Caldo Verde Light

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Muitos de vocês já devem conhecer o tradicional Caldo Verde, uma tradicional sopa portuguesa feita à base de creme de batatas e couve cortada em tirinhas bem finas. O caldo verde tradicional leva ainda rodelas de linguiça, mas eu resolvi fazer uma versão light desta delícia e por isso utilizei apenas duas batatas e substituí a linguiça por peito de peru. O resultado foi o mesmo sabor da sopinha tradicional, bem cremosa e deliciosa, mas com menos calorias.

Para o frio que resolveu retornar à SP em plena primavera esta sopinha caiu muito bem, tornou uma noite fria muito mais agradável. Olha só que fácil é preparar esta sopinha gente:

Caldo Verde Light

(serve 4 pessoas)

Ingredientes:

  • 2 batatas grandes descascadas
  • 1 cebola pequena picada
  • 1 dente de alho amassado
  • 1 maço de couve cortada em tirinhas 
  • 1,5 litro de água
  • 1 cubinho de caldo de legumes ou galinha (uso aquele que tem menos sódio)
  • 4 fatias de peito de peru
  • sal a gosto

Modo de Preparo: Corte as batatas em cubos médios e reserve. Enquanto isso refogue a cebola e o alho em um fio de azeite até ficarem macios. Junte as batatas, adicione o cubo de caldo e cubra com a água. Deixe cozinhar até levantar fervura, depois reduza o fogo para o médio e cozinhe até as batatas ficarem macias. Desligue o fogo, bata as batatas e o caldo ainda na panela com um mixer (ou passe tudo para um liquidificador). Ligue novamente o fogo e acrescente a couve. Cozinhe por mais 5 minutos, ajuste o sal se achar necessário, junte o peito de peru cortado em tirinhas e sirva com um fio de azeite.

Bom Apetite!

 

9 Comentários para “Caldo Verde Light

  1. Certeza que essa vai pintar lá em casa!!! Tenho uma criancinha de 8 anos que é apaixonada por sopas!!! Fala sério… pirei nas tirinhas suuuuper finas de couve!!! Bjão

    • Oi Carol! Eu também sou uma “criancinha de 32 anos” apaixonada por sopas <3! hahahaha.
      Você sabe que uma das primeiras coisas que eu aprendi a fazer na cozinha foi cortar verduras em tirinhas muito finas? Eu adorava empilhar as folhas, enrolar e depois cortar, do jeitinho que minha avó me ensinou e faço assim até hoje! Uma terapia!
      Beijos!

  2. Eu testei uma “versão” de caldo verde com aquela sopa de couve flor que você postou. Ficou muito boa também e bem levinha!!! Aprovada por todos! ;)
    Abraços

  3. Acho que as receitas são maravilhosas, só não gosto do uso de caldo Maggi ou similar, pois 2 pratinhos desta sopa facilmente são 60 – 70 % do sódio máximo diário de um adulto saudável. Não é demais? Isso sem contar o sal do peito de peru. Aí pode chegar a 80 – 100 % do sódio. Abraços,

    • Waleska, em casa eu só uso caldo caseiro porque acho mais saudável e mais saboroso, mas aqui no blog eu sempre passo as receitas com a opção do caldo caseiro ou do caldo industrializado porque nem todas as pessoas tem tempo ou sabem preparar caldo caseiro, então pela praticidade acabam optando pelo industrializado. Mas com toda certeza o caldo caseiro além de ser mais saboroso é bem menos gorduroso e contém menos sódio.
      Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *