Abóbora Aromática Assada com Risoto Integral de Cogumelos

Postado em Arroz, Cogumelo, Comfort Food, Dicas, Fácil, Petiscos, Pratos Principais, Risotos, Vegetarianas - 13 de fevereiro de 2017

Abóbora Aromática com Risoto Integral de Cogumelos3_Figos e Funghis

E a nossa segunda-feira sem carne vai muito bem, obrigada! Em casa todas as segundas rola um almocinho vegetariano e cheio de cor – somos adeptos felizes da #segundasemcarne , e todo mundo adora, inclusive a Olivia que na “tabela” da vida alimentar está mais para vegetariana do que para carnívora, em um lar de carnívoros…para ser sincera eu não acho ruim não e não gosto de forçá-la a nada. Oferecer eu ofereço, pois sabemos que é fundamental oferecer o máximo de variedade de alimentos aos pequenos, então quando ela está a fim ela come, se não não come. Olivia é um tipo de “peixetariana”, porque se tem algo que ela não recusa é um peixinho.

 

Mas falando um pouco sobre a receita do dia, eu escolhi esta delicia que eu faço há anos e que até já apareceu aqui no blog antes: as abóboras aromáticas assadas, que vira e mexe são a estrela da nossa segunda sem carne, só vou mudando os temperinhos. Desta vez decidi acompanhar de um risoto integral de cogumelo que eu amooooo preparar com o mini arroz integral, fica com uma textura linda! As abóboras são facílimas de fazer e podem ser preparadas tanto com a casca como sem elas, mas eu prefiro preparar assim em meia-lua com a casca, e quanto mais fina for a fatia mais seca fica a abóbora, então se você quiser fazer chips de abóbora basta cortar as fatias bem finas. É muito bom também!

Abóbora Aromática com Risoto Integral de Cogumelos2_Figos e Funghis

ABÓBORAS AROMÁTICAS ASSADAS

(serve 3 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 1/2 abóbora japonesa com a casca
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 1 colher (café) de garam masala (uma mistura indiana de especiarias que se encontra pronta)
  • 2 colheres (sopa) de mel
  • sal rosa a gosto
  • salsa fresca picada
  • queijo cottage para servir (opcional)

 

Modo de Preparo: Preaqueça o forno em 190º por 10 minutos. Lave bem a abóbora, retire as sementes e fatie em meia-lua de mais ou menos 1,5 cm de espessura (para ficarem carnudinhas e caramelizadas). Ajeite as fatias de abóbora em uma assadeira e pincele o azeite, espalhe a garam masala, o mel e finalize com o sal e a salsa picada. Leve ao forno por 30 minutos, ou até perceber que a abóbora está bem dourada e caramelizada nas extremidades. Sirva em seguida.

 

Dica: Esta receita também é uma opção incrivelmente deliciosa para servir como petisco (um belisquete LIGHT diga-se de passagem) acompanhada de queijo cottage, creme de ricota ou iogurte grego para dar aquela chuchadinha…

Abóbora Aromática com Risoto Integral de Cogumelos4_Figos e Funghis

RISOTO INTEGRAL DE COGUMELOS

(serve 3 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 2 xícaras (café) de mini arroz integral (ou outro de sua preferência. O arroz cateto também fica ótimo nesta receita)
  • 2 xícaras (chá) de cogumelos paris picados em cubinhos (aproximadamente 100g de cogumelos)
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 3 colheres (sopa) de cebola bem picada
  • 400ml de caldo de legumes bem quente
  • 1 colher (sopa) de creme de ricota light
  • 1 colher (chá) de ghee (ou manteiga comum)
  • 1 pitada de tomilho desidratado
  • sal a gosto

 

Modo de Preparo: Refogue a cebola em azeite até murchar e em seguida junte o mini arroz. Frite por alguns minutos e cubra com o caldo de legumes. Adicione os cogumelos e tempere com sal. Refogue por um minutinho e cubra com o caldo de legumes. Deixe cozinhar em fogo alto até ferver, tampe e cozinhe por 20 minutos, acompanhando e mexendo de vez em quando. Ao final deste tempo reduza o fogo, adicione mais caldo se achar necessário e junte a manteiga, o tomilho e ajuste o sal. O ponto correto é como o do risoto comum, o grão deve estar macio por fora e um pouco durinho no centro. Por fim acrescente o creme de ricota e deixe dissolver bem. Sirva em seguida.

Abóbora Aromática com Risoto Integral de Cogumelos_Figos e Funghis

Eu espero que vocês gostem tanto quanto eu desta receitinha gostosa, colorida, saudável e sem carne. Porque dá sim para ser feliz sem ter carne no prato todos os dias.

 

Bom Apetite!

 

Cogumelos Recheados de Ovo

Postado em Cogumelo, Comidinhas, Dicas, Entradas, Fácil, Light, No forno, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Vegetarianas - 12 de setembro de 2016

ovos-assados-no-portobelo_blog-figos-funghis

O nome desta receita também poderia ser “Ovos Assados no Cogumelo”, assim como os famosos “Ovos Assados no Tomate” que eu publiquei aqui há anos e que caíram tanto no gosto dos leitores que foi parar até na Revista Boa Forma daquele ano. Sim, vocês já perceberam que eu sou doida por ovo, e também não é novidade que sou a louca dos cogumelos, então nada mais óbvio do que juntar duas paixões em uma mesma receita e bingo! Sucesso total, receita facílima, bem rápida de preparar e para deixar tudo ainda mais lindo é uma receita magrinha e saudável.

 

Agora uma pausa para meu momento Bela Gil…hahahahah. Os cogumelos são riquíssimos em proteínas (2 vezes mais do que na carne bovina!) e são fortes aliados no fortalecimento do nosso sistema imunológico, eu até gosto de chamá-los de “carne dos vegetarianos”, de tão completo que é este alimento. Estes cogumelos assim grandões são da espécie conhecida por Portobelo, e ainda não é assim tão fácil de encontrá-los, mas tem uma marca que eu costumo comprar (e isso não é jabá, é opinião ok?) que se chama “Cogumelos São José” que está produzindo essa delícia e agora sempre tem naquele super mercado que é “lugar de gente feliz”, sabe? Então lá você vai achar este gigante pra fazer esta receita e outras mais que você inventar. Aqui no blog mesmo tem algumas boas receitas de cogumelos recheados e que dá até pra fazer usando shiitake ou cogumelos Paris daqueles maiores se quiser dar aquela adaptada básica.

 

A receitinha de hoje é pá-pum, vapt-vupt, zás-trás como diria minha avó. É perfeita para um almoço vegetariano, uma entradinha ou um brunch. Eu tinha 4 cogumelos Portobelo e apenas 2 ovos, então resolvi que dois deles seriam cobertos com ovos e um tiquinho de nada de queijo de cabra ralado (pode usar parmesão ou qualquer outro, ou nenhum se preferir) e os outros 2 seriam cobertos com uma misturinha que eu amo e que já tem receita aqui no blog também: abobrinha ralada com queijo ralado. Ambas as versões ficaram bem deliciosas. Tivemos uma refeição leve e feliz.

 

COGUMELOS PORTOBELO RECHEADOS COM OVOS

 

Ingredientes:

  • 4 cogumelos portobelo
  • 2 ovos
  • 1/2 xícara (chá) de abobrinha ralada
  • 3 colheres (sopa) de queijo duro de cabra ralado (ou outro queijo bom para ralar)
  • azeite a gosto
  • pimenta e sal a gosto
  • salsinha fresca para finalizar

 

Modo de Preparo: Preaqueça o forno a 180º. Limpe bem os cogumelos com um papel absorvente, com uma escovinha para vegetais ou ainda com um guardanapo de cozinha levemente umedecido. DICA>>> Como os cogumelos absorvem água rápido não é aconselhável lavá-los, mas apenas limpá-los com delicadeza e paciência. Depois de limpos corte as hastes bem rentes ao chapéu, deixando uma base boa para rechear. Vire os chapéus dos cogumelos para baixo e acomode-os em uma assadeira antiaderente ou untada. Regue os cogumelos com 1 fio de azeite. Quebre um ovo de cada vez dentro de uma xícara, mantendo a gema na casca e deixando a clara escorrer para a xícara. Ajeite as gemas no centro dos cogumelos e depois coloque um pouco de clara. Complete com um pouco de queijo ralado. (Eu faço assim porque às vezes o ovo é grande e o cogumelo não comporta toda a clara sem transbordar, então geralmente não uso a clara toda nesta receita). Misture a abobrinha ralada com o restante do queijo ralado e recheie os outros 2 cogumelos. Regue com azeite e moa um pouco de pimenta por cima de tudo. Leve para assar por 15 minutos, ou até que o ovo chegue no ponto desejado e o queijo esteja derretido. Sirva em seguida.

ovos-assados-no-portobelo2_blog-figos-funghis

E aí, gostaram da receita? Deliciosidade cheia de saúde né?! Se fizer volta aqui pra me contar o que achou, e se quiser marcar o @figosefunghis nas suas fotos do Instagram eu vou adorar ver o que vocês andam aprontando na cozinha!

 

Beijo e ótima semana!

 

 

Carne Chinesa com Brócolis

Postado em Carnes, Clássicos, Cogumelo, Comfort Food, Fácil, Light, Pratos Principais, Receitas Rápidas - 18 de agosto de 2016

Carne com Brócolis_Figos & Funghis

Sabe aquela carninha com brócolis que é um clássico da culinária chinesa e que vende aos montes nos fast food de caixinha? Pois então, em casa sempre tem esta receita, mas com muito menos gordura e mais sabor, porque vamos combinar que tudo o que é feito em casa é melhor. Mas o que eu mais amo nesta receita é que ela é daquelas que se encaixam perfeitamente em uma categoria de receitinhas para o dia a dia que eu uso muito: as receitinhas express! É quase inacreditável que um prato principal tão bonito, gostoso e saudável como este fica pronto em apenas 15 minutos!

 

Geralmente eu faço assim para facilitar: cozinho o brócolis no vapor um pouco antes mas ainda os deixo bem durinhos (um pouco mais do que al dente) e guardo na geladeira para a hora do jantar. No momento do preparo começo com a carne, e enquanto ela doura eu fatio os cogumelos e pico a cebolinha, separo os ingredientes para finalizar o prato. Para acompanhar o arroz branco ou aquele famoso arroz chinês com vegetais são os mais comuns, mas eu também gosto muito de servir com quinoa cozida. Uma receita facílima, cheia de cor e de sabor que deixa o jantar muito mais feliz. Dá para fazer esta mesma receita usando peito de frango em cubos, fica deliciosa também, ou ainda uma versão vegetariana usando diversos tipos de cogumelos junto com o brócolis.

 

RECEITA DE CARNE CHINESA COM BRÓCOLIS E SHIITAKE

(serve até 4 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 600g de filé mignon cortado em cubos ou tiras finas
  • 1 pé de brócolis japonês separado em floretes e previamente cozidos no vapor mas ainda bem firmes
  • 6 cogumelos shiitake grandes fatiados
  • 1 fio de azeite ou 1 fio de óleo de gergelim
  • 1/3 de xícara (chá) de saquê próprio para cozinhar (se não encontrar substitua por vinho branco, ou omita da receita)
  • 1/3 de xícara (chá) de molho shoyu com baixo teor de sódio (ou light)
  • 1 colher (sopa) bem cheia de gergelim preto e branco misturados
  • 3 colheres (sopa) de cebolinha fresca picada

 

Modo de Preparo: Tempere a carne com sal e com o óleo de gergelim ou o azeite. Aqueça bem uma grelha ou frigideira rasa e coloque a carne quando a grelha estiver bem quente. Não mexa e deixe mudar de cor e soltar líquido, aí então junte o saquê de cozinha (ou vinho) e o shoyu. Em seguida mexa rapidamente com uma espátula e junte os florestes de brócolis. Cozinhe por apenas 3 minutos e junte os cogumelos fatiados, mexendo rapidamente e deixando cozinhar por mais 2 minutos. Desligue o fogo e finalize com o mix de gergelim, a cebolinha picada e sirva imediatamente sobre arroz, macarrão de arroz ou quinoa cozida.

Carne com Brócolis2_Figos & Funghis

 

Bom Apetite!

 

Beijo!

 

Polenta Cremosa com Fraldinha e Cogumelos

Postado em Carnes, Clássicos, Cogumelo, Comfort Food, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Italianas, Receitas Rápidas - 19 de janeiro de 2016

Polenta cremosa com fraldinha grelhada e cogumelos na manteiga_F&F

Vou confessar que não sou muito fã de polenta, mas neste universo polenteiro a que mais me conquista é a polenta mole, cremosona, densa, e de preferência preparada com um delicioso caldo caseiro, que pode ser de carne ou de legumes. Acho que o que me faz torcer um pouco o nariz quando vejo polenta é justamente isso, ou melhor, a falta disso. Comida precisa de amor, de carinho e de dedicação, e a polenta então sem amor vira uma mera gororoba engordativa. Polenta precisa de muito amor, e ainda mais de capricho porque prepará-la em um caldo caseiro consistente e perfumado em vez de só “jogar” ali na água fervendo. Precisa de carinho para ajustar o sal, para acertar o ponto, para não deixar empelotar, enfim, AMOR!

 

Então eu serei um tiquinho só convencida e direi que a minha polenta tem amor, porque ela tem tudo o que uma polenta precisa ter na minha opinião, e isso não quer dizer que eu uso a farinha de milho importada da mais cara ou que fico horas mexendo a dita cuja na panela fumegante enquanto gotas de suor escorrem da minha testa, quer dizer apenas que eu cuido do preparo com carinho e atenção. Doso bem o sal, uso o melhor caldo que tiver no meu freezer (amo ter caldos caseiros no freezer!), acrescento uma boa manteiga, um pouco de parmesão ralado na hora, um fiozinho de azeite e pronto. Não precisa de tanta produção, afinal de contas é polenta! E é fácil, e é uma delicia, e é versátil, vai do campo ao restaurante chic e badalado, vai do acompanhamento da galinhada ao prato de trufas raras colhidas uma vez ao ano. Mas olha só que boa notícia para quem nunca preparou uma polenta: você pode e consegue preparar sozinho(a) em casa uma polenta inesquecível, e de repente até mais gostosa do que aquela que você comeu no seu restaurante preferido. Yes!!!

 

Então olha só que facilidade:

 

POLENTA CREMOSA COM FRALDINHA GRELHADA E COGUMELOS NA MANTEIGA

(para 4 pessoas)

 

Ingredientes:

Para a polenta:

  • 2 xícaras (chá) de farinha de milho pré-cozida
  • 1 litro de caldo de carne ou de legumes
  • 1 colher (sopa) de manteiga sem sal
  • 2 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
  • sal a gosto
  • 1 fiozinho de azeite

 

Para os Cogumelos:

  • 100g de cogumelos shimeji
  • 100g de cogumelos paris frescos
  • 50g de funghi seco hidratado em água quente e picado
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 fio de azeite
  • 1/2 dente de alho espremido
  • sal a gosto

 

Para a carne:

  • 400g de fraldinha sem gordura
  • azeite
  • sal
  • pimenta

 

Modo de Preparo: Leve o caldo para ferver em uma panela média, reservando ainda aproximadamente 1 xícara dele. Assim que levantar fervura acrescente aos poucos a farinha de milho e mexa sempre a cada nova adição, de preferência com um batedor de arame (fouet), para que não empelote. Cozinhe sem parar de mexer por uns 5 minutos e junte a manteiga, o queijo parmesão ralado e ajuste o sal se achar necessário. Acrescente mais caldo (aquele que ficou reservado) se quiser que sua polenta fique mais cremosa e desligue. Sirva em seguida, ou se preferir deixe a polenta mais firme, deixe endurecer e corte em pedaços. Higienize os cogumelos mas não os lave em água para não acumularem líquido. Separe o shimeji, fatie o cogumelo paris e pique o funghi. Aqueça a manteiga, o azeite e o alho em uma frigideira e em seguida junte os cogumelos todos juntos. Salteie os cogumelos por 2 a 3 minutos em fogo alto até que estejam levemente marcados. Tempere a carne com sal e pimenta. Leve para grelhar com um fio de azeite por apenas 4 minutos de cada lado (vai ficar rosada por dentro). Retire da grelha, deixe descansar por 3 minutos, fatie e sirva sobre a polenta e depois finalize com os cogumelos. Sirva em seguida.

 

Polenta cremosa com fraldinha grelhada e cogumelos na manteiga2_F&F

 

 

Confira outras receitas com polenta AQUI, tem até bolo de polenta com laranja sem glúten e sem lactose ;)

Bom Apetite!

 

Robalo Grelhado com Cogumelos Salteados

Postado em Cogumelo, Fácil, Light, Peixe, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 29 de julho de 2014

Robalo Grelhado com cogumelos salteados

 

Se tem uma receita que pode ser ao mesmo tempo rápida de fazer e ultra saborosa é esta aqui! Perfeita para quando dá vontade de comer um peixe bem feito, grelhadinho e acompanhado de algo bem delicioso e igualmente light! Aqui o peixe usado foi o robalo, mas esta receita pode ser preparada com qualquer outro peixe de carne firme da sua preferência, como salmão, atum, badejo, congrio, entre outros.

 

Para acompanhar o robalo grelhado preparei cogumelos portobelo salteados com alho poró em azeite e temperinhos, além de uma batata doce que fiz assada no estilo rústico que ficou de comer de joelhos de tão boa! Sabe quando fica meio crocante por fora e nas pontinhas e cremosinha por dentro? Ficou exatamente assim!

 

Receita linda para festejar tanto peixe delicioso que temos por aqui, deixar a barriguinha feliz e ainda por cima não sair da linha! É uma receita bastante versátil e simples de preparar, que pode ser servida em refeições em dias de semana ou em um jantar mais especial para convidados queridos, afinal este prato faz bonito na mesa, e quem curte um peixinho vai se impressionar!

 

ROBALO GRELHADO COM COGUMELOS SALTEADOS

(para 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 2 postas altas de robalo, livre de pele e espinhas
  • 1 fio de azeite
  • 1 colher (sopa) de raspas de casca de limão siciliano
  • pimenta e sal a gosto

 

Modo de Preparo: Tempere as postas de peixe com o azeite, o sal, a pimenta e as raspas de limão siciliano e esfregue bem. Aqueça uma frigideira e quando estiver bem quente coloque as postas de peixe. Deixe grelhar por 5 minutos de cada lado ou até perceber que o peixe está bem cozido sem deixar passar do ponto, o que deixaria o peixe ressecado.

 

Para os Cogumelos Salteados:

  • 200g de cogumelos portobelo limpos e cortados em pedaços médios
  • 2 talos de alho poró fatiados em pedaços de 3 cm
  • 1 dente de alho espremido
  • 2 colheres (ssopa) de azeite
  • 1 ramo de tomilho fresco
  • pimenta e sal a gosto

 

Modo de Preparo: Aqueça o azeite numa frigideira e frite rapidamente o alho e o ramo de tomilho. Junte o alho poró e refogue por 3 minutos, então junte os cogumelos e salteie na frigideira por 5 minutos. Ajuste o sal e a pimenta a gosto. Deixe os cogumelos bem firmes ainda e desligue. Sirva junto com o peixe grelhado.

Robalo Grelhado com cogumelos salteados2_F&F

Goulash

Postado em Carnes, Clássicos, Cogumelo, Comfort Food, Fácil, Inverno, Pratos Principais, Receitas de Família - 29 de maio de 2014

Goulash_F&F

O friozinho delicia já chegou por aqui e é claro que as comidinhas também ficam mais quentes, mais suculentas e mais reconfortantes. Eu amo uma comida com caldos e molhos, e pra mim os ensopadinhos são a escolha número um no inverno quando preparo alguma receita com carne.

Esta receita aqui, por exemplo, o Goulash, é uma das minhas receitas preferidas desde criança. É quase uma carne de panela, mas se diferencia um pouco por conta dos temperinhos extras que são típicos desta receita húngara com molho à base de páprica que por aqui ganhou a companhia de cebolas, cenouras e cogumelos. Olha, só digo uma coisa, o caldinho temperado colocado sobre uma porção de arroz fresquinho pode causar muita alegria em um dia frio e chuvoso. Eu não resisto, e você?

GOULASH

(serve duas pessoas)

Ingredientes:

  • 300g de carne bovina cortada em cubos (alcatra, coxão mole, peito ou músculo)
  • 2 cebolas grandes cortadas em pétalas
  • 2 cenouras grandes descascadas e fatiadas
  • 100g de cogumelos paris limpos e fatiados
  • 2 dentes de alho
  • 1 lata de tomates pelados
  • 2 xícaras (chá) de caldo de carne ou legumes
  • 1 xícara (chá) de vinho branco
  • 1 colher (sopa) de páprica picante
  • 1 colher (sopa) de páprica doce
  • 1 colher (sopa) de óleo de girassol
  • pimenta moída a gosto
  • sal a gosto
  • salsa fresca picada para finalizar

 

Modo de Preparo: Numa panela de pressão aqueça o óleo e refogue a carne até dourar. Junte o alho, as pápricas, os tomates pelados, o vinho, o caldo e as cenouras e mexa. Feche a panela, cozinhe por 40 minutos em fogo médio após pegar a pressão, espere a pressão sair, abra a panela e junte as cebolas e os cogumelos. Cozinhe com a panela destampada por mais 15 minutos, ajuste o sal e a pimenta a gosto e sirva sobre arroz ou sobre purê de batatas. Finalize com a salsa fresca picada a gosto.

 

Bom Apetite!

 

Salada Morna de Abóbora, Cogumelo Shiitake e Grãos Integrais

Postado em Cogumelo, Comfort Food, Dicas, Fácil, Light, No forno, Receitas Rápidas, Saladas, Vegetarianas - 18 de fevereiro de 2014

Salada de abóbora com shiitake e grãos_F&F

 

Que delícia poder começar a usar novamente – ainda que por poucos dias em razão da visita de uma frente fria – as palavras morna e quente! Logo logo começa a minha estação do ano favorita e as palavras sopa, creme e caldo serão constantes aqui no blog, mas enquanto o frio não chega pra ficar dá pra curtir as saladas mornas e nutritivas, como esta que leva abóbora assada com especiarias, cogumelo shiitake e grãos integrais que eu posso garantir que fica divina, daqueles pratos que você não consegue parar de comer de tão saboroso!

 

Aqui em casa não falta abóbora! Eu simplesmente amo abóbora e a forma de preparo mais corriqueira aqui em casa é assá-las com ervinhas, especiarias e azeite. Eu adoro caramelizar a abóbora com vinho do Porto também, e acho que a acidez desta bebida dá um contraste perfeito com o adocicado da abóbora (fica a dica!). Assar a abóbora, além de deixá-la mais saborosa e suculenta no ponto certo é muito fácil e muito rápido de preparar porque basta colocar os ingredientes todos na assadeira e depois só voltar para retirar do forno. Sem contar que abóbora assada é uma opção muito versátil e pode ser servida como antepasto, como acompanhamento de um hambúrguer, como ingredientes de uma boa massa, ou ainda como ingrediente de uma torta, de um kibe ou de um nhoque (como nestas receitas AQUI). Viu só quantas delicias uma abóbora bem assada pode render?!

 

Agora falando da salada de hoje, ela é puro amor! Salva os dias de tédio das dietas de salada porque é uma mistura de sabores diferente, intrigante, cheia de texturas, e também cheia de nutrientes e cores. Fiquei muito fã desta salada porque tem tudo que eu amo. A cevadinha e a quinua são os meus grãos favoritos, eu os uso muito aqui na minha cozinha. Uma salada dessas sempre vale por uma refeição completa, pois sacia a fome e agrada o corpo :)

 

SALADA MORNA DE ABÓBORA, SHIITAKE E GRÃOS INTEGRAIS

(serve 4 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 500g de abóbora cabotiá (ou abóbora japonesa como também é conhecida) descascada e cortada em cubos
  • 1/2 xícara (chá) de cevadinha
  • 1 xícara (chá) de quinua (ou quinoa)
  • 200g de cogumelos shiitake limpos e sem os talos
  • 1/2 xícara (chá) de sementes de abóbora sem casca tostadas
  • 4 dentes de alho inteiros e com a casca
  • 2 ramos de tomilho fresco
  • 2 ramos de alecrim fresco
  • 1 pitada de canela em pó
  • 4 colheres (sopa) de azeite
  • 2 colheres (sopa) de vinho do Porto (opcional)
  • pimenta e sal a gosto
  • queijo pecorino ou parmesão em lascas para servir

 

Abóbora e shiitake assados_F&F

Modo de Preparo: Cozinhe a cevadinha em uma panela com o dobro de água + 1 xícara (se quiser use caldo caseiro de legumes que fica ainda mais saboroso) em fogo alto até ferver, e depois em fogo baixo até ficar macia. Se precisar adicione mais água ou caldo ao longo do cozimento. Cozinhe a quinua no dobro de água em fogo baixo até que fique macia, e se precisar adicione mais água ao longo do cozimento. O ponto ideal tanto para a cevadinha quanto para a quinua é o al dente. Numa tigela tempere os cubos de abóbora com metade do azeite, pimenta, sal e a canela em pó. Junte as sementes de abóbora e misture novamente. Espalhe numa assadeira antiaderente e leve para assar em forno preaquecido em 180º por 20 minutos com os dentes de alho inteiros e com os ramos de tomilho e alecrim. Enquanto as abóboras estiverem no forno, corte os cogumelos shiitake em cubos ou tiras e tempere-os na mesma tigela com o restante do azeite, a pimenta, e o sal. Retire a abóbora do forno quando estiver quase pronta (douradinha e macia) e junte na mesma assadeira os cogumelos. Retorne ao forno por mais 5 minutos, apenas para os cogumelos murcharem. Disponha a cevadinha e a quinua já cozidas em uma tigela e misture com a abóbora e os cogumelos assados, aproveitando todo o caldo e o tempero que tiverem se formado na assadeira. Regue a salada com mais azeite e sirva em seguida com lascas de queijo pecorino ou parmesão.

 

Bom Apetite!

 

Bruschetta de Cogumelos com Salada

Postado em Clássicos, Cogumelo, Entradas, Fácil, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Sanduíches, Vegetarianas - 03 de outubro de 2013

Bruschetta de cogumelos_F&F

 

Para aqueles dias em que eu tenho vontade de uma refeição mais leve acabo optando sempre pela dupla bruschetta + salada ou torta + salada, e acho que formam combinações perfeitas. Esta bruschetta aqui, por exemplo, é bem simples mas com um sabor surpreendentemente delicioso, combinando cogumelos salteados no azeite, ervas e um toque cítrico do limão siciliano com a doçura do molho caseiro de tomates. A saladinha pode ser qualquer uma da sua preferência, porque hoje, aqui, ela é apenas uma coadjuvante.

 

Se você não curte ou se é mais difícil encontrar cogumelos na sua cidade eu sugiro substituí-los por alguma outra opção de vegetais, como alcachofras em conserva, pimentões vermelhos assados ou um mix de abobrinha com berinjela usando o mesmo tempero que vou mostrar aqui. Todas estas versões ficam deliciosas na bruschetta e acompanham muito bem uma saladinha leve e colorida.  O principal é saber que com fome e boa vontade você consegue resultados e combinações deliciosos!

 

BRUSCHETTA DE COGUMELOS

(para 2 unidades grandes, individuais)

 

Ingredientes:

  • 1 pão ciabatta cortado no sentido do comprimento
  • 1 dente de alho descascado e levemente amassado
  • 2 xícaras (chá) de cogumelos variados, limpos  (usei shiitake, paris e shimeji)
  • 4 colheres (sopa) de molho de tomate (eu usei aquele meu molho caseiro*)
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 punhado de ervas frescas (usei manjericão, alecrim e salsa)
  • 1 boa espremida de suco de limão siciliano (ou tahiti se não tiver)
  • pimenta moída a gosto
  • sal a gosto

 

Modo de Preparo: Esfregue bem o dente de alho nas duas partes do pão (miolo) e grelhe com o miolo virado para baixo em uma grelha sobre a chama do fogão ou em um grill elétrico por uns 2, 3 minutos minutos. Enquanto isso aqueça o azeite e salteie os cogumelos com as ervas. Quando os cogumelos começarem a murchar junte as ervas frescas e tempere com pimenta e sal a gosto. Continue salteando até que os cogumelos comecem a pegar cor e desligue. Regue imediatamente com o limão espremido e reserve tampado no calor da frigideira. Retire as fatias de pão da grelha e imediatamente divida o molho de tomate em cada uma das partes. Cubra com os cogumelos salteados, regue com mais um fiozinho de azeite e sirva de imediato acompanhado de uma salada bem gostosa.

 

*A receita do meu molho de tomates caseiro está aqui NESTE POST! Corre lá pra conferir, é imperdível!

 

Bom Apetite!

 

Cogumelos Recheados com Abobrinha

Postado em Cogumelo, Comidinhas, Entradas, Fácil, Light, No forno, Petiscos, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Vegetarianas - 24 de junho de 2013

Cogumelos recheados_F&F

 

Como uma boa amante de cogumelos eu não poderia deixar de gostar dos tradicionais cogumelos recheados e é justamente por isso que eu já publiquei algumas versões desta receita tão fácil e tão gostosa por aqui.

Continue Lendo …

Panelinhas de Cogumelos

Postado em Cogumelo, Comfort Food, Comidinhas, Fácil, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Vegetarianas - 25 de abril de 2013

 Panelinhas de cogumelos_F&F

Pois é, como não poderia deixar de ser já que o nome do blog é Figos e Funghis, eu sou a doida do cogumelo (no bom sentido, é claro…rsrsr) e esta é mais uma receitinha delícia com eles!

Continue Lendo …

Risoto de Cogumelos

Postado em Arroz, Clássicos, Cogumelo, Comfort Food, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Risotos, Vegetarianas - 01 de outubro de 2012

Pra mim este post deveria ser repleto de coraçõezinhos de tanto que eu sou apaixonada por este risoto de cogumelos. É simplesmente delicioso, perfumado, com uma cor muito convidativa e o melhor de tudo: tem muito cogumelo, e de vários tipos! Com o Natal já tão perto, dá para considerar preparar este risoto para um jantar super especial, não acham? 

Continue Lendo …

Rigatoni com funghi e abobrinha

Postado em Abobrinha, Cogumelo, Comfort Food, Fácil, Massas e Pizzas, Receitas Italianas, Receitas Rápidas, Vegetarianas - 14 de setembro de 2012

Não é de hoje que eu curto esta combinação de funghi com abobrinha, principalmente em massas e em risotos e já rolaram algumas receitas assim por aqui. E o rigatoni é uma massa perfeita para segurar o molho, e até alguns pedacinhos de funghi acabam se “escondendo” dentro dos pequenos túneis.

Continue Lendo …

Massa com tomates frescos e cogumelos

Postado em Cogumelo, Comfort Food, Fácil, Massas e Pizzas, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Vegetarianas - 10 de agosto de 2012

Esta é mais uma opção deliciosa para um molho rápido, simples porém delicioso para uma massa. E aqui, como o tomate é um dos ingredientes principais o segredo é usar os melhores tomates que você puder encontrar. Eu gosto do tomate italiano que é menor, bem suculento e adocicado, mas sei que em muitas cidades não é fácil encontrar, aí a alternativa é usar tomates de outra espécie, mas precisam estar bem maduros.

Continue Lendo …

Sopa Cremosa de Cogumelos

Postado em Cogumelo, Comfort Food, Entradas, Fácil, Receitas Rápidas, Sopas e Caldos, Vegetarianas - 19 de julho de 2012

Com tantas opções de sopas que já foram publicadas aqui não preciso nem dizer que eu amo sopas né? E uma das minhas preferidas é esta sopa cremosa de cogumelos, fica muito saborosa, perfumada, com aparência de veludo. Outro dia no supermercado me deparei com uma bandeja enorme de cogumelos paris fresquinhos e o preço estava ótimo – o que nem sempre acontece com cogumelos, então não tive dúvidas em colocar logo a bandeja para dentro do carrinho e depois resolveria o destino daqueles lindos cogumelos. A decisão foi acertada, o creme de cogumelos ficou delicioso, rendeu bastante e foi suficiente para uma refeição completa, tendo como companhia torradinhas de azeite e flor de sal feitas de improviso com um pão ciabatta que tinha em casa. Não poderia ter tido um jantar mais perfeito do que este em uma noite tão fria como estas que estão fazendo por aqui. 

Continue Lendo …

Massa com cogumelos flambados no whisky

Postado em Cogumelo, Comfort Food, Dicas, Fácil, Massas e Pizzas, Molhos, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Vegetarianas - 10 de julho de 2012

Esta massa é simplesmente perfeita pra mim! Eu amo massa, amo cogumelos e amo um molho de macarrão assim, só com base de azeite, ou manteiga, ou ambos. Esta massa já passou aqui no blog outras vezes, mas vocês sabem como é né, com o tempo nós vamos aprimorando nossas receitas preferidas e nunca achamos que chegamos à receita definitiva, e assim eu deixei de usar a vodka da receita antiga para usar o whisky no momento de flambar os cogumelos, e achei muito mais saboroso, mais suave, enfim, estou em love total com esta receita nova! E a melhor parte é que é uma massa leve e muito rápida de preparar. Outra coisa importante que faz desta massa uma queridona aqui em casa é o fato de usar poucos ingredientes, e se for difícil encontrar o cogumelo fresco use champignom mesmo, e até com palmito no lugar dele a massa fica muito boa! Olha só que delícia:

Continue Lendo …

Tortinha de cogumelo

Postado em Cogumelo, Comidinhas, Dicas, Entradas, Fácil, No forno, Petiscos, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Tortas - 31 de maio de 2012

Basta eu ver uma bandejinha de cogumelos no supermercado que eu não resisto, coloco logo dentro do carrinho, acontece meio que sem pensar, sem nem saber qual será o destino deles, mas chegando em casa eu sempre acabo descobrindo. Além de muito saborosos os cogumelos são versáteis na cozinha, são fáceis de combinar com outros ingredientes e dão um toque todo glamouroso a qualquer receita. É ou não é? Experimenta só servir esta tortinha de cogumelo por exemplo pra você ver se não vai ouvir vários: uau, que fofura! nossa, que delícia! e outros ainda dirão: nossa, que chic hein! hahahah. Pois é meus amigos, este é o impacto que cogumelos causam nas pessoas, e se você caprichar e usar seus cogumelos numa receitinha como esta os elogios estarão mais que garantidos. Eu servi estas tortinhas outro dia para uns amigos que foram em casa, totalmente no improviso. Abri o congelador e tinha lá um pacote de massa folhada – aliás nunca deixe de ter esta maravilha em casa – e para facilitar o preparo recortei a massa em quadradinhos e coloquei nas minhas formas de fazer muffins, já pretendendo fazer mini cestinhas para algum petisco. Enquanto a massinha assava no forno eu preparei em menos de 10 minutos um creme de cogumelos delicinha. E tudo isso foi assim ó:

Continue Lendo …

Medalhão de mignon com molho cremoso de cogumelos

Postado em Carnes, Cogumelo, Dicas, Fácil, Molhos, Pratos Principais, Receitas Rápidas - 13 de abril de 2012

Gente, esta receita é tudo de bom! Aliás, acho que não há prato ruim com filé mignon. Ontem eu queria fazer um jantarzinho especial para o marido, então comprei uma peça inteira de filé mignon e eu mesma cortei os medalhões. Para quem não sabe o medalhão de filé deve ser alto (aproximadamente 3 dedos de altura) e arredondado, retirado da ponta mais homogênea da peça. Tudo pronto para começar a preparar a receita, que em 30 minutos estava pronta. Tudo caminhava para o sucesso total, arrumei a mesa, montei os pratos bem lindos para servir, marido serviu cerveja estupidamente gelada, e quando me lembrei de tirar a foto pra vocês – porque não dividir uma receita incrível como esta com vocês seria puro egoísmo meu – no momento de disparar a câmera eis que…meu cartão de memória travou, bloqueou, fez greve, enfim, me deixou na mão, e só me restava o meu bonitinho celular para salvar a foto. No fim das contas as fotos foram feitas com ele mesmo, e o mais importante eu acho que consegui: mostrar o resultado do prato pra vocês! Depois marido conseguiu arrumar o cartão, mas aí o jantar já tinha acabado…hahahaha. Parece sacanagem! 

Continue Lendo …

Omelete de todo dia

Postado em Acompanhamentos, Clássicos, Cogumelo, Comfort Food, Fácil, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 14 de fevereiro de 2012

Gente, vamos falar a verdade, embora provar uma novidade ou uma comidinha mais glam de vez em quando seja sempre muito bom, a comida que mais emociona é a comida do dia comum. É aquela comida que faz a gente ter saudade de casa, lembrar da infância, lembrar da família, lembrar de conforto. O arroz com feijão que não pode faltar, p bife acebolado, alguns legumes, saladinha e muitas vezes omelete! Sim, omelete, eu adoro omelete! Na verdade ovos mexidos também, mas a omelete é uma receita muito prática, você pode usar a criatividade – e também o que possuir na geladeira no momento – e testar infinitas combinações. Imagine a omelete básica como o ponto de partida, e invente, arrisque, crie! Uma das minhas combinações preferidas é a de verduras, cogumelo, tomate, queijo e manjericão, como esta da foto. Pra mim o segredo da omelete é o truque de cozinhá-la devagar em fogo baixo, e se possível tampada para que o ovo não se queime, o que colocaria todo o trabalho a perder. Queijo e omelete são coisas que também casam muito bem, omelete sem queijo é como amor sem beijo :) hahahaha. Foi assim que eu aprendi a fazer omelete, ainda criança, e é assim que eu a preparo até hoje! Bom, chega de papo e vamos para a tal da omelete!

Continue Lendo …

Frango com cogumelos

Postado em Cogumelo, Fácil, Frango, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 10 de fevereiro de 2012

Um franguinho no congelador é sempre uma ótima opção para preparar pratos rápidos. Eu gosto de sempre ter uma peça de carne ou frango congelados, principalmente para aqueles dias que a compra da semana já está acabando e a geladeira está ficando vazia. Este franguinho aqui é muito gostoso, tem tanto temperinho bom que quase não tem gosto de frango – e quem está sempre por aqui já percebeu que eu não sou mui amiga do frango. Para incrementar e deixar o franguinho de todo dia com uma cara de prato glamouroso eu acrescentei cogumelos de dois tipos, shiitake e paris, e não é que o franguinho ficou delicioso? E foi tão fácil e tão rápido de fazer que em menos de 20 minutos a comida estava na mesa.

Continue Lendo …

Strogonoff no passo a passo

Postado em Carnes, Clássicos, Cogumelo, Comfort Food, Dicas, Fácil, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 01 de fevereiro de 2012

Primeiro devo dizer que na minha opinião o strogonoff não é um prato brega, fora de moda, mas é um verdadeiro clássico da cozinha. Não entendo essa mania que as pessoas tem de colocar moda pra comida, apesar de saber que alguns pratos foram ícones de determinadas épocas, mas nem por isso podemos injustiçá-los e etiquetá-los como brega ou cafona. Dito isso preciso confessar que o strogonoff é de longe um dos meus pratos preferidos, desde criança. Já testei diversas receitas diferentes dele, já fui até pesquisar se existe uma receita original, legítima, mas não encontrei nada definitivo. O que se diz nos lugares que contam a história do prato é que o strogonoff consiste em carne cortada em cubos empanados em farinha de trigo e depois flambados com vodka ou conhaque, cozidos em molho de tomates e finalizados com creme de leite fresco ou creme azedo. Dizem também que o verdadeiro strogonoff é feito com páprica doce. E ponto. Ninguém sabe dizer com certeza como o prato surgiu, apenas afirma-se que é um prato de origem russa, isso é indiscutível. Então, se é assim, eu prefiro ficar com a minha versão, que é a mais gostosa na minha opinião – cada um tem um gosto então talvez não seja a melhor versão para muitos. O strogonoff é um prato perfeito pra quem está começando a cozinhar, e eu sei que os iniciantes tem muitas dúvidas sobre receitas básicas, então hoje o meu strogonoff vai ser com passo a passo e fotos pra quem quer fazer o strogonoff pela primeira vez :)

Continue Lendo …