Lista básica

segunda-feira, 06 de agosto de 2012

 

Minhas amigas iniciantes na cozinha vivem me pedindo para elaborar uma “lista básica” dos ingredientes que elas devem ter sempre em casa, e elas são exigentes, querem sempre a lista “barba, cabelo e bigode”…hahahha, o que quer dizer: geladeira, congelador e despensa. A minha resposta é sempre a mesma, de que tudo depende dos hábitos alimentares da família, se alguém segue uma dieta especial, etc., mas elas ainda acabam me chamando de preguiçosa e dizem que eu não quero ajudá-las a serem melhores cozinheiras (olha o drama)! Vê se pode! Então para as minhas “fofuchas” resolvi preparar uma listinha básica de geladeira + congelador + despensa, com base no que eu costumo comprar na minha casa. Veja bem, você não precisa sair correndo para o supermercado agora e se abastecer de comida como se o mundo fosse acabar, eu mesma vou comprando aos poucos e faço substituiçoes de vez em quando, mas saiba que se você tiver 1/3 dos itens desta listinha pode preparar pratos deliciosos mesmo estando com a geladeira e despensa aparentemente vazias. Quer ver só?

Ah, e é claro que eu não poderia deixar de dedicar este post às minhas amigas, que me obrigaram inspiraram a escreve-lo :) – espero que agora vocês parem de me cobrar meninas! Kkkkk

Para a geladeira:

Laticínios:

leite, manteiga, 1 queijo branco (ou cottage ), 1 pedaço de parmesão ou gorgonzola e 1 creme de leite fresco (ou creme de ricota).

Conservas e molhos:

Geleia, molho barbecue, catchup, mostarda (clara e escura), mel, maionese light.

Alimentos de “vida curta”:

ovos, 1 tipo de carne, tomate, cebola, alho, folhas para salada, tomate, ao menos 1 tipo de legume e 1 tipo de fruta.

Para o congelador:

1 tipo carne ou peixe (carne moída e bacalhau sem sal são os campeões da praticidade), caldos, salsicha, alho poró fatiado, vagem ou ervilha fresca congelada, couve-flor ou brócolis, massa fresca congelada, massa folhada para tortas e lanches rápidos, frutas vermelhas para smoothie e sobremesas.

Para a despensa:

Milho, azeitona, atum, alcaparras e palmito em conserva; tomates pelados em lata; 1 massa longa e 1 massa curta; arroz comum, arroz de risoto; 2 tipos de grãos (grão-de-bico, trigo para kibe, lentilhas, ervilhas secas, feijão, etc.); chocolate em pó, chocolate em pedaço, açúcar mascavo, açúcar comum, essência de baunilha e farinha de trigo; creme de leite e leite condensado; 1 tipo de pão, 1 tipo de frutas secas e 1 tipo de nozes ou castanhas.

Temperos / Condimentos:

Sal, Pimenta-do-reino preta e branca, açafrão da terra (cúrcuma), curry, lemon pepper; vinagre balsâmico, azeite;

Além disso é muito válido manter sua pequena horta em casa, ainda que seja numa pequena varanda de apartamento, numa floreira ou na janela da cozinha. Eu por exemplo não vivo sem a minha, sempre tenho salsa, cebolinha, alecrim, manjericão, hortelã e tomilho frescos na minha pequena hortinha, e eles me garantem um “up” em qualquer receita!

Eu garanto que se você conseguir se organizar para ter o mínimo desta lista sempre disponível dentro de casa poderá conseguir refeições deliciosas sem ter muito trabalho e sem precisar comprar mais nada para complementar o cardápio.  

Veja algumas sugestões de receitas bem fáceis que você pode preparar com alguns dos ingredientes acima (para acessar as receitas basta clicar no nome):

Macarrão com Atum Fácil

Quiche sem Massa de Milho e alho poró

Risoto de Gorgonzola e Pera

Kibe de Forno Recheado

Brownie de Chocolate 

 Viram só quanta delícia ?

 

Imagem de capa: Getty Images

18 Comentários para “Lista básica

  1. Fabi, imagino que deva ter dado uma trabalheira danada fazer essa lista, toda organizadinha e separadinha por locais de acondicionamento dos alimentos. Você é 10, é disposta e transmite uma alegria inigualável até pra elaborar uma relação de alimentos pra termos na despensa!!!
    Não sou uma das que te pentelhou pra fazer a lista, mas muito obrigada, será de grande valia!
    Ótima semana pra vc :)

      • Fabi, to com uma dúvida/problema que aconteceu nesse último fim de semana. Seguindo suas dicas, inventei de fatiar alho poró e congelar. Coloquei dentro de três saquinhos e depois dentro de um pote bem fechado dentro do congelador. Mesmo assim o cheiro ficou bem forte e se alastrou por toda a geladeira e congelador. Eu achei tão legal a ideia de ter sempre à mão alho poró fatiado, mas acabei ficando triste com a minha tentativa :( Existe alguma forma de evitar o cheiro do bendito?
        Outra coisa que queria saber é se seu forno é elétrico, se seus assados e bolos são feitos no forno elétrico ou a gás.
        Mais uma vez aguardo seu socorro!
        Beijo,
        Ana

        • Oi Ana! Menina, comigo nunca aconteceu isso do alho poró ter cheiro muito forte a ponto de incomodar. O meu eu compro um orgânico – mas não acho que a diferença esteja aí – fatio ele ainda cru e coloco em saquinhos “zip” que ficam bem vedados para depois levar ao congelador. Talvez o mau cheiro se deva ao fato de você ter lavado e não ter secado direito o talo do alho poró antes de fatiar, será que não foi isso?
          Com relação ao meu forno ele tem saída para gás sim, mas para evitar de ter que quebrar a cozinha toda quando eu me mudei eu optei por utilizá-lo por enquanto como elétrico, mas ele me surpreendeu, é bem potente e funciona maravilhosamente bem (tanto quanto o forno a gás) em todas as funções. O meu forno é aquele Brastemp Gormand, eu acho perfeito e recomendo!
          Beijos!

  2. Super bem feita sua lista!!! Eu sou bem organizada e mantenho minha despensa mais ou menos assim…quase nunca passo apertos!! rsrrsr.
    O que aprendi de novo e adorei é que vc congela alho poró…nunca pensei nisso e como não uso tanto, nunca compro, ou melhor, não comprava!!rsrrs. Tem algum segredinho p/o congelamento?
    Bjooo.

    • Oi Cae, que bom que gostou! O segredinho para congelar o alho poró é fatiá-lo ainda fresco – e depois de bem lavado – e colocar as fatias naqueles saquinhos com fechamento próprio, pois eles vedam bem e protegem os alimentos.
      Beijos

  3. Amei, principalmente por ver que faço assim quase como vc! Sempre tenho pelo menos 2/3 das coisas q vc citou. Adorei a receita do risoto de pera e gorgonzola, tenho tudo na geladeira inclusive o alho poro, que estava pedindo pelo amor de Deus faça algo comigo, ahahahha, claro agora que ja sei q posso congela-lo vai ser mais fácil de comprar sempre. Obrigada! Bom posso abusar um pouquinho e lhe perguntar uma coisa? Finalmente comprei meu moedor de pimentas que tanto queria. Mas agora que o tenho, nao sei o que fazer hahahhaa… será que devo misturar alguns de tipos de pimenta e moer tudo junto ou melhor ter por exemplo so pimenta do reino? toda vez que usar terei que lavar para colocar outro tipo de pimenta? Vc tem um mix de pimentas que gosta de usar misturadas na hora de moer, tipo, reino, pimenta rosa, branca …? ai espero que nao ter exagerado em tantas perguntas… Bjs e obrigada, Míriam

    • Oi Miriam, este risoto de pera e gorgonzola é muito bom mesmo, você vai amar!
      Então, no meu moedor eu coloco apenas a pimenta-do-reino preta, mas acho bacana misturar com a branca também. Tem gente que mistura a preta com a branca, a verde e a rosa. Para dizer a verdade eu prefiro não misturar muitas pimentas no mesmo moedor porque o meu eu uso quase todos os dias e se fizesse isso correria o risco de deixar toda receita com o mesmo sabor, já que as pimentas tem sabor bem destacado.
      E quanto a lavar é bom lavar e secar o moedor sempre que for trocar de pimenta.
      Beijos

  4. Parabéns Fabiana, vc é mto organizada!
    Quem não sabia como fazer, agora é só usar a sua listinha que não passa aperto.
    Gosto de ver o seu blog, embora cozinhe há muito tempo, é sempre bom variar e suas receitas são fáceis e rápidas; hoje mesmo fiz o hamburguer de salmão e o moyashi; ficaram ótimos.
    Como sugestão para quem não tem espaço para uma hortinha: compre salsinha e cebolinha, pique e congele em potinhos; pode ir tirando para usar conforme a necessidade.
    Um abraço
    Sandra

    • Obrigada Sandra! Fico feliz em saber que mesmo cozinhando há anos você curte fazer as receitas daqui :)
      E obrigada pela dica do congelamento. Eu prefiro sempre usar salsa e cebolinha frescas, mas para quem não pode ter uma horta em casa pode ser uma solução.
      Beijos

  5. “Muy amigas” hein Fabi! rsrsrs
    Não solicitei a lista, mas vai ser útil na hora da compra.
    Parabéns! Você sempre disposta a ajudar suas leitoras.
    R

  6. Oii Fabiana! Adorei esse post! Estou começando a me apaixonar por culinária e essas suas dicas são super práticas! Também fiquei curiosa sobre a sua hortinha… Gostaria muito de fazer uma em casa, mas moro em apartamento e acho que não tenho espaço. Você bem que poderia postar uma foto da sua horta caseira, né? rsrsrs Um beijo!

    • Oi Brenda, que bacana, esta fase quando a gente descobre a paixão pela cozinha é uma delícia, e depois disso só melhora viu!
      Pode deixar que assim que minha horta ficar mais bonitinha eu coloco várias fotos aqui pra vocês,pois no inverno ela sempre fica mais caidinha :(
      Beijos!

  7. Adorei!!!! Também gosto muito de cozinhar, mas não consigo praticar tanto quanto gostaria.. Amei seu blog, as receitas parecem simples, as dicas são muito boas! Cheguei aqui pela receita do boeuf bourguignon da Julia Child! Vou tentar fazer em casa. Agora já adicionei seu blog aos meus favoritos, vou visitar sempre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *