Moussaka

terça-feira, 14 de agosto de 2012

Com tantas receitas de berinjela aqui no blog acho que não preciso nem dizer que eu amo berinjela né? E para os “berinjela lover’s” como eu esta receita é de pirar mesmo, é muito gostosa, tão gostosa que não dá para parar de comer enquanto o fundo da travessa não aparece!

A moussaka é quase uma lasanha de berinjela, é um prato típico da culinária grega e é feito com berinjela (claro!), carne e molho bechamel (o famoso molho branco). Pesquisando sobre a origem do prato li que há muitas versões para a moussaka, mas em casa minha mãe sempre fez só com berinjela, carne moída e molho branco. Então para mudar um pouco e experimentar uma versão diferente desta vez eu resolvi fazer a versão chamada de moussaka moderna, que leva algum tipo de vegetal, que no caso o escolhido foi a batata. Procurei algumas receitas e me deparei com várias boas, mas acabei fazendo uma versão que eu julguei ser mais prática, mudei um pouco a forma de preparo e temperei tudo do meu jeito, enfim, saiu uma Moussaka na minha versão. Preciso dizer que esta receita não é tão rápida de preparar porque precisa esperar a etapa de forno, mas é super prática de montar e é um prato único que pode ser acompanhado apenas de arroz branco ou uma saladinha, e na verdade nem precisaria de acompanhamento de tão boa que é! Perfeito para aqueles almoços de domingo com a família toda na mesa :)

MOUSSAKA 

(para 4 pessoas)

Ingredientes:

  • 1 berinjela grande fatiada
  • 2 batatas médias descascadas e fatiadas
  • 600g de carne bovina moída
  • 1 lata de tomates pelados (picar os tomates)
  • 1 xícara (chá) de leite
  • 2 colheres (sopa) de farinha de trigo
  • 1 colher (chá) de manteiga
  • 1 cebola pequena picada
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 colher (sopa) de óleo 
  • pimenta e sal a gosto (usei pimenta síria)
  • noz moscada (opcional)

Modo de Preparo: Comece preparando as batatas e as berinjelas para a montagem da moussaka. Coloque as fatias de batata e as de berinjela em duas assadeiras e regue com azeite e polvilhe sal*. Leve ao forno até que estejam macias e levemente douradas. Enquanto isso faça uma bela carne moída refogada colocando a cebola e o alho para refogar no óleo e quando estiverem começando a dourar junte a carne moída e tempere com o sal e a pimenta. Refogue a carne até começar a dourar e então junte os tomates pelados picados com o suco, reduza o fogo e deixe cozinhar por 10 minutos. Para o molho branco bata com um garfo o leite e a farinha de trigo** juntos e coloque em uma caçarola com a manteiga. Mexa sem parar em fogo baixo até perceber que está bem quente, quase fervendo. Tempere com sal e noz moscada (eu gosto de colocar queijo parmesão ralado neste momento também, mas é opcional). Comece a montagem da moussaka forrando o fundo de um refratário com as batatas assadas, depois faça uma camada de berinjela, então distribua a carne moída refogada com os tomates e por cima de tudo o molho branco. Leve para gratinar em forno pré-aquecido em 200º por 20 minutos.

*Preciso dizer que fiz desta forma porque queria uma moussaka um pouco mais light, já que o método tradicional seria deixar as fatias de berinjela de molho em água e sal, depois escorrer, secar e fritar uma a uma em óleo ou azeite. Fazendo direto no forno não precisa fritar.

**Esta é uma dica para quem não tem muita prática de fazer o tradicional molho bechamel. Se você for expert em prepará-lo faça o método tradicional: derreta a manteiga numa caçarola, depois junte a cebola e refogue. Aí junte a farinha e mexa até dourar. Aí então regue com o leite aos poucos, mexendo sempre em fogo baixo para desfazer qualquer grumo que surja. Ao final quando chegar perto de ferver tempere com sal, pimenta e se quiser um “tico” de queijo parmesão e noz moscada.

Dica: a Moussaka fica mais firme e mais fácil de cortar se você deixá-la esfriar primeiro e depois se for o caso aquecer novamente. Outra opção é preparar a moussaka na véspera do seu almoço ou jantar, assim ela ficará bem firme para ser cortada mesmo depois de aquecida e não irá se desmanchar quando os convidados cortarem e colocarem no prato.

Organize-se: Esta receita pode parecer trabalhosa e talvez até um pouco difícil para os iniciantes na cozinha, mas como em toda receita basta você se organizar e tudo será muito mais fácil. Faça como indicado no modo de preparo, é importante preparar a carne moída refogada e o molho branco enquanto as batatas e as berinjelas estão sendo assadas no forno. Assim quando chegar na hora de montar você já vai ter tudo pronto em mãos, sem precisar interromper a montagem para preparar isso ou aquilo. Se organizar na cozinha é muito importante para reduzir o tempo de preparo de qualquer receita, até mesmo se você for fazer um simples omelete :)

Bom Apetite!

17 Comentários para “Moussaka

  1. ótima receita…me inspirou a fazer novamente…fiz moussaka algumas vezes depois de conhecer esse prato na grécia. fica legal colocar uma pitada de canela na carne moida e um pouco de requeijão no bechamel…parabéns pelo blog!

    • Oi Adriano, obrigada pelas dicas! Eu também adoro colocar uma pitada de canela na carne moída, principalmente quando vou fazer comida árabe, mas aqui eu optei pela pimenta síria que já tem um pouquinho de canela né? O requeijão no bechamel eu nunca testei, vou experimentar.
      Beijo!

  2. moussaka é o meu prato-piloto (aloka); eu tenho o ranking da moussaka. eu sempre experimento as moussakas nos lugares que vou. mas nenhuma, de lugar nenhum, até hoje, bateu a moussaka da minha mãe – e nem grega ela é.

    Fabi, experimenta dar uma temperadinha na carne moída com cravo em pó. faz uma diferença linda, os gregos curtem. e eu nunca soube da ausência de batata; todas as receitas gregas que eu conheço levam sempre batata e berinjela, e normalmente, tudo fritão! gostei da sua sugestão de assar os legumes no forno. da última vez que fiz, fritei as batatas e grelhei as berinjelas. já fiz de todo jeito, pra testar mesmo o que ficaria mais saudável, mas a melhor é a toda frita, claro, que gordura é jesus, né? hahaha

    beijo
    (p.s. e só depois que escrevi que li o comentário do Adriano falando sobre a canela; a pimenta síria fica bem na carne mesmo, e já tem a canela do Adriano e o meu cravo :P)

  3. FAZ TEMPO QUE NÃO FAÇO, e meu pessoal dos almoços no domingo certamente vão adorar….Vou fazer neste sábado para servir no domingo…..
    Uma dica para o MOLHO BECHAMEL….eu torro levemente o tyrigo na manteiga, até ficar dourado clarinho, depois actrescento o leite e demais ingredientes( sal, nóz moscada e uma pitada de pimenta do reino) e vou mec hendo com o fuet até ferver e engrossar um pouco….não fica com gosto de trigo cru;;;…acrescento um pouco de queijo parmezão n o molho, e depois coloco mais por cima para gratinar…..

    • Oi Sigrid, minha mãe também faz o molho bechamel exatamente como você (acho que esta é a forma tradicional mesmo de prepará-lo), mas eu sempre faço assim porque acho mais prático e mais rápido, e te garanto que o molho não fica nem de longe com sabor de trigo cru porque eu vou mexendo até perceber que vai começar a ferver, e também adiciono o parmesão e a noz moscada.
      Beijos

  4. Olá Fabiana!
    Fiz a Moussaka hoje e ficou deliciosa! Minha família por parte de mãe é de origem grega e todos gostaram muito.
    Adoro o blog e já reproduzi várias receitas daqui, sempre tiveram total aprovação de meus familiares. E olha que sou super iniciante na cozinha, mas você explica tão bem que tudo fica fácil. Passarei a comentar sempre!
    Beijos

  5. Oi Fabiana, como eu também adoro berinjela, resolvi fazer moussaka e
    segui a sua ótima receita quanto aos temperos, mas fiz algumas modificações que foram as seguintes:
    – para ficar mais light, não coloquei as batatas; subsituti por outra berinjela e diminui a quantidade de carne (400g)
    – montei uma camada de berinjela, outra de carne moída e repeti uma de cada.
    – cortei as berinjelas no sentido longitudinal pois fica mais fácil de cortar na hora de servir.
    – só que na hora que estava fazendo a moussaka, vi que não tinha farinha de trigo suficiente – imperdoável! – mas fui salva por uma caixinha de molho branco; coloquei-a na panela, aumentei com uma medida de leite (usei a caixinha como medida) coloquei noz moscada, um pouquinho de pimenta do reino, sal e quando estava quente, quase fervendo, eu tirei do fogo, coloquei sobre a moussaka, polvilhei o queijo parmesão e levei ao forno. Resolvi compartilhar com você as mudanças; se quiser experimentar, ficou excelente! Um abraço. Sandra

  6. Acabei de conhecer o seu blog e adorei! Dei uma espiadinha nas receitas e fiquei com tanta vontade de cozinhar, eu que sou totalmente “aprendiz” e sempre procuro por receitas simples (mas com um toque de glamour, claro! rss). Não conhecia a Moussaka até esses dias, vi uma receita no Blog Feito a Mão, que leva shimeji como ingrediente, me interessou, mas confesso que gostei mais da sua, me parece mais fácil e não menos gostosa. Vou testar no feriado!!!
    Bjo!

  7. Adorei… aqui na Italia se faz mto este prato; minha sogra fez na semana passasda…delicia!!! ”La mamma” é otima na cozinha e eu aproveito pra aprender um pouco com ela.
    Na verdade, o belo deste prato é a mistura da culunaria grega com a francesa…um mix perfeito!!!
    Parabens pelas idéias e obrigada por fazer com que eu me sinta um pouco perto dos aromas e sabores da minha terra!!!
    Beijokas :-)

  8. Eu tenho que confessar que amo tbm berinjela,vou tenta fazer concerteza.
    Fabiana,estou I Love pelo seu blog…amando tds ás suas receitas.bjão

  9. Que delicia!!! vou fazer essa semana ainda…amo beringela mais nunca tinha visto essa receita, quando vi a foto achei que era uma lasanha de beringela com outro nome, porém é bem mais que isso!!!

    beijos
    LEni

  10. Sempre uso esta sua receita, só mudei uma coisa, faço um ragu de costela no lugar da carne moida. Aquele do risoto Milanês, ponho um pouco de canela, pimenta siria e pronto. Parabéns pela receita!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *