Quibe de Abóbora light

quarta-feira, 07 de novembro de 2012

Eu gosto muito desta receita de quibe de abóbora porque além de ser muito simples e fácil de preparar é uma receita super saborosa e saudável. Com esta receita aqui os vegetarianos conseguem comer um quibe delicioso e os que estão de dieta podem comer sem culpa porque é light!

Eu faço bastante esta receita em casa e todos que provam adoram, ela já passou aqui pelo blog antes lá no comecinho do Figos & Funghis e sempre fez o maior sucesso, mas agora ela está ainda mais simplificada. Para complementar eu gosto de fazer cebolas caramelizadas bem macias para cobrir o quibe antes de servir, fica com uma carinha tão glamourosa! Tenho certeza que depois que você provar esta receita ficará tão fã dela quanto eu :)

Quibe de Abóbora com Cebolas Caramelizadas

(para 4 pessoas)

Ingredientes:

  • 1 kg de abóbora japonesa descascada e cortada em cubos
  • 1 xícara (chá) de trigo para quibe
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 colher (café) de pimenta síria (ou pimenta com cominho)
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • sal a gosto
  • 2 cebolas grandes descascadas e fatiadas
  • 1 colher (sopa) de óleo de canola ou azeite

Modo de Preparo: Cozinhe os cubos de abóbora no vapor até que estejam macias (aproximadamente 10 minutos). Enquanto cozinha a abóbora hidrate o trigo de quibe em um bowl e regue com água quente até cobrir a altura do trigo. Cubra com um prato e depois envolva em um pano e deixe descansar por 10 minutos. Amasse a abóbora ainda quente e tempere com alho, pimenta, azeite e sal. Solte os grãos do trigo com um garfo e depois junte ao purê de abóbora. Misture bem até que tudo esteja bem incorporado. Ajeite em um refratário alisando a superfície e leve para assar em 180º por 20 minutos. Aqueça o óleo de canola em uma frigideira grande e junte a cebola. Polvilhe sal e pimenta a gosto e deixe caramelizar até que estejam bem macias, adocicadas e com uma cor levemente dourada. Depois que o quibe sair do forno cubra com as cebolas e sirva em seguida.

Eu também gosto de servir este quibe de abóbora com um delicioso Arroz com Lentilhas. A receita do arroz com lentilhas você encontra neste link aqui: http://figosefunghis.com.br/2010/01/meu-arroz-com-lentilhas-para-o-ano-novo.html

E ó, esta receita de Arroz com Lentilhas é simplesmente perfeita para as festas de final de ano :)

Bom Apetite!

 

 

11 Comentários para “Quibe de Abóbora light

  1. Fácil e lindo. Eu já fiquei com ideia de assar a abóbora antes, em vez de cozinhá-la – e complicar a vida, né, porque ia demorar três meses… será que daria certo ou ressecaria demais?
    É só pela curiosidade, porque legume assado é sempre tão, tão bom…

    =*

  2. Oi faby! Tudo bem? Vou à São Paulo na próxima semana e gostaria de alguma indicação, se possível, de uma boa cantina no bairro do Bixiga. Como acompanho seu blog já há algum tempo e sei do seu bom gosto e excelente paladar, pensei que talvez vc pudesse me ajudar. Obrigada! Um abraço, Renata.

        • Oi, já voltei!!! Adorei o restaurante, tinha até música ao vivo!! Uma graça!! Obrigada pela dica :) Outro restaurante que eu fui e gostei mto foi o Killa, não sei se vc conhece, é um restaurante peruano. Adoro comida peruana, já passei mtos meses no Peru, e posso dizer que a comida do Killa é maravilhosa. Fica a dica tb. Bjs.

  3. Olá Fabi,

    Obrigada por esta receita, deu água na boca! Pena nao ter trigo para kibe por aqui… Nao tenho a mínima ideia da onde achar, afinal kibe por aqui nao se conhece! Dizem no Brasil que é “comida de árabe”, mas em restaurante “árabe” (que já é um grupo de países beeem distinto e diferente e a gente coloca tudo num nome só, hehe) se acha de tudo que se vê no Brasil, menos kibe. Interessante, né?
    E aqui ainda é outono, época de abóboras! Especialmente aqui na Suíça podemos encontrar barracas abertas nas estradas, onde os agricultores deixam kilos e kilos de diferentes abóboras, é tao lindo! E o mais impressionante: tudo se passa à base de confiança: você vai, escolhe as abóboras que quiser, calcula o preço e coloca o dinheiro numa caixa de madeira. é o máximo!
    Enfim, quando eu achar o trigo de kibe, vou fazer esta receita! Eu adicionaria um pouco de açúcar na cebola, enquanto ainda está na frigideira, para carameliza-la ainda mais! Daria um toque especial à abóbora, que combina bem com o sabor doce! :-)

    Abraço,
    Michèle

    • Oi Michele, que pena que aí é difícil de achar trigo para kibe :( Mas se você estiver com muita vontade pode substituir por couscous marroquino, acho que fica bem parecido também. Eu amo colocar açúcar para caramelizar as cebolas, principalmente o açúcar mascavo, fica incrível, mas como eu estou numa fase mais light desta vez deixei o açúcar de fora…kkkkk
      Beijos e obrigada pelas dicas!

  4. Oi Fabi! Fiz a sua receita ontem mas não usei a abóbora japonesa e achei que, apesar do gosto e o aspecto ter ficado muito bom, o trigo sumiu, ficou só o gostinho, mas não ficou igual ao da foto! Você acha que a proporção da quantidade de abóbora deve ser menor? Outra coisa, misturei tb…;) outra receitinha sua, e coloquei no meio creme de ricota… hum… ficou muito bom! Bjs e obrigada por compartilhar tantas receitinhas fáceis, rápidas e saudáveis! Beeeijos!

    • Oi Gisela! Então, eu prefiro usar a abóbora japonesa nesta receita porque ela é mais consistente, não tem tanta água como as outras variedades. Pelo sabor eu gosto de todas elas, mas para o quibe a consistência da abóbora japonesa é melhor. E é essa consistência que faz o quibe ficar firme. Outra dica importante para esta receita: sempre cozinhe a abóbora no vapor ou no forno embrulhada em papel alumínio, porque se você cozinhar em água por mais que você escorra a água depois a abóbora já terá absorvido bastante, então na hora de amassar ela solta e atrapalha na consistência.
      Este quibe recheado com o creme de ricota fica muito gostoso também!
      E que bom que você curte as receitas daqui, venha sempre :)
      Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *