Como organizar temperos

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Organizar temperos não é tarefa difícil. Para quem ama cozinhar e tem uma coleção deles eu tenho algumas dicas para oferecer, e para quem ainda não cozinha mas está pensando em começar a se aventurar no delicioso mundo das panelas fumegantes eu também tenho algumas dicas preciosas para você não errar na escolha dos temperos mais básicos que vão ajudar muito na elaboração das receitas, e também sobre como organizá-los. Eu não sou lá a pessoa mais organizada desse mundo – minha mãe que o diga – mas a minha cozinha é! Nos meus armários eu divido tudo por setores, as panelas, as louças, os copos, os talheres, os potes, os refratários, enfim, tem lugar pra tudo – e muito assunto para outros posts (prometo). Mas são os temperos que exigem maior cuidado, afinal se forem mal armazenados podem estragar facilmente. Quando me mudei para a minha casa resolvi que iria manter os temperos sempre organizados, e assim foi. Outro dia uma amiga foi em casa e elogiou a organização dos potinhos e vidrinhos de tempero, e me pediu para dar as dicas aqui no blog que ela repassaria para as amigas interessadas por cozinha. E assim nasceu este post, com muito carinho pra quem está montando sua cozinha, está pensando em começar a cozinhar ou cozinha todos os dias e ainda não se acertou com a arrumação dos temperinhos. Aproveitem!

A primeira coisa que você precisa saber sobre organizar temperos é que alguns necessitam ficar em local seco e fresco, protegido da luz direta do sol e não podem ficar guardados fechados em armários para não estragar. 

Outra coisa importante para facilitar a identificação visual e o manuseio é agrupar os temperos de acordo com o tipo, ou seja, colocar os sais todos juntos, os temperos diários e mais usados lado a lado, as especiarias lado a lado, os azeites aromatizados, as pimentas, e por aí vai. Abaixo eu mostro como os meus estão organizados, assim você pode se inspirar.

TEMPEROS DIÁRIOS – Para poder deixar os vidros de temperos do dia a dia expostos e assim tê-los sempre à mão, eu escolhi comprar potinhos redondos transparentes com tampa de rosca. Eles ficam bonitinhos na prateleira e acaba fazendo parte da decoração da cozinha.

ESPECIARIAS – Para as especiarias como páprika, curry, açafrão, noz moscada, canela, cominho, entre outras, eu escolhi vidros também transparentes e com tampa de rosca, para facilitar a identificação. Procure comprar especiarias em pequenas quantidades, pois elas são delicadas e se ficarem velhas perdem o sabor e o aroma.

ETIQUETA – Todos os meus vidros de temperos são etiquetados embaixo, com fita crepe (que é mais fácil de ser retirada depois sem deixar cola no pote) e há algumas vantagens nisso, tais como: se o seu marido resolver cozinhar ele identifica pela etiqueta, já que pelo aroma ou pela aparência ele nunca vai conseguir reconhecer. Quando o tempero acabar e você precisar repor basta usar o mesmo vidro etiquetado, assim os aromas que ficam no recipiente nunca vão se misturar. Colar a etiqueta sob os potes é uma boa tática para não deixá-las à vista, assim os potes continuam bonitinhos para serem expostos nas prateleiras da cozinha.

SAIS – oh sais, como eu amo os sais! Tenho de vários tipos, cores e aromas. Sal vulcânico, sal defumado, sal vermelho, sal com pimenta, sal rosa, flor de sal e até – acreditem – sal de bacon! Muitos foram presente de pessoas queridas que trouxeram de viagem, o sal de bacon por exemplo, veio da África do Sul e foi presente de uma tia. É delicioso. O armário debaixo da pia deve ser deixado para o óleo de cozinha, pois os sais não podem receber umidade e então o melhor lugar pra eles é na prateleira, bem arejado e livre de umidade.

ERVAS – Ervas desidratadas são muito delicadas e não podem ficar fechadas dentro de armários pois estragam facilmente. O ideal é mantê-las em local fresco e arejado, mas protegido da luz direta do sol. Prateleiras são perfeitas para este tipo de tempero. Esta da latinha fofa é a minha preferida, erva cippolina, que é aquela cebolinha bem fininha, também chamada de ciboulette.

BLENDS – Os blends nada mais são do que uma mistura de temperos. Eu adoro um blend, e os que mais uso são o barbecue que não pode faltar no churrasco e carnes grelhadas, o chermoula que uso para fazer couscous marroquino, e a minha queridinha pimenta síria, muito usada para comida árabe. Eu gosto dos que já vem no vridro, assim sempre que o blend acaba eu compro o refil e aproveito o mesmo vidro.

ÓLEOS E AZEITES – Óleos e azeites devem ficar sempre fora da geladeira, então eles vão junto para a prateleira da cozinha ou para a bandeja de temperos de mesa. Eu amo um azeite aromatizado, e aqui estão os meus queridinhos: azeite italiano de trufas brancas e de trufas negras, que eu uso muito para tortas, massas, saladas e até bruschettas. Eles são mais caros sim, isso é verdade, mas poucas gotas podem transformar sua comida de um jeito que você não acredita! Já o óleo de gergelim é indispensável para o preparo de comidas orientais, mas tem que ser comprado em pequena quantidade pois se ficar velho fica com um sabor bem ruim, forte e rançoso.

PIMENTAS – Eu sou apaixonada por pimentas, de todos os tipos, das mais ardidas até as mais suaves, das mais sofisticadas até as caseiras, dos molhos, passando pelas conservas e também as pimentas in natura. E até um blend de pimenta ou um curry muito apimentado vão bem! Mas a verdade é que molhos e conservas de pimenta são melhor conservados em geladeira, já as pimentas secas devem ficar nas prateleiras da cozinha, fazendo companhia para temperos e especiarias. 

Então é isso, espero que este post possa ajudá-lo na organização dos temperos, e também para mostrar que tempero pode sim fazer parte da decoração da sua cozinha e não precisa ficar escondido no armário ou despensa. 

 :)

23 Comentários para “Como organizar temperos

  1. Nossa Fabiana, que legal! Justamente nessa semana eu estava pensando nisso, ainda tenho vários temperos que comprei no mercadão em saquinhos rs. Mas andei guardando uns potinhos e vou me organizar também! bjs

    • Oi Bruna, então, aproveita e guarda os temperos em potinhos de vidro com tampa porque assim eles ficam melhor conservados e duram mais tempo! Beijo!

  2. AMEI o post, Fabi!! Já tirei tudo aqui da despensa para deixar arrumadinho.

    mas fiquei com uma dúvida: quando vc guarda os temperos em potinhos, não seria necessário anotar a data de validade? morro de medo de tirar da embalagem original e me esquecer da data de vencimento…

    um beijo maior que tem!

    • Oi Pri, na verdade eu não costumo anotar a data de vencimento não porque compro sempre em pequenas quantidades e a maioria deles dura em torno de 6 meses a um ano, e até aí eu já usei tudo…hahahha. Mas pra quem não usa com muita regularidade eu recomendo anotar a data na etiquetinha sim, é uma ótima ideia!
      Beijos!

  3. Adorei suas dicas! eu coloco meus temperinhos em vidros de comida para bebê, aqueles potinhos de papinha – fica uma graça pois a tampa já é a cores…

  4. ola, adoro temperos e comprei este lemon pepper e gostaria de saber como voce o utiliza, eu usei para temperar um linguado no forno, alguma boa sugestao?
    um abraco

    • Oi Daniela, o lemon pepper fica ótimo com peixes e frango, eu costumo usá-lo também para fazer marinadas, acho que ele dá um sabor super especial.
      Beijos

  5. Pingback: por aí | COMIDA EMOCIONAL

  6. Eu sou muito organizada e vi que você faz coisas que eu também faço. Vivo guardando potes pequenos, pois sempre tem um tempero novo. Até meu freezer é assim, tudinho em potes iguais e escritos com caneta de cd, mudou a comida é só passar álcool que sai. Como tenho filhos, às vezes, preciso deixar algo pronto para as eventualidades.
    Adorei a sua variedade e as dicas também.
    Parabéns!

  7. Que post sensacional!!! Cobicei vááários temperos seus! hahaha
    Já tava de olho naquele sal de bacon, mas vi que é da África!!! Será que tem aqui na Zona Cerealista de SP?

    Muito obrigada pelas dicas!

  8. Menina, vc é muito querida por seu compartilhamento. Parabéns!!!!
    Adorei, que belas dicas de como, onde e porque devem ser armazenados da forma correta. Mtos bjs da Leire

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *