do cozimento. Cozinhe as beterrabas com a casca em água até que estejam macias, depois deixe esfriar e descasque-as. Corte as beterrabas em cubos. No processador junte o grão-de-bico, as beterrabas, a tahine, o azeite, o sal e a pimenta e bata até obter uma pasta bem grossa. Pingue a água reservada do cozimento do grão-de-bico aos poucos até obter a consistência desejada. A pasta tem que ser cremosa, mas ainda firme. Por fim junte o suco dos limões e bata novamente. Na hora de servir transfira para pequenos bowls, regue com azeite, enfeite com ervas frescas (o tomilho combina muito com beterraba), polvilhe mais pimenta e sirva com pão ou torradas. Esta pasta pode ser guardada em vidros com tampa e armazenada em geladeira por até 3 dias.

Homus de Beterraba4_Blog Figos e Funghis

E aí, gostaram? Além de super saudável esta pastinha é também muito versátil, pois pode servir como recheio de sanduíches, complemento de saladas ou ainda acompanhada de crudités, como neste receita que eu já mostrei AQUI. Sem contar que dá um visual incrível em qualquer mesa de petiscos, não acham?!

 

Aproveitem! Beijo!

 

 

Abobrinha e Berinjela Recheadas à moda síria

Postado em Abobrinha, Berinjela, Carnes, Comidinhas, Cozinha Árabe, Fácil, No forno, Receitas Rápidas - 13 de agosto de 2014

Abobrinha recheada_F&F

 

Esta receitinha surgiu de uma geladeira quase vazia num dia de correria em que o almoço precisava ser preparado rapidamente e com o que tinha disponível no momento. Mesmo assim ficou delicioso e o resultado surpreendente.

 

A inspiração veio da comida árabe, que eu amo de paixão, mas com ares de comidinha saudável já que a carne do recheio foi preparada com quase nada de gordura (no caso usei apenas azeite). A combinação de canela com pimenta síria e carne ficou um arraso com as cranberries secas, os piñoles e as sementes de abóbora torradas. Ok, pode não ter ficado a mais árabe das comidas, mas o que importa é que deu super certo! Tudo bem simples, rápido e cheio de sabor!

 

ABOBRINHA E BERINJELA RECHEADAS À MODA SÍRIA

(para 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 400g de carne moída magra
  • 1 abobrinha italiana média
  • 1 berinjela média
  • 3 colheres (sopa) de cranberries desidratadas ou uvas passas
  • 1 colher (sopa) de piñoles
  • 2 colheres (sopa) de sementes de abóbora torradas
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 colher (café) de pimenta síria
  • 1 pitada de canela
  • 6 folhas de hortelã picadas
  • sal a gosto

 

Modo de Preparo: Preaqueça o forno a 200º. Lave bem a berinjela e a abobrinha e corte-as ao meio no sentido do comprimento. Regue com um fiozinho de azeite e leve ao forno por 20 minutos. Enquanto isso aqueça azeite em uma frigideira e refogue a carne moída com a pimenta síria, a canela e o sal. Reserve. Aqueça novamente a frigideira e toste rapidamente os piñoles e as sementes de abóbora. Por fim junte os piñoles, as sementes de abóbora, a hortelã picada e as cranberries na carne moída refogada e misture bem. Retire a abobrinha e a berinjela do forno e recheie com a mistura de carne. Retorne ao forno para aquecer um pouco e sirva em seguida.

 

Bom Apetite!

 

Kebab de kafta

Postado em Comidinhas, Cozinha Árabe, Fácil, Receitas Rápidas, Sanduíches - 22 de janeiro de 2014

Kebab de kafta final_F&F

Eu amo esses lanchinhos práticos que matam a fome em qualquer momento do dia. Basta colocar o recheio da sua preferência, adicionar algum molho ou tempero, juntar tudo no meio do pão e nhac! É justamente este o caso dos deliciosos kebabs, sanduíches de origem turca com recheio de carne, cebola crua, alguma pasta e salada e depois enrolados em pão árabe.

 

Outro dia eu tive vontade de fazer homus e aproveitei para fazer bastante porque penso: já que vou ter que sujar o processador vou fazer homus para a semana toda. E assim o homus virou recheio de kebab fazendo a nossa alegria numa jantinha leve e muito saborosa de dia de semana. Jantar rápido, prático e facílimo de preparar já que cada um monta o seu próprio sanduíche e repete quantas vezes a fome pedir.

 

Desta vez eu fiz os meus kebabs com recheio de kafta, mas também já fiz com peito de frango em cubos, grelhado e até uma versão vegetariana com legumes assados e posso garantir que todas elas ficam igualmente deliciosas. Se você não tiver tempo de fazer homus pode substituir por coalhada seca, molho de iogurte, queijo cottage ou patê de ervas. Folhas verdes, cebola e tomate também não podem faltar no meu kebab. Quanto ao pão, eu confesso que prefiro usar o pão sírio do tipo folha, por ser mais leve, mas desta vez como eu não tinha fiz com o pão pita mesmo.

 

KEBAB DE KAFTA

(para 4 sanduíches)

 

Ingredientes:

  • 2 pães pita grandes (separe e use uma metade para enrolar cada sanduíche)
  • 4 colheres (sopa) bem generosas de homus
  • 1 cebola roxa fatiada bem fininha
  • 1 tomate grande sem sementes fatiado em meia lua
  • folhas de alface a gosto
  • 12 mini kaftas feitas em formato de almôndegas e grelhadas (receita AQUI)
  • azeite, limão e sal a gosto
  • molho de iogurte (opcional)

 

Modo de Preparo: Faça as kaftas, molde como mini hambúrgueres ou almôndegas e grelhe até o ponto desejado. Em uma das extremidades de cada metade de pão passe o homus. Acrescente a folha de alface, fatias de tomate, cebola e tempere com azeite, limão e sal. Por fim acrescente 4 mini kaftas em cada sanduíche e enrole. Se achar necessário prenda com palitos para segurar o pão fechado, ou enrole em guardanapos. Sirva com mais homus e molho de iogurte para acompanhar.

 

Bom Apetite!

 

 

Kibe de Berinjela

Postado em Berinjela, Clássicos, Cozinha Árabe, Fácil, No forno, Pratos Principais, Vegetarianas - 25 de setembro de 2013

kibe de berinjela_F&F

Em casa nós amamos comida árabe, e o kibe (ou quibe) é figura constante nas nossas refeições, e justamente por isso é que aqui no blog já tem várias versões dele: o clássico de carne, o vegetariano, o recheado com queijo cremoso, o de abóbora, o primavera, o de abobrinha, e agora chegou a vez da versão feita com a minha amada berinjela!

 

A receita vem lá do blog da minha amiga Faby, que arrasa muito nas receitinhas, e logo que bati o olho neste kibe eu sabia que ia me apaixonar por ele. E de fato fica maravilhoso, bem levinho, com um sabor meio defumadinho exatamente como eu esperava. Para acompanhar eu servi a saladinha de pepino com iogurte, a Tzatziki que ensinei aqui outro dia.

 

Esta receita é fácil de preparar e é uma opção vegetariana deliciosa para quem curte comida árabe mas não come carne.

 

KIBE VEGETARIANO DE BERINJELA

(serve até 4 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 1 xícara de trigo para kibe já hidratado em água por 1 hora
  • 2 berinjelas grandes bem lavadas e cortadas ao meio no sentido do comprimento
  • 1 pitada de garam masala (ou canela)
  • 1 cebola pequena bem picada
  • 1 dente de alho ralado ou bem picado
  • 1 pitada de pimenta síria
  • cebolinha picada a gosto
  • hortelã picada a gosto
  • 1 colher (chá) de manteiga (ou tahine)
  • 1 punhado pequeno de amêndoas picadas
  • azeite e sal o quanto base

 

Modo de Preparo: Depois de hidratar o trigo aperte-o bem para retirar qualquer excesso de água, deixe-o bem solto. Enquanto o trigo estiver hidratando faça cortes superficiais quadriculados nas polpas das berinjelas e tempere com sal e pimenta a gosto. Leve para assar até que a polpa esteja macia (mais ou menos 40 minutos em 180º). Retire as berinjelas do forno, raspe apenas a polpa com uma colher e transfira para uma tigela. Junte o trigo hidratado e tempere com o restante dos ingredientes. Ajeite o kibe de berinjela numa travessa, regue com um fio de azeite e leve para assar por 30 minutos em 180º ou até que a superfície esteja dourada. Sirva em seguida com os acompanhamentos que preferir.

 

Kibe de berinjela2_F&F

Para conferir outras receitas de kibe (ou quibe) já publicadas aqui:

 

Bom Apetite!

 

Moussaka Descomplicada

Postado em Berinjela, Clássicos, Comfort Food, Cozinha Árabe, Fácil, No forno, Pratos Principais - 18 de setembro de 2013

Moussaka fácil_1

Como uma apaixonada por este prato típico da culinária turca (e que foi adotado pela culinária grega também), a moussaka, é claro que eu tinha que ficar tentando descobrir uma forma mais prática e mais rápida de prepará-la para aqueles dias de muita pressa ou de muita preguiça, e acabei gostando deste “trucão” aqui, que trago pra vocês hoje.

 

Eu vou logo chamando de “trucão” porque é claro que eu sei que a moussaka original leva bem mais tempo para preparar, é um pouco mais trabalhosa e principalmente se apresenta de forma diferente desta de hoje. Já publiquei a receita da moussaka original aqui há tempos atrás, então se você ficar triste com esta versão descomplicada (e quase descaracterizada) da moussaka basta acessar o link da receita original (se é que em se falando de cozinha existe mesmo esse lance de “receita original” – original pra mim é tudo o que é gostoso e que dá prazer de comer!).

 

Então gente, o diferencial aqui é o seguinte: tudo picado em cubinhos, depois assado junto e montado junto, cobrindo com uma carninha refogada bem honesta e finalizada com o bechamel (pra mim ele nunca pode faltar, nem na versão descomplicada) antes de ir para o forno dar aquele deliciosa gratinada que deixa a comida com cara de “oh céus, que tentação”. Bora lá aprender?

 

MOUSSAKA DESCOMPLICADA

(serve bem 2 pessoas)

 

Ingredientes:

 

  • 1 berinjela grande descascada e cortada em cubos médios
  • 2 batatas grandes descascadas e cortadas em cubos médios
  • 500g de carne magra moída (de preferência passada duas vezes no moedor)
  • 1 colher (sopa) de óleo vegetal
  • 1/2 cebola picadinha
  • 1 dente de alho amassado
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 3 colheres (sopa) bem cheias de farinha de trigo
  • 1 xícara (chá) de leite
  • sal e pimenta à gosto
  • salsinha fresca picada para finalizar
  • queijo parmesão à gosto para finalizar

 

Modo de Preparo: Depois de descascar e picar a berinjela e as batatas espalhe-as sobre uma assadeira levemente untada com azeite e regue com o azeite restante. Leve para assar em 180º por 30 minutos. Enquanto isso prepare a carne moída refogada começando a dourar a cebola e o alho no óleo e depois fritando a carne até dourar. Desligue e tempere com pimenta e sal à gosto. Reserve. Prepare o molho bechamel aquecendo a manteiga até derreter, depois juntando a farinha aos poucos, mexendo sempre até dourar e pingando o leite devagar mexendo sem parar em fogo baixo para desfazer todos os grumos que surgirem.  Ao final tempere com sal e pimenta à gosto e se desejar noz moscada e parmesão (aqui como acrescentei o parmesão por cima de tudo não o adicionei no bechamel). Desligue o bechamel e reserve. Quando a berinjela e as batatas estiverem macias forre o fundo de um refratário com elas, depois faça uma camada com a carne moída e por fim outra camada com o molho bechamel. Polvilhe parmesão à gosto sobre tudo e depois salsa fresca. Leve para assar em 200º por 20 minutos e sirva bem quente acompanhada de arroz e salada.

 

Moussaka fácil_2

Bom Apetite!!!

 

Tzatziki – ou salada de pepino com iogurte

Postado em Acompanhamentos, Antepastos, Clássicos, Cozinha Árabe, Fácil, Light, Petiscos, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 13 de setembro de 2013

Tzatziki_F&F

Esta saladinha é bem conhecida por quem aprecia comida árabe e grega, cada uma delas com sua versão, mas a base é sempre a mesma: pepino + iogurte + temperinhos. Eu amo esta salada porque além de ser bem leve e refrescante é muito saborosa e rápida de preparar. Gosto de servi-la acompanhada de pratos quentes como o quibe ou apenas com pães sírios e torradas numa mesa de petiscos. Sim, alguém vai dizer que já tem uma versão desta salada por aqui, e tem mesmo, mas digamos que ela é “do século passado deste blog” e eu gosto de refazer algumas das minhas receitas preferidas com fotos mais bonitas e uma modificação ou outra que na minha opinião só melhoram com o tempo :)

 

Quando eu era criança este petisco era obrigatório nas mesas das festas e dos nossos finais de semana, fazendo parceria com o babaganoush, o homus e a coalhada seca. Acho que a minha mania de petiscar já vem daí, da minha infância e dos hábitos familiares. Em casa não pode faltar uma mesa farta de petisquinhos antes de qualquer reunião, grande ou pequena.

 

Escolhi esta receita hoje em comemoração ao verão que vem se aproximando. Mas comemoração por que? Eu não sou a virtuosa defensora e apaixonada pelo inverno? Sim, eu sou, acontece que eu já me cansei do frio e grávida só consigo pensar em comidinhas frescas e de preferência geladinhas. Não que isto seja motivo para vocês se preocuparem, as saladas e receitas frias estarão sim presentes por aqui neste período, mas sem dúvida alguma as receitas quentes e mui apetitosas também, afinal ninguém consegue viver só de salada, né?!

 

TZATZIKI – ou saladinha delícia de pepino com iogurte

(serve até 4 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 2 pepinos japoneses grandes parcialmente descascados e sem as sementes
  • 2 copos de iogurte natural desnatado (ou coalhada)
  • 4 colheres (sopa) de azeite
  • suco de 1 limão
  • 1/2 xícara (chá) de hortelã fresca picada
  • pimenta moída e sal à gosto

 

Modo de Preparo: Depois de descascar parcialmente os pepinos corte-os longitudinalmente e retire as sementes com a ajuda de uma colher de café ou boleador. Despreze as sementes. Fatie as metades dos pepinos em lâminas finas e coloque numa tigela. Enquanto isso misture o iogurte com o azeite, o suco de limão, a hortelã picada e tempere com pimenta moída na hora e sal à gosto. Regue os pepinos fatiados com o molho de iogurte e misture bem. Passe para um recipiente e sirva com pães sírios, torradas como petisco ou como acompanhamento de saladas, quibes e frango grelhado.

 

Bom Apetite!

 

 

Quibe de soja recheado com ricota temperada

Postado em Cozinha Árabe, Fácil, Light, No forno, Pratos Principais, Vegetarianas - 16 de abril de 2013

Quibe de soja recheado_F&F

Há tempos que eu queria trazer pra vocês esta receita de quibe de soja recheado que eu tanto gosto, mas toda vez que eu fazia ou me esquecia de fotografar ou tinha preguiça mesmo (rsrrs), até que outro dia eu estava com bastante tempo e deu certo de tirar umas fotos desta deliciosa receita para publicá-la por aqui.

Continue Lendo …

Kafta grelhada com abobrinha

Postado em Carnes, Clássicos, Contos, Cozinha Árabe, Fácil, Light, Pratos Principais, Receitas de Família - 30 de janeiro de 2013

Kafta com abobrinha_F&F

Como vocês sabem eu tenho uma quedinha por comida árabe. Simplesmente não resisto a uma mesa cheia daquelas pastinhas deliciosas, daqueles kibes recheados ou na travessa, esfihas, tabule, aquela variedade de arroz um melhor que o outro e é claro, as kaftas também! Além de ser uma comida deliciosa e linda a comida árabe me traz nostalgia e faz recordar minha infância.

Continue Lendo …

Quibe Assado de Abobrinha

Postado em Abobrinha, Cozinha Árabe, Fácil, Light, No forno, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Vegetarianas - 22 de janeiro de 2013

quibe de abobrinha cópia

Oi gente, tudo bom? Repararam que o blog está de cara nova para 2013? Todo trabalhado no novo visual para receber as receitas do ano todo, e é claro, para continuar recebendo vocês por aqui sempre com muito carinho. Espero que vocês aprovem porque eu adorei! As principais novidades são o novo logotipo personalizado para o blog, uma tabela linda e super fofa de pesos e medidas ilustrada exclusivamente para o blog, o campo de pesquisa destacado no alto da página, um espaço maior para as fotos e o retorno das sugestões de receitas relacionadas, além de outras coisinhas técnicas que não nos interessam muito, né?! A versão 2013 do Figos & Funghis tem direito até a um slogan, que é a cara deste cantinho aqui: “Receitas fáceis para todos os dias”…as do dia a dia, as dos dias de festa e dos outros dias também :)

 

Então mudando de assunto, vamos focar no post de hoje:

Continue Lendo …

Quibe de Abóbora light

Postado em Clássicos, Cozinha Árabe, Fácil, Light, No forno, Pratos Principais, Receitas Rápidas, Vegetarianas - 07 de novembro de 2012

Eu gosto muito desta receita de quibe de abóbora porque além de ser muito simples e fácil de preparar é uma receita super saborosa e saudável. Com esta receita aqui os vegetarianos conseguem comer um quibe delicioso e os que estão de dieta podem comer sem culpa porque é light!

Continue Lendo …

Homus Tahine

Postado em Antepastos, Comidinhas, Cozinha Árabe, Dicas, Fácil, Petiscos, Receitas de 30 minutos, Receitas de Família, Vegetarianas - 15 de maio de 2012

Esta receita é tradicional da culinária árabe, consiste numa pasta de grão-de-bico com tahine (pasta de gergelim), bem temperada e servida com pão sírio. Aqui em casa somos doidos por uma pastinha, costumo fazer uma pastinha diferente a cada semana, cubro com azeite e mantenho na geladeira por até 5 dias. Fazendo isso eu sempre tenho um recheio para sanduíche, um petisco no final do dia e um aperitivo para o jantar, uma praticidade só! Dessa vez a pasta escolhida foi o homus tahine, receita que aprendi com a minha mãe, que por sua vez aprendeu com a minha bisavó libanesa que veio para o Brasil ainda adolescente e ensinou todas as suas “receitas secretas” para as mulheres da família. Eu aprendi a fazer o kibe com ela, a sopa de chapeuzinho e esfiha, e queria ter aprendido muito mais…

Continue Lendo …

Charutinho de repolho

Postado em Arroz, Clássicos, Cozinha Árabe, Receitas de Família - 10 de abril de 2012

Charutinhos de repolho são delicados e deliciosos, e pra quem pensa que são difíceis de fazer eu digo que não. Dificuldade não há, mas é necessário um pouco de paciência e delicadeza para enrolar o recheio para que o charutinho não se abra ao cozinhar. Estes aqui foram feitos pela minha mãe, que manda muito bem no preparo de comidinhas árabes, afinal são anos e anos de experiência. Pena que a foto foi tirada à noite e como sabemos a qualidade da luz interfere muito na fotografia, mas isso não chega a ser um problema. Esta é a receita mais básica dos charutinhos, com recheio de arroz e carne moída temperada. Se você ainda não fez esta receita em casa tenta se arriscar um pouquinho porque vale mesmo o esforço!

Continue Lendo …

Beirute de atum

Postado em Cozinha Árabe, Fácil, Light, Peixe, Queijo, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Sanduíches - 17 de janeiro de 2012

Eu não curto muito comida de praia, aquela que vendem na faixa de areia. Não acho muito confiável na verdade, e o motivo nem é por duvidar das condições do preparo – até é um pouco vai… – mas o principal motivo é que os queijos de coalho, os sanduíches naturais, os espetinhos de camarão e até mesmo a água de coco e o milho ficam horas expostos ao calor, embora protegidos dentro de caixas de isopor ou equivalente. Mas o fato é que eu não consigo imaginar como a comida pode continuar boa, saudável (principalmente no caso das frituras e dos alimentos que contém maionese no preparo), tendo ficado tanto tempo dentro de verdadeiras estufas. Na dúvida eu sempre acabo ficando com a água de coco geladinha, com a castanha de caju vendida a granel, com o açaí frozen e com o milho verde, porque bem ou mal ele é cozido em água fervente e dizem que a água fervente mata de um tudo nessa vida né? Bem que podia exterminar corruptos também…hahaha. Mas eu sempre – e SEMPRE mesmo – volto da praia com vontade de comer um verdadeiro, digno, confiável e delicioso sanduíche natural. O meu preferido é o de atum, claro! Então desde que voltei das férias já fiz sanduíche de atum umas 5 vezes aqui em casa, mas ontem para variar um pouco eu usei pão sírio e fiz beirutes de atum, que ficaram incrivelmente saudáveis e deliciosos. Aliás, eu descobri um atum sólido em óleo de sabor defumado, da Gomes da Costa que eu simplesmente amei, ainda não conhecia e achei o sabor muito bom mesmo, só é pena que seja em óleo porque eu prefiro comprar aquele que vem na água que é mais light. Quem sabe eles não fazem o mesmo atum sabor defumado em água, hein, hein? Olha só a delícia que é este beirute, que rapidinho você prepara e devora, aqui em casa fez sucesso, marido devorou 2 na sequência, e depois diz que “eu” não contribuo com a dieta. Mas adianta fazer algo light e a pessoa comer 2, 3?

Continue Lendo …

Couscous de 5 minutos

Postado em Acompanhamentos, Cozinha Árabe, Dicas, Fácil, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Vegetarianas - 04 de janeiro de 2012

Nesta época do ano muita gente ainda está de férias, ou simplesmente não quer perder muito tempo na cozinha para aproveitar mais o sol, o calor, a piscina ou a praia. Então, para estes dias nada melhor do que uma refeição express, bem rápida, mas ao mesmo tempo bem deliciosa, porque não é necessário rasgar um pacote de lámem sempre que se quer comida rápida, há comidinhas incríveis que podem ser preparadas em apenas 5 minutos, e este é o caso do couscous. Eu simplesmente amo couscous e na minha despensa não falta, acho perfeito para os momentos de falta de tempo na cozinha. Sempre faço variações com os ingredientes, para dar mais emoção, e geralmente uso o que tiver na geladeira e na despensa, então esta combinação é apenas uma sugestão, você pode usar os ingredientes que preferir. Agora vou contar um segredo pra vocês: muita gente prepara o couscous somente a frio, ou seja, misturando todos os ingredientes num bowl e pronto, mas eu gosto de preparar um belo refogado que serve de base para o tempero do couscous. Não é nada de mais, apenas cebola picadinha, alho de vez em quando, especiarias e quando uso amêndoas ou castanhas eu gosto de tostá-las brevemente antes de usar no prato porque quando são aquecidas desprendem um aroma e sabor incomparáveis! Então é isso, o meu segredinho para um belo couscous é fazer um refogado no capricho que não leva nem 3 minutos para fazer, na verdade é o tempo que você precisa deixar a sêmola do couscous descansando para dar aquela “estufadinha”. Olha só como é fácil e rápido de preparar:

Continue Lendo …

Kibe de forno à Primavera

Postado em Clássicos, Cozinha Árabe, Fácil, No forno, Pratos Principais - 14 de dezembro de 2011

Não é novidade que aqui em casa uma comidinha árabe faz sucesso, e para variar um pouquinho e não ficar sempre na mesmice quando eu faço kibe, por exemplo, gosto de incrementar para deixá-lo mais convidativo ainda. Dessa vez eu fiz a massa do kibe normalmente – e esta massa principal eu confesso que não gosto de mudar – e depois cobri com diversos vegetais cortadinhos em cubos pequenos e assei junto com o kibe. O resultado foi um kibe bem colorido, todo perfumado e muito molhadinho por conta do líquido que se desprendeu dos vegetais. Para quem nunca fez kibe em casa não tem segredo gente, é muito fácil mesmo e suja pouca louça, eu juro! Nós aqui amamos e tenho certeza que você também vai amar! Se um dia você for receber visitas na sua casa que gostem de uma comidinha árabe não pense duas vezes em fazer esta receita pra eles, e para você ter mais ideias dos acompanhamentos basta entrar na seção de “Cozinha Árabe” daqui no blog e terá várias opções de acompanhamentos frios e quentes ;)

Continue Lendo …

Charutinhos de Repolho Roxo

Postado em Arroz, Cozinha Árabe, Frango - 13 de setembro de 2011

Fazer charutinhos de repolho, prato típico da cozinha árabe não é tão difícil quanto parece. É um pouco trabalhoso, devo admitir, porque enrola-se folha a folha, mas o sabor compensa, e muito. Esta receita é um pouco adaptada da original, que leva apenas arroz branco, carne moída e temperos. Aqui eu aproveitei um peito de frango assado que havia sobrado do almoço, arroz integral e lentilhas que também sobraram do mesmo almoço. Acrescentei alguns temperinhos e pronto, o resultado foi um prato delicioso com comida quase 100% reaproveitada, para provar que desperdício está fora de moda e que a regra dos 3 Rs (reduzir, reciclar, reutilizar) que norteia a prática da sustentabilidade também pode e deve estar presente na sua cozinha. Além disso o método do preparo também foi facilitado com o uso do forno de microondas. E então, vamos praticar a sustentabilidade?

Continue Lendo …

Kibe de forno recheado com queijo cremoso

Postado em Carnes, Cozinha Árabe, Fácil, No forno, Pratos Principais - 09 de setembro de 2011

Não é mais novidade pra ninguém que aqui em casa nós amamos uma comida árabe…um kibe, um tabule, um homus, um babaganoush, entre outras delícias desta cozinha tão peculiar e aromática. Esses dias marido me pediu que fizesse um kibe, o que acontece quase toda semana, e pra variar a receita do kibe assado tradicional eu decidi recheá-lo com queijo cremoso tipo catupiry, mas quero deixar claro que na culinária árabe isto seria um crime! Rechear com coalhada seca seria aceitável, já que diversos pratos são preparados com ela, mas catupiry definitivamente não ok? Então uma vez esclarecida a “agressão” à receita tradicional vou dizer que mesmo sendo uma “aberração” este kibe recheado com catupiry fica simplesmente divino! E olha gente, pra quem nunca preparou kibe fresco em casa pode relaxar e perder o medo porque não tem nada de difícil, muito pelo contrário, depois que você fizer pela primeira vez vai perceber que nem precisará mais seguir receita alguma. Os principais segredos são: utilizar carne moída de boa qualidade (patinho de preferência) passada duas vezes pela máquina, hidratar e escorrer muito bem o trigo e saber dosar o tempero. Já passei receita básica de kibe aqui diversas vezes, mas pra você que está chegando agora não custa repetir não é mesmo? Então anotem aí esta receitinha coringa, e se preferir pode trocar o recheio de catupiry por castanhas, ou uvas passas, ou carne moída refogadinha, ou coalhada seca. E se quiser fazer sem recheio nenhum também fica mara!

Continue Lendo …

Prato Árabe

Postado em Cozinha Árabe, Fácil - 06 de abril de 2011

Este prato delicioso de comida árabe é perfeito pra nós aqui em casa, faço sempre porque além de ser bem leve é muito nutritivo e completo. Quem seria capaz de recusar? Todos os componentes do prato já tiveram suas receitas publicadas aqui no blog, e são bem fáceis de fazer. Então se você perdeu alguma dessas delícias basta clicar sobre o nome de cada um delas e anotar a sua preferida:
 
 
Bom Apetite!
 
 
Fabiana Pinfildi

Abobrinhas Recheadas – Cozinha Árabe

Postado em Abobrinha, Cozinha Árabe - 09 de março de 2011

Comida de mãe…Fui passar uns dias do Carnaval na casa dos meus pais, e como sempre, minha mãe que adora cozinhar nos esperava com diversas receitas prontas. Ah, quanta tentação para poucos dias, assim foi difícil resistir e eu comi tudo o que tinha direito. Um dos almoços que ela fez foi esse almoço árabe, com Abobrinhas Recheadas (um dos meus pratos preferidos), kibe cru e Coalhada Seca. Além disso tinha um Cassoulet Light que é o melhor que eu já provei. Bom gente, comida de mãe é isso mesmo né? Quem é que resiste? Hoje vou passar a receita das Abobrinhas Recheadas, e depois passo as outras, ok?