Bolinhos de Batata-doce Assados

segunda-feira, 06 de fevereiro de 2017


Bolinho de batata-doce2_Blog Figos e Funghis

Vira e mexe eu falo aqui sobre termos opções saudáveis sim, mas ao mesmo tempo comida saudável tem obrigação de ser gostosa. Inclusive, a denominação “comida saudável” pra mim me remete imediatamente a alimentos frescos, naturais e que a natureza nos dá. São tantas possibilidades que os alimentos da terra nos proporcionam, e embora eu sempre tenha tido muito interesse pela comida saudável foi depois de ter me tornado mãe que esta questão virou uma espécie de obsessão pra mim, e o motivo é bem simples: eu tinha pânico de que minha filha se tornasse uma criança seletiva que rejeitasse legumes, frutas e verduras. Por isso desde quando a Olivia iniciou a introdução alimentar eu fico imaginando novas formas de servir um determinado alimento. Dessa vez quem virou bolinho foi a batata-doce, que todos em casa adoram!

 

Na verdade esta é uma receitinha bem básica, muito fácil de preparar e que pode ter algumas variações. No lugar da batata-doce você poderia usar abóbora japonesa, cenoura, mandioquinha e até mesmo batata inglesa. Os temperinhos são os responsáveis pelo sabor, e a temperatura alta do forno garante a casquinha crocante do lado de fora. Pode ser servido como entrada em tamanho menor, pode ser servido como prato principal de uma refeição vegetariana e pode ainda ser usado como substituto do hambúrguer carnívoro em um delicioso sanduíche.

 

Esta receitinha tem o plus de instigar a curiosidade das crianças, porque toda criança ama bolinhos para comer com as mãos, e lá em casa a Olivia adora ficar chuchando o bolinho em algum molho. Neste dia que tirei as fotos eu servi os bolinhos acompanhados de um delicioso relish de abobrinha que eu também ensino hoje aqui. Aliás, já vou avisando que este relish é altamente viciante por ser absurdamente delicioso, além de durar até 1 semana armazenado em pote com tampa na geladeira!! Espero que gostem! Se alguém fizer a receita ou alguma variação dela vem aqui contar, combinado?

 

BOLINHOS DE BATATA-DOCE ASSADOS

(rende 6 unidades grandes ou 12 pequenas)

 

Ingredientes:

  • 2 batatas-doces bem lavadas
  • 2 ovos
  • 1/2 xícara (chá) de quinoa já cozida
  • 1 fio de azeite
  • salsinha picada a gosto
  • 1 colher (chá) de curry
  • sal

 

Modo de Preparo: Preaqueça o forno em 220º. Leve as batatas-doces para cozinhar com a casca até que estejam bem macias. Escorra e descasque. Em uma tigela coloque as batatas e amassa-as. Junte os ovos, o curry, a quinoa cozida, e a salsinha picada. Por fim adicione o azeite e o sal. Misture tudo muito bem até obter uma massa firme e temperada por igual. Modele os bolinhos no formato que desejar (bolinhas ou mini hambúrgueres) e ajeite sobre a assadeira levemente untada com um fio de azeite. Leve para assar por 15 minutos, depois retire do forno, vire os bolinhos e torne a assar por mais 15 minutos. Sirva quente.

Bolinho de batata-doce_Blog Figos e Funghis

 

RELISH DE ABOBRINHA

(rende aproximadamente 300g)

 

Ingredientes:

  • 3 abobrinhas pequenas bem lavadas e cortadas em cubinhos
  • 1/2 cebola bem picada em cubinhos
  • 2 dentes de alho ralados ou triturados
  • 1/4 de xícara (chá) de vinagre branco (usei de arroz, mas pode ser de maçã)
  • 1 colher (sopa) de semente de mostarda em grãos
  • 1 pitada de açúcar demerara
  • 1 dente de cravo
  • 1 folha de louro
  • 1/4 de xícara (chá) de azeite
  • sal a gosto
  • pimenta moída a gosto (opcional – se for servir para crianças não coloque)

 

Modo de Preparo: Em uma frigideira aqueça rapidamente um fio de azeite. Refogue em seguida a cebola até ficar transparente, e o alho rapidamente. Junte a abobrinha picada e salteie por apenas 2 minutos. Elas devem ficar crocantes mesmo. Reserve. Em outra panelinha junte o vinagre, a folha de louro, o dente de cravo, o açúcar e o sal e deixe ferver. Desligue e espere esfriar. Coloque a abobrinha reservada em um pote e regue com a mistura de vinagre, completando com o azeite em seguida. Armazene fechado em geladeira e sirva com bolinhos, pães, torradas ou como complemento de sanduíches.

Bolinho de batata-doce3_Blog Figos e Funghis

Que tal preparar esta receita fácil e deliciosa nesta #segundasemcarne ?

 

Bom Apetite!

 

9 Comentários para “Bolinhos de Batata-doce Assados

  1. Fabiana, que demais essa receita! tinha feito abóbora refogada hoje no almoço e ela vai virar esses bolinhos agora no jantar! não gosto de comer oq sobrou com a mesma cara (rs) entao veio em ótima hora! obrigada

    • Cristina, pode substituir sim, ou por aveia em flocos, ou por amaranto cozido ou até mesmo por trigo de kibe. Se não quiser nenhum deles pode fazer sem que também dá certo!
      Beijo!

  2. Muito legal a receita. Também tenho uma filha pequenas e as novidades sempre agradam. Uma perguntinha: a quinoa pode ser substituída por outra coisa?

    Fernanda

    • É isso aí Fernanda, a responsabilidade por educar nossos filhos para se alimentarem de forma saudável é toda nossa, e inserir novidades na rotina alimentar é a melhor forma de aguçar a curiosidade dos pequenos e fazê-los gostar de novos sabores.
      Como eu sugeri para a Cristina aqui abaixo a quinua pode ser substituída por aveia em flocos, por trigo de kibe ou amaranto cozido, mas pode simplesmente suprimir da receita que também funciona.
      Beijo!

  3. Oi Fabi, vc não acredita a dúvida que eu tive (!!) como cozinhar a quinoa (que vergonha rsrs). Fui fazer a receita e na hora de cozinhar a quinoa coloquei água meio no olho, ficou meio molengo.. dá uma dica aí ;-) É bom pq quinoa serve tb pra outros pratos, saladas, etc.
    Obrigada!
    (PS.: aquela proporção de água que vc ensinou p/ 1 xícara de farinha de kibe sempre dá certo qdo faço kibe assado!)

    • Oi Raquel! Hahahaha, isso acontece, mas logo vc pega o jeito com a quinoa. Meu truquezinho é colocar primeiro a quinoa na panela e depois colocar a água somente até cobrir, cozinhar em fogo alto até levantar fervura e depois reduzir para o fogo baixinho, conforme a água for secando se a quinoa ainda não estiver cozida al dente eu só vou “pingando” mais água bem aos pouquinhos, e nesta etapa final sempre com a panela tampada. Desse jeito o grão fica perfeito para qualquer receita, ou para substituir o arroz mesmo ;)
      Beijo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *