Bacalhau a Gomes de Sá

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Quem está sempre por aqui já percebeu que eu amo bacalhau, aliás, me corrigindo: em casa NÓS somos apaixonados por bacalhau! Pois então, só tenho um probleminha. Todas as vezes que compro bacalhau pra fazer o marido quer sempre a mesma receita, aquele tradicional bacalhau a portuguesa com batatas, tomates, pimentões, cebola e azeitonas, que eu já publiquei aqui há um tempão atrás. Eu também acho o bacalhau tradicional delicioso, foi inclusive o primeiro que eu aprendi a fazer, mas como todo cozinheiro adora um desafio e uma novidade eu sou resistente em fazer sempre a mesma receita e fico tentando convencer o marido a provar outras variações. Desta vez eu coloquei na mão dele um livro LINDO (“Bacalhau da Noruega com Temperos Brasileiros”) que ganhei dos queridos do Bacalhau da Noruega e pedi que ele brincasse de restaurante e escolhesse a receita que quisesse e eu faria. Ele escolheu o Bacalhau a Gomes de Sá, feito com o bacalhau às lascas, muita cebola refogadinha, batatas em rodelas e ovos. E como a Páscoa está chegando sugiro que vocês pensem seriamente na possibilidade de trocar a mesma receita de sempre por uma receita diferente, que pode ser esta aqui, já que o resultado é mesmo maravilhoso, até marido se rendeu <3. Gente, preparar bacalhau é fácil, mais fácil do que a maioria das pessoas imagina, o importante é prestar atenção nas regrinhas de dessalga. Olha só como é fácil:

BACALHAU A GOMES DE SÁ – levemente adaptado do livro “Bacalhau da Noruega com Temperos Brasileiros” 

(para 4 pessoas)

Ingredientes:

600g de bacalhau em postas (usei gadus morhua, mas pode ser ling, saithe ou zarbo)
3 cebolas grandes descascadas e cortadas em cubos
2 batatas grandes cozidas
2 ovos cozidos
2 colheres de sopa de azeitonas pretas (substituí por alcaparras)
6 dentes de alho (opcional)
1/2 xícara de chá de azeite
500ml de leite 
1 colher de sopa de manteiga
ervas secas a gosto
pimenta moída a gosto
sal a gosto

Modo de Preparo: Dessalgue as postas de bacalhau em água gelada por 3 dias na geladeira em recipiente tampado, trocando a água ao menos 3 vezes ao dia. (Tire AQUI as dúvidas sobre o dessalgue adequado para o tipo de bacalhau que estiver usando) No dia do preparo escorra toda a água da dessalga e num recipiente que possa ir ao forno de microondas coloque o bacalhau e regue com o leite. Se estiver usando o microondas cozinhe o bacalhau no leite por apenas 8 minutos e reserve. Se estiver usando o fogão cozinhe o bacalhau no leite por 15 minutos em fogo baixo sem deixar o leite ferver. Escorra o leite do bacalhau – você não usará mais o leite nesta receita, se quiser guarde-o para sopas e caldos – e com as costas de uma colher desmanche o bacalhau em lascas, deixando o peixe bem limpo de espinhas e pele.

Fatie as batatas já cozidas e forre o fundo de um refratário com elas. Refogue a cebola até amolecer na manteiga com 2 colheres de sopa do azeite. Tempere a cebola suavemente com sal e pimenta. Cubra as batatas com a cebola refogada e depois com as lascas de bacalhau.

Regue tudo com azeite, ervas secas, pimenta e distribua os dentes de alho com a casca entre as lascas. Leve ao forno pré-aquecido em 200º por 20 minutos, sendo que nos últimos 5 minutos o bacalhau deve ser retirado do forno, ser acrescido dos ovos fatiados e das alcaparras. Quando retirar o bacalhau do forno veja se é preciso regar com mais azeite. Sirva com arroz e salada. 

E se você nunca cozinhou bacalhau antes, seja por inexperiência na cozinha, seja por receio de não conseguir acertar, aproveita e dá uma olhada neste post AQUI onde eu explico tudo direitinho sobre a dessalga do bacalhau, seu preparo e esclareço a polêmica questão sobre as espécies do pescado. Vale a leitura hein!

Bom Apetite!

5 Comentários para “Bacalhau a Gomes de Sá

  1. Olá Fabiana!

    Fiz essa receita para o Domingo de Páscoa para toda família, fiz 3ks de bacalhau, eu simplesmente me apaixonei por essa receita!

    Todo mundo também AMOU! Repetiram, repetiram, fiz marmitinha para todo mundo e sobrou um pouco para o jantar! Que receita deliciosa e mega fácil, o que foi um pouquinho trabalhoso foi tirar as espinhas e soltar os lombos em lascas, mas de resto, não tem segredo, é muito simples e deliciosa essa receita!

    Pode ter certeza de que irei fazer mais vezes! Obrigada por compartilhar essa delícia com a gente!

    Beijão querida!!

    Elaine

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *