Biscoitos funcionais de castanhas com geleia

Postado em Comidinhas, Doces, Fácil, Gastronomia Funcional, Light, No forno, Receitas Especiais (s/ Glúten/Lactose), Receitas Rápidas - 20 de outubro de 2014

Petit-four-funcional1_FF

Desde que eu fui apresentada à gastronomia funcional há alguns anos atrás pelo meu amigo Marcelo Facini, chef especialista na área, fiquei totalmente apaixonada por tantas possibilidades que as restrições ironicamente acabam proporcionando para as pessoas.

 

O fato é que embora eu não sofra nenhum tipo de intolerância alimentar eu sempre fui muito curiosa por aprender coisas novas sobre alimentação, sobretudo alimentação saudável. Aprendi que receitas funcionais não são boas apenas para quem tem intolerância, mas são maravilhosas para qualquer pessoa pois só fazem bem à saúde. É maravilhoso poder ter opções cheias de sabor mas sem conservantes, sem corantes e muitas vezes com baixíssimas calorias. E quando se tem filhos então, você só quer servir o melhor e mais saudável pra eles.

 

Estes biscoitinhos que eu também gosto de chamar de petit four funcionais nasceram desta minha curiosidade. Depois de procurar em muitos lugares diferentes e não encontrar uma receita de biscoitos que levasse muitas castanhas e zero açúcar, mas que não precisasse nem de ovos para dar liga na massa e alguns testes eu cheguei nesta receitinha deliciosa! Até eu me surpreendi com o sabor, a delicadeza e a textura crocante destes biscoitinhos, e fiquei muito feliz com o sucesso que eles fizeram entre os que tiveram a oportunidade de provar.

 

Como eu já mencionei, eles não levam açúcar nem adoçante na receita, pois são naturalmente adoçados com a pasta feita de tâmaras e ameixas secas preparada no processador de alimentos. Eles também não levam ovo, nem farinha de trigo e nem leite. A única gordura que eles tem é da manteiga de amendoim e do óleo de coco.

 

A receita é bem fácil de preparar, e fica pronta rapidinho, mas o uso do processador ou liquidificador é indispensável, principalmente para fazer a pasta de tâmaras e ameixas e para triturar as castanhas e amêndoas. Quando a massa está pronta para ser modelada a impressão que dá é que não vai dar liga, mas basta moldar o primeiro biscoito para ver que uma simples apertada entre as mãos faz com que a massa grude, e dá para enrolar como brigadeiro e servir cru, sem assar, se você quiser. Um acompanhamento muito saboroso e saudável para o café da manhã ou da tarde.

Petit four funcional2_F&F

 

BISCOITOS FUNCIONAIS DE CASTANHAS COM GELEIA

(rende 20 unidades)

 

Ingredientes:

  • 1 xícara (chá) de castanha de caju
  • 1 xícara (chá) de amêndoas com ou sem pele
  • 1/2 xícara (chá) de farinha de linhaça (pode ser farinha de amêndoas também)
  • 1/2 xícara (chá) de quinua em flocos
  • 1 xícara (chá) de pasta de tâmaras e ameixas secas* (veja abaixo como preparar)
  • 1/3 xícara (chá) de óleo de coco (ou de girassol)
  • 2 col (sopa) de manteiga de amendoim
  • 1 pitada de canela em pó
  • 1 pitada de sal
  • geleia à sua escolha o quanto baste (usei uma geleia diet sabor framboesa)

 

Modo de Preparo: Prepare a pasta de tâmaras e ameixas secas: triture no processador 1/2 xícara de chá de ameixas secas e 1/2 xícara de chá de tâmaras com 3 colheres de sopa de água e bata até conseguir uma pasta firme. Reserve. Triture grosseiramente a castanha de caju, e depois as amêndoas. Em um bowl misture a castanha de caju triturada, as amêndoas trituradas, a farinha de linhaça (ou de amêndoas se preferir), a quinua em flocos e mexa bem. Depois junte o óleo de coco, a pasta de tâmaras e ameixas, o óleo de coco, a manteiga de amendoim, a canela, o sal e misture bem com as mãos até obter uma massa semelhante a uma farofa úmida. Preaqueça o forno em 180º e modele os biscoitos fazendo bolinhas, depois achatando-as e fazendo uma cavidade no meio para colocar a geleia. Disponha todos os biscoitos sobre um silpat (aqueles tapetinhos de silicone próprios para assar), ou sobre uma assadeira antiaderente e preencha todos eles com a geleia da sua escolha. Leve para assar por 20 minutos, ou até que os biscoitos estejam dourados. Deixe esfriar fora do forno, de preferência sobre uma grade de resfriamento de biscoitos. Se quiser enfeite com amêndoas picadas. Sirva em temperatura ambiente.

Petit four funcional3_F&F

 

Bom Apetite!!!

 

Biscoito Fit de Banana

Postado em Comidinhas, Doces, Fácil, Gastronomia Funcional, Light, No forno, Receitas de 30 minutos - 24 de setembro de 2014

Biscoitinhos fit de banana_F&F

Ah como eu estou em falta com vocês! Me desculpem pelo sumiço, a vida anda bastante corrida por aqui. Teve viagem, teve retorno ao trabalho, tem a rotina com a Olivia e mais algumas coisas acontecendo ao mesmo tempo, uma verdadeira loucura. Também estou curtindo sem culpa esta fase bebê da Olivia porque sei que esta fase não volta nunca mais e ela precisa de mim mais do que qualquer outra coisa na minha vida neste momento. Por outro lado tem uma novidade linda pintando em breve, relacionada ao blog e que está me tomando um tempo absurdo mas que tenho certeza que vocês vão amar!!! Então eu só peço mais um pouquinho de paciência para vocês, queridos que me acompanham desde o início do blog e gostam tanto daqui, porque já estou organizando a vida e colocando tudo nos eixos.

 

Agora vamos falar da receita de hoje que é uma receitinha ultra mega simples, fácil e rápida de preparar, e que pode ser consumida sem culpa alguma já que não leva nem gordura, nem açúcar, nem glúten e nem leite. Isto quer dizer que pode ser consumida por todos, inclusive por diabéticos e pessoas intolerantes ao glúten e à lactose.

 

Eu gosto de chamar de biscoitinho fit porque o pessoal da “maromba” costuma preparar estes biscoitinhos para saciar a fome na hora dos lanchinhos e como ele não tem açúcar e nem gordura não pesa na balança e não detona a dieta de ninguém. Além disso é rico em fibras e vitaminas, podendo ser também um ótimo lanchinho para bebês que já foram introduzidos à alimentação sólida e para crianças. Bom demais né?

 

A receita é preparada com apenas 3 ingredientes. Tenho que avisar que estes biscoitos não ficam crocantes, tem uma consistência mais macia e apesar de não levar açúcar são docinhos e muito saborosos.

 

BISCOITINHO FIT DE BANANA

(rende 12 unidades)

 

Ingredientes:

  • 2 bananas nanicas grandes e maduras
  • 1 xícara (chá) de quinua em flocos
  • 1 colher (chá) de canela em pó

 

Modo de Preparo: Preaqueça o forno a 190º. Amasse bem as bananas com um garfo e misture a quinua em flocos e a canela até obter uma massa cremosa e homogênea. Unte levemente uma assadeira com azeite (ou use um tapetinho de forno forrando uma assadeira, conhecido como Silpat, e aí não precisa untar) e espalhe a massa em pequenas colheradas, modelando os biscoitos com a própria colher e mantendo uma distância de alguns centímetros entre um biscoito e outro. Asse por 30 minutos, ou até perceber que os biscoitos estão dourados e firmes. Desligue o forno e deixe que esfriem lá dentro. Armazene por até 3 dias em um pote bem vedado.

Biscoito fit2_F&F

Dica: Se você não encontrar quinua em flocos pode substituí-la por aveia em flocos, o resultado fica igualmente bom, mas aí a receita passará a conter glúten.

 

Bom Apetite!

 

Pão de Milho de Minuto, sem glúten

Postado em Comidinhas, Fácil, Massas e Pizzas, No forno, Pães e Tortas, Receitas de 30 minutos, Receitas Especiais (s/ Glúten/Lactose) - 15 de agosto de 2014

Pão de Milho_F&F

Há tempos que eu estava buscando uma receita nova de pão de milho, que fosse bem fácil e rápida de preparar, de minuto mesmo, para aqueles dias em que bate a vontade de comer um pão bem gostoso mas sem ter todo aquele trabalho. E para a minha alegria depois de alguns testes, esta receita aqui me deixou satisfeita, era mesmo o que eu queria!

 

O pão de milho, também conhecido como “cornbread” é uma receita muito tradicional nos Estados Unidos, típica da culinária sulista, mais precisamente, e lá as pessoas costumam comê-lo desde o café da manhã, acompanhado de queijos, manteiga e geleia, até o jantar acompanhado de sopas e ensopados. É uma receita bastante versátil e que pode ser incrementada adicionando-se ingredientes na cobertura, ou não. Tudo depende do gosto de quem prepara.

 

Eu testei este pão na versão com e sem glúten, e acho que as duas versões ficaram igualmente boas, então se você preferir a versão tradicional basta substituir a farinha de arroz por farinha de trigo. Coloquei tomatinhos, azeitona preta e flor de sal na superfície porque a minha intenção era servir no café da tarde. Olha, tenho que dizer que ficou muito bom, o único porém é que uma receita rende um pão pequeno, seja em fôrma de bolo inglês, seja em fôrma quadrada como a que eu usei. A minha tem 20cm x 20cm e o pão de milho ficou baixinho, então se você for servir pra muita gente eu recomendo dobrar ou até triplicar a receita, para render um pãozão!

Pão de milho2baixa_F&F

PÃO DE MILHO DE MINUTO, SEM GLÚTEN

(rende 1 pão de milho pequeno)

 

Ingredientes:

  • 1 xícara (chá) de farinha de arroz, peneirada
  • 1 xícara (chá) de farinha de milho fina
  • 1 colher (sopa) rasa de fermento químico em pó
  • 1/2 colher (chá) de sal
  • 2 ovos
  • 1 xícara (chá) de iogurte natural
  • 1/4 de xícara (chá) de azeite
  • 2 colheres (sopa) de mel
  • 2 colheres (sopa) de açúcar

 

Modo de Preparo: Preaqueça o forno em 190º. Unte e enfarinhe com a farinha de arroz uma fôrma de 20cm x 20cm (ou uma fôrma pequena de bolo inglês) e reserve. Em um bowl misture a farinha de arroz, a farinha de milho, o fermento, o sal e mexa bem. Em outro bowl bata os ovos com um garfo e misture o iogurte, os ovos, o azeite, o mel e o açúcar. Mexa até incorporar tudo. Adicione a misture líquida à mistura seca, despejando-a no centro do bowl. Misture tudo até todos os ingredientes secos estejam totalmente incorporados, mas não mexa muito, no máximo 20 segundos. Despeje a massa sobre a fôrma já untada e enfarinhada e asse imediatamente, em 190º por 25 minutos, ou até que passe pelo teste do palito e as bordas do pão tiverem começado a se soltar da assadeira. Sirva quente ou em temperatura ambiente, como preferir.

 

Bom Apetite!

 

Abobrinha e Berinjela Recheadas à moda síria

Postado em Abobrinha, Berinjela, Carnes, Comidinhas, Cozinha Árabe, Fácil, No forno, Receitas Rápidas - 13 de agosto de 2014

Abobrinha recheada_F&F

 

Esta receitinha surgiu de uma geladeira quase vazia num dia de correria em que o almoço precisava ser preparado rapidamente e com o que tinha disponível no momento. Mesmo assim ficou delicioso e o resultado surpreendente.

 

A inspiração veio da comida árabe, que eu amo de paixão, mas com ares de comidinha saudável já que a carne do recheio foi preparada com quase nada de gordura (no caso usei apenas azeite). A combinação de canela com pimenta síria e carne ficou um arraso com as cranberries secas, os piñoles e as sementes de abóbora torradas. Ok, pode não ter ficado a mais árabe das comidas, mas o que importa é que deu super certo! Tudo bem simples, rápido e cheio de sabor!

 

ABOBRINHA E BERINJELA RECHEADAS À MODA SÍRIA

(para 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 400g de carne moída magra
  • 1 abobrinha italiana média
  • 1 berinjela média
  • 3 colheres (sopa) de cranberries desidratadas ou uvas passas
  • 1 colher (sopa) de piñoles
  • 2 colheres (sopa) de sementes de abóbora torradas
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 colher (café) de pimenta síria
  • 1 pitada de canela
  • 6 folhas de hortelã picadas
  • sal a gosto

 

Modo de Preparo: Preaqueça o forno a 200º. Lave bem a berinjela e a abobrinha e corte-as ao meio no sentido do comprimento. Regue com um fiozinho de azeite e leve ao forno por 20 minutos. Enquanto isso aqueça azeite em uma frigideira e refogue a carne moída com a pimenta síria, a canela e o sal. Reserve. Aqueça novamente a frigideira e toste rapidamente os piñoles e as sementes de abóbora. Por fim junte os piñoles, as sementes de abóbora, a hortelã picada e as cranberries na carne moída refogada e misture bem. Retire a abobrinha e a berinjela do forno e recheie com a mistura de carne. Retorne ao forno para aquecer um pouco e sirva em seguida.

 

Bom Apetite!

 

Dica rápida Parte 2 – A praticidade dos queijos

Postado em Comidinhas, Dicas, Petiscos, Queijo - 07 de agosto de 2014

Camembert com geleia de pimenta

 

Eu sou apaixonada por queijo, me considero uma ratinha mesmo, e sempre que vou às compras escolho uns dois pedaços diferentes para abastecer a geladeira e aguardar a ocasião adequada pra eles. E ter uns bons pedaços de queijo sempre à mão é tão prático e pode te proporcionar infinitas possibilidades.

 

Geralmente eu gosto de montar uma clássica tábua de queijos mesmo, uso o que eu tiver no dia, dificilmente eu planejo uma tábua de queijos porque sempre tenho algumas das coisinhas que eu gosto de colocar nela. Com toda certeza as nuts e as frutas secas nunca podem faltar, e quando a geladeira proporciona uns pedaços de presunto parma e geleias estas delicias também entram na dança, ou melhor, na tábua.

 

Tábua de petiscos_F&F

Queijo emmental, queijo de cabra cremoso, presunto parma, pecãs e cramberries desidratadas, geleia de vinho e pão ciabatta. (Foto via Instagram/fabi_figosefunghis)

Outra dica delicinha também para usar o queijo é já bem manjada e praticada por muita gente, mas né, como sempre tem gente nova chegando por aqui eu não vou deixar de reforçar porque ó, é moooito bom! Estou falando da clássica combinação de queijo camembert aquecido com uma deliciosa cobertura de geleia de pimenta, aquela da melhor que você tiver, sabe? Pois então, para preparar este clássico petisco basta aquecer o queijo camembert por 5 minutinhos no forno convencional em 180º. Ao retirar o queijo do forno cubra-o com generosas colheradas de geleia de pimenta (ou se você não gostar de pimenta use uma outra geleia de sua preferência. Geleia de frutas vermelhas e de figo ficam ótimas aqui!) e sirva com torradinhas. É um abuso de bom!!!

Dica tábua queijos_F&F

 

Então é isso, espero que vocês aproveitem estas dicas e usem a criatividade para receber os amigos sempre com muita graça e bom gosto :)

 

Outras dicas rápidas diariamente no Instagram do blog. Segue lá vai! >>>>> @fabi_figosefunghis

 

Ceviche Peruano

Postado em Clássicos, Comidinhas, Entradas, Fácil, Light, Peixe, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 04 de agosto de 2014

Ceviche reduzida_F&F

 

Desde que eu era pequena o meu pai, que adora pescar, sempre trazia muitos peixes pra casa e nos fazia experimentar de todo jeito: assado, na brasa, recheado, frito e inclusive cru. Em casa sempre teve ceviche e sashimi e o resultado disso é que hoje a comida peruana e a comida japonesa estão entre as minhas preferidas no mundo!

 

Outro dia, em meio à Copa do Mundo, me bateu uma vontade de preparar um ceviche fresquinho para acompanhar junto com os amigos o jogo do Brasil x Chile. Ok, ceviche é peruano, mas saibam que a influência gastronômica do Peru sobre o Chile é gigante! Bom, os amigos se encarregaram das compras e voltaram com o Robalo mais fresquinho comprado no Ceagesp, aqui em Sp. Batata doce orgânica, cebola roxa e pimenta dedo-de-moça compuseram lidamente o ceviche, agregando cor e muito sabor! Como eu adoro o ceviche peruano acompanhado dos famosos “choclos” gigantes e por aqui não é tão fácil de encontrá-los resolvi fazer uma pequena adaptação e misturar ao ceviche uma espiga de milho verde cozido ao vapor, bem docinho. Bom, o resultado foi sucesso total, todos amaram o ceviche, que por termos exagerado um pouco na quantidade, mais tarde aqui em casa virou recheio de Fish Tacos…hahahahha

 

O que eu achei sensacional sobre o ceviche e resolvi utilizar nesta receita é o processo de cocção no gelo, e não apenas deixar o ceviche ali marinando no suco de limão temperado (o tal leche de tigre) por um tempão. Dizem que antigamente no Peru o ceviche era preparado assim, deixado marinando por horas a fio, mas que hoje a técnica mais moderna pede a cocção no gelo, talvez por ser mais rápido e mais prático.

 

CEVICHE PERUANO 

(serve 6 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 600g de robalo bem limpo e cortado em filés
  • 1/2 xícara (chá) de suco de limão (misturei 1 limão siciliano e 2 tahiti)
  • 1 cebola roxa cortada em meias luas bem finas
  • 1 pimenta dedo-de-moça sem sementes fatiada finamente
  • 1 punhado de coentro picado
  • sal a gosto
  • 4 pedras de gelo
  • 1 espiga de milho cozida (ou uma caixinha)
  • 1 batata doce cozida al dente

 

Modo de Preparo: Corte os filés de robalo ou outro peixe branco da sua preferência em tiras e depois em cubos médios e reserve. Adicione o sal, a pimenta dedo-de-moça e misture bem. Em outro recipiente misture bem o gelo com o suco de limão e regue o peixe cortado. Junte a cebola roxa, o coentro e misture bem, sem parar de mexer por uns 5 minutos. Prove o tempero, prove a consistência do peixe que deverá ser firme. O peixe fica levemente cozido na parte de fora e cru no interior. Ajuste o sal se achar necessário e adicione um pouco de água se estiver muito ácido. Finalize juntando o milho cozido já retirado da espiga (ou sirva rodelas da espiga ao lado do ceviche, como preferir) e com a batata doce cozida cortada em bastões. Enfeite com tirinhas de pimenta fatiada e folhas de coentro. Sirva em seguida.

 

Dica: Misture limão siciliano e limão tahiti para suavizar o sabor forte do limão.

 

Bom Apetite!

 

 

Arroz com tomates, linguiça defumada e vinho tinto

Postado em Arroz, Comfort Food, Comidinhas, Fácil, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 16 de junho de 2014

Arroz com tomates, linguiça defumada e vinho_F&F

 

Sabe aquela geladeira abastecida com o que sobrou do final de semana? Ela pode render muitas opções de comidinhas que você nem imagina, como esta deliciosa receita de arroz com tomates, linguiça defumada e vinho tinto que ficou mesmo de babar!

 

Um pacotinho de linguiça defumada daqui, uns tomates dali, umas cebolas, um restinho de vinho tinto, uma porção de arroz integral que já estava cozido e pronto, estava feita a minha alegria. E com tantas tarefas e dias atribulados por aqui nada foi tão bom quanto este prato aí da foto, que foi preparado e não mais do que 15 minutos! Pois é, o improviso às vezes surpreende e produz maravilhas!

 

ARROZ COM TOMATES, LINGUIÇA DEFUMADA E VINHO

(serve 1 pessoa)

 

Ingredientes:

  • 2 linguiças tipo calabresa defumada fatiadas
  • 8 tomatinhos do tipo cereja ou uva
  • 1 cebola grande fatiada
  • 1 xícara (chá) de arroz integral (ou branco) já cozido
  • 4 colheres (sopa) de vinho tinto seco
  • 2 dentes de alho bem picados
  • azeite a gosto
  • pimenta e sal a gosto
  • salsa fresca picada

 

Modo de Preparo: Numa frigideira bem quente coloque um fiozinho de azeite e adiciona a linguiça fatiada. Deixe dourar bem e acrescente a cebola. Refogue por uns 3 minutos e junte o alho picado e os tomatinhos. Quando a cebola estiver bem murchinha junte o vinho tinto e mexa. Refogue por uns 5 minutos mexendo e junte o arroz, a salsinha e regue com azeite, mexendo e deixando cozinhar em fogo baixo com a frigideira tampada. Quando o arroz estiver bem quente junte mais azeite e salsinha e pronto! Pode comer e ser feliz!

 

Bom Apetite!

 

Quer ficar mais pertinho de mim? Então segue o Figos e Funghis no Facebook, Instagram e Twitter! As redes sociais do blog estão sempre cheias de novidades, fotos, dicas de lugares e um gostoso bate papo virtual :)

 

Maçãs Recheadas com Granola e Frutas Secas

Postado em Comidinhas, Doces, Fácil, Frutas, Light, No forno, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Sobremesas - 22 de maio de 2014

Maçãs recheadas reduzida_F&F

Às vezes bate uma vontade de comer um docinho né? O problema é que quando estamos querendo perder uns quilinhos fica complicado porque quase tudo engorda, e apesar de amar frutas confesso que acabo enjoando de comê-las in natura. E quem é que não curte uma novidade, certo?

 

Foi num dia assim que surgiu a ideia de assar as maçãs, mas para dar uma graça a mais decidi recheá-las com granola e frutinhas secas, inspirada em uma receita que eu vi no livro 30 minutos, do Jamie Oliver. Bom, não preciso nem dizer que as maçãs quando estão assando perfumam a casa toda né? Tudo que é feito com maçã deixa um cheirinho irresistível no ar…eu amo!

 

Além de ser uma opção light de docinho para os dias de compulsão é uma sobremesa levinha que pode ser servida desde o café da manhã acompanhada de colheradas de iogurte até o jantar e sem decepcionar. Se quiser – e puder – dar um toque de gordice adicione um pouco de doce de leite, um tico de chocolate meio amargo ralado ou uma caldinha doce da sua preferência. Também fica uma delícia servida com uma fatia de bolo num chá da tarde. E esta mesma receita pode ser feita com peras e pêssegos para dar uma variada.

 

MAÇÃS RECHEADAS COM GRANOLA E FRUTAS SECASInspirada no livro “30 Minutos”, de Jamie Oliver

(rende 8 porções)

 

Ingredientes:

  • 4 maçãs gala cortadas ao meio
  • 4 damascos secos picados
  • 4 ameixas secas picadas
  • 1 punhado de uvas passas brancas
  • 1 punhado de uvas passas pretas
  • 1 punhado de nozes picadas
  • 2 colheres (sopa) de mel
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 4 colheres (sopa) de granola

Maçãs assadas_F&F

Modo de Preparo: Preaqueça o forno em 180º. Unte uma assadeira com um fio de azeite. Retire parte do miolo das maçãs com as sementes e descarte. Numa tigela misture a granola, as frutas secas, as nozes, o mel, o azeite e misture bem. Recheie as metades das maçãs com a mistura de granola e frutas secas e ajeite-as na assadeira untada. Leve ao forno por 20 minutos e sirva com iogurte, sorvete ou com uma fatia de bolo.

 

Bom Apetite!

 

Salpicão de Cenoura e Quinua

Postado em Comidinhas, Entradas, Fácil, Light, Receitas de 30 minutos, Receitas Especiais (s/ Glúten/Lactose), Receitas Rápidas, Saladas, Vegetarianas - 15 de maio de 2014

Salpicão de cenoura e quinua_F&F

Não, esta salada não tem frango desfiado, salsão picado ou maçã, mas eu decidi chamá-la de salpicão de cenoura porque ela fica com uma aparência de salpicão e o tempero deixa um sabor azedinho doce típico do salpicão. Olha, honestamente foi a melhor salada dos últimos tempos aqui em casa, e isto porque comemos salada quase diariamente. Sem contar que ela fica linda, com uma cor vibrante e se você colocar em potes de vidro transparentes vai valorizá-la ainda mais!

Sabe quando você abre a geladeira, abre a despensa e vai pegando coisinhas gostosas para juntar e dá sorte no resultado? Pois é, foi assim que nasceu o meu salpicão de cenoura, uma combinação divina na minha opinião. Tem o adocicado das cranberries, o crocante das amêndoas e da cenoura, a textura delicinha da quinua, a suavidade da lentilha vermelha e por aí vai, cada ingrediente contribuindo com o seu melhor…hahahaha

Bom, só sei que a salada foi pra levar no almoço de Dia das Mães, em menos de 30 minutos cozinhei a quinua e a lentilha, montei a salada e coloquei pra gelar enquanto me arrumava. Uma praticidade só! Fiz um bowl enorme para umas 10 pessoas e não sobrou nadinha, nadinha. Acho que todos gostaram porque já saí de lá com pedidos para colocar a receita no blog. Então aqui está, espero que gostem ;)

 

SALPICÃO DE CENOURA, QUINUA E LENTILHA

(Serve até 10 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 6 cenouras grandes descascadas e raladas
  • 2 talos de alho poró bem lavados e fatiados em finas fatias
  • 1 xícara (chá) de quinua (usei a vermelha)
  • 1 xícara (chá) de lentilha (usei a vermelha, mas pode ser qualquer uma delas)
  • 1/2 xícara (chá) de vinagre de arroz (não recomendo a substituição pois o sabor do de arroz faz toda a diferença nesta receita)
  • 150 gramas de cranberries
  • 150 gramas de amêndoas cruas picadas
  • 1/2 xícara (chá) de azeite extra virgem
  • sal a gosto
  • pimenta moída a gosto

Salpicão de cenoura e quinua2_F&F

Modo de Preparo: Cozinhe a quinua e a lentilha separadamente, em água abundante até que estejam al dente. Deixe as amêndoas inteiras de molho em água fria por 20 minutos, enquanto a quinua e a lentilha cozinham. Prepare o molho misturando o vinagre de arroz, o azeite, o sal e a pimenta e reserve. Escorra e passe pela água fria corrente a quinua e a lentilha. Escorra e pique as amêndoas. Junte em um bowl em camadas a cenoura ralada, a quinua, a lentilha, o alho poró, cranberries e amêndoas e regue com parte do molho. Misture bem com a ajuda de duas colheres de pau ou garfos grandes, delicadamente. Repita as camadas, misture tudo novamente e cubra com filme plástico. Leve à geladeira até o momento de servir.

 

Bom Apetite!

Siga o Figos e Funghis no Instagram, e participe das novidades fresquinhas e conteúdo exclusivo :)

Te espero AQUI então!

 

Batatas Assadas com Recheio Cremoso de Frango

Postado em Aves, Comidinhas, Fácil, Frango, Light, No forno, Pratos Principais - 25 de fevereiro de 2014

Batata Recheada com Frango_F&F

 

Na minha lista de pratos facílimos e muito práticos para os dias de muita pressa e pouco tempo para a cozinha está com certeza a batata assada recheada.  Eu sou fã de pratos assim, que além de serem rápidos e fáceis, ainda salvam a refeição também no quesito sabor, e permitem modificações de acordo com o que tiver disponível no momento. Foi num desses dias cheios e sem muito tempo para a cozinha que nasceu esta batata assada recheada à base de frango desfiado, porque não só de torta precisa “viver” o coitado do frango desfiado né não?!

 

Tudo começou com uma porção de frango desfiado meio que sem destino na geladeira, duas batatas grandes, um pouco disso, outro pouco daquilo e foi uma jantinha deliciosa com o que eu tinha, acompanhada de uma saladinha de mini agrião temperada com molho de limão e hortelã. O preparo em si é muito rápido, o que leva um pouquinho mais de tempo é o forno, mas até aí não é preciso fazer nada, apenas esperar.

 

E não corra o risco de avaliar por baixo o resultado só porque o modo de preparo é simples e rápido, não se engane! A tal da batata não faria feio se servida em porções mini (usando então mini batatas, claro) como entrada num jantar para a família ou amigos. Os franceses que são os finos servem batatas em muitas receitas chiquérrimas e tradicionais, então por que também não poderíamos abusar dela, concordam?

 

BATATAS ASSADAS RECHEADAS COM FRANGO CREMOSO

(rende 4 porções)

 

Ingredientes:

  • 2 batatas grandes com a casca
  • 1 xícara (chá) bem cheia de peito de frango desfiado (ou 1/2 peito de frango cozido e desfiado)
  • 2 colheres (sopa) de queijo cottage
  • 4 colheres (sopa) de creme de ricota (ou cream cheese, ou requeijão light)
  • 1 colher (chá) de azeite
  • 1 colher (chá) de tomilho e alecrim bem picados
  • 1 colher (sopa) de salsinha fresca picada
  • pimenta e sal a gosto
  • parmesão para gratinar

 

Modo de Preparo:lave bem as batatas com a casca, seque e leve ao forno preaquecido em 190º por 40 a 50 minutos (tudo depende do seu forno, como sempre). Quando as batatas estiverem macias por dentro retire-as do forno, corte-as ao meio no sentido do comprimento e retire parte da polpa das batatas com uma colher e reserve, deixando a casca com 1 cm de espessura. Numa tigela misture o frango desfiado, o queijo cottage, o creme de ricota, a polpa das batatas reservadas, o azeite, as ervas, a pimenta e o sal e misture bem. Distribua este creme de frango desfiado dentro de cada metade das batatas, cubra com queijo parmesão e retorne ao forno por mais 10 minutos. Sirva bem quente acompanhada de salada ou uma carne grelhada da sua preferência.

Batatas recheadas com frango_F&F

 

 

Bom Apetite!

 

Cookies de Chocolate Amargo

Postado em Clássicos, Comidinhas, Doces, Fácil, No forno - 10 de fevereiro de 2014

Cookies de chocolate amargo_2_F&F

 

Pois é, eu sei que hoje é segunda ainda, e que para demonstrar ser uma boa moça eu deveria publicar hoje uma receita leve, saudável, natureba e refrescante porque o calor está de matar! Mas, como eu sou uma boa mocinha que gosta de revolucionar de vez em quando e obedeço fielmente os meus desejos gulosos a receita de hoje é sim de COOKIE DE CHOCOLATE! Uhu!!!

 

Eu sou muito suspeita pra falar sobre esta receita pois ela me acompanha há anos (ficaria muito feio se eu dissesse décadas?), e sendo assim a cada nova fornada eu resolvo acrescentar um ingrediente aqui, outro ali, substituir uma coisinha aqui, outra acolá. É isso mesmo, receitas do coração também podem ser adaptadas, modificadas e desde que seja sempre para melhor! Desta vez eu acrescentei chocolate amargo em pó e no final alguns confeitos crocantes de chocolate ao leite e branco para decorar e fazer uma gracinha.

 

Vou aproveitar e dar uma dica sensacional pra vocês: esta massa de cookie rende muito e por isso sempre que eu faço aproveito para congelar metade, assim eu garanto uma porção extra de cookies para quando a vontade bater, para quando aparecerem visitas inesperadas ou para aqueles dias chuvosos em que um cookie vale por um abraço carinhoso :) Faça isso também e eu garanto que você vai se lembrar de mim quando abrir o seu freezer e um cilindro de massa de cookie iluminar o seu sorriso!

 

COOKIES DE CHOCOLATE AMARGO

(rende aproximadamente 24 unidades)

 

Ingredientes:

 

  • 3 xícaras (chá) de farinha de trigo
  • 1 xícara (chá) de chocolate em pó sem açúcar (ou cacau em pó como muitos preferem chamar)
  • 150g de manteiga amolecida em temperatura ambiente
  • 2 xícaras (chá) de açúcar (branco refinado, mascavo ou uma de cada)
  • 2 ovos inteiros
  • 1 colher (sopa) de essência de baunilha
  • 1 colher (chá) de fermento químico em pó
  • 1 colher (café) rasa de sal
  • confeitos de chocolate ou gotas de chocolate para decorar

 

Modo de Preparo: Numa tigela misture o açúcar com os ovos e a baunilha e bata com um fouet até obter um creme homogêneo. Junte a manteiga e bata novamente até que esteja totalmente incorporada. Sobre esta mistura peneire a farinha, o chocolate em pó, o fermento e o sal, um de cada vez e mexendo a cada adição. Agora a massa estará mais dura, então trabalhe com ela com as mãos até obter uma massa firme e grudenta (parecida com massa de modelar). Faça uma grande bola de massa ou dois cilindros de massa e leve para a geladeira em um recipiente com tampa por 2 horas para que fique bem firme a ponto de ser cortada. Depois do tempo de descanso para a massa endurecer na geladeira retire-a e corte-a em fatias de 1 cm de espessura ajeitando cada disco sobre uma assadeira forrada com papel manteiga. Guarde uma distância de uns 2 dedos entre um cookie e outro, pois eles crescem e se espalham um pouco. Leve para assar em forno preaquecido em 190º por 13 a 15 minutos e quando faltar 5 minutos para ficarem prontos retire-os do forno e rapidamente espalhe os confeitos por cima dos cookies, retornando imediatamente ao forno. Depois de finalizado o tempo de forno retire-os e deixe-os esfriar sobre uma grade de cookies, ou se não tiver, sobre uma tábua de madeira.

 

Dica: Se quiser congelar metade da massa basta embrulhar um dos cilindros de massa em filme plástico e depois em um pedaço de papel manteiga, fechando-o como um bombom. Escreve no papel manteiga o que é o embrulho e a data do congelamento. A massa de cookies pode ser congelada por até 3 meses e quando for assar basta deixar descongelar na geladeira por umas 3 horas (até que a massa esteja firme, porém macia ao toque dos dedos) e seguir as instruções da receita acima.

 

Cookies de Chocolate amargo_F&F

 

Confira outras receitas de cookies:

 

Bom Apetite!

 

Kebab de kafta

Postado em Comidinhas, Cozinha Árabe, Fácil, Receitas Rápidas, Sanduíches - 22 de janeiro de 2014

Kebab de kafta final_F&F

Eu amo esses lanchinhos práticos que matam a fome em qualquer momento do dia. Basta colocar o recheio da sua preferência, adicionar algum molho ou tempero, juntar tudo no meio do pão e nhac! É justamente este o caso dos deliciosos kebabs, sanduíches de origem turca com recheio de carne, cebola crua, alguma pasta e salada e depois enrolados em pão árabe.

 

Outro dia eu tive vontade de fazer homus e aproveitei para fazer bastante porque penso: já que vou ter que sujar o processador vou fazer homus para a semana toda. E assim o homus virou recheio de kebab fazendo a nossa alegria numa jantinha leve e muito saborosa de dia de semana. Jantar rápido, prático e facílimo de preparar já que cada um monta o seu próprio sanduíche e repete quantas vezes a fome pedir.

 

Desta vez eu fiz os meus kebabs com recheio de kafta, mas também já fiz com peito de frango em cubos, grelhado e até uma versão vegetariana com legumes assados e posso garantir que todas elas ficam igualmente deliciosas. Se você não tiver tempo de fazer homus pode substituir por coalhada seca, molho de iogurte, queijo cottage ou patê de ervas. Folhas verdes, cebola e tomate também não podem faltar no meu kebab. Quanto ao pão, eu confesso que prefiro usar o pão sírio do tipo folha, por ser mais leve, mas desta vez como eu não tinha fiz com o pão pita mesmo.

 

KEBAB DE KAFTA

(para 4 sanduíches)

 

Ingredientes:

  • 2 pães pita grandes (separe e use uma metade para enrolar cada sanduíche)
  • 4 colheres (sopa) bem generosas de homus
  • 1 cebola roxa fatiada bem fininha
  • 1 tomate grande sem sementes fatiado em meia lua
  • folhas de alface a gosto
  • 12 mini kaftas feitas em formato de almôndegas e grelhadas (receita AQUI)
  • azeite, limão e sal a gosto
  • molho de iogurte (opcional)

 

Modo de Preparo: Faça as kaftas, molde como mini hambúrgueres ou almôndegas e grelhe até o ponto desejado. Em uma das extremidades de cada metade de pão passe o homus. Acrescente a folha de alface, fatias de tomate, cebola e tempere com azeite, limão e sal. Por fim acrescente 4 mini kaftas em cada sanduíche e enrole. Se achar necessário prenda com palitos para segurar o pão fechado, ou enrole em guardanapos. Sirva com mais homus e molho de iogurte para acompanhar.

 

Bom Apetite!

 

 

Pasta Básica de Ricota com Ervas

Postado em Antepastos, Clássicos, Comidinhas, Fácil, Light, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 09 de dezembro de 2013

Pasta de ricota com ervas_F&F

Esta pastinha básica de ricota com ervas é um coringa! Pode ser servida como patê acompanhada de torradinhas, como recheio para massas, tortas, sanduíches, pode ser servido com crudités de legumes e verduras, como recheio de cogumelos assados, e outras tantas finalidades.

 

O que eu adoro nesta receita é que ela é muito simples, prática e super saborosa. Basta usar as ervas que tiver em casa e as que mais lhe agradarem. Eu costumo usar como base de recheios de sanduíches naturais e garanto que combina tanto com salmão defumado ou atum quanto com frango desfiado ou fatias rosadas de rosbife, e todo mundo adora! Agora no verão então eu faço sempre e sirvo com crudités (confira uma sugestão de como servir os crudités aqui: Petisco Light), que são deliciosos e super light!

 

E sabe do que mais? Esta pastinha bem básica de ricota com ervas é tão fácil de preparar que pode ser a sua salvação nos preparativos de última hora para os petiscos natalinos. Se quiser dar uma incrementada ainda maior dá pra colorir adicionando espinafre, beterraba ou cenoura. Para uma versão sem lactose basta usar o tofu firme em substituição à ricota e um leite sem lactose.

 

PASTA BÁSICA DE RICOTA COM ERVAS

(rende 1 xícara)

 

Ingredientes:

  • 300g de ricota fresca picada
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 1/2 xícara (chá) de ervas frescas da sua preferência (gosto muito de usar alecrim, manjericão, hortelã e salsa)
  • 4 colheres (sopa) de leite desnatado
  • pimenta e sal a gosto

 

Modo de Preparo: Coloque todos os ingredientes juntos num processador de alimentos ou num liquidificador e bata até obter uma pasta bem homogênea, Ajuste o sal e a pimenta se achar necessário e mantenha na geladeira coberto com um fio de azeite até o momento de servir.

 

Bom Apetite!

 

Salada de grãos com frango

Postado em Acompanhamentos, Comidinhas, Fácil, Light, Receitas Rápidas, Saladas - 18 de novembro de 2013

Salada de grãos e frango_F&F Esta salada super nutritiva e saborosa vem lá do blog da minha amiga Faby, que assim como eu é uma apaixonada pelas receitas com grãos, principalmente a quinua.

Nós duas, acompanhadas de mais companhias femininas super divertidas e interessadas no mesmo tema: COMIDA, estivemos juntas no Peru em setembro deste ano para o Festival Gastronômico MISTURA, que acontece anualmente em Lima.

 

Como a maioria de vocês deve saber, o Peru é um país famoso pela diversidade da quinua que é produzida por lá. Digamos que eles podem ser chamados de reis da quinua, tamanha a variedade de cores, tamanhos e propriedades de cada tipo. No MISTURA, inclusive, havia uma tenda enorme só em homenagem à quinua, chamada Mundo da Quinua, em que diversos expositores mostravam e vendiam suas produções.

 

É claro que todas nós trouxemos alguns pacotinhos na mala, e esta saladinha da Faby foi uma das melhores receitas frias que eu já provei com quinua. Ela levou um bowl cheio desta delícia para uma reunião entre amigos que fiz na minha casa e eu garanto que não sobrou um único grão para contar história no dia seguinte.   O bom desta salada é que até quem torce um pouco o nariz para a quinua vai gostar porque ela é uma salada leve e refrescante que combina também couscous marroquino e lentilha. É viciante! E já fica a dica para preparar esta delícia para as festas de final de ano, por ser uma salada rica, colorida e que combina com praticamente tudo.

 

SALADA DE GRÃOS COM FRANGO

(ligeiramente adaptada* do blog Pimenta no Reino)

Serve até 8 pessoas

 

Ingredientes:

  • 4 filés de peito de frango bem limpos e cortados em cubinhos
  • 1 fio de óleo de gergelim
  • 2 maçãs pequenas sem casca e sem sementes, picadas (não usei pois não tinha no dia)
  • 2 talos de alho poró fatiados* (apenas a parte branca e a verde clarinha)
  • 1 cebola pequena picada
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 punhado de uvas passas (usei pretas)
  • 1/2 xícara (chá) de vinho branco seco
  • 1/2 xícara (chá) de couscous já hidratado em caldo ou água
  • 1 xícara (chá) de lentilhas cozidas em água e sal e escorridas
  • 1/4 de xícara (chá) de quinua cozida al dente em água e sal e escorrida (usei a negra, mas pode ser a vermelha, a branca ou a tricolor)
  • 1 cenoura grande ralada
  • pimenta e sal a gosto
  • ervas picadas a gosto (usei manjericão e salsa)
  • 1/2 limão espremido*
  • 2 colheres (sopa) de molho de soja

Modo de Preparo: Tempere os cubos de filé de frango com sal e pimenta. Coloque o óleo de gergelim numa panela e frite os cubinhos de frango até dourarem. Junte as maçãs picadas (se estiver usando) e deixe dourar junto com o frango (no meu caso usei alho poró). Acrescente o molho de soja, a cebola, o alho e deixe dourar por mais alguns minutos. Depois acrescente as uvas passas e o vinho branco e deixe o álcool evaporar. Ajuste o sal e a pimenta se necessário e desligue o fogo. Num bowl misture o couscous já hidratado, a quinua cozida, a lentilha já cozida e escorrida, a cenoura ralada, e o frango refogado. Misture tudo delicadamente e regue com azeite a gosto, limão espremido, ervas picadas, pimenta e ajuste o sal se achar necessário.

 

Dicas:

1) A Faby sugere que quem não curte maçã pode substituir por damascos, abacaxi ou figos picados

2) A dica para os vegetarianos é substituir o frango por cogumelos

3) Para deixar tudo ainda mais saboroso você pode hidratar o couscous em um bom caldo de legumes ou frango (caseiro de preferência que é sempre mais gostoso)

4) Cozinhe a quinua sempre na proporção de 1 para 2, ou seja, 1 medida de quinua para 2 de água. Junte uma pitada de sal e cozinhe até que esteja al dente.

 

Bom Apetite!

 

Bruschetta de Bacalhau

Postado em Antepastos, Bacalhau, Clássicos, Comidinhas, Fácil, No forno, Petiscos - 18 de outubro de 2013

Bruschetta de bacalhau_F&F

 

Aqui em casa nós amamos bacalhau, e é justamente por isso que tem tantas receitas com este delicioso peixe aqui no blog. Outro dia, assistindo ao programa da Carla Pernambuco em que o tema eram as receitas com bacalhau ela preparou uma brandade e sugeriu bruschettas como uma das muitas formas de servir este delicioso prato. Minha brandade de bacalhau não é igual a dela, nem as minhas bruschettas ficaram iguais às dela, porque modéstia à parte eu amo a minha receita de brandade e já sei fazê-la de olhos fechados, e para a bruschetta preferi usar o que tinha em casa e saiu esta maravilha que vocês estão vendo, mas de qualquer forma o programa e as receitas me inspiraram a preparar este petisco para o meu amor, que sempre pede bacalhau!

 

Como eu já disse, a base para a bruschetta é a brandade, e esta minha receita de brandade é facílima e fica uma loucura…cremosa, saborosa e muito perfumada. Achei que a combinação com as cebolas caramelizadas, os tomatinhos picados e as azeitonas pretas ficou de arrasar, mas se você quiser combinar outros ingredientes fique à vontade. Para a torrada da bruschetta eu usei pão integral de sementes e grãos, um pão delicioso que eu sempre gosto de comprar lá no “lugar de gente feliz”, e como eu já disse aqui outras vezes eu prefiro fazer bruschettas com estes pães mais macios (o meu preferido para bruschettas é o pão ciabatta na verdade), porque depois de levado ao forno o pão italiano tradicionalmente usado nas bruschettas fica com a casca muito dura e isto me incomoda um pouco. Mas isto é uma questão de gosto pessoal mesmo, você pode usar o pão que mais gostar.

 

Gente, mas vamos ao que interessa, o que vocês precisam saber é que esta bruschetta é simplesmente irresistível e tem uma apresentação super fofa. Pode ser servida como entrada de um jantar acompanhada de saladinha, como petisco numa noite com amigos e até como um agrado pra você numa noite solitária acompanhada de uma taça de vinho. A brandade eu já fiz para sobrar, e no dia seguinte rolou spaghetti integral com molho cremoso de bacalhau aqui em casa, ou seja, 100% de aproveitamento, desperdício zero.

 

Bruschetta de bacalhau2_F&F

 

 

BRUSCHETTA DE BACALHAU

(rende 12 unidades médias)

 

Ingredientes:

  • 1 receita de brandade de bacalhau
  • 12 fatias grossas de pão integral (ou italiano, ou ciabatta, ou francês mesmo)
  • 1 dente de alho grande
  • 2 cebolas descascadas e fatiadas
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 tomate italiano sem sementes picadinho
  • 10 azeitonas pretas sem caroço picadinhas
  • salsinha fresca picada a gosto (no meu caso muita!)
  • pimenta e sal a gosto
  • azeite o quanto baste para finalizar

 

Modo de Preparo: Prepare a brandade de bacalhau, desligue e reserve. Deixe esfriar um pouco. Enquanto isso derreta a manteiga com o azeite numa frigideira e junte a cebola fatiada, deixando cozinhar em fogo médio e mexendo de vez em quando até quase caramelizar. Tempere as cebolas com sal e pimenta e reserve.Preaqueça o forno a 200º.  Enquanto a cebola cozinha, numa assadeira coloque as fatias de pão, dê uma esmagada no dente de alho e esfregue-o em cada uma das fatias.  Leve ao forno por 5 minutos. Retire os pães do forno, cubra cada um deles com uma porção generosa de brandade e retorne ao forno por mais 15 minutos, até a brandade dourar. Retire do forno, ajeite sobre uma tábua de madeira (ou um prato ou travessa) e monte as bruschettas. Por cima da brandade coloque uma porção da cebola caramelizada, depois um pouco do tomate picado, depois um pouco de azeitonas picadas e finalize com a salsa e regue com azeite. Sirva em seguida. A brandade deve estar bem quente e as cebolas mornas. Os tomates e as azeitonas vão frios.

 

Dica: Sirva as bruschettas com um saboroso molho de pimenta para acompanhar ;)

 

Bruschetta de bacalhau3_F&F

 

Bom Apetite!

 

Maçãs Desidratadas ou Chips de Maçã

Postado em Comidinhas, Fácil, Light, No forno - 14 de outubro de 2013

Maçãs desidratadas_2

A saga da maçã desidratada começou pra mim há algum tempo atrás quando meu cunhado apareceu no escritório com um pacotinho delas e eu simplesmente viciei. Mas as dele eram industrializadas e eu tinha certeza de que era possível fazer em casa sem conservantes, sem açúcar, sem mel, sem nada. Apenas maçãs. E foi assim que eu consegui realizar meu desenho de ter minhas próprias maçãs desidratadas, testando como fazer em casa e com um único e delicioso ingrediente.

 

A gravidez me trouxe alguns hábitos que eu não tinha antes, como a loucura por frutas. Eu sempre gostei de frutas, nem todas na verdade, mas o fato é que eu não costumava comer fruta todos os dias, não tinha o hábito porque não tinha vontade, não sentia necessidade delas. Mas desde o início da gravidez isso mudou e eu devoro várias frutas todos os dias, o setor de frutas no hortifruti passou a ser um verdadeiro prazer pra mim e volto pra casa com pelo menos uns 5 tipos de frutas na sacola de compras. Maçã, pêssego e uva não podem faltar. Maçã então tem sido a minha fruta mais amada e preferida, como todos os dias durante o dia e a noite também, e como é bom!!!! Até me esqueci do meu amado chocolate amargo por causa da maçã, acreditem!

 

Então é claro que aprender a fazer minha própria maçã desidratada era uma obrigação, e agora estou muito satisfeita porque descobri que é facílimo, não toma muito tempo e nem dá trabalho. Pesquisei algumas receitas mas a que mais me cativou foi esta aqui porque só usa mesmo maçãs e mais nada! A única diferença foi que eu preferi as minhas sem o papel manteiga na hora de levar ao forno. Usei uma assadeira top que eu tenho antiaderente e foi sucesso total, porque antes eu testei com o papel manteiga e algumas fatias acabaram colando nele e me deu um trabalho master descolar uma a uma sem quebrar.

 

Agora a receita…uma opção perfeita e muito levinha para lanchinhos ao longo do dia, para carregar na bolsa, para enfrentar o trânsito, e até para incrementar a granola do café da manhã.

 

MAÇÃS DESIDRATADAS OU CHIPS DE MAÇÃ

 

Ingrediente:

3 maçãs pequenas ou médias bem lavadas e com a casca (uso a pequena, do tipo gala)

 

Modo de Preparo: Preaqueça o forno em 110º (se o seu forno não chegar a esta temperatura mais baixa preaqueça o forno em 180º com a porta parcialmente aberta) por uns 15 minutos. Enquanto isso lave e seque as maçãs com a casca e fatie-as na mandolina (aquele fatiador de alimentos que faz lâminas bem fininhas), desprezando os cabinhos e toda a semente que se soltar. Se preferir use um descaroçador de maçã. Ajeite as lâminas de maçã numa assadeira grande de modo que nenhuma fatia fique sobre a outra. Leve ao forno preaquecido por 1 hora em 110º (ou 180º com a porta parcialmente aberta – 4 dedos  de espaço são suficientes, se precisar coloque uma luva de cozinha e/ou panos de prato dobrados para segurar a porta aberta). Depois desligue o forno, vire todas as fatias de maçã e deixe esfriarem lá dentro com a porta parcialmente aberta. Depois de completamente frias armazene em potes com tampa ou de fechamento hermético. Os chips de maçã duram bem até 3 dias.

 

Maçãs desidratadas_1

 

 

Palitos Crocantes de Abobrinha

Postado em Abobrinha, Acompanhamentos, Comidinhas, Dicas, Light, Molhos, No forno, Petiscos, Vegetarianas - 23 de setembro de 2013

Palitos de abobrinha_2

 

Esta receita é surpreendente e deliciosa! É tão gostosa que dá até pra duvidar que seja mesmo light! Mas é light sim porque os palitos de abobrinha são empanados numa mistura de farinha integral e depois assados. Quando esta delicinha sai do forno está crocante parecendo batata frita, um acompanhamento super saudável para sanduíches ou uma opção de petisco leve para receber os amigos em casa.

 

Como tudo na vida tem o seu lado B, esta receitinha aqui também tem uma parte chatinha, porque dá um pouco de trabalho para empanar os palitos um a um, mas nada tão aterrorizante assim, nada que você mulher poderosa na cozinha não tire de letra :) e eu garanto que os minutos de chatice valem muito à pena depois pelo resultado! Quando fiz em casa quase não sobrou pra mim, porque “alguém” que duvidava do sucesso da receita atacou os potinhos de abobrinha como se não houvesse amanhã…

 

Ó, a receitinha de hoje tem um bônus: o meu molho caseiro preferido de tomates! Pra vocês usarem e abusarem!

 

PALITOS CROCANTES DE ABOBRINHA

(rende 2 porções)

 

Ingredientes:

  • 3 abobrinhas médias bem lavadas e cortadas ao meio
  • 3 colheres (sopa) de farinha de trigo integral
  • 3 colheres (sopa) de farinha de trigo comum
  • 2 colheres (sopa) de farinha de milho
  • 1 colher (sopa) de queijo parmesão (opcional)
  • 1 colher (café) de sal
  • 1/2 colher (café) de pimenta moída
  • 2 ovos batidos com o garfo
  • azeite o quanto baste

 

Modo de Preparo: Preaqueça o forno em 250º. Enquanto isso unte uma assadeira com azeite e reserve. Numa tigela misture as farinhas, o queijo parmesão, o sal e a pimenta. Com uma colher de chá retire as sementes das metades das abobrinhas e depois corte-as em palitos. Passe os palitos de abobrinha pelos ovos batidos e depois pela mistura de farinhas e coloque na assadeira untada. Repita esta operação até que todos os palitos de abobrinha estejam empanados. Regue as abobrinhas com um fio de azeite (se tiver um borrifador de azeite o resultado será ainda melhor) e leve ao forno preaquecido por 10 minutos, retire, vire as abobrinhas e asse por mais 10 minutos do outro lado. Sirva bem quente com um molho de tomates básico*.

 

Meu molho de tomates básico: bata no liquidificador ou mixer 1 lata de tomates pelados com o suco (geralmente eu não bato, pois uso este molho com massas, mas para este tipo de receita – e também para pizzas – eu prefiro bater pra ficar mais homogêneo). Numa panela refogue 2 dentes de alho bem picados no azeite e junte o tomate batido + 1 colher rasa de café de sal. Quando o molho começar a ferver junte 1 colher de sopa rasa de açúcar mascavo – pois é, pra mim o açúcar mascavo faz TODA a diferença neste molho – e folhas frescas de manjericão (eu sempre coloco bastante e só uso o da folhona grande e brilhante). Abaixe o fogo, tampe a panela e deixe apurar por uns 40 minutos. Ajuste o sal e a pimenta se for necessário e desligue. Este molho pode ser armazenado em potes de vidro com tampa na geladeira por até 4 dias (dá pra congelar também). Fica delicioso com uma massa cozida. Só isso já faz a felicidade de alguém, pode confiar!

 

Quer uma dica de ouro? Anota a receitinha deste molho e leva pra vida, você certamente irá encontrar muitas receitas para usá-lo e por favor, lembre-se de mim quando o sentimento de felicidade e satisfação invadir o seu ser! hahahahaha

 

Neste vídeo AQUI eu ensino a fazer o meu molho de tomates preferido! Caseirinho e delicioso!

 

Palitos de abobrinha_1

 

Bom Apetite!!!

 

 

Panqueca de frutas para a Sabores da Semana – Pão de Açúcar

Postado em Clássicos, Comidinhas, Fácil, Figos&FunghisTV, Receitas Rápidas, Vídeos - 28 de agosto de 2013

Há algumas semanas atrás eu recebi um convite super especial para participar de uma campanha* linda da revista Sabores da Semana, do Grupo Pão de Açúcar: gravar um vídeo com uma receita de café da manhã usando ingredientes orgânicos, feita com muito carinho para a minha família e que você pudesse fazer para a sua família também!

 

É claro que eu aceitei o convite já que eu adoro comidinhas fofas de café da manhã e dou muito valor aos alimentos orgânicos, mas o melhor motivo pra mim foi poder mostrar pra vocês que cozinhar usando alimentos orgânicos é super possível e é acessível, ou seja, aquele mito do alimento orgânico ser muito caro, ser difícil de ser encontrado já era. Qualquer um pode fazer receitas deliciosas usando alimentos orgânicos e ter um resultado lindo!

 

A receita escolhida foi PANQUECA DE LINHAÇA E MEL COM RECHEIO DE FRUTAS ORGÂNICAS, GELEIA E QUEIJO COTTAGE. Assista o vídeo e depois anote a receita aqui embaixo, combinado?!

 

Receita de Panquecas de Linhaça e Mel com Recheio de Frutas, Geleia e queijo Cottage
(rende 4 panquecas)

 

Ingredientes para a massa:

  • 1/2 copo de leite desnatado
  •  2 colheres (sopa) bem cheias de farinha de trigo
  •  1 colher (sopa) de linhaça
  •  1 colher (chá) rasa de açúcar orgânico
  •  1 ovo inteiro
  •  1 colher (sopa) de óleo de girassol
  • 1 colher (chá) de manteiga sem sal

 

Ingredientes sugeridos para o Recheio:

  • Frutas variadas bem lavadas, sem caroço ou sementes e picadas (usei frutas vermelhas)
  • queijo cottage, requeijão, cream cheese ou queijo branco à gosto
  • geleia de sua preferência à gosto
  • mel para finalizar

 

Modo de Preparo:  Bata todos os ingredientes no liquidificador, adicionando primeiro os líquidos. Depois frite a massa em pequenas porções em uma frigideira anti aderente preaquecida. Assim que despejar uma porção na frigideira não espalhe muito, espere levantar pequenas bolinhas na massa para então soltá-la das bordas para o centro e virá-las de outro lado. O tempo é em média 1 minuto de cada lado, em fogo baixo. Deixe dourar, retire do fogo e sirva com recheios de sua preferência. Você pode montar as panquecas em pilhas intercaladas com recheios, rechear e servir dobradas ao meio ou ainda servi-las sozinhas para cada um rechear como quiser.

 

*No decorrer deste mês, outras receitas bacanas preparadas por blogueiros serão compartilhadas no canal do Pão de Açúcar no YouTube e na Fan Page do Pão de Açúcar no Facebook, então fiquem de olho ;)

 

Bom Apetite!

Figos Assados com Mel e Coalhada Seca com Amêndoas

Postado em Comidinhas, Dicas, Entradas, Fácil, Frutas, Light, Petiscos, Receitas Rápidas - 17 de julho de 2013

Figos assados com mel_1

Quer aproveitar o final da época de figos e arrasar com uma receitinha coringa que pode ser servida como petisco, como entrada acompanhada de salada de folhas verdes ou ainda de sobremesa? Então vem comigo!

Continue Lendo …

Cogumelos Recheados com Abobrinha

Postado em Cogumelo, Comidinhas, Entradas, Fácil, Light, No forno, Petiscos, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Vegetarianas - 24 de junho de 2013

Cogumelos recheados_F&F

 

Como uma boa amante de cogumelos eu não poderia deixar de gostar dos tradicionais cogumelos recheados e é justamente por isso que eu já publiquei algumas versões desta receita tão fácil e tão gostosa por aqui.

Continue Lendo …