Arroz de Bacalhau

Postado em Arroz, Bacalhau, Comfort Food, Datas Especiais, Fácil, Peixe, Pratos Principais, Receitas de Família - 24 de março de 2017

Arroz de Bacalhau_Blog Figos e Funghis

A Páscoa já está chegando, e é inevitável pensar nas deliciosas comidinhas desta época, concorda? Pois é, a boa notícia é que por aqui tanto o peixe de uma forma geral quanto o bacalhau sempre foram muito prestigiados, e há uma infinidade de receitas fáceis e gostosas pra você se jogar e escolher qual combina mais com a sua família. Aliás, quem aqui ainda não segue o perfil do blog lá no Pinterest? Se ainda não segue corre lá, porque as receitas mais bacanas do blog estão todas separadinhas por pastas específicas, inclusive uma só de Receitas de Páscoa e outra só de bacalhau!

 

Hoje eu trago uma receita nova com bacalhau que tem jeitinho e sabor de comfort food, além de ser super econômica pois o bacalhau usado aqui é em lascas, e não em postas, e em tempos de crise é sempre bom ter uma opção assim. Fiz este prato em casa num almoço de família e fez o maior sucesso, afinal quem é que não gosta de um arroz todo molhadinho e cheio de coisinhas gostosas?!

 

Para o Arroz de Bacalhau eu usei arroz arbóreo mesmo, mas não o preparei como risoto, preparei como arroz comum, mas você pode usar qualquer arroz que preferir, o arroz agulhinha do dia a dia fica delicioso nesta receita também. O que você de fato precisa saber é que todo o segredo e a graça deste arroz, são o tempero e a umidade, então quanto mais molhadinho ficar mais gostoso ele será! Tenho certeza que na sua casa também vai ser um sucesso! Deliciosidade pura minha gente!

Arroz de Bacalhau2_Blog Figos e Funghis

ARROZ DE BACALHAU

(serve muito bem 6 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 2 xícaras e 1/2 (chá) de arroz branco cru
  • 1 cebola grande bem picada
  • 2 dentes de alho bem picados
  • 3 tomates italianos bem maduros e picados
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 2 xícaras (chá) de grão-de-bico deixado de molho por ao menos 12 horas, e escorridos
  • 300g de bacalhau em lascas, já dessalgado e sem espinhas
  • 2 xícaras (chá) de floretes de brócolis já cozidos al dente
  • 1 xícara (chá) de vagens picadas ou cortadas ao meio
  • 1 xícara (chá) de mini tomates
  • 2 folhas de louro
  • 3 colheres (sopa) de cebolinha picada
  • 3 colheres (sopa) de salsinha picada
  • pimenta moída e sal a gosto
  • 6 xícaras (chá) de água

 

Modo de Preparo: Em uma panela grande aqueça o azeite e refogue a cebola, o alho, a cebolinha e as folhas de louro até que a cebola esteja bem transparente e começando a dourar. Junte o arroz e frite bem, deixando todos os grãos com aquele brilho bonito. Em seguida junte os tomates picados, as lascas de bacalhau e cubra com a água. Deixe cozinhar até levantar fervura e prove, se precisar de sal adicione neste momento. Adicione também o grão-de-bico neste momento, reduza o fogo para o médio e deixe a panela semi tampada. Mexa de vez em quando e prove, sem deixar a água secar totalmente, a ideia é o arroz ficar bem úmido mesmo. Quando o arroz estiver quase pronto adicione os mini tomates, o brócolis já cozido e as vagens cruas mesmo (elas cozinham super rápido). Prove novamente e ajuste o tempero se achar necessário. Finalize com a salsinha picada e regue com um bom fio de azeite. Sirva em seguida, na panela mesmo, que é para dar aquela cara de refeição em família e manter o arroz sempre aquecido.

 

Muuuuito suculento :)

 

Bom Apetite!

 

Bacalhau na Broa

Postado em Bacalhau, Comfort Food, No forno, Peixe, Pratos Principais - 16 de março de 2016

Bacalhau na Broa_blog Figos e Funghis

Quando estive em Portugal em Novembro provei pela primeira vez a famosa receita portuguesa de Bacalhau na Broa, e fiquei tão apaixonada pelo prato que fiz o que sempre faço quando gosto de algo que como fora de casa. Passei a tentar decifrar a receita toda, degustando lentamente cada garfada e tentando identificar os ingredientes. Aproveitei para postar a foto do prato que estava provando lá no meu perfil Instagram (@figosefunghis) e alguns leitores me pediram a receita. Bem, a receita eu não tinha, mas eu também queria muito descobrir. Até que esses dias eu decidi fazer o teste. A broa é um pão de milho, e geralmente seu formato é bem semelhante ao do pão italiano, mas é super difícil de encontrar broa de milho redondinha por aqui e de casca dura, como as que eles servem por lá, a não ser que você conheça uma padoca amiga do peito que faça por encomenda. Como este não é meu caso (ah, que saudade do interior nessas horas) eu acabei usando um pão italiano mini para fazer o meu “bacalhau na (não) broa” hahahaha.

 

A receita que provei tinha batatas amassadas em meio à lascas de bacalhau, creme de leite fresco e um pouco de espinafre, vinha dentro da broa e com uma crosta crocante feita com a mesma, esfarelada. O tempero era muito equilibrado e totalmente delicioso, inesquecível de fato (como quase tudo o que comi em Portugal). Mas a minha versão eu fiz com batata-doce em cubinhos (questão de preferência mesmo) em vez de batatas inglesas amassadas em meio ao creme. Também coloquei bastante espinafre picado e como já expliquei antes, a broa foi substituída pelo pão italiano. Mas o espírito da receita é este, combinado?!

 

Olha, #pelamor , só digo uma coisa: faça, faça, faça! Que receita deliciosa, cremosinha, reconfortante e ainda por cima com uma apresentação linda e fofa! Como resistir?!

 

BACALHAU NA BROA

(Serve 4 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 500g de bacalhau em lascas, dessalgado
  • 1 batata doce grande, descascada e cortada em cubos pequenos
  • 1 xícara (chá) de folhas de espinafre lavadas e picadas
  • 1 de xícara (chá) de creme de leite fresco
  • 1/3 de xícara (chá) de leite
  • 2 folhas de louro
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 cebola pequena bem picada
  • 1 dente de alho espremido
  • pimenta-do-reino e sal a gosto
  • 4 mini pães de casca dura e redondos (pão italiano ou broa de milho, por exemplo)

 

Modo de Preparo: recorte uma “tampa” na parte superior dos pães, retire uma boa parte do miolo tomando cuidado para não rasgar ou perfurar a casca e reserve. Pegue um pouco do miolo, esfarele e coloque em uma tigela. Regue com um fio de azeite e misture bem, em seguida reserve para finalizar o prato. Leve os cubos de batata-doce para cozinhar em água fervente com sal até que fiquem bem macias. Escorra e reserve. Aqueça o azeite e a manteiga e refogue a cebola com o alho e as folhas de louro juntos, sem deixar dourar. Junte as lascas de bacalhau já dessalgadas e refogue por alguns minutos. Adicione o leite, o creme de leite, a pimenta e o sal. Tampe a panela e deixe cozinhar em fogo médio, até o creme ferver. Junte os cubos de batata-doce bem cozidos, o espinafre picado e deixe cozinhar por mais 5 minutos, mexendo algumas vezes e cuidando para o creme não secar.  Desligue, deixe esfriar um pouco e recheie os pães cujos miolos foram retirados. Cubra com o farelo regado com azeite, ajeite sobre uma assadeira (com as respectivas “tampas”) e leve ao forno preaquecido a 190º por 20 minutos, ou até que a crosta esteja dourada e crocante. Sirva bem quente e de preferência com um vinho bem gostoso!

 

Bacalhau na Broa 2_Blog Figos e Funghis

Para ver mais RECEITAS COM BACALHAU acesse este link>>>>>> AQUI!

 

Bom Apetite!

Bacalhau Confit com Cebolas Caramelizadas e Purê de Cenoura

Postado em Bacalhau, Fácil, No forno, Peixe, Pratos Principais - 25 de novembro de 2015

Bacalhau confitado com cebolas e purê de cenoura_F&F

Com tantas receitas de bacalhau aqui no blog já deu para perceber que eu simplesmente amo este peixe maravilhoso né? Pois eu amo mesmo! E na minha viagem de férias que aconteceu este mês eu passei uma semana viajando por Portugal, comendo maravilhosamente bem a preços muito atraentes, e como todo mundo sabe Portugal é a terra em que mais se consome bacalhau salgado no mundo! Só sei que eu provei bacalhau preparado de muitas formas diferentes, desde carpaccio de bacalhau até terrines, sopas, fritos, cozidos, marinados…o que só serviu para que eu me inspirasse mais a preparar novas receitas com o pescado.

 

Mas Fabi, esta receita de bacalhau confit já passou por aqui antes! Sim, já passou, mas dessa vez além do bacalhau eu trouxe pra vocês um acompanhamento delicioso, incrível e viciante, que talvez pelo nome ou a uma primeira olhada você pode esnobar, por parecer muito simples e comunzinho, mas se você acreditar em mim e fizer na sua casa vai ver que eu estou falando sério, muito sério! Não é um purê de cenoura, mas é “o purê” de cenouras, e o segredo dele não está em técnicas mirabolantes de preparo, mas sim nos ingredientes que o compõem.

 

Este purê na verdade foi uma das primeiras papinhas que eu fiz para a Olivia quando a pediatra dela liberou o consumo de temperos mais fortes como curry  e canela, mas pra ela eu faço sem creme de leite e sem manteiga, uso só um fiozinho de azeite mesmo. Em casa ele é um acompanhamento muito versátil para carnes, peixes ou frango e já virou até recheio para quiche! #ficaadica ;)

 

BACALHAU CONFIT COM CEBOLAS CARAMELIZADAS E PURÊ DE CENOURA

(serve 2 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 2 postas grandes de bacalhau já dessalgado (se ainda não aprendeu a dessalgar corretamente o bacalhau aprenda AQUI!)
  • 1 cebola branca grande cortada em meia lua
  • 500 ml de azeite
  • 2 dentes de alho fatiados
  • 12 tomatinhos
  • pimenta moída e sal a gosto

 

Para o purê de cenoura:

  • 3 cenouras grandes descascadas e bem picadas
  • 1 colher (café) de curry em pó
  • 1 colher (café) de açafrão em pó
  • 1 pitadinha de canela em pó
  • 1 dente de alho
  • 1 folha de sálvia
  • 1/2 xícara (chá) de creme de leite fresco
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • pimenta moída e sal a gosto

 

Modo de Preparo: Disponha as postas de bacalhau sobre uma travessa refratária pequena (quanto menor o refratário menos azeite você vai precisar para confitar o bacalhau) com a pela para baixo. Por cima das postas polvilhe sal, pimenta, as lâminas de alho e por fim a cebola, fazendo uma camada generosa de cebola por cima das postas. Regue com todo o azeite da receita, espalhe os tomatinhos pelo azeite e leve ao forno preaquecido a 180º por 40 minutos. Ao final do processo as lascas do bacalhau devem estar se soltando com facilidade e as cebolas devem estar douradas.

Purê de cenoura: Coloque as cenouras picadas em uma panela e cubra com água sem deixar passar muito da altura das cenouras. Na própria panela junte o curry, o açafrão, a folha de sálvia, o alho, a canela, o creme de leite fresco, a pimenta e o sal e cozinhe em fogo baixo até que a cenoura esteja bem macia. Retire a folha de sálvia, e bata com um mixer ou em um liquidificador. Ajuste o sal se for necessário, retorne o purê para a panela, aqueça novamente, adicione a manteiga e misture delicadamente. Sirva em seguida.

Bacalhau confitado com purê de cenoura_F&F

 

Os tomatinhos confitados são sempre disputados “a tapas” em casa…hahahaha

Bacalhau confitado com pure de cenoura_F&F

Então é isso, simples assim! Tá vendo como ir pra cozinha não precisa ser trabalhoso e pode te render pratos lindos que parecem ter sido feitos por bons chefs?!

 

Mais fácil que isso só as receitas do canal do Figos e Funghis lá no Youtube! Você já foi lá conferir?! Vai lá, assiste os vídeos, curte, compartilha, se inscreve no canal e me dá o seu incentivo pra eu ver que tem gente assistindo, achando bacana e com isso me empenhar em fazer cada vez mais delicias pra vocês com todo carinho do mundo! O link é este aqui ó>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>> www.youtube.com/c/figosefunghistv

 

Sigam o blog também no Instagram (@figosefunghis), com novidades diárias, dicas de lugares, comidinhas e receitas :)

 

Beijos!!

 

Bacalhau confit com purê de batata-doce roxa

Postado em Bacalhau, Clássicos, No forno, Peixe, Pratos Principais - 30 de setembro de 2014

Bacalhau confit com purê roxo_F&F

Quem acompanha o blog há tempos já sabe que eu adoro bacalhau, e o amor é tanto que eu já fiz inúmeras receitas e combinações com ele. Desta vez escolhi preparar o bacalhau confitado em azeite e servi-lo com purê de batata-doce roxa. O resultado ficou incrivelmente bom, o sabor forte e marcante do bacalhau casou muito bem com o adocicado do purê de batata-doce, e a cor ficou deslumbrante também. Para dar o toque final eu preparei uma crostinha de pinhão que além de ter ficado um charme só agregou mais sabor ao prato.

 

Para quem não sabe, o método de confitar nada mais é do que cozinhar o alimento em alguma gordura, em baixa temperatura e por um tempo mais longo. Eu gosto muito deste método de cozimento porque além de não alterar as fibras do alimento proporciona mais maciez e mais textura, e no caso do bacalhau é perfeito porque o peixe se desfaz em grandes lascas e o sabor fica ainda melhor em razão de ser cozido totalmente submerso em azeite.

 

Este prato não é apenas bonito, mas é muito saudável também já que o bacalhau possui muitas vitaminas e a batata-doce além de ser rica em fibras possui baixíssimas calorias. Tenho certeza que se for servido em um jantar em qualquer ocasião vai causar ótimas impressões.

 

BACALHAU CONFIT COM PURÊ DE BATATA-DOCE ROXA

(serve 4 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 1 kg de postas de bacalhau limpas e sem pele
  • 500ml de azeite
  • 1 cebola grande cortada em pétalas bem finas
  • 1 colher (chá) de louro em pó
  • pimenta-do-reino moída na hora
  • sal a gosto
  • 10 pinhões cozidos e descascados

 

Para o purê de batata-doce roxa:

  • 4 batatas-doce roxa
  • 4 dentes de alho
  • 1/3 de xícara (chá) de iogurte natural
  • sal a gosto

 

Modo de Preparo: Corte as postas de bacalhau em quadrados médios (os pedaços menores cozinham mais rápido) e disponha em um refratário de modo que não sobre muito espaço vazio (assim o azeite cobre o peixe com mais facilidade e usa-se menos gordura). Tempere os pedaços de bacalhau com o louro em pó, a pimenta, o sal e cubra com as fatias de cebola. Regue com o azeite e leve ao forno a 150º (ou preaqueça em 200º, desligue e coloque o bacalhau com o forno desligado por 20 minutos, depois repita esta operação até que esteja cozido e macio), ou se o seu forno não tiver esta temperatura você também pode optar por cozinhar no fogão, em temperatura mínima por 50 minutos a 1 hora, com os pedaços de bacalhau totalmente submersos em azeite e controlando a temperatura do fogo para não deixar o azeite ferver de jeito nenhum. Enquanto isso prepare o purê de batata-doce roxa, colocando as batatas descascadas para cozinhar em água com sal até que estejam macias e os dentes de alho para assar com a casca regados com azeite e embrulhados em papel alumínio. Retire as batatas da água reservando uma xícara de chá do caldo do cozimento. Amasse as batatas, retire o alho assado do forno, extraia a polpa deles e amasse junto com o purê. Acrescente o iogurte e o caldo do cozimento das batatas até conseguir a consistência desejada (mais ou menos cremoso), ajuste o sal e reserve. Sirva o bacalhau sobre o purê de batata-doce roxa. Finalize com os pinhões bem picados e regue com azeite.

Bacalhau confit com purê roxo2_F&F

 

Bom Apetite!

 

Bacalhau na Brasa

Postado em Bacalhau, Clássicos, Fácil, Peixe, Pratos Principais - 13 de março de 2014

Bacalhau na Brasa_F&F

 

Como vocês sabem aqui em casa nós amamos bacalhau! Prova disso são as inúmeras receitas com este delicioso peixe aqui no blog, com muitas opções diferentes na forma de preparo em pratos que vão dos petiscos aos pratos principais, e hoje trago mais uma forma diferente e super prática de preparar o bacalhau: na brasa!

 

E tem coisa mais gostosa do que reunir a família e os amigos em um domingo de sol e colocar o carvão na churrasqueira? Bom, pelo menos pra mim é um dos programas mais gostosos aos finais de semana, e olha que nem gaúcha eu sou hein…hahahaha. Se bem que hoje o churrasco já é um patrimônio nacional né gente, o país inteiro ama! Foi num desses dias ensolarados que resolvemos colocar um bacalhau na brasa para fazer companhia às carnes e aos deliciosos legumes que não podem faltar num churrasco aqui em casa. Sim, eu amo churrasco mas amo ainda mais aproveitar a brasa quente para grelhar uns legumes, e os meus preferidos do coração são: cebola, pimentão vermelho, abobrinha e berinjela. Você pode colocar qualquer tipo de legumes ou vegetais na brasa, mas estes ficam especialmente bons.

 

Voltando ao bacalhau, não há dificuldade alguma para o preparo dele na brasa, apenas uma dica preciosa: quando eu faço bacalhau na brasa eu o deixo de molho em uma marinada de azeite aromatizado de um dia para o outro, isto garante um sabor muito especial ao peixe assado. A mesma marinada pode ser feita se você quiser aproveitá-la para um bacalhau ao forno, mas seu uso não é tão essencial quanto para o bacalhau feito na brasa.

 

BACALHAU NA BRASA EM MARINADA DE AZEITE AROMATIZADO

(serve 6 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 1 filé grande de bacalhau com a pele de aproximadamente 1,5kg
  • 1 xícara (chá) de azeite
  • 3 dentes de alho amassados
  • 2 folhas de louro
  • 1 colher (chá) de grãos de pimenta rosa
  • 1 colher (chá) de grãos de pimenta preta
  • 1 ramo de tomilho
  • sal a gosto (cuidado com o sal pois mesmo dessalgado o bacalhau ainda guarda um pouco do sal)

 

Modo  de Preparo: Na véspera do preparo coloque o bacalhau em um refratário baixo e regue co, o azeite e adicione todos os outros temperos. Cubra com filme plástico e leve à geladeira até o momento de preparar o peixe. Quando a brasa estiver bem quente coloque o bacalhau sobre uma folha de papel alumínio com a pele para baixo sobre a grelha da churrasqueira e deixe por 20 minutos, depois retire o papel alumínio debaixo do peixe e deixe por mais 30 minutos, ou até que a superfície esteja levemente dourada, a pele crocante e a carne se desfazendo em lascas na parte de dentro. Sirva em seguida.

 

Dica: Para fazer na brasa eu recomendo o uso do bacalhau tipo ling ou o macrocephalus, que são tipos “menos nobres” (se é que se pode dizer este sacrilégio sobre o bacalhau) de bacalhau, pois o gadus morhua (conhecido também como imperial, do Porto, etc) é considerado um tipo muito nobre de bacalhau para ser preparado na brasa e deve ser valorizado com receitas preparadas no forno ou confitados, ou ainda na tradicional receita à portuguesa.

 

Se quiser saber mais sobre bacalhau e tirar algumas dúvidas sobre este delicioso peixe acesse esta matéria esclarecedora que conta muito sobre ele, clicando AQUI

 

É isso aí! Viram que moleza? Por isso que eu disse que o segredinho está na marinada, fazer um tempero caprichado na véspera e deixar o bacalhau curtindo nele faz com que o sabor fique absolutamente espetacular :) Então que tal um deste para este final de semana?

 

Bom Apetite!

Bruschetta de Bacalhau

Postado em Antepastos, Bacalhau, Clássicos, Comidinhas, Fácil, No forno, Petiscos - 18 de outubro de 2013

Bruschetta de bacalhau_F&F

 

Aqui em casa nós amamos bacalhau, e é justamente por isso que tem tantas receitas com este delicioso peixe aqui no blog. Outro dia, assistindo ao programa da Carla Pernambuco em que o tema eram as receitas com bacalhau ela preparou uma brandade e sugeriu bruschettas como uma das muitas formas de servir este delicioso prato. Minha brandade de bacalhau não é igual a dela, nem as minhas bruschettas ficaram iguais às dela, porque modéstia à parte eu amo a minha receita de brandade e já sei fazê-la de olhos fechados, e para a bruschetta preferi usar o que tinha em casa e saiu esta maravilha que vocês estão vendo, mas de qualquer forma o programa e as receitas me inspiraram a preparar este petisco para o meu amor, que sempre pede bacalhau!

 

Como eu já disse, a base para a bruschetta é a brandade, e esta minha receita de brandade é facílima e fica uma loucura…cremosa, saborosa e muito perfumada. Achei que a combinação com as cebolas caramelizadas, os tomatinhos picados e as azeitonas pretas ficou de arrasar, mas se você quiser combinar outros ingredientes fique à vontade. Para a torrada da bruschetta eu usei pão integral de sementes e grãos, um pão delicioso que eu sempre gosto de comprar lá no “lugar de gente feliz”, e como eu já disse aqui outras vezes eu prefiro fazer bruschettas com estes pães mais macios (o meu preferido para bruschettas é o pão ciabatta na verdade), porque depois de levado ao forno o pão italiano tradicionalmente usado nas bruschettas fica com a casca muito dura e isto me incomoda um pouco. Mas isto é uma questão de gosto pessoal mesmo, você pode usar o pão que mais gostar.

 

Gente, mas vamos ao que interessa, o que vocês precisam saber é que esta bruschetta é simplesmente irresistível e tem uma apresentação super fofa. Pode ser servida como entrada de um jantar acompanhada de saladinha, como petisco numa noite com amigos e até como um agrado pra você numa noite solitária acompanhada de uma taça de vinho. A brandade eu já fiz para sobrar, e no dia seguinte rolou spaghetti integral com molho cremoso de bacalhau aqui em casa, ou seja, 100% de aproveitamento, desperdício zero.

 

Bruschetta de bacalhau2_F&F

 

 

BRUSCHETTA DE BACALHAU

(rende 12 unidades médias)

 

Ingredientes:

  • 1 receita de brandade de bacalhau
  • 12 fatias grossas de pão integral (ou italiano, ou ciabatta, ou francês mesmo)
  • 1 dente de alho grande
  • 2 cebolas descascadas e fatiadas
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1 tomate italiano sem sementes picadinho
  • 10 azeitonas pretas sem caroço picadinhas
  • salsinha fresca picada a gosto (no meu caso muita!)
  • pimenta e sal a gosto
  • azeite o quanto baste para finalizar

 

Modo de Preparo: Prepare a brandade de bacalhau, desligue e reserve. Deixe esfriar um pouco. Enquanto isso derreta a manteiga com o azeite numa frigideira e junte a cebola fatiada, deixando cozinhar em fogo médio e mexendo de vez em quando até quase caramelizar. Tempere as cebolas com sal e pimenta e reserve.Preaqueça o forno a 200º.  Enquanto a cebola cozinha, numa assadeira coloque as fatias de pão, dê uma esmagada no dente de alho e esfregue-o em cada uma das fatias.  Leve ao forno por 5 minutos. Retire os pães do forno, cubra cada um deles com uma porção generosa de brandade e retorne ao forno por mais 15 minutos, até a brandade dourar. Retire do forno, ajeite sobre uma tábua de madeira (ou um prato ou travessa) e monte as bruschettas. Por cima da brandade coloque uma porção da cebola caramelizada, depois um pouco do tomate picado, depois um pouco de azeitonas picadas e finalize com a salsa e regue com azeite. Sirva em seguida. A brandade deve estar bem quente e as cebolas mornas. Os tomates e as azeitonas vão frios.

 

Dica: Sirva as bruschettas com um saboroso molho de pimenta para acompanhar ;)

 

Bruschetta de bacalhau3_F&F

 

Bom Apetite!

 

Arroz Integral de Bacalhau

Postado em Arroz, Bacalhau, Comfort Food, Dicas, Fácil, Pratos Principais, Receitas Rápidas - 27 de junho de 2013

Arroz de bacalhau_F&F

Este arroz de bacalhau é muito saboroso, nutritivo e uma ótima opção para reaproveitamento de bacalhau, como foi o meu caso, porque não só de bolinhos vivem as sobras do bacalhau do dia anterior.

Continue Lendo …

Moqueca de Bacalhau

Postado em Bacalhau, Clássicos, Fácil, Peixe, Pratos Principais - 02 de abril de 2013

02_04_2013_10_34_50

Eu sei que a semana santa já passou, mas eu não poderia deixar de dividir esta receita linda com vocês. No feriado eu comi bacalhau preparado pela família, mas no final de semana anterior uma certa pessoa acordou me pedindo logo cedo para preparar moqueca, mas como eu nunca tinha feito moqueca com bacalhau resolvi que dessa vez a moqueca seria luso-baiana…hahahaha

Continue Lendo …

Bacalhau Patriota para Riberalves

Postado em Bacalhau, Clássicos, Dicas, Fácil, No forno, Pratos Principais, publieditorial - 13 de novembro de 2012

Quem já é leitor fiel do blog sabe que eu amo bacalhau e são muitas as receitas com esse delicioso pescado por aqui. Hoje eu trago mais uma delícia de receita com bacalhau que é super fácil de preparar e fica com uma apresentação incrível de linda!

Como eu já falei algumas vezes por aqui, costumo usar nas minhas receitas o bacalhau que já vem dessalgado, o que facilita muito a minha vida na cozinha e faz com que seja possível preparar o bacalhau no mesmo dia em que bate a vontade. Sem contar que, com toda essa facilidade que a vida moderna nos proporciona, não há razão para ficar fazendo a dessalga em casa por dias – no caso dessas postas altas, por exemplo, se eu fosse dessalgar em casa, teria que trocar a água de 3 em 3 horas e levaria aproximadamente 3 dias inteiros para que todo o sal saísse do peixe. Dá preguiça até de pensar, né?

Continue Lendo …

Bacalhau salteado com legumes

Postado em Bacalhau, Fácil, Peixe, Pratos Principais, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas - 18 de outubro de 2012

Esta receitinha com bacalhau é super prática, fácil de preparar e fica pronta em apenas 20 minutos. Como em casa nós gostamos muito de bacalhau eu sempre tenho no meu freezer uma caixinha de bacalhau em lascas já dessalgado. Na verdade eu já compro ele assim e acho muito mais fácil do que ter que se programar para dessalgar o bacalhau, eu prefiro fazer sem programar nada, se der vontade eu descongelo e faço. São os benefícios da vida moderna e eu aproveito mesmo!

Continue Lendo …

Salada de Bacalhau do Brown

Postado em Acompanhamentos, Antepastos, Bacalhau, Fácil, Peixe, Saladas - 05 de outubro de 2012

A receita de hoje não é minha, é do meu “mano Brown” (ou Dr. Gustavo Trevizano nos dias de semana), um amigo muito querido que é cozinheiro de mão cheia e que no meu aniversário fez questão de levar esta delícia de Salada de Bacalhau preparada por ele – receita criada por ele também (sim, tenho amigos chics ;) ) e eu claro ADOREI receber este mimo.  É gente, o Figos & Funghis é uma verdadeira comunidade e as receitas dos amigos são sempre muito bem vindas por aqui!

Continue Lendo …

Arroz Negro com Bacalhau

Postado em Arroz, Bacalhau, Comfort Food, Curiosidades, Fácil, Peixe, Pratos Principais - 12 de julho de 2012

No último final de semana eu recebi um casal de amigos para jantar em casa, e como eu não queria passar muito tempo na cozinha para aproveitar a conversa decidi fazer um prato único, bem prático, fácil e saborosíssimo com bacalhau. Há tempos que eu tinha uma caixinha de arroz negro na despensa e então não pensei duas vezes antes de usá-la.  O arroz negro sempre causa ótima impressão nas pessoas, todos querem saber se ele foi tingido, outros perguntam se é tinta de lulas, mas não, não é nada disso. Eu já contei a história do arroz negro neste post AQUI, bem no início do blog.

Continue Lendo …

Brandade de bacalhau

Postado em Bacalhau, Clássicos, Comfort Food, Comidinhas, Entradas, Fácil, No forno - 23 de abril de 2012

Como em casa nós gostamos muito de bacalhau eu aproveitei os dias seguintes à Páscoa para comprar mais bacalhau e congelar, já que depois da Páscoa os preços deste peixe diminuem. E tinha um pacote de bacalhau já dessalgado e em lascas, então resolvi fazer uma das minhas receitas preferidas com bacalhau, a conhecida Brandade de Bacalhau. A brandade é uma receita típica francesa, e hoje há infinitas variações e adaptações para ela. Eu procurei seguir a receita tradicional, mas dei um jeito de simplificá-la, já que quanto mais fácil, rápida e prática for a receita, melhor! E vou dizer que o resultado é um delicioso creminho fumegante de batata e bacalhau, tão delicioso que fica difícil comer pouco! Esta receita fica perfeita para ser servida em mini panelinhas ou ramequins individuais como entrada de um jantar ou em um coquetel. É puro glamour! 

Continue Lendo …

Bacalhau express ao molho de tomates

Postado em Bacalhau, Fácil, Peixe, Pratos Principais, Receitas Rápidas - 27 de março de 2012

Olha só mais uma opção para o tradicional bacalhau da Páscoa. Esta receita é muito rápida e fácil de preparar, além de requerer poucos ingredientes e ficar bem deliciosa! Em casa nós amamos bacalhau, e quase sempre eu uso o forno para prepará-lo – na verdade o forno é uma extensão de mim mesma, não vivo sem ele – mas dessa vez eu quis fazer na panela mesmo para testar uma versão express. E para combinar com a versão express comprei bacalhau já dessalgado e congelado, assim não houve necessidade de acompanhar o dessalgue na geladeira por 3 dias. 

Continue Lendo …

Bacalhau a Gomes de Sá

Postado em Bacalhau, Clássicos, No forno, Peixe, Pratos Principais - 27 de fevereiro de 2012

Quem está sempre por aqui já percebeu que eu amo bacalhau, aliás, me corrigindo: em casa NÓS somos apaixonados por bacalhau! Pois então, só tenho um probleminha. Todas as vezes que compro bacalhau pra fazer o marido quer sempre a mesma receita, aquele tradicional bacalhau a portuguesa com batatas, tomates, pimentões, cebola e azeitonas, que eu já publiquei aqui há um tempão atrás. Eu também acho o bacalhau tradicional delicioso, foi inclusive o primeiro que eu aprendi a fazer, mas como todo cozinheiro adora um desafio e uma novidade eu sou resistente em fazer sempre a mesma receita e fico tentando convencer o marido a provar outras variações. Desta vez eu coloquei na mão dele um livro LINDO (“Bacalhau da Noruega com Temperos Brasileiros”) que ganhei dos queridos do Bacalhau da Noruega e pedi que ele brincasse de restaurante e escolhesse a receita que quisesse e eu faria. Ele escolheu o Bacalhau a Gomes de Sá, feito com o bacalhau às lascas, muita cebola refogadinha, batatas em rodelas e ovos. E como a Páscoa está chegando sugiro que vocês pensem seriamente na possibilidade de trocar a mesma receita de sempre por uma receita diferente, que pode ser esta aqui, já que o resultado é mesmo maravilhoso, até marido se rendeu <3. Gente, preparar bacalhau é fácil, mais fácil do que a maioria das pessoas imagina, o importante é prestar atenção nas regrinhas de dessalga. Olha só como é fácil:

Continue Lendo …

Salada de bacalhau com grão-de-bico

Postado em Acompanhamentos, Bacalhau, Fácil, Light, Peixe, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Saladas - 15 de janeiro de 2012

Bacalhau é um peixe bem democrático, fica bem em pratos quentes, em saladas, em massas, em gratinados, enfim, eu gosto de preparar o bacalhau de diversas formas diferentes, e o bom é que quanto mais se prepara bacalhau em casa mais se aprende sobre os seus “truques”. Para o jantar de reveillon eu preparei um bacalhau bem gostoso, e com as sobras eu fiz esta salada deliciosa com grão-de-bico, azeitonas pretas, cebola e brócolis cozido. Deixando a modéstia de lado, a salada feita com as sobras de bacalhau ficou divina, surpreendeu realmente. Para acompanhá-la, como era um almoço a beira da piscina, servi torradas caseiras feitas com pão ciabatta. E precisa mais?

Continue Lendo …

Bacalhau Rústico

Postado em Bacalhau, Clássicos, Fácil, No forno, Peixe, Pratos Principais - 24 de novembro de 2011

Quem curte o Figos & Funghis e passa sempre por aqui já sabe que em casa somos fãs de bacalhau, mas no que depender do marido todo bacalhau deve ser feito apenas de uma forma, ou seja, a tradicional receita portuguesa com batatas, pimentões, azeitona, tomate, cebola e muito azeite. Esta versão mais tradicional é de fato deliciosa, não há o que contestar, eu também adoro! Porém como provavelmente ocorre com a maioria dos cozinheiros, eu sofro de “pânico da monotonia gastronômica” – hahahah, será que este termo existe? – e não me sinto confortável com a ideia de fazer sempre um determinado ingrediente da mesma forma, aliás, isso até me deixa um tanto quanto insatisfeita, então o remédio pra isso é inovar, fugir do comum, testar novos sabores, novos aromas, novas combinações, afinal aí está a graça de cozinhar! E o marido? Bom, o marido se não ficar quietinho e achar tudo delicioso fica com fome! Mentira, não sou tão má assim, de vez em quando eu faço o bacalhau tradicional, mas dessa vez eu queria mesmo era o bacalhau assado sozinho, bem rústico e que depois se desmanchasse em lascas para que eu pudesse servi-lo com o mais delicioso creme de espinafre ever. Para fazer um teste eu usei pedaços de lombo de bacalhau gadus morhua (cod para alguns) que já comprei dessalgados e congelados e ver se são realmente tão bons quanto a propaganda, e vou dizer que gostei! O preço foi honesto e o peixe também, felizmente era um autêntico gadus morhua (o que as vezes não acontece), quase não tinha espinhas e ao descongelar não soltou aquela aguaceira que acontece com outros tipos de peixe congelado – e que eu sempre procuro evitar, porque peixe bom é peixe fresco – com exceção ao bacalhau congelado que passou no meu teste. Agora eu sei que nos momentos de falta de tempo não terei problema algum em recorrer a ele pois já vem dessalgado. Olha só que coisa mais fácil esta receita gente:

Continue Lendo …

Salada de Bacalhau com Grão de Bico

Postado em Acompanhamentos, Bacalhau, Clássicos, Entradas, Fácil, Receitas de Família, Receitas Rápidas, Saladas - 13 de outubro de 2011

Esta salada linda e super apetitosa foi feita pela minha avó, que cozinha muito bem, embora atualmente só frequente a cozinha em datas especiais, como desta vez que ela preparou a salada deliciosa de bacalhau para um almoço em família. A receita é bem simples mesmo, não tem novidade, mas quem é que resiste? Aqui foram utilizados grão-de-bico cozido, azeitonas de 2 tipos, bacalhau, salsa e bastante azeite. Olha só que delícia de receita, diretamente da matriarca da família:

Continue Lendo …

Bacalhau ao forno com arroz negro

Postado em Bacalhau, Fácil, No forno - 06 de junho de 2011

Como aqui em casa nós amamos bacalhau, eu preparo este peixinho pelo menos uma vez ao mês, e para não enjoar fazendo sempre a mesma receita eu gosto de variar o modo de preparo e os acompanhamentos, e olha, vou dizer uma coisa pra vocês: o meu preconceito com outras receitas de bacalhau se foi há tempos.

Pot Pie de Bacalhau com Lentilhas

Postado em Bacalhau, Fácil, Tortas - 18 de abril de 2011

Pois é, bacalhau de novo por aqui! Mas com a Páscoa batendo na porta não dá pra não pensar no bacalhau né? Esta receitinha aqui é moleza, muito fácil mesmo, além disso é bem prática e pode ser servida como prato único ou como uma entradinha em pequenas porções. Fica delicioso porque o bacalhau combina super bem com lentilhas e batatas. A apresentação também fica um charme, como mini tortinhas servidas em potes, por isso o nome “Pot Pie”.