Risoto de Beterraba

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

risoto-de-beterraba2_figos-funghis

O risoto é um verdadeiro coringa na cozinha. Como já falei aqui antes ele pode ser neutro e desta forma acompanha muito bem qualquer tipo de proteína, desde um suculento bacalhau até um corte de cordeiro. A receita de hoje é inspirada em um delicioso risoto de beterraba que a Helena Rizo faz no restaurante Mani, mas como não tenho a receita deles eu o preparei conforme a minha intuição. Sim, eu sei que muita gente não gosta de beterraba, mas sei também que quem gosta vai delirar com este risoto aqui, e garanto que o sabor não fica muito acentuado não, a influência da beterraba contribui mais mesmo é na cor. Lindona por sinal, né?!

 

Se você é daqueles que ama ter um risoto entre as opções de menu das festas de final de ano esta é uma bela sugestão, e na minha opinião combina divinamente bem com um cordeiro ao ponto, rosado por dentro ou com um peixe branco como o robalo ou a pescada cambucu. Eu acho a combinação entre beterraba, queijo de cabra e amêndoas torradas perfeita, mas se você quiser omitir ou substituir algum desses ingredientes fique à vontade. O preparo do risoto é o basicão de sempre, como eu explico em detalhes neste post AQUI , mas o pulo do gato e o truque essencial nesta receita é preparar o risoto com o suco das beterrabas cruas para que a cor se mantenha assim tão viva, pois da primeira vez que eu fiz decidi processar as beterrabas depois de cozinhá-las no vapor e a cor do meu risoto não ficou tão legal quanto desta vez. Se quiser um risoto mais sofisticado para servir como prato único ou impressionar alguém esta é a sua chance!

 

RISOTO DE BETERRABA COM QUEIJO DE CABRA E AMÊNDOAS TORRADAS

(serve 4 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 4 beterrabas pequenas ou 3 médias descascadas e picadas em cubos
  • 1/3 de xícara (chá) de água filtrada
  • 1 xícara e 1/3 (chá) de arroz próprio para risoto (arbório, carnaroli ou vialone nano)
  • 1/2 xícara (chá) de vinho branco seco
  • 1 e 1/2 litro de caldo de legumes caseiro**
  • 1 folha de louro
  • 1 cebola grande bem picada
  • 1 dente de alho ralado
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 4 colheres (sopa) de queijo parmesão ralado
  • sal a gosto
  • amêndoas com ou sem pele
  • queijo de cabra cremoso (tipo chévre) e salsinha fresca para finalizar

 

Modo de Preparo: Em um liquidificador bata as beterrabas em cubos com a água por alguns segundos até que consiga obter um suco grosso. Se for necessário adicione mais um pouquinho de água para ajudar a bater. Mantenha o caldo bem quente durante todo o preparo do risoto, em uma boca do fogão ao lado da panela do risoto. Em uma frigideira grande e funda (gosto de usar uma wok com cabo para preparar meus risotos) aqueça a manteiga junto com o azeite em fogo alto e refogue a cebola até começar a fritar. Junte o arroz e toste um pouco, mexendo até que todos os grãos estejam recobertos pela mistura de manteiga e azeite. Mantenha o fogo alto ainda. Adicione o vinho branco e deixe o álcool evaporar e o vinho reduzir. Quando o vinho reduzir adicione a folha de louro e comece a adicionar o caldo, uma concha por vez, e mexendo o risoto a cada nova adição do caldo. Quando o arroz começar a cozinhar intercale a adição do suco de beterraba com o caldo restante. Continue regando com o caldo de legumes bem quente (quase fervendo) e com o suco de beterraba e não pare de  mexer o risoto ainda em fogo alto, até que os grãos de arroz estejam al dente, ou seja, ainda um pouco durinhos no centro. Acrescente uma última concha de caldo, mexa novamente e desligue a panela. Acrescente o queijo parmesão ralado, 1 colher de sopa de manteiga gelada e misture delicadamente ao risoto (isto serve para dar brilho e deixar o arroz ainda mais cremoso). Pique e toste as amêndoas rapidamente em uma frigideira bem quente. Distribua o risoto nos pratos, finalize com pedacinhos do queijo de cabra cremoso, adicione uma porção das amêndoas tostadas, com algumas folhas de salsinha fresca e regue com azeite. Sirva em seguida com queijo parmesão ralado na hora, à parte.

 

** Eu explico como faço o meu caldo caseiro de legumes neste post AQUI.

risoto-de-beterraba-final_figos-funghis

 

Bom Apetite!!

 

Um comentário sobre “Risoto de Beterraba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *