Kebab de kafta

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Kebab de kafta final_F&F

Eu amo esses lanchinhos práticos que matam a fome em qualquer momento do dia. Basta colocar o recheio da sua preferência, adicionar algum molho ou tempero, juntar tudo no meio do pão e nhac! É justamente este o caso dos deliciosos kebabs, sanduíches de origem turca com recheio de carne, cebola crua, alguma pasta e salada e depois enrolados em pão árabe.

 

Outro dia eu tive vontade de fazer homus e aproveitei para fazer bastante porque penso: já que vou ter que sujar o processador vou fazer homus para a semana toda. E assim o homus virou recheio de kebab fazendo a nossa alegria numa jantinha leve e muito saborosa de dia de semana. Jantar rápido, prático e facílimo de preparar já que cada um monta o seu próprio sanduíche e repete quantas vezes a fome pedir.

 

Desta vez eu fiz os meus kebabs com recheio de kafta, mas também já fiz com peito de frango em cubos, grelhado e até uma versão vegetariana com legumes assados e posso garantir que todas elas ficam igualmente deliciosas. Se você não tiver tempo de fazer homus pode substituir por coalhada seca, molho de iogurte, queijo cottage ou patê de ervas. Folhas verdes, cebola e tomate também não podem faltar no meu kebab. Quanto ao pão, eu confesso que prefiro usar o pão sírio do tipo folha, por ser mais leve, mas desta vez como eu não tinha fiz com o pão pita mesmo.

 

KEBAB DE KAFTA

(para 4 sanduíches)

 

Ingredientes:

  • 2 pães pita grandes (separe e use uma metade para enrolar cada sanduíche)
  • 4 colheres (sopa) bem generosas de homus
  • 1 cebola roxa fatiada bem fininha
  • 1 tomate grande sem sementes fatiado em meia lua
  • folhas de alface a gosto
  • 12 mini kaftas feitas em formato de almôndegas e grelhadas (receita AQUI)
  • azeite, limão e sal a gosto
  • molho de iogurte (opcional)

 

Modo de Preparo: Faça as kaftas, molde como mini hambúrgueres ou almôndegas e grelhe até o ponto desejado. Em uma das extremidades de cada metade de pão passe o homus. Acrescente a folha de alface, fatias de tomate, cebola e tempere com azeite, limão e sal. Por fim acrescente 4 mini kaftas em cada sanduíche e enrole. Se achar necessário prenda com palitos para segurar o pão fechado, ou enrole em guardanapos. Sirva com mais homus e molho de iogurte para acompanhar.

 

Bom Apetite!

 

 

6 Comentários para “Kebab de kafta

  1. Oi….acompanho seu blog diariamente, mas quase nunca comento, queria te dizer que amo suas receitas e te dar parabéns não só pelo blog como tb pelo baby!!!! Mas o que queria realmente era saber qual é o forno que vc usa, estou renovando minha cozinha e louca por um forno com grill, pois vc posta umas receitas que ficam com aquele douradinho lindo….quero um igual kkkkkkk Parabéns mais sucesso e que sua Olivia venha com muita saúde bjs

    • Oi Marina, muito obrigada!
      O meu forno é ótimo, e por isso mesmo eu vou te recomendar. É o Brastemp Gourmand, ele tem grill (daqueles de verdade, sensacional mesmo!), tem modo específico para assar pães, outro para apenas manter os pratos aquecidos,tem aquelas temperaturas bem mínimas boas pra fazer suspiro, por exemplo e tem também as bem altas, é quase um forno profissional para uso doméstico. Na verdade eu o trato como um forno profissional pois não vejo diferença entre eles. A potência dele é absurda, e ganha temperatura rapidamente. Ao final do preparo dos pratos ele tem um sistema de ventilação que joga o ar quente acumulado para fora do forno pela fresta da porta da frente, sem danificar a parte de trás do seu móvel. Estou com ele há 3 anos e nunca deu problema algum. O meu é de embutir, não sei se há outras versões que não sejam embutidas. O preço é um pouquinho salgado, mas por tudo o que ele faz vale mesmo à pena!
      Espero poder ter te ajudado ;)
      Beijinhos!

  2. A-do-r0 uma comidinha árabe, mas nunca tentei fazer nada em casa, quando dá vontade aqui no Rio tem dois restaurantes bacanas, um deles fundado na década de 40, no meio do Saara. Vale a pena enfrentar aquele caos só pelas comidas, como não como carne amo aqueles bolinhos de grão-de-bico, acho que chama falafel (preciso aprender a fazer), e os doces… quase morro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *