Peixe Grelhado com Risoto de Brócolis

segunda-feira, 04 de fevereiro de 2013

Badejo com risoto_F&F

Começo de semana é sempre uma ótima ocasião para decidir optar por uma alimentação mais saudável ao menos durante a semana, e no meu caso não pode faltar peixe. Por inúmeros motivos o peixe é um alimento que só faz bem à saúde, e eu tenho várias amigas gravidinhas que me pediram algumas receitas com peixe porque seus médicos recomendaram ingerir bastante peixe durante a gestação, eles dizem que faz muito bem ao baby!

 

Um dos meus peixes preferidos é o badejo, ele é um peixe de carne mais firme e por isso fica ótimo grelhado já que não corre o risco de desmanchar. Outros peixes bons para grelhar por terem carne mais firme são o robalo, o salmão e o bacalhau. Dessa vez eu optei por temperar os filés com casca de laranja ralada além dos outros temperos, e achei que ficou simplesmente divino! Para acompanhar um risoto leve e muito saboroso de brócolis.

 

PEIXE GRELHADO COM RISOTO DE BRÓCOLIS

(para 2 pessoas)

Ingredientes:

  • 2 filés grandes de peixe (usei badejo)
  • 1 colher (sopa) de casca de laranja ralada na parte mais fina do ralador
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 1 pitada de sal
  • 1 pitada de pimenta

Para o risoto:

  • 1/2 xícara (chá) de arroz arbóreo
  • 2 xícaras (chá) de brócolis separados em mini buquês
  • 1/2 cebola pequena picadinha
  • 1 dente de alho amassado
  • 1 colher (sopa) de azeite
  • 1/2 xícara (café) de vinho branco seco
  • 1 litro de caldo de legumes caseiro*
  • queijo parmesão ralado a gosto
  • sal a gosto

Modo de Preparo: Tempere os filés de peixe com a casca de laranja ralada, com azeite, pimenta e sal e deixe descansar por uns 10 minutos. Enquanto isso comece a preparar o risoto. Refogue a cebola e o alho no azeite até ficarem bem macios e começarem a dourar. Junte o arroz e dê uma boa fritada. Junte o vinho e quando evaporar comece a regar com o caldo de legumes caseiro*. Quando o arroz estiver quase macio junte o brócolis e continue a regar o arroz com o caldo sem parar de mexer, sempre delicadamente. Assim que o brócolis estiver macio e o arroz al dente junte mais uma boa concha de caldo e ajuste o sal se for necessário. Quando o risoto estiver pronto regue com um fiozinho de azeite e tampe. Numa frigideira bem quente grelhe os filés de peixe por 3 minutos de cada lado e sirva sobre o risoto de brócolis. Finalize com queijo parmesão ralado.

 

Caldo Caseiro de Legumes: Descasque e corte em grandes pedaços 2 cenouras, 2 talos de alho poró, 1 cebola, 1 folha de louro, pimenta e sal a gosto. Coloque tudo numa panela e cubra com 1,5 litro de água. Leve ao fogo até ferver, e então reduza o fogo para o mínimo e deixe cozinhar por 20 minutos. Para usar o caldo basta coar os legumes (você poderá desprezá-los pois todo o sabor e vitaminas ficaram no caldo).

 

Bom Apetite!

 

4 Comentários para “Peixe Grelhado com Risoto de Brócolis

  1. Adoro seu blog mas tenho que discordar da afirmação que peixe SÓ faz bem á saúde. Cuidado! Devemos procurar saber a procedência desse peixe e há muitos estudos que vários estão cheios de metais pesados. Eu, que tenho um irmão autista, sei de estudos de pessoas que estavam grávidas e alimentaram de peixes e seus filhos podem ter se tornado autistas, já que há estudos que eles não eliminam bem esses metais. E se forem peixes de cativeiro, há estudos que muitos estão sendo tingidos com corantes (salmão por exemplo) pra ficarem com a cor bonita. Bom, é só um alerta! Peixe faz bem se a pessoa souber a procedência. Claro que até nos vegetais que comemos há uma grande quantidade de metais graças aos venenos que os “protegem” dos insetos mas devemos estar conscientes disso. Não quero ser a chata da alimentação mas gostaria de esclarecer isso. Beijos

    • Oi Luiza, agradeço pela sua contribuição. É claro que eu sei que há alguns tipos de peixe que são contaminados e etc., mas isso acontece mais com os peixes “importados” que compramos, como aquele peixe ultra barato que vem da Ásia (panga), que é criado em águas imundas e pode trazer muitas doenças, enfim. Acontece que isso é a exceção até onde eu sei, e creio que a maioria das pessoas faz como eu: compra seus peixes nos locais em que já confia e conhece a procedência. E também não tem como escrever posts pensando sempre nas exceções, imagina só que chato que ficaria o texto sempre cheio de ressalvas. Eu estou me comunicando com o meu leitor e acho justo usar expressões que atraem a atenção dele, como acontece em todos os meios de comunicação que lemos, certo? Os peixes do nosso litoral são muito bons para o consumo, acho que temos que ser cautelosos sempre, mas sem levar as exceções como regras.
      Bjos

  2. Oi Fabiana!

    Estou aprendendo a cozinhar e o seu blog me ajuda muito!!! Só queria tirar uma dúvida, na hora de grelhar o peixe, você coloca em uma frigideira normal com um fio de azeite ou é aquela frigideira especial para grelhar? Porque quando eu tento fritar do jeito normal esses filés de peixe sempre grudam tudo, é um horror!

    Beijoo
    :D

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *