Nuts Picantes e Defumadas – um arraso de petisco!

Postado em Antepastos, Comfort Food, Comidinhas, Fácil, No forno, Petiscos, Pimenta, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Vegetarianas - 30 de dezembro de 2015

Nuts Picantes e Defumadas_F&F

Na minha família desde que eu era pequena é uma tradição do Natal ter uma tigela gigante com vários tipos de nozes, sementes e castanhas misturadas, ao que sempre demos o nome carinhoso de “mix de nuts”. Geralmente estas tigelas ficam na mesa de petiscos e todos adoram! Há uns anos atrás em uma viagem para a Califórnia eu provei na ceia de ano novo um aperitivo de nuts que eram temperadas e depois assadas, e que tinham um sabor picante e defumado absurdamente bom. É apenas viciante!

 

Bom, é claro que as únicas pistas que o chef do lugar me deu naquela época era exatamente isso, explicou que as temperava e que as assava depois, mas não me entregou os segredinhos desse tempero. Eu consegui identificar facilmente o alecrim e a pimenta, mas não consegui descobrir qual era o tempero que dava ao petisco o sabor de defumado. Nem preciso dizer que depois disso eu fiz mil testes, encontrei algumas versões em sites gringos e que não ficaram com aquele sabor, até chegar nesta receitinha que trago hoje pra vocês, e que virou a minha receitinha do coração! Este ano já preparei uma fornada para o Natal e agora estou preparando de novo para a ceia de ano novo na casa da minha mãe. E é claro que uma receita tão deliciosa assim eu não poderia deixar de dividir com vocês.

 

Então você precisa saber que não há uma regra exata para esta receita. Você pode usar as nuts que mais gostar ou as que tiver em casa no momento. Para as ocasiões mais especiais eu te recomendaria que colocasse o máximo de variedade que puder encontrar, e aí vai ter um mix de nuts farto e muito lindo, mas se quiser dar uma economizada ou se for difícil de encontrar na sua cidade todas elas você pode preparar este petisco apenas com amendoins e amêndoas que ficará igualmente bom!

 

Com relação ao tempero, este sim importa e muito, porque há nele 2 temperos essenciais que tornam esta receita bastante característica. Estou falando da páprica defumada e do alecrim. A pimenta eu também considero indispensável, mas eu sei que há muitas pessoas que tem alergia a pimenta e tantas outras que simplesmente não gostam (como pode não gostar de pimenta?! rsrs). A páprica defumada é vendida geralmente em latinhas fofas e não custa caro, além disso elas duram muito tempo e podem ser usadas em infinitas receitas, como por exemplo na comida mexicana.

Nuts Picantes e Defumadas4_F&F

Então anote esta receita facílima e rápida de preparar. Ainda dá tempo de fazer para a sua ceia de ano novo e ganhar muitos elogios ;)

NUTS DEFUMADAS E PICANTES

(rende 500g)

 

Ingredientes:

  • 100g de macadâmias
  • 100g de amêndoas cruas
  • 100g de castanha do Pará
  • 100g de castanha de caju cruas e sem sal
  • 100g de avelãs
  • 3 ramos de alecrim (use apenas as folhinhas)
  • 5 colheres (sopa) de azeite
  • 1 colher (café) de páprica defumada
  • 1 colher (sopa) de mix de pimentas moídas na hora (usei rosa, preta e branca)
  • 1 colher (café) de sal

 

Modo de Preparo: Em uma tigela misture todas as nuts e adicione a pimenta moída, o sal, a páprica defumada, o alecrim picado e regue com azeite. Misture tudo muito bem e transfira para uma assadeira. Leve para assar a 180º (o forno deve estar preaquecido há 10 minutos) por 15 minutos, depois retire do forno e deixe esfriar na própria assadeira. Está pronto!! Depois de frio coloque em potes com tampas e mantenha bem vedado por até 1 semana em local seco e fresco.

Nuts Picantes e Defumadas3_F&F

Lindeza de receitinha fácil né?!

 

Quem também amou foi o pessoal da loja Westwing, que publicou a receita por lá esses dias. Confira a matéria completa aqui: https://www.westwing.com.br/nuts-picantes-defumadas/

Nuts Picantes e Defumadas2_F&F

E aí, gostou? Se gostou curte aqui, compartilha com seus amigos, divide no Pinterest e faça na sua casa, claro! O melhor jeito de comprovar se uma receita é mesmo boa é fazendo! Se fizer marca o perfil do blog nas redes sociais, e se tiver um blog seja gentil e dê os créditos da receita, pode ter certeza que eu vou adorar sua atitude :)

 

Então é isso queridos, aproveito para desejar a todos vocês um ano lindamente maravilhoso, cheio de deliciosidades! Espero vocês aqui para cozinharmos muito mais juntos em 2016!!!

 

Beijos!

Fabi

 

 

Croque Madame – receita em vídeo

Postado em Clássicos, Comfort Food, Comidinhas, Fácil, Figos&FunghisTV, No forno, Pães e Tortas, publieditorial, Receitas Rápidas, Sanduíches, Vídeos - 28 de dezembro de 2015

croque madame (cam2)-40_reduzida

 

A convite da manteiga LURPAK eu produzi uma série de receitaa em vídeo mostrando o preparo de algumas das minhas receitas preferidas com manteiga, e hoje é a vez do mundialmente conhecido Croque Madame, um sanduíche cheio de sabor e composto por ingredientes simples, mas que juntos fazem toda a diferença.

 

Para a produção desta receita eu utilizei a manteiga LURPAK, que é uma manteiga de origem dinamarquesa elaborada apenas com o mais puro creme de leite obtido de uma produção de leite muito especial, por fazendeiros que trabalham em sistema de cooperativa e que foram cuidadosamente selecionados pois criam vaquinhas felizes e bem tratadas com todo o carinho do mundo, prezando inclusive pelo respeito aos bezerrinhos em fase de amamentação, pois as vacas que estão amamentando ficam segregadas das outras e seu leite é exclusivo para os filhotes. Pra mim um bom ingrediente não basta ser saboroso, eu também valorizo muito sua história e gosto de saber de onde veio e com que cuidado foi produzido.

 

Além de tudo isso a LURPAK não é apenas uma manteiga de muita qualidade, mas é também bastante saborosa, de consistência incrivelmente macia e que é elaborada especialmente para quem ama comida assim como nós, que amamos não apenas comer, mas também cozinhar receitas especiais. E receitas especiais merecem produtos especiais, não acham?

 

croque madame foto-4_reduzida

Pois então, a boa notícia é que esta manteiga ultra especial pode te ajudar a fazer mágica na cozinha, arrancando muitos elogios dos seus convidados. E quem é que não gosta de receber elogios quando o assunto é comida, não é mesmo?

 

croque madame foto-10_reduzida

Então assista o vídeo abaixo e veja a deliciosa mágica que eu fiz com LURPAK, inspire-se e faça você também sua mágica na cozinha. Afinal, boa comida merece manteiga LURPAK!

Anote os Ingredientes!

Ingredientes:
4 fatias de pão de brioche (ou outro à sua escolha)
1 colher (sopa) de manteiga Lurpak sem sal
4 fatias de queijo brie (ou outro de sua preferência)
4 fatias de presunto cru
2 ovos
1 fio de azeite

Para o molho bechamel:
1 colher (sopa) de manteiga Lurpak
1 colher (sopa) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de leite
1 pitada de noz-moscada ralada
Pimenta moída e sal a gosto

Queijo parmesão ralado a gosto para gratinar (ou prato, ou ementhal, ou gouda)

 

croque madame (cam2)-45_3_reduzida

 

 

E aí, curtiram? Então fiquem ligados porque tem muitas outras receitas deliciosas, fáceis e lindas esperando por vocês aqui no blog!

#‎boacomidamerece ‪#‎façasuamágica ‪#‎lurpakbr


 

artigo-patrocinado_FF

Tarteletes de Cebola Caramelizada e Queijo

Postado em Clássicos, Comfort Food, Comidinhas, Dicas, É Natal, Entradas, Fácil, Massas e Pizzas, No forno, Pães e Tortas, Receitas Rápidas - 18 de dezembro de 2015

Tartelete de cebola caramelizada e queijo2_F&F

 

Eu sou apaixonada por tortas e todas as suas variações: tortinhas, tarteletes, quiches, tortas abertas, tortas fechadas…são tantas! Outro dia abri a geladeira naquela quinta à noite (pra mim quinta é sempre um dia crítico, porque as compras para os dias de semana já estão acabando e ainda não fiz as compras para o final de semana, que costuma ser às sextas) e dentro as coisas que encontrei lá dentro logo me atraíram as cebolas, muitas cebolas – que eu havia trazido do hortifruti perto de casa e ainda não tinha tido oportunidade de usar, além de alguns vários pedaços de queijo (no meu caso de cabra, um dos meus vícios!) já começados e tcharam…… um bom pedaço de massa folhada comprada pronta!

 

Gente, quem foi que inventou a massa folhada pronta? Olha, eu acho incrível porque ela pode nos render comidinhas deliciosas sem dar quase nada de trabalho na cozinha e ainda por cima é ultra versátil. Dá pra fazer salgados, doces, palitinhos, pasteizinhos, empanadas improvisadas, TORTAS! Uma mão na roda! Eu confesso que eu amo preparar minha própria massa de torta, mas geralmente prefiro as massas menos pesadas, com menos manteiga, muitas vezes até preparo com farinha integral (como nesta receita AQUI). Mas ter uma opção dessas à mão de vez em quando salva aquele momento de fominha emergencial :)

 

Bom, só sei que com pouquíssimos ingredientes e trabalho quase zero – o “maior” deles foi caramelizar a cebola no vinho do Porto <3 – sim! Você leu isso: caramelizadas no vinho do Porto!!! E nem precisaria dizer que o resultado final foi óbvio com tantas combinações de coisinhas deliciosas no mesmo pedaço de massa crocantinha né? Faça, faça e faça! Sirva em festinhas e até na sua ceia de Natal se quiser. Você pode cortar a massa em quadradinhos ainda menores que os meus, e servir numa tábua bem linda, e esta é uma receita que mesmo fria é deliciosa. Eu acho super adequado, afinal é difícil ter um “petisco” assim tão lindo, que pode ser preparado rapidamente e ainda a um custo tão baixo!

 

TARTELETES DE CEBOLA CARAMELIZADA NO VINHO DO PORTO E QUEIJOS

(8 tarteletes individuais)

 

Ingredientes:

  • 8 retângulos pequenos de massa folhada
  • 2 cebolas grandes brancas
  • pedaços de queijo variados (usei queijo azul e brie de cabra, mas pode ser qualquer queijo de massa cremosa que derreta no forno)
  • 3 colheres (sopa) de vinho do Porto
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 colher (copa) de azeite
  • folhas de tomilho a gosto
  • sal a gosto
  • 1 gema misturada com uma colher (café) de água

 

Modo de Preparo: Fatie das cebolas em rodelas finas e reserve. Em uma frigideira grande derreta a manteiga junto com o azeite e junte as cebolas fatiadas. Salteie em fogo alto por uns 2 minutos, aí acrescente o vinho do Porto, sal a gosto e quando o álcool evaporar (depois que “chia” e sobe aquela fumaça) reduza o fogo e deixe a cebola ali, até que esteja com uma cor de caramelo (mais uns 15 a 20 minutos na frigideira). Só não deixe derreter porque elas ainda irão ao forno. Desligue a cebola e deixe esfriar. Modele os retângulos de massa dobrando todas as bordas e demarcando um grande centro. Misture a gema de ovo batida com a água e pincele sobre toda a superfície das tarteletes. No centro demarcado pelas bordas coloque uma boa porção de cebolas caramelizadas e distribua aleatoriamente pedaços de queijo sobre as tortinhas. Depois, leve tudo para a geladeira por 20 minutos, enquanto isso preaqueça o forno a 180º. Retire as tarteletes da geladeira, polvilhe algumas folhinhas de tomilho e leve ao forno por 20 minutos, ou até que a massa esteja bem assada e dourada. Sirva quente ou fria, conforme desejar. Se for servir como entrada fica bem com salada verde.

 

Tartelete de cebola caramelizada e queijo_F&F

 

E aí, curtiram?

Bom Apetite!

 

Carne Assada com Manteiga de Mostarda L’ancienne

Postado em Carnes, Comfort Food, Dicas, Fácil, Figos&FunghisTV, Pratos Principais, publieditorial, Receitas de Família, Vídeos - 02 de dezembro de 2015

Carne assada2_F&F

 

Esta receita é muito especial pra mim porque minha mãe a prepara para a nossa família desde que eu era ainda uma pequena criança gulosa, mas não sabia preparar nem ovo frito. Ela é especial não só pela memória afetiva que me traz, mas também por ser uma receita que tem várias qualidades que eu aprecio muito: é prática, é fácil, leva apenas 5 ingredientes (já contando com a carne) e suja pouquíssima louça!

 

Quer saber de outra coisa irresistível nesta receita? Um pedaço suculento de carne é totalmente besuntado com a deliciosa manteiga Lurpak, e que foi aromatizada com mostarda l’ancienne – aquela mostarda envelhecida dos grãozinhos que estouram na boca, sabe? Pois é, carne, manteiga e mostarda, não tem como dar errado! Para acompanhar preparei as famosas batatas crocantes de parmesão que fazem o maior sucesso aqui no blog! Agora pensem no aroma que sai pela fresta do forno enquanto tudo isso assa? Só digo uma coisa: Ulalá!

Carne Assada Lurpak_F&F

Para conferir esta receita DE BABAR dá um play no vídeo aqui embaixo. A lista de ingredientes está na descrição do vídeo no canal do blog no Youtube ;)

 

 

Viram como é simples e delicioso fazer mágica na cozinha? Basta escolher os ingredientes certos e caprichar na dose de amor que vai na panela!

Pena que vocês não puderam sentir o cheirinho delicioso que eu senti por aqui.

#façasuamagica #comidaboamerece #lurpakbr


 

artigo-patrocinado_FF

Cestinhas de Brioche com Ovo para o café da manhã

Postado em Coisas Cute, Comfort Food, Comidinhas, Cozinhando para os Pequenos, Fácil, No forno, Pães e Tortas, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Sanduíches - 23 de novembro de 2015

Ninhos de Brioche com jamón, queijo cremoso e ovo3_F&F

Eu sempre amei os cafés da manhã aos finais de semana, já que durante a semana mal tenho tempo de passar alguma coisa na torrada e sair correndo de casa com a dita cuja na mão enquanto chamo o elevador, empurro as gatas para dentro (elas insistem em sair para o hall cada vez que a porta se abre), carrego a Olivia no colo para me despedir para o dia de trabalho, enfim, aquela loucura! Então, depois que nos tornamos uma família os cafés da manhã de final de semana ganharam uma conotação ainda mais especial aqui em casa. Hoje a Olivia já come de tudo, e ama tudo o que prova (para terem ideia ela ama ceviche e comida japonesa!), então colocamos na mesa praticamente tudo o que temos na geladeira e na mesa vamos fazendo nossas combinações. Olivia obviamente sempre pede para provar, mas a comida preferida dela no café da manhã são panquecas, logo que me vê pondo a mesa já me pede “queca, queca”. Esta fase em que os bebês começam a falar é deliciosa, eu fico impressionada com o repertório que a Oli já tem…hahahaha

 

Esses ninhos fofos de brioche eu já tinha visto em vários blogs gringos que eu amo e também no Pinterest, mas nunca tinha feito, até que eu tive a ideia de preparar para a Olivia porque são pequenos, então ela consegue segurar e comer um inteiro desses sozinha. Usei um brioche fresquinho que comprei na padaria do lado de casa, creme de ricota light (que aqui em casa é tipo bom-bril, serve pra tudo kkkk), algumas fatias de presunto cru e bem no meio de cada cestinha quebrei um ovo. Depois foi só levar pro forno até a gema cozinhar um pouco e pronto. Fácil, rápido e delicioso. São perfeitos para compor uma mesa de café da manhã ou de brunch, e além de tudo ficam lindinhos.

 

CESTINHAS DE BRIOCHE COM OVO, PRESUNTO CRU E QUEIJO CREMOSO

(rende 6 unidades)

 

Ingredientes:

  • 6 fatias de pão de brioche (se não encontrar use pão de forma sem casca)
  • 6 fatias de presunto cru (ou peito de peru, ou salmão defumado ou o que achar que combina mais)
  • 2 colheres (sopa) de creme de ricota (ou cream cheese, ou requeijão, ou cottage)
  • 6 ovos
  • pimenta moída e sal a gosto (no das crianças exclua a pimenta)

 

Modo de Preparo: Em uma forma de assar muffins (ou em ramequins refratários pequenos próprios para o forno) coloque a fatia de pão brioche no fundo, moldando-a na cavidade da forma. Se estiver usando pão de forma você precisará untar, mas se estiver usando brioche não precisa pois este tipo de pão já tem bastante manteiga. Aí então coloque uma bolinha de creme de ricota sobre a fatia de pão e por cima dela ajeite a fatia de presunto cru de modo que ela “vede” o pão para o ovo não vazar, e apertando com delicadeza o fundo para que o creme de ricota se espalhe um pouco. Agora é só quebrar um ovo dentro de cada cestinha e levar para assar por 10 minutos em forno preaquecido a 180º. Está pronto para servir, mas antes dê uma leve polvilhada de pimenta moída sobre alguns deles, ou se estiver muito inspirado regue com um fiozinho de azeite aromático, fica divino!

 

Ninhos de Brioche com jamón e ovo_F&F

 

Vejam como eles ficam lindos e apetitosos!

 

Ninhos de Brioche com jamón e ovo2_F&F

 

 

E então, gostaram?!

 

Bom Apetite!

 

Kebabs de Camarão com Vegetais e Emulsão de Manteiga Lurpak com Limão Siciliano e Ervas

Postado em Comfort Food, Comidinhas, Dicas, Fácil, Figos&FunghisTV, Frutos do Mar, Light, Peixe, publieditorial, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Vídeos - 18 de novembro de 2015

Kebabs de camarão Lurpak_F&F

Eu sou daquelas pessoas que não vive sem uma boa manteiga. Seja para passar no pão, seja para cozinhar ou para finalizar alguns pratos ela é sempre uma ótima companhia.

 

E foi assim que a manteiga Lurpak entrou na minha vida. Para quem ainda não conhece, a manteiga Lurpak é especial porque é produzida com o mais puro creme de leite e não tem conservantes nem corantes, o que lhe garante um sabor puro e suave, além de uma textura perfeita para a elaboração de receitas. Tão deliciosa assim é claro que foi amor à primeira mordida!

 

Nesta receita que eu produzi em vídeo especialmente pra vocês eu usei a manteiga para preparar uma emulsão com limão siciliano e ervas, que depois foi usada para lambuzar deliciosamente alguns kebabs de camarão com vegetais que eu adoro! Mas não se assustem com o nome da receita, porque ela é na verdade muito simples. Esta é uma receita que aprendi quando fui ao Hawaii e ela é tão fácil de preparar, fica tão perfumada e linda que você também não vai resistir. É perfeita para dias quentes na beira da piscina ou para qualquer outra ocasião em que você queira algo prático, gostoso e com uma cara incrível sem perder muito tempo na cozinha.

 

Para conferir dá um play no vídeo aqui embaixo. A lista de ingredientes está na descrição do vídeo no canal do blog no Youtube ;) Vai lá, aproveita e se inscreve, tem vários vídeos lindos vindo por aí!!!

 

E então, gostaram da receita? Bora fazer comida boa?!

 

#boacomidamerece #façasuamágica #lurpakbr

 


Panquecas Rendadas, uma lindeza só!

Postado em Clássicos, Coisas Cute, Comfort Food, Comidinhas, Cozinhando para os Pequenos, Fácil, Massas e Pizzas, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Sobremesas - 29 de setembro de 2015

Panqueca rendada_F&F

Eu sempre amei panquecas, desde as nossas abrasileiradas salgadas para rechear e gratinar até aquelas gorduchinhas que encontramos “na gringa” nos cafés da manhã e que podemos lambuzar com maple syrup (xarope de bordo) e coroar com tiras de bacon crocantes…uau, que gordice boa! Bom, e aí que meu marido também ama e a Oli também é alucinada por panquecas, tanto que do alto de seus 1 ano e 8 meses me enxerga no fogão virando as panquecas nos finais de semana de manhã e já entra na cozinha gritando: “Queca mamãe, queca” hahahahah.

 

Quando se tem filhos queremos fazer sempre o melhor por eles, e no meu caso como eu trabalho bastante durante a semana, gosto de dedicar o meu tempo para a Oli, preparar um café da manhã bem caprichado e desfrutá-lo na companhia dos meus amores na varanda sem nenhuma pressa e de preferência com um jazzinho bem gostoso de fundo. Tem jeito mais gostoso de começar o final de semana?

 

Pois bem, neste último final de semana preparamos panquecas, e não foi qualquer panqueca não viu. Há tempos eu vi uma versão de “panquecas rendadas” em alguns sites gringos e amei a ideia (podem achar breguinha, mas eu acho muito fofo!), mas nunca me lembrava de comprar a bisnaga para prepará-las, até que outro dia eu praticamente tropecei em uma e comprei por módicos R$ 1,99! A receita que eu usava não era muito bem aceita pelo marido e pela bebê, pois as “minhas” panquecas levam farinha de linhaça, chia, e não levam manteiga, enfim, pode ser considerada uma panqueca mais natureba por assim dizer, e então eu precisava de uma panqueca mais gordinha para agradar e imediatamente me dirigi ao blog do meu amigo Richie, que eu amoooo de paixão! Já recomendei ele aqui algumas vezes pra vocês né? O Richie é um doceiro de mão cheia e é simplesmente um mago quando o assunto são doces, massas de tortas e inclusive panquecas gordinhas, macias e infalíveis! Então eu elegi esta receita AQUI do blog do Richie a minha receita de panqueca de café da manhã preferida da vida! Agora vou usar sempre esta porque eu amei, eles amaram, e renderam panquecas rendadas lindas e super saborosas. Confere a receita então, que de diferente da do Richie só mesmo a canela em pó que eu acrescentei na massa:

 

PANQUECAS – RENDADAS OU NÃO RENDADAS, COMO PREFERIR :)

 

Ingredientes:

1 xícara (chá) de farinha de trigo;
1 pitada generosa de sal [algo como 3/4 da colher de chá];
1 pitada generosa de açúcar refinado [algo como uma colher de chá];
1 pitada de canela em pó;
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio;
1/2 colher de sopa de fermento em pó;
1 ovo pequeno [se usar ovo do grande, diminua um pouquinho o leite];
3/4 de xícara [180ml] de leite;
1 colher de sopa de manteiga.
Modo de Preparo:  Em uma frigideira antiaderente (indispensável) leve a manteiga ao fogo, para derreter. Assim que derreter desligue o fogo e reserve. Em um bowl misture os  ingredientes secos, ou seja, a farinha, o sal, o açúcar, a canela, o bicarbonato e o fermento. Em outro bowl pequeno misture o ovo com o leite, e derrame sobre os ingredientes secos. Mexa rapidamente até desfazer quaisquer grânulos que se formem. Depois, junte a manteiga derretida, e mexa mais uma vez. O resultado será uma massa NÃO líquida, mas bastante cremosa e consistente, nos dizeres do Richie “quase como de bolinho de chuva”. Bom, agora sua massa de panqueca está pronta. Passe um papel toalha pelo fundo da frigideira, para retirar o excesso de manteiga, e volte-a ao fogo baixo.  Com uma concha média – aqui você decide se vai fazer panquecas rendadas ou comuns, se for fazer rendadas coloque a massa em uma bisnaga tipo de katchup e em vez de derramar sobre a frigideira de uma vez só vá apertando a bisnaga e fazendo desenhos na frigideira já quente. Eu e a Oli brincamos de fazer espirais, como se fosse um grande fio de telefone todo enrolado kkkk . A massa vai se assentar sozinha na frigideira. Rapidamente vão se formar bolhas na superfície da massa, em torno de 30 segundos mais ou menos, e isso quer dizer que chegou a hora de virar sua panqueca, então vire a panqueca com uma espátula e deixe o outro lado dourar. Ela vai crescer um pouquinho altura, ficar mais gorduchinha enquanto doura o segundo lado. Retire a panqueca com a espátula, e repita o procedimento com a massa restante. Esta receita rende em média 4 a 5 panquecas médias, mas como eu fiz rendadas o rendimento quase dobrou e consegui 7 panquecas. Sirva com geleias, queijos, doce de leite e o que mais gostar.
Dica: Se quiser preparar as panquecas com um pouco de antecedência basta aquecer o forno por uns 10 minutos na sua temperatura mais baixa quando estiver no momento de servir, aí desligue o forno e deixe as panquecas ali por uns 3 minutos, mas o ideal é prepará-las na hora mesmo.
Dica 2: Sobrou um pouco da massa e deixei na bisnaga dentro da geladeira até o dia seguinte. Aí então preparei mais uma panqueca e a massa ainda estava perfeita, deliciosa!
Panqueca rendada2_F&F
Então é isso! Bom Apetite!
Ah, amanhã é dia de vídeo novo lá no canal, inscreva-se para assistir em primeira mão aqui ó>>>>>>>>>>>>>>>>>  www.youtube.com/c/FigoseFunghisTv

Canal ComiDicas – Aprenda a preparar o burguer perfeito!

Postado em Carnes, Clássicos, Comfort Food, Comidinhas, Dicas, Fácil, Figos&FunghisTV, Sanduíches, Vídeos - 08 de setembro de 2015

O segundo programa ComiDicas já está no ar desde a quarta-feira passada, e quem assina o canal recebeu em primeira mão! Mas se você ainda não se inscreveu não precisa ficar triste, o vídeo está logo aqui em cima, é só apertar o play!

 

A receita escolhida é um clássico: hambúrguer caseiro! Mas com um diferencial, todas as dicas e truques que eu sempre usei na minha casa e que agora divido com vocês para que também consigam fazer um hambúrguer caseiro tão delicioso quanto o das hamburguerias. Eu te garanto que depois de assistir ao vídeo os seus hambúrgueres nunca mais serão os mesmo, e você vai ficar conhecido na sua turma como “o cara que manda bem no hambúrguer!” hahahahah. É sério, não seja nem louco de perder estas dicas!

 

Ah, e amanhã é QUARTA!!! Isso quer dizer que é dia de programa novo lá no canal, portanto assinem o youtube.com/c/FigoseFunghisTV e fiquem ligadinhos. 

 

Para trocar figurinhas, bater um papo e ver o que eu ando aprontando por aí é só seguir o @figosefunghis no Instagram, sempre com receitinhas deliciosas, rápidas e práticas, além de dicas de lugares e de comidinhas deliciosas.

 

Espero vocês então!

 

Beijo!!! :)

 

 

Pudim de Pão Salgado

Postado em Comfort Food, Comidinhas, Dicas, Fácil, No forno, Pães e Tortas, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Tortas - 23 de julho de 2015

Pão, salsicha e ovo_F&F

Se tem uma coisa que eu adoro na cozinha é uma receita prática. Se ela puder ainda aguçar a criatividade e aproveitar itens esquecidos na geladeira tudo fica melhor! Este pudim de pão nasceu das sobras de pão de uma noite de fondue feita entre amigos. Eles poderiam perfeitamente terem virado deliciosos croutons para saladas ou sopas, mas minha fome era maior que isso e acabei pensando em algo com um pouco mais de sustância…hahahaha. Simplesmente perfeito para matar a fome de uma forma rápida e fácil, fiquei fã!

 

Bom, o que importa aqui é se inspirar na base da receita e colocar nela o que você tiver em casa no momento. Pedaços de queijo, de vegetais, cebolas e tomates picados, as sobras da carne assada do almoço desfiadinha, peito de peru, presunto ou salsicha como aqui no meu caso. E para finalizar do jeito que eu mais gosto este tipo de prato alguns ovos estalados por cima de tudo. Agora me diz, pra que mais???

 

RECEITA DE PUDIM DE PÃO SALGADO

(serve até 4 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 3 xícaras (chá) de pão amanhecido cortado em cubos
  • 2/3 xícara (chá) de leite
  • 3 colheres (sopa) de creme de ricota light
  • 4 ovos
  • 2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
  • 3 salsichas (usei do tipo frankfurter)
  • salsinha fresca picada
  • azeite o quanto baste
  • pimenta preta moída e sal à gosto

 

Modo de Preparo: Preaqueça o forno em 180º. Num refratário para tortas disponha os cubos de pão forrando todo o fundo, regue com um fio de azeite e reserve. Enquanto isso misture em um bowl 1 ovo, o leite, o creme de ricota, o queijo parmesão, sal e pimenta. Bata bem com um garfo ou fouet até conseguir uma consistência cremosa e homogênea. Despeje este creme sobre o pão que está no refratário e ajeite as salsichas picadas. Deixe descansar por uns 5 minutos e então quebre os outros 3 ovos por cima de tudo. Asse por 20 minutos em 180º ou até que o pão esteja dourado e as claras cozidas com a gema no ponto desejado. As minhas eu gosto em ponto de geleia, nem líquidas, nem duras. Retire do forno, regue com mais um fio de azeite, polvilhe pimenta e sal e rasgue algumas folhas de salsinha fresca por cima. Sirva em seguida.

Pão, salsicha e ovo2_F&F

 

Bom Apetite!!

 

*****Para receitinhas diárias siga o Figos e Funghis no Facebook e no Instagram, te espero lá! ;)***

 

 

 

Chilli de Carne com legumes

Postado em Carnes, Comfort Food, Fácil, Inverno, Pratos Principais, Receitas Rápidas - 24 de junho de 2015

Chilli de Carne_F&F

Já contei várias vezes aqui sobre como eu amo comidinhas assim, do tipo ensopadinhas para colocar por cima do arroz e se deliciar com o caldinho encorpado que deixa todo o seu sabor pelo prato. Sim, eu gosto com arroz, mas este tipo de preparo também fica ótimo com polenta cremosa, com risoto e com massa. E no inverno vamos combinar que é impossível resistir a pratos tão comfort food assim!

 

A receita de hoje vai nesta linha de ensopados, trata-se de um Chilli de Carne, mas não é aquele mesmo chilli de carne que usamos na comida mexicana (e que tem muitas receitinhas mexicanas por aqui aliás), mas um outro tipo de Chilli que é bastante comum nos Estados Unidos. Um dos queridinhos dos brasileiros por lá, o restaurante The Cheesecake Factory serve um Chilli de Frango lindo de viver e riquíssimo em sabor. Esta minha versão é com cubos de carne e legumes. À primeira vista pode até parecer aquela carne de panela clássica do dia a dia, mas na verdade ela é bem mais intrigante que isso pois tem um molho que agrega diversos temperos diferentes e que dá um toque mais que especial ao prato. Aqui o que importa é a intensidade dos temperos, de sabor mesmo. É o que eu sempre digo, tempero é tudo nessa vida, em todos os sentidos.

 

O mais comum é usar pimentões neste prato, mas como neste dia eu não tinha acabei deixando ele de fora e preparei minha receita com cenouras, abobrinha e cogumelos. Esta mesma receita você pode preparar com cubos de peito de frango, cubos de mignon suíno ou cubos de peixe de carne firme. Use a criatividade e inove um pouco no trivial, afinal de contas nós amamos uma novidade né?!

 

RECEITA DE CHILLI DE CARNE COM LEGUMES

(serve 4 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 1 kg de carne cortada em cubos (coxão mole, alcatra, patinho ou músculo)
  • 2 cenouras descascadas e fatiadas
  • 2 abobrinhas fatiadas
  • 200g de cogumelos frescos em pedaços grandes
  • 1 cebola grande picada em cubinhos
  • 3 dentes de alho bem picados
  • 1 lata de tomates pelados
  • 1 colher (café) de cominho em pó
  • 2 colheres (chá) de chilli em pó (um tipo de pimenta desidratada de sabor suave, pode ser substituída por páprica picante)
  • 1 pitada de curry em pó
  • 1 pitada de canela em pó
  • 3 xícaras (chá) de caldo de legumes
  • 1 fio de azeite
  • sal à gosto
  • 1 bom punhado de coentro picado para finalizar

 

Modo de Preparo: Já na panela de pressão aqueça o azeite e refogue nele rapidamente a cebola, o alho, o cominho, o chilli e o curry. Junte a carne e dê uma breve fritada para selar. Cubra com o caldo de legumes, adicione os tomates pelados com o suco dos tomates, as cenouras e uma boa pitada de sal. Tampe a panela e cozinhe em fogo alto até começar a chiar, então reduza o fogo e cozinhe por 20 minutos. Desligue o fogo e deixe a pressão sair sozinha, para então retirar a tampa da panela e adicionar a abobrinha e os cogumelos. Cozinhe por mais 5 minutos, ajuste o sal se achar necessário e sirva ainda bem quente, finalizando com folhas de coentro picado.

Chilli de Carne2_F&F

 

 

>>> Aproveite também as receitas de inverno do Figos & Funghis baixando o app de receitas na App Store (busque na Pesquisa da App Store como “Receitas Figos e Funghis”). É grátis e tem mais de 130 receitas fáceis e práticas de preparar nas mais diversas categorias!

 

Bom Apetite!

 

Bobó Vegetariano de Pupunha

Postado em Arroz, Comfort Food, Dicas - 18 de maio de 2015

Bobó de Pupunha_F&F

Hoje pessoas do mundo todo aderem ao projeto “Segunda sem Carne”, que se propõe a conscientizar as pessoas sobre os impactos que o uso de produtos de origem animal* para alimentação tem sobre  os animais, a sociedade, a saúde humana e  o planeta, convidando-as a tirá-los do prato pelo menos uma vez por semana e a descobrir novos sabores. A campanha é tão séria e já ganhou tantos adeptos que já tem até livro de receitas especiais.

 

Bom, a verdade é que aqui em casa ninguém precisa de desculpa para não comer carne em um dia específico da semana, porque amamos receitas vegetarianas e leves e sempre que temos vontade a carne não entra mesmo na refeição. Mas, por outro lado eu super apoio a campanha porque acho que além de ser bacana para o planeta este esforço em conjunto, também é bom para aguçar a criatividade das pessoas ao prepararem suas refeições nesta ocasião, afinal de contas preparar arroz, feijão, legumes cozidos e salada é sempre delicioso mas vamos combinar que não é nada criativo. A verdade é que no esforço de criar algo gostoso o suficiente para fazer com que a falta da carne não seja sentida corremos o sério risco de acertar e produzir algo extremamente saboroso.

 

Então, como hoje é segunda e eu tenho várias receitas deliciosas aguardando serem publicadas, escolhi para hoje este Bobó Vegetariano de Palmito Pupunha para incentivar a #segundasemcarne :) Gente, vocês não tem ideia de como este bobó é bom! Muito saboroso e tão fácil de fazer que você vai se surpreender demais com o que uma receita simples pode fazer por uma refeição vegetariana, cheia de sabor, de cor e de saúde também porque nada aí esbanja gordura ou faz mal. Mas ó, já vou avisando que é mas não é um bobó ok? Ele tem base de mandioquinha sim, mas junto com abóbora e outras coisinhas gostosas, e tem uma pegada meio thai porque eu sirvo com arroz de jasmim. Aliás, para quem nunca preparou o arroz de jasmim acompanha as dicas aqui embaixo porque é facílimo de fazer!

 

BOBÓ VEGETARIANO DE PALMITO PUPUNHA

(serve 4 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 400g de palmito pupunha fresco em toletes
  • 2 xícaras (chá) de abóbora japonesa descascada e cortada em cubos
  • 2 mandioquinhas descascadas e fatiadas
  • 1/2 pimentão vermelho sem sementes picado
  • 1 tomate italiano picado
  • 1 cebola grande picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 2 colheres (sopa) de azeite de dendê
  • 4 colheres (sopa) de leite de coco
  • 1 pimenta dedo de moça sem sementes picada
  • salsa fresca picada à gosto
  • coentro fresco picado à gosto
  • sal à gosto
  • sumo de 1/2 limão tahiti

 

Modo de Preparo: Coloque a abóbora picada, a mandioquinha, o tomate, o pimentão a cebola e o alho picados em uma panela e cubra com água. Deixe ferver e abaixe o fogo. Quando os legumes estiverem todos bem macios desligue o fogo e bata a mistura com um mixer ainda na própria panela, até que forme um creme. A consistência deverá ficar grossa mas escorrendo da colher, e não como um purê, então se precisar adicione mais água filtrada após bater a mistura da panela até acertar na consistência. Retorne a panela ao fogo e adicione o palmito cortado, a pimenta, o azeite de dendê e o leite de coco. Cozinhe por 15 minutos em fogo médio, ajuste o sal e desligue. Esprema o limão sobre o bobó e antes de servir salpique salsa e coentro frescos à gosto. Finalize com pimenta dedo de moça picada e sirva acompanhado de arroz de jasmim*

 

Bobó de pupunha 2_F&F

Para o ARROZ DE JASMIM

Como eu gosto de preparar: Para cada xícara de chá de arroz de jasmim ferva 1 liro de água. Quando a água estiver fervendo coloque nela o arroz de jasmim, uma folha de louro, um pau de canela e uma boa pitada de sal. Mexa e deixe cozinhar por 10 minutos. A textura do grão deve ser al dente. Escorra o arroz em um escorredor de massa e depois retorne para a panela tampada em fogo bem baixo por mais 3 minutos. Sirva em seguida com gergelim e castanha de caju salpicados por cima. Acompanha bem cozidos encorpados e aromáticos como os pratos típicos da cozinha indiana e thailandesa.

 

Bobó de pupunha3_F&F

 

Quer acompanhar de pertinho tudo o que rola aqui na minha cozinha e no meu dia a dia? Então me adiciona lá no Instagram (@figosefunghis) e não perca nenhuma novidade! Receitinhas vapt vupt, dicas de lugares, dicas de produtos e muita comida gostosa é o que você vai encontrar por lá!

 

Beijo!

Rosbife Caseiro

Postado em Carnes, Clássicos, Comfort Food, Fácil, Pratos Principais - 29 de janeiro de 2015

Rosbife Caseiro_F&F

Esta é uma receita super queridinha pra mim, porque desde criança eu gosto de sanduíche de rosbife, que foi como aprendi a comer esta delicia, e hoje além de continuar amando o sabor marcante e ao mesmo tempo delicado deste preparo de carne eu também amo contar com a versatilidade desta receita. Não é à toa que esta é a terceira receita diferente de rosbife que aparece aqui no blog. O rosbife pode ser preparado e servido como recheio para sanduíche, complemento de uma salada, como petisco como foi o meu caso nesse dia, ou ainda quente com um purê ou algo do tipo. É ou não é um coringa?!

 

Se você nunca preparou rosbife na vida e acha que é difícil pode se animar porque a receita é bem simples, só que tem que seguir as etapas direitinho se quiser um rosbife bem rosado por dentro e com a carne firme, sem que seus saborosos sucos escapem ao cortá-la. Bom, eu pelo menos gosto assim. E devo avisar ainda, pra você aventureiro de primeira viagem no preparo deste prato, que um bom rosbife requer também paciência. Por isso eu não acho uma boa ideia prepará-lo quando estiver com fome ou com pressa, comece com algumas horas de antecedência e deixe ele descansar, quanto mais tempo, melhor!

 

Ah, outro detalhe que eu considero muito importante: eu gosto de fazer uma marinada seca para o rosbife (sem vinho, conhaque ou caldos), e só coloco sal quando ele já está na frigideira para ser selado, pois o sal desidrata a carne e pode deixá-la endurecida.

 

Casamentos perfeitos para o Rosbife: mostarda, picles de pepino, batatas, molho de vinho, vegetais assados.

 

ROSBIFE CASEIRO

(rende 1 kg)

 

Ingredientes:

  • 1 kg de lagarto em peça (o filé mignon também é um ótimo corte para o rosbife)
  • 4 colheres (sopa) de azeite
  • 1 colher (chá) de pimenta-do-reino moída na hora
  • 2 colheres (sopa) de alecrim bem picado
  • 1 colher (sopa) de tomilho bem picado
  • 1 colher (chá) de sal grosso moído (ou sal rosa, ou flor de sal)

 

Modo de Preparo: Num bowl pequeno misture bem o alecrim picado, o tomilho e a pimenta moída. Limpe bem a peça de carne retirando todas as eventuais gorduras e nervos. Besunte toda a peça com azeite. Forre um pedaço de filme plástico com a mistura de ervas e pimenta formando um quadrado. Role a peça de carne besuntada em azeite sobre esta mistura e depois enrole a carne no mesmo filme plástico. Leve à geladeira por 1 hora (se quiser também pode deixar de um dia para o outro). Após a marinada retire a carne da geladeira, deixe chegar à temperatura ambiente e aqueça bem uma frigideira. Preaqueça o forno a 220º, e se tiver uma grelha superior para dourar/gratinar deixe-a ligada. Sele a peça de carne de todos os lados, inclusive nas pontas até que forme uma película de cor bege quase dourada. Retire a carne da frigideira, leve para uma assadeira e coloque no forno preaquecido durante 10 minutos. Aí então retire o rosbife do forno e deixe descansar em temperatura ambiente por pelo menos 2 horas. Depois que esfriar você pode guardá-la na geladeira por até 4 dias. No momento de servir corte fatias bem finas com uma faca muito bem afiada. Gosto de servir acompanhado de uma boa mostarda, ou em pasta ou em grãos. É bom demais!


Rosbife caseiro2_F&F

 

Bom Apetite!

Costelinhas caramelizadas com shoyu e mel

Postado em Carnes, Clássicos, Comfort Food, Fácil - 15 de outubro de 2014

Costelinha caramelizada REDUZIDA_F&F

 

Esses dias eu parei para pensar um pouco sobre as receitas que já passaram por aqui e me dei conta de que nunca havia postado uma única receita com costelinhas de porco, embora eu goste bastante. Pensando um pouco mais além eu percebi que há uma razão para que eu não cozinhe tanto carne de porco em casa, e isto é de certa forma cultural, herança familiar mesmo. Quando eu era criança minha mãe não tinha o hábito de preparar carne de porco com frequência, uma vez ou outra aparecia um arroz com suã, um lombo assado com batatas ou costelinhas assadas. E até então minha referência de carne de porco era esta, somada ao torresmo, claro, minha eterna paixão!

 

Mas o fato é que eu me casei e o meu marido não gosta e não come carne de porco de jeito nenhum, então quando eu tenho vontade fica mais fácil sair para comer ou pedir para a minha mãe preparar. Mas e quem disse que eu gosto só de coisas fáceis? Então, por isso mesmo quando eu vejo um bom pedaço de carne de porco na prateleira do meu açougue preferido eu levo pra casa e espero a ideia surgir. Desta vez eu resolvi testar o preparo da costelinha na panela de pressão e com aquele mesmo tempero de shoyu e mel que já passou por aqui acompanhado de um franguinho e depois de um salmão.

 

Preciso avisar que esta receita é muito fácil de preparar e fica tão deliciosa que é um perigo você perder a noção e comer em quantidades absurdas! Tudo aqui combina lindamente, vale à pena testar!

 

COSTELINHAS CARAMELIZADAS COM SHOYU E MEL

(serve 6 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 2 kg de costelinha de porco separadas umas das outras
  • 1/2 xícara (chá) de shoyu light
  • 1/2 xícara (chá) de mel
  • 1/2 xícara (chá) de vinho branco seco ou suco de laranja
  • 1 pimenta dedo-de-moça sem sementes e bem picada
  • 1 cebola média bem picada
  • 2 dentes de alho bem picados
  • salsa fresca a gosto
  • sal a gosto

 

Modo de Preparo: Coloque as costelinhas em uma tigela. Misture o shoyu, o mel e o vinho branco e derrame sobre as costelinhas, deixando marinar por 30 minutos. Doure a cebola e o alho em um fio de azeite na panela de pressão e junte toda a costelinha com a marinada. Junte a pimenta picada, salsa fresca a gosto e tampe a panela. Depois que pegar pressão reduza o fogo para a chama média e deixe cozinhar por 30 minutos. Espere a pressão sair e sirva em seguida acompanhada de arroz e salada. Provavelmente não vai precisar adicionar mais sal, mas se achar necessário basta acrescentá-lo ao final do cozimento.

 

Bom Apetite!

 

 

 

Quinua com Ratatouille

Postado em Comfort Food, Fácil, Light, Pratos Principais, Vegetarianas - 06 de agosto de 2014

Quinua com Ratatouille_F&F

 

Se tem uma coisa que eu faço questão na minha vida é de manter uma alimentação saudável, e desta forma eu consumo diariamente produtos ricos em nutrientes, vitaminas e é claro, sem abrir mão do sabor. No setor “produtos naturais e saudáveis que eu amo” a quinua está sem dúvida entre os primeiros lugares. Costumo fazer muito tabule de quinua em casa, mas também faço outros tipos de salada e outros preparos quentes como hambúrguer e tortas, o que quer dizer que as possibilidades com a quinua são muitas!

 

Este delicioso grão de origem andina é uma das principais bases da alimentação peruana e lá é utilizado até mesmo no preparo de sobremesas. Quando estive no Peru ano passado fiquei surpresa com a infinidade de espécies de quinua que eles produzem por lá, de todas as cores, da amarela à pink, umas com sabor mais forte e outras mais suaves, e é claro que eu trouxe alguns pacotes de quinua que foram rapidamente consumidos.

 

E assim, de tanto usar a quinua em casa é que surge a necessidade de criar novas combinações e pratos com este delicioso grão, como esta quinua com ratatouille que saciou a fome de uma mãe enlouquecida num dia de semana qualquer, mas com muito sabor!

 

QUINUA COM RATATOUILLE

(para 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 1 xícara (chá) de quinua
  • 1 berinjela cortada em cubos
  • 1 abobrinha cortada em cubos
  • 1 cebola grande cortada em meia lua
  • 12 tomatinhos cereja cortados ao meio
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 1 colher (sopa) de molho inglês
  • 1 pitada de pimenta calabresa
  • sal a gosto

 

Modo de Preparo: Cozinhe a quinua em água em fogo médio até que esteja al dente, isto vai levar aproximadamente 15 minutos. Preaqueça o forno em 190º. Espalhe todos os vegetais picados sobre uma assadeira, tempere e misture bem. Leve ao forno por 30 minutos ou até que estejam macios. Retire os vegetais do forno e misture com a quinua já cozida. Sirva em seguida.

 

Dica: Esta receita pode ser consumida quente, morna ou até mesmo fria como salada. Você pode utilizar outros vegetais da sua preferência para adaptar esta mesma receita. Se quiser faça como eu, pra deixar o prato ainda mais completo e gostoso frite um ovo e coloque por cima.

 

Bom Apetite!

 

Risoto de Cevadinha com Cogumelos

Postado em Comfort Food, Fácil, Light, Pratos Principais, Risotos, Vegetarianas - 14 de julho de 2014

Risoto de cevadinha com cogumelos e ovo reduzida_F&F

 

Nem todo risoto precisa ser feito de arroz arbório para ser delicioso. No caso deste risoto aqui, por exemplo, o arroz foi substituído por cevadinha, que com um delicioso caldo de funghi e cogumelos frescos variados transformou-se num belo risoto saudável para o jantar.

 

Você também pode variar o tradicional risoto preparado com arroz para aqueles dias em que bate uma vontade enorme de comer risoto mas numa época em que você não está pretendendo consumir todas as calorias de um risoto tradicional. Saiba que é possível sim matar um pouco da vontade usando ingredientes mais nutritivos e menos calóricos que o arroz, e que ainda agregam um sabor delicioso e diferente ao prato. Aqui em casa eu gosto de fazer estes “risotos falsos” usando cavedinha, quinua, amaranto, arroz cateto e arroz multigrãos integrais. Eles ficam mesmo deliciosos e super levinhos, não há quem resista!

 

Use a criatividade e faça a sua versão de risoto saudável. Arrisque e mescle grãos integrais com legumes, verduras, frutas e queijos para ter um delicioso prato como este sempre que tiver vontade e se deleite sem peso na consciência! Comida gostosa, comfort food, daquelas que abraçam mesmo não precisam ser necessariamente gordinhas. E comer é tão bom…

 

RISOTO DE CEVADINHA COM COGUMELOS FRESCOS

(serve 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 1 xícara (chá) de cevadinha integral lavada e escorrida
  • 1 cebola roxa bem picada
  •  2 dentes de alho bem picados
  • 300g de cogumelos frescos variados cortados em pedaços (usei shitake, shimeji e paris)
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 1 litro de caldo de funghi seco*
  • 50g de funghi seco
  • 1 ramo de alecrim
  • 1 ramo de tomilho
  • pimenta e sal a gosto
  • 2 ovos para finalizar (opcional)

 

Modo de Preparo: Comece preparando o *caldo de funghi seco. Leve ao fogo 1,5 litro de água para ferver com 50g de funghi seco, quando o caldo ferver retire o funghi da panela, pique e reserve. coe o caldo que ficou em um coador de café para retirar qualquer sujeira ou areia que tenha ficado no fundo. Torne o caldo para a panela e mantenha aquecido em fogo médio. Em outra panela inicie o preparo do risoto. Refogue a cebola no azeite até começar a amolecer, então junte o alho, o funghi picado, o alecrim, o tomilho e a cevadinha. Refogue por uns 2 minutos e junte o caldo de funghi. Reduza o fogo para o baixo e deixe cozinhar com a panela semi tampada por 20 minutos, mexendo de vez em quando. Quando a cevadinha estiver al dente junte todos os cogumelos frescos cortados em pedaços e deixe cozinhar por mais 5 minutos. Ajuste o sal e a pimenta. Se quiser finalize quebrando dois ovos sobre cada lado da panela e cozinhe-os até o ponto desejado sobre o risoto com a panela tampada em fogo bem baixo. Sirva em seguida com um ovo sobre cada prato de risoto. Regue com azeite e aproveite!

 

Bom Apetite!

 

Arroz com tomates, linguiça defumada e vinho tinto

Postado em Arroz, Comfort Food, Comidinhas, Fácil, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 16 de junho de 2014

Arroz com tomates, linguiça defumada e vinho_F&F

 

Sabe aquela geladeira abastecida com o que sobrou do final de semana? Ela pode render muitas opções de comidinhas que você nem imagina, como esta deliciosa receita de arroz com tomates, linguiça defumada e vinho tinto que ficou mesmo de babar!

 

Um pacotinho de linguiça defumada daqui, uns tomates dali, umas cebolas, um restinho de vinho tinto, uma porção de arroz integral que já estava cozido e pronto, estava feita a minha alegria. E com tantas tarefas e dias atribulados por aqui nada foi tão bom quanto este prato aí da foto, que foi preparado e não mais do que 15 minutos! Pois é, o improviso às vezes surpreende e produz maravilhas!

 

ARROZ COM TOMATES, LINGUIÇA DEFUMADA E VINHO

(serve 1 pessoa)

 

Ingredientes:

  • 2 linguiças tipo calabresa defumada fatiadas
  • 8 tomatinhos do tipo cereja ou uva
  • 1 cebola grande fatiada
  • 1 xícara (chá) de arroz integral (ou branco) já cozido
  • 4 colheres (sopa) de vinho tinto seco
  • 2 dentes de alho bem picados
  • azeite a gosto
  • pimenta e sal a gosto
  • salsa fresca picada

 

Modo de Preparo: Numa frigideira bem quente coloque um fiozinho de azeite e adiciona a linguiça fatiada. Deixe dourar bem e acrescente a cebola. Refogue por uns 3 minutos e junte o alho picado e os tomatinhos. Quando a cebola estiver bem murchinha junte o vinho tinto e mexa. Refogue por uns 5 minutos mexendo e junte o arroz, a salsinha e regue com azeite, mexendo e deixando cozinhar em fogo baixo com a frigideira tampada. Quando o arroz estiver bem quente junte mais azeite e salsinha e pronto! Pode comer e ser feliz!

 

Bom Apetite!

 

Quer ficar mais pertinho de mim? Então segue o Figos e Funghis no Facebook, Instagram e Twitter! As redes sociais do blog estão sempre cheias de novidades, fotos, dicas de lugares e um gostoso bate papo virtual :)

 

Goulash

Postado em Carnes, Clássicos, Cogumelo, Comfort Food, Fácil, Inverno, Pratos Principais, Receitas de Família - 29 de maio de 2014

Goulash_F&F

O friozinho delicia já chegou por aqui e é claro que as comidinhas também ficam mais quentes, mais suculentas e mais reconfortantes. Eu amo uma comida com caldos e molhos, e pra mim os ensopadinhos são a escolha número um no inverno quando preparo alguma receita com carne.

Esta receita aqui, por exemplo, o Goulash, é uma das minhas receitas preferidas desde criança. É quase uma carne de panela, mas se diferencia um pouco por conta dos temperinhos extras que são típicos desta receita húngara com molho à base de páprica que por aqui ganhou a companhia de cebolas, cenouras e cogumelos. Olha, só digo uma coisa, o caldinho temperado colocado sobre uma porção de arroz fresquinho pode causar muita alegria em um dia frio e chuvoso. Eu não resisto, e você?

GOULASH

(serve duas pessoas)

Ingredientes:

  • 300g de carne bovina cortada em cubos (alcatra, coxão mole, peito ou músculo)
  • 2 cebolas grandes cortadas em pétalas
  • 2 cenouras grandes descascadas e fatiadas
  • 100g de cogumelos paris limpos e fatiados
  • 2 dentes de alho
  • 1 lata de tomates pelados
  • 2 xícaras (chá) de caldo de carne ou legumes
  • 1 xícara (chá) de vinho branco
  • 1 colher (sopa) de páprica picante
  • 1 colher (sopa) de páprica doce
  • 1 colher (sopa) de óleo de girassol
  • pimenta moída a gosto
  • sal a gosto
  • salsa fresca picada para finalizar

 

Modo de Preparo: Numa panela de pressão aqueça o óleo e refogue a carne até dourar. Junte o alho, as pápricas, os tomates pelados, o vinho, o caldo e as cenouras e mexa. Feche a panela, cozinhe por 40 minutos em fogo médio após pegar a pressão, espere a pressão sair, abra a panela e junte as cebolas e os cogumelos. Cozinhe com a panela destampada por mais 15 minutos, ajuste o sal e a pimenta a gosto e sirva sobre arroz ou sobre purê de batatas. Finalize com a salsa fresca picada a gosto.

 

Bom Apetite!

 

Risoto de Filé com Cerveja Preta e Mini cebolas caramelizadas

Postado em Arroz, Carnes, Comfort Food, Fácil, Pratos Principais, Receitas Italianas, Risotos, Sem categoria - 02 de maio de 2014

Risoto de mignon cerveja e mini cebolas_F&F

 

Há tempos que eu não fazia risoto, acho que é porque teve uma época em que todo final de semana tinha um risoto aqui em casa, principalmente durante a gravidez, fase em que arroz era dos poucos alimentos que me apetecia. Fiz tanto, comi tanto que acabei enjoando…mas, como risoto é sempre risoto, um dia você acorda com aquela vontade de comer um bem feitinho e aí resta apenas ir para a cozinha e se jogar no arroz arbóreo ;)

 

Bem, foi o que eu fiz, e uma das minhas partes preferidas no dia de fazer risoto é a escolha dos ingredientes. Adoro ficar inventando mil combinaçõezinhas e desta vez a união de iscas de filé mignon, mini cebolas caramelizadas e cerveja escura fizeram a minha alegria num risoto cheio de sabor e personalidade!

 

RISOTO DE FILÉ MIGNON COM CERVEJA PRETA E MINI CEBOLAS CARAMELIZADAS

(serve 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 1 xícara (chá) de arroz arbóreo
  • 1 cebola bem picada
  • 2 dentes de alho bem pciados
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 250g de filé mignon cortado em iscas ou tirinhas
  • 1 xícara (chá) de mini cebolas cruas ou em conserva
  • 1 xícara (chá) de cerveja preta (pode ser até aquela mais doce)
  • 1,0 litro de caldo de legumes ou de carne
  • pimenta e sal a gosto
  • salsa fresca picada a gosto
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • queijo parmesão ralado para finalizar

 

Modo de Preparo: Coloque o caldo para aquecer e mantenha-o bem quente durante todo o preparo do risoto. Em outra panela refogue a cebola picada em azeite e depois junte o alho, a carne, o arroz e frite bem. Regue com a cerveja preta. Em outra panelinha salteie as mini cebolas em um fio de azeite e deixe que caramelizem, em fogo baixo. Adicione uma concha de caldo de cada vez ao risoto, mexendo sempre e esperando que a última concha de caldo esteja totalmente absorvida para adicionar a próxima. Repita este processo até que o arroz esteja al dente . Por fim ajuste o sal e a pimenta, junte as mini cebolas caramelizadas, regue com uma boa concha de caldo, junte a manteiga e misture tudo delicadamente. Adicione a salsinha picada, regue com um fio de azeite e tampe para descansar fora do fogo por uns 2 minutos. Sirva em seguida com queijo parmesão ralado a gosto.

 

Bom Apetite!

 

Torta de Batata e Mandioquinha com Carne

Postado em Carnes, Clássicos, Comfort Food, No forno, Receitas de Família, Receitas Rápidas, Tortas - 29 de abril de 2014

Torta de batata e mandioquinha_F&F

 

A receita de hoje pra mim tem um sabor de nostalgia, de infância e de afetividade, já que toda semana minha mãe era forçada a prepará-la de tanto que pedíamos. e bem, hoje não é lá muito diferente já que sempre que vamos visitá-la a tortinha integra a lista de desejos. Ah, exatamente, quando vamos para a casa dos meus pais a primeira coisa que minha mãe pergunta é: o que vocês querem que eu faça? Em outras famílias a pergunta pode ser: onde querem ir? Que filmes iremos assistir? Mas na minha família tudo sempre gira em torno da comida, e da cozinha.

 

Esta torta lembra bastante um escondidinho, afinal são duas camadas de uma massa de batata com um recheio de carne no meio, mas não se enganem, porque a única coisa que esta tortinha tem de parecido com o escondidinho é a forma de montá-la. O diferencial dela – e o que pra mim a torna irresistível – é justamente a massa, que é leve, fofinha e ultra saborosa. Parece um nhocão de forno, aliás, a receita é a mesma, e fica divino também! A receita é fácil, daquelas que se guarda na caixola e não se esquece mais, para qualquer dia, qualquer hora e qualquer ocasião….ah que delicia!

 

TORTA DE BATATA E MANDIOQUINHA COM CARNE

(serve bem 6 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 4 batatas grandes cozidas
  • 4 mandioquinhas grandes cozidas
  • 1 xícara (chá) de farinha (pode trocar por farinha sem glúten)
  • 1 ovo inteiro
  • 1/2 xícara (chá) de leite (pode usar sem lactose)
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • sal a gosto

 

Para o recheio:

  • 600g de carne moída
  • 1 cebola pequena bem picada
  • 2 dentes de alho bem picados
  • 2 colheres (sopa) de óleo de girassol ou azeite
  • pimenta e sal a gosto
  • salsa fresca picada a gosto
  • azeitonas em caroço picadas (opcional)

 

Modo de Preparo: Preaqueça o forno em 180º. Depois de cozinhar as batatas e as mandioquinhas descasque-as e amasse-as. Com elas ainda bem quentes misture o ovo, o leite, a manteiga, o sal e mexa bem. Adicione a farinha de trigo e mexa mais um pouco. Forre o fundo de um refratário com metade desta massa de batatas. Enquanto isso em uma frigideira refogue a cebola e o alho no óleo e em seguida a carne moída. Tempere com pimenta, sal e salsa fresca picada. Se quiser adicione azeitonas verdes picadas a gosto. Desligue e espere esfriar um pouco o recheio. Cubra a parte da massa que já está no refratário com o recheio de carne moída e em seguida cubra com a outra metade da massa. Polvilhe queijo parmesão ralado por cima de tudo e leve ao forno por 30 minutos, ou até que esteja levemente dourada na superfície.

 

Bom Apetite!

 

 

 

Bolo de Chocolate com peras

Postado em Bolos, Clássicos, Comfort Food, Doces, Fácil, No forno - 01 de abril de 2014

Bolo de chocolate com pera

Hum, pois é…vocês bem sabem como eu gosto de um bolinho! O escolhido da vez foi  este bolo lindo e irresistível de chocolate com peras, que caramelizam enquanto o bolo assa e cresce :)

 

Bom, o bolo de chocolate é um clássico né, há infinitas receitas pra ele, e todos defendem o seu, então vou defender o meu também! hahahah. Falando sério, a massa deste bolo é divina, fica fofinha e leve, macia, saborosa – o melhor: SABOR DE CHOCOLATE!!! e tem pedacinhos de pera no meio. Preciso dizer mais? Ah sim, preciso dizer que a pera grande cortada ao meio e colocada sobre o bolo fica um charme mas também fica deliciosa, o bolo perde um pouco do glamour sem ela. Ah, não gosta de pera? Pois saiba que esta combinação com o chocolate é perfeita, mas se não quiser tentar pode substituir por banana, maçã e ou frutas secas da sua preferência.

 

Outra coisa, eu não sei vocês, mas eu adoro esta carinha de bolo rústico que fica todo rasgadinho na superfície, ele dá a certeza de que a massa cresceu, deixando o bolo leve e fofinho. Sim, esta é a minha receita preferida de bolo de chocolate, aquela que não pode faltar no repertório culinário de nenhuma mulher que se preze no planeta (afinal mulher precisa saber fazer ao menos um bolo de chocolate, eu acho! kkkk). Você não sabe? Não, não fica chateada, eu te digo que é fácil, bem fácil de aprender e acertar. Vem comigo!

 

BOLO DE CHOCOLATE COM PERAS 

 

Ingredientes:

  •  3 xícaras (chá) de farinha de trigo com fermento
  • 1/2 xícara (chá) de cacau em pó (sem açúcar, não é achocolatado)
  • 1 xícara (chá) de açúcar (eu gosto mais do orgânico ou mascavo, mas pode usar o comum)
  • 2/3 xícara (chá) de leite
  • 1/2 xícara (chá) de óleo (de coco ou de girassol)
  • 2 ovos grandes
  • 1 colher (sopa) de canela em pó
  • 1 colher (chá) de extrato ou essência de baunilha
  • 3 peras grandes sem sementes picadas em cubos
  • 1 pera grande cortada ao meio

 

Modo de Preparo: Em uma tigela misture a farinha com o cacau, o açúcar e a canela e mexa. Em outro recipiente misture com um garfo ou fouet os ovos, o óleo, o leite e a essência de baunilha. Acrescente os ingredientes úmidos aos secos e mexa até ficarem bem incorporados. Unte uma forma redonda sem buraco ou de bolo inglês com manteiga e polvilhe farinha e canela.  Despeje metade da massa do bolo de chocolate na assadeira, faça uma camada por cima com as peras picadas e depois coloque a outra metade da massa. Ajeite a pera cortada ao meio bem no centro do bolo e asse por 40 a 50 minutos a 190º ou até passar no teste do palito. Retire do forno e espere esfriar para desenformar.

 

Bolo de chocolate com peras

 

Bom Apetite!