Boeuf Bourguignon da Julia Child

Postado em Carnes, Clássicos - 29 de novembro de 2010

Desde que assisti ao filme Julie e Julia no ano passado fiquei com vontade de fazer um Boeuf Bourguignon, mas não o clássico, da cozinha francesa, todo certinho e cheio de regras de etiqueta, mas o da Julia Child, este sim repleto de personalidade e simplicidade. Quem assistiu ao filme sabe que Julia era desapegada das etiquetas na cozinha, ela não dava muito valor às regras, e estava longe de ser uma madame francesa. Por este motivo o Boeuf Bourguignon da Julia Child só pode ser comparado ao Boeuf Bourguignon da Julia Child, sem se prender às regras de etiqueta mas apenas ao sabor da receita e ao prazer de prepará-la. A tradução literal da receita original, do livro “Mastering the art of French Cooking” eu retirei do delicioso blog de gastronomia da Tatu, o MIXIRICA pois foi a tradução mais fiel que encontrei e o resultado mais bonito (gosto de ver receitas com fotos, acho que confio mais). Para simplificar um pouco a receita sem alterar o resultado final eu eliminei algumas etapas do preparo do prato, adaptei as quantidades e como já tinha feito outra vez seguindo à risca a receita pude comparar e cheguei à conclusão de que o resultado é o mesmo, de verdade. Acho que a Julia não ficaria triste comigo por isso, afinal de contas ela mesma adorava testar novas variações para suas receitas preferidas. Enfim, é uma receita trabalhosa sim, mas o sabor compensa imensamente, vale à pena tentar! Mas olha só, como a Tatu lembra bem no post dela, é essencial você se certificar de que sua panela vai à chama do fogão e também ao forno, para garantir o bom andamento da receita.

Contra filé ao Forno com Cebolas Caramelizadas

Postado em Carnes, Fácil, No forno - 03 de novembro de 2010

Dia 31 de Outubro foi aniversário do meu pai, e como eu gosto de fazer todos os anos eu preparei o almoço pra ele, e como ele é super carnívoro como a maioria dos homens que eu conheço, fiz um contra filé ao forno que ficou simplesmente maravilhoso, meu pai amou. Para acompanhar um arroz 7 grãos simples e purê de abóbora que eu amo! Receita fácil e com poucas calorias, já que o contra filé é um corte relativamente magro, o segredo de fazer uma carne macia e suculenta no forno é assá-la lentamente em forno com temperatura baixa. Eu aproveitei para usar nesta receita o novo caldo líquido da Maggi que falei aqui na postagem anterior, e achei que deu um sabor especial na carne. Esta receita pode ser uma opção de prato principal para sua ceia de Natal, já que muitas famílias não abrem mão da carne vermelha na ceia.

Cenas de um Almoço de domingo

Postado em Carnes, Datas Especiais, Fácil, No forno - 19 de outubro de 2010

Domingo em casa é sempre assim, gostamos de acordar mais tarde e planejar um almoço bem caprichado, geralmente com comida bem brasileira mesmo, que todo mundo ama! Neste domingo por exemplo fiz picanha na manteiga com sal grosso no forno, farofa bem brasileira (e até por isso decidi chamá-la de brasileira), arroz branco carregado no alho, lentilhas cozidas e uma saladinha. Na mesa só pessoas queridas, comida quentinha e boa conversa. Não precisa de mais nada pra ser feliz, precisa?

Comidinha Retrô – Buraco Quente!

Postado em Carnes, Comidinhas - 25 de setembro de 2010

Pra mim poucas comidinhas representam tão bem a culinária retrô, e entre elas está o “buraco quente”, famoso lanchinho de pão francês recheado de carne moída temperada. Quando eu era criança a estrela da cantina da escola era o buraco quente, e não as coxinhas, empadinhas, bolinhos de queijo, etc. As estrelas não eram frituras, talvez por isso naquele tempo houvesse menos crianças obesas do que vemos atualmente. Algumas escolas estão mudando isso e oferecendo sanduíches naturais, saladas de frutas, iogurte, quiches e salgados assados em lugar de fritura, e eu gostaria muito que quando eu tiver filhos esta cultura de alimentação mais saudável nas escolas já esteja totalmente absorvida, para que eu não tenha que “brigar” sozinha contra os maus hábitos alimentares infantis. Mas o que eu quero dizer sobre este lanchinho que estava morrendo de vontade de matar a saudade é que ele é realmente delicioso, como me recordava da época da minha infância. Não segui nenhuma receita, apenas refoguei a carne como me lembrava dela, da época da escola. Fiz em versão mini e ficaram muito fofos, além de serem super rápidos de preparar e bem fáceis. Que tal fazer hoje no lanche para a sua família?

Polenta Cremosa à Bolonhesa Gratinada

Postado em Carnes, Fácil, Molhos, Receitas Italianas - 24 de setembro de 2010

Se tem um prato que todo mundo gosta, ou quase todo mundo gosta é a polenta. Um prato originário da Itália que acabou se popularizando aqui no Brasil e hoje é presença constante na mesa dos brasileiros. E se for uma polentinha cremosa com molho básico à bolonhesa e preparada com muito carinho o resultado só pode ser um sucesso. Esta receita é fácil e deliciosa, tenho certeza que até mesmo as amigas iniciantes na cozinha conseguirão fazê-la. Quando estou com tempo sobrando e inspirada pra cozinhar eu uso farinha de milho especial para polentas artesanais e “politicamente” corretas, mas quando não é o caso faço uso mesmo daquelas semi prontas, os famosos flocos de milho pré-cozidos, e olha, não vejo nenhum crime nisso. Se você está sem tempo e sem paciência pra ficar horas apurando uma polenta artesanal use esses flocos também que eu garanto que a sua polenta vai ficar deliciosa!

Cheeseburguer Tex Mex ou seria cheeseburguer de taco?

Postado em Carnes, Fácil, Mexicana, Sanduíches - 17 de setembro de 2010

Por mais que eu tente traduzir em palavras a delícia que é este cheeseburguer eu acho que elas ainda não poderiam ser tão fiéis à realidade: este sanduba é “dos deuses” gente! A dica eu li numa revista de gastronomia americana que trouxe da última viagem. Logo na capa havia um cheeseburguer com uma camada generosa e verde de guacamole….uau! Quando vi aquilo pensei: preciso testar esta combinação. Eu amo comida mexicana e adoro hambúrgueres caseiros, faço bastante aqui em casa ambas as coisas, mas nunca havia pensado em misturá-las. O resultado como já adiantei, foi maravilhoso, tanto é que eu acho que a vida de um cheeseburguer comum ficou seriamente ameaçada aqui nesta casa, agora todos só vão querer cheeseburguer com guacamole! Mas olha só, perde uns minutinhos pra fazer seu próprio hambúrguer em vez de comprá-lo pronto, faz toda a diferença!

Picanha Aperitivo com Manteiga e Alho

Postado em Carnes, Fácil, Petiscos, Receitas Rápidas - 15 de setembro de 2010

(A foto ficou ruim, mas a carne ficou deliciosa!)
A receitinha de hoje é uma ótima dica para quem adora uma carne, principalmente se esta carne for uma picanha. Costumo fazer este aperitivo de picanha quando fazemos churrasco e sobra um pedaço inteiro de picanha na grelha. Desperdiçar está fora de cogitação, reaproveitar é a palavra de ordem sempre, e comer algo que te dá imenso prazer é sempre um deleite não é mesmo? Mas esta receitinha também pode ser feita com uma peça de picanha ainda crua que fica igualmente deliciosa. E não é preciso ter churrasqueira em casa não para matar a vontade de comer picanha, pois ela pode ser feita na panela mesmo, e no caso desta receita, em pequenos pedaços, ideais para beliscar como aperitivo acompanhado de uma cerveja bem gelada e pão. Quer coisa melhor?

Minha primeira Vaca Atolada e uma estréia em grande estilo!

Postado em Carnes, Comida de Fazenda, Dicas - 04 de agosto de 2010

Gente, esta vaca atolada me deixou até emocionada! Sério mesmo! Eu sempre comi vaca atolada na fazenda e em restaurantes mineiros, e a receita que me atrai para dentro de um restaurante mineiro é sempre esta. Contudo eu sempre acreditei que fosse uma receita difícil de fazer, muito trabalhosa, cheia de etapas e nunca me animava. Até que ganhei de presente de casamento uma super panela Lyon da TDC (Tramontina Design Collection) na cor berinjela (eu tinha escolhido antes, porque adoro esta cor e combina com o blog!) e na hora que abri a belezinha me veio em mente uma vaca atolada dentro dela. Achei perfeito para a panela, já que uma super panela exige uma super receita, e uma boa vaca atolada deve ser feita em altas temperaturas e cozida lentamente – é gente, às vezes uma bela receita exige mais tempo na cozinha. Eu ia deixar a estréia da panela nova pra casa nova, mas o marido ficou me desafiando e perguntava: vai colocar sua panela num quadro? Aí então acabei cedendo, só escolhi o final de semana que iria preparar a vaca atolada, porque tinha que ser um almoço de domingo para fazer sentido ficar tanto tempo na cozinha, convidei alguns amigos e voilá! Estreei minha panela roxinha e perdi o medo da vaca atolada! Tenho que admitir sem falsa modéstia que eu fiquei muito satisfeita com o resultado, a vaca atolada ficou deliciosa! Apesar de ter visto esta receita em muitos lugares – inclusive nos livros de receita da família – eu não segui nenhuma receita específica, apenas o meu feeling e também utilizando dicas preciosas de preparo de uma costela com o meu amigo Wilson, churrasqueiro exímio. De quebra, meu amigo Rafael Sartori, fotógrafo talentosíssimo levou a câmera dele e tirou várias fotos lindas pra eu mostrar aqui pra vocês. O Rafa tem um ábum no site Olhares.com e tem um perfil no Facebook com algumas fotos que ele tira, quem tiver Facebook ou estiver cadastrado no Olhares dá uma passadinha lá pra conferir que vale à pena. Vamos à receita?

Kibe Assado recheado com Uvas Passas

Postado em Carnes, Cozinha Árabe - 03 de agosto de 2010

Mais uma receita de kibe pessoal. Quem me acompanha já sabe da forte influência da culinária árabe na minha cozinha, então sempre trarei novas receitas assim pra vocês, espero que gostem! Desta vez eu fiz o kibe em formato de hambúrgueres bem gorduchinhos e recheei com uvas passas. Fica muito gostoso realmente o salgadinho do kibe e o docinho das passas contrastando. Outra novidade nesta receita é que em lugar do comum cominho em pó eu usei sementes de cominho moídas na hora que eu tinha comprado no Mercadão Municipal para testar, e dá realmente um realce no sabor. Esta receita é bem fácil e rápida de preparar:

Carne Chinesa com Vagens e Milho

Postado em Carnes, Fácil, Receitas Rápidas - 29 de julho de 2010

Gente, a história desta receita é muito engraçada. Desde o começo do namoro nós costumamos passar alguns finais de semana na praia, mais precisamente em um trailler que a família do marido tem estacionado dentro de um condomínio de traillers aqui no litoral de SP. A primeira vez que eu fui já tinha programado de fazer o almoço no sábado e comprado os ingredientes. Seria uma carne, um cozido de legumes e um arroz. Ocorre que quando fui olhar o “inventário” das panelas do trailler haviam somente 2 panelas no armário e eu precisava de 3 panelas pra fazer aquele almoço. Problema sério mudar o cardápio na última hora, quem cozinha sabe como isso nos deixa irritados. O marido muito prático logo deu a sugestão: mistura tudo numa panela só. Achei a idéia uma caca no início, mas depois pensei que poderia misturar a carne e os legumes em uma panela e fazer apenas o arroz em panela separada. Acabou saindo um picadinho bem gostoso e sem nome, então ficamos olhando para ele por alguns minutos e batizamos de carne chinesa porque era um picadinho de carne com vários legumes dentro, molho de soja e gergelim. Depois disso a tal carne chinesa ganhou muitas variações mas vive aparecendo lá em casa. Receita prática, fácil e muito rápida, coisa de 15 minutos para o prato estar na mesa. Você coloca os legumes que preferir, nesta receita eu usei vagens e milho verde:
Carne Chinesa com Vagens e Milho Verde
(para 2 pessoas)

Mignom recheado com Arroz Raris 7 Grãos e Tomate Concassé

Postado em Arroz, Carnes, Fácil, Light - 23 de julho de 2010

Receitinha fácil e light gente. O corte de filé mignom é um dos menos gordurosos, e o seu preparo não tem nenhum segredo, além de ser muito saboroso e considerado uma das carnes mais nobres. Mas cá pra nós, filé mignom lembra bife de vó né? Principalmente quando bem batidinho pra ficar bem fininho e mais macio ainda. Eu gosto muito de bifinhos de filé mignom! Me lembram os bifinhos que minha tia-avó Celia fazia pra mim e minha irmã quando éramos crianças, é uma verdadeira nostalgia pra mim fazer estes bifes em casa. Desta vez me inspirei em uma receita que ví outro dia em um livro que tenho de receitas light, mas na receita do livro era um filé de cordeiro recheado com arroz selvagem. Como não sou fã de cordeiro (não como de jeito nenhum mesmo porque meu primeiro animalzinho de estimação foi uma carneirinha, a Biloca!) fiz com filé mignom bovino e usei um Ráris que tinha aberto já. Pra quem quiser anotar, fica muito gostoso e com uma apresentação bem bonita.

Medalhão de Mignom alla Vodka e Spaghetti com Cogumelos e Salsa

Postado em Carnes, Cogumelo, Massas e Pizzas, Pimenta, Pratos Principais - 12 de julho de 2010

Gente, esta receita foi uma das primeiras receitas de carne que me arrisquei a fazer. Acho que tinha uns 15 anos quando pedi pra minha mãe comprar medalhões de filé porque eu tinha visto uma receita apetitosa em um programa de culinária daquela época mas não tinha conseguido anotar e não me lembro o motivo. A receita do programa de TV era com vinho branco seco, mas como naquele dia minha mãe não tinha o dito cujo em casa resolvi recorrer ao bar do meu pai (meu pai sempre teve bar em casa com muitas opções de destilados, um deleite para quem cozinha) e encontrei uma garrafa de vodka que estava bem no começo. Lí o rótulo, ví que era russa e segui em frente. Apesar de não ter muita experiência na cozinha naquela época algumas coisas eu sabia de ser curiosa, como essa história de saber que as vodkas russas estão entre as melhores do mundo. Dei uma arranjada no modo de preparo da carne (que eu não tinha visto a receita toda) e fiz um molho de mostarda escura pra ela. À noite servimos com arroz branco e batatinhas sauté, ficou uma delícia e todos pediram a receita. Fiquei me sentindo adulta….hahahahha. Hoje eu trouxe esta minha receitinha do coração pra vocês conhecerem, deata vez eu dei uma modificada no molho e servi com massa com bastante cogumelo e salsa fresquinha, “dilícia!”. Foi a primeira refeição preparada a quatro mãos depois de casados, então o maridinho tem crédito também! Espero que gostem:

Sopa de Alcatra com Cerveja e Bolinhas de Trigo

Postado em Carnes, Sopas e Caldos - 10 de junho de 2010

(Foto: Juliana Pinfildi)
Gente, esta sopinha de alcatra em tiras com bolinhas de trigo é realmente perfeita para o inverno. Ela fica bem encorpada, nutritiva e muito, mas muito saborosa! Aquece até aqueles dias em que nada parece amenizar o frio, nem mesmo cobertas e aquecedores. Além disso é muito fácil de fazer, quer ver só?

Carne Assada com Manteiga de Mostarda L’Ancienne

Postado em Carnes, Fácil, No forno, Pratos Principais, Receitas de Família - 26 de maio de 2010

(Fotos: Juliana Pinfildi)
Mais uma delícia da D. Letícia, minha mãe. Ela fez esta maravilha pra nós no almoço de domingo na casa da minha irmã. É uma peça de Maminha toda besuntada com manteiga de lata misturada com mostarda dijon l’ancienne e outros temperinhos. Fica um crime de boa. Vou passar a receita pra vocês:

Torta Leve de Legumes e Carne

Postado em Abobrinha, Carnes, Fácil, Receitas de Família, Tortas - 18 de maio de 2010

A idéia desta torta deliciosa veio da receita de torta de batatas que minha mãe faz. É uma torta que eu como desde criança e que é uma das minhas preferidas! Minha mãe faz só com batatas e carne moída, e eu fiz com legumes variados, mas vocês sabem que comida de mãe não tem igual né? Então digamos que são duas tortas bem diferentes, e minha e a da Dona Letícia, ok? Agora, pensem numa torta incrivelmente saborosa, macia, facílima de fazer e ainda por cima bem levinha…pois é, irresistível assim mesmo! Por pouco o “quase marido” não devora a torta inteira gente! E eu, na tentativa de servir num vestido slim de noiva em menos de 1 mês, fiquei só no primeiro pedaço, já que a torta é leve mas não é assim uma folha de alface…hahaha.

Mignom e Mandioquinha na Cerveja Preta

Postado em Carnes, Fácil, No forno, Pimenta, Pratos Principais - 19 de abril de 2010

(Fotos: Juliana Pinfildi)
Almoço de domingo é especial, é quando a família se reúne em torno da mesa de refeições para dividir o alimento, e no meu caso, na maioria das vezes, a família já se reúne na cozinha, durante o preparo do almoço. Ontem eu defini o cardápio, minha mãe fez as compras, limpou a carne, descascou as mandioquinhas e fez a farofa. Preparei a carne e o arroz. Minha irmã ajudava a mexer nas panelas e tirou as fotos da carne, que ficou muito gostosa. Os homens ficaram acompanhando de perto, lendo jornal e conversando. Momentos agradáveis acompanhados de boa comida. Tem coisa melhor?

Torta Mexicana de Carne e Milho para um almoço preguiçoso

Postado em Carnes, Fácil, Mexicana, Pimenta, Receitas de Família, Receitas Rápidas - 10 de abril de 2010

Gente, o nome da receita é improvisado, mas é bem isso mesmo. Não é uma torta tradicional, ela não tem massa. Dei-lhe o nome mexicana porque vai tudo o que eu estou acostumada a ver na maioria dos pratos mexicanos: carne, milho, queijo e pimenta. É uma receita mega fácil e mega rápida de preparar. Daquelas receitas quebra-galho que precisamos quando bate aquela preguiça mas mesmo assim queremos comer algo bem gostosinho. É uma receita da minha mãe, ela sempre faz e fazia muito quando eu era criança. Dei meu toque trocando o requeijão da receita dela por creme de ricota e colocando muita pimenta picadinha por cima. Acreditem, é muito gostosa a tortinha. Querem anotar a receita?

Michuí de Mignom – Cozinha Árabe

Postado em Carnes, Cozinha Árabe, Fácil, Light, Pimenta, Receitas de Família, Receitas Rápidas - 16 de março de 2010

(Foto: Juliana Pinfildi)
Hoje trago pra vocês a receita de mais uma delícia da cozinha árabe: o Michui de Mignom. Trata-se de um espeto de filé mignom com legumes e temperos e feito na brasa ou na grelha. Muito saboroso, colorido, facílimo de fazer e super rápido também. Não tem nenhum segredo mesmo, e se você tiver um grill na sua casa pode fazer nele também que dá certo. Em menos de 5 minutos estarão prontos para serem servidos. A variação desta receita pode ser com filé de peito de frango, que também fica bem gostoso, e nesse caso o nome do prato muda para “Michui de Frango”. É sucesso garantido, e sendo o filé mignom uma carne magra, a receita torna-se light se você trocar o azeite por apenas umas gotinhas de óleo vegetal. 

Arroz das Arábias, um pouco de história e beijos para as "Tias" queridas

Postado em Arroz, Carnes, Cozinha Árabe, Curiosidades, Fácil - 05 de março de 2010

Eu como boa descendente de libaneses amo todo o tipo de comida árabe, e o arroz marroquino, o arroz com aletria e o arroz com lentilhas estão entre as minhas preferências, já que sou uma viciada em arroz, de todos os tipos, cores, sabores e espécies. Estava com uma vontade imensa de comer o arroz com aletria da minha querida Tia avó Ancelia (Tia “Celia”), que infelizmente está já bem velhinha e não vai mais para o fogão há alguns anos.