Tomate Confit

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Está aí uma receitinha muito fácil mas muitíssimo saborosa e com algum toque de glamour: tomates confit. Os tomates confit são feitos em baixa temperatura e por longo período na chama do fogão ou forno e são ideais para acompanhar uma fatia do seu pão preferido, para a montagem de uma bruschetta ou ainda para acompanhar uma massa em substituição ao molho. Fiz um dia desses aqui em casa numa noite de “comidinhas” como costumamos chamar. Nessas noites eu monto uma bela mesa de petiscos, ou comidinhas, ou finger food ou “chame como quiser” na sala, estrategicamente posicionada em frente à TV para que enquanto o marido assiste ao jogo de futebol possamos comer juntos e beber um vinho. Esta foi a solução que eu encontrei para as noites de futebol para que não ficasse abandonada jantando sozinha na cozinha, e deu super certo porque aqui em casa as tais “comidinhas” fazem sucesso. Marido enlouqueceu nos tomatinhos confit, comeu toda a produção que eu tinha feito para durar 2 semanas em um único dia – depois que não me venha reclamar que é culpa minha se a balança apontar uns quilinhos a mais. Comida boa não deve ser proibida, mas apenas consumida com parcimônia, concordam? Só sei que depois da primeira “produção” de tomatinhos confit agora eles viraram figurinhas marcadas aqui em casa, seja numa mesa de petisco entre amigos, seja para um lanchinho rápido, e quem prova aprova! Bom, mas vamos ao que interessa, a esta belíssima receita de tomatinhos confit, que tenho certeza, vão ganhar lugar de honra na sua cozinha! Vou passar a receita básica e os ingredientes opcionais, mas confesso que a minha preferida é a básica.

Tomatinhos Confit

Ingredientes:
500g de tomates do tipo uva (ou pera, ou cereja)
1 xícara de azeite de boa qualidade
1 colher de café rasa de sal
2 dentes de alho descascados e fatiados (opcional)
1 ramo de alecrim desidratado
1 ramo de tominho desidratado
folhas de manjericão desidratado
pimenta calabresa desidratada ou do reino moída na hora (opcional)

Modo de Preparo: Lave bem os tomatinhos, seque e reserve. Coloque todos os tomatinhos inteiros no fundo de uma panela e cubra com o azeite. Adicione as ervas secas, o sal e ligue a chama do fogão no mínimo, para ficar na temperatura mais baixa possível. Mexa de vez em quando e jamais deixe o azeite ferver, tenha paciência porque leva entre 1 hora e 1:30hs para ficar pronto, dependendo do seu fogão também. O ponto ideal é quando a pele dos tomates estiver um pouco enrugadinha, mas os tomates não devem desmanchar, devem permanecer inteiros, por isso evite ficar mexendo neles. Retire do fogo, espere esfriar um pouco e sirva com pães ou torradas. Se quiser armazenar guarde em potes de vidro com tampa e já esterilizados em água fervente. Eles duram até 2 semanas na geladeira.( mas eu duvido muito que você consiga esperar tanto tempo!). Aqui para a foto eu desmanchei alguns de propósito para vocês poderem ver como ele derrete por dentro, e assim que você coloca na boca ele se desmancha por completo, uma verdadeira explosão de sabor. Vale muito a pena testar esta receita.

Bom Apetite!

Fabiana Pinfildi


19 Comentários para “Tomate Confit

  1. Olá Sr. “Guloso”, que bom que gostou! Eu também acho que é bem saudável porque o azeite não chega a ferver, é apenas aquecido.

    Danira, é verdade! Nada melhor!

    Bjos

  2. Pingback: Figos & Funghis » Papelote de Salmão com cogumelos e tomate

    • Oi Zizi, eu costumo desidratar os meus. Deixo na geladeira por uns 10 dias o maço inteiro, guardado em saquinhos com furos e assim eles desidratam naturalmente. E rende pra bastante tempo. Quando estiverem bem secos você pode retirar todas as folhinhas, jogar os galhos fora e guardar as folhinhas em potinhos com tampa. Mas se quiser ter ainda menos trabalho compre aqueles já desidratados no supermercado. São vendidos em saquinhos, o alecrim é bem fácil de achar, já o tomilho é mais complicado de encontrar na versão seca.
      A receita é bem deliciosa viu, vale a pena testar.
      Beijos!

  3. Eu li suas recomendaçãos e adorei! fui correndo ao Extra comprar os ingredientes, fiz aqui em casa e ficou bom! Acho que coloquei um pouco a mais de alecrim, mais mesmo assim ficou gostoso! obrigada pela receita.

  4. Pingback: Belisquetes de Natal | Banquete | Virtual

  5. Assim que coloquei em fogo baixo com 10min ja comecou os tomates ficarem com a pele soltandoe outra nao tem como o azeite nao ferver assim q liguei i fogo com 5 min o azeite ferver mexi mais deu no mesmo ai parei para nao desmachar os tomates

    • Girlane, é para ser feito na chama mínima na menor boca do fogão, na mais fraquinha. O azeite deve cobrir os tomates porque se ele ficar apenas no fundo realmente irá ferver rápido, por isso deve-se usar bastante azeite para cobri-los por inteiro. Se fazendo tudo certinho ainda não der certo – comigo sempre dá, faço muito aqui em casa – coloque no forno, na temperatura mais baixa dele, em um refratário e cubra com o azeite e as ervas, também dá certo.

  6. Fiz td certinho no fogo baixo na menor boca o azeite cobrindo perfeitamente. Eu acabei de colocar na torrada e ficou uma deliciaa e o cheiro q sobiu quando tava no fogo ja dava para notar q o sabor é maravilhoso . Eu fiz para levar a faculdade.pois meu tema foi confit eu achei essa receita pratica e agora depois q provei achei melhor ainda sera q vou conseguir deixar para faculdade ainda?rsrsrs

    • Hahahaha, que bom Girlane, então foi só um susto. O resultado foi MARA! Fico feliz, mas o que você disse é pura verdade, não dá para parar de comer de tão gostoso!
      Beijos

  7. Eu ainda nem provei, mas já estou adorando…amo tomate e amo comidinhas, obrigada por compartilhar alegria para todos…comer é uma alegria…vou testar e te falo. Beijos,
    Liz

  8. Fabi, eu vi aí em cima que vc ensinou a desidratar as ervas na geladeira por 10 dias, mas não dá mesmo pra usar as ervas frescas?? Perde mto no sabor? Bjoss!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *