Salada do Amor – e como montar uma bela salada

sexta-feira, 10 de junho de 2011

Essa salada é a preferida do meu amor, por isso eu a chamo de salada do Amor! É uma salada perfeita para ser servida como entrada em almoços ou jantares porque além de ser super charmosa leva ingredientes deliciosos e que costumam agradar aos mais diversos paladares. Para fazer um charminho a mais aproveitei para servir o molho da salada em porções individuais, em mini molheiras, uma fofura! Esta dica fica bem prática mesmo porque desta forma cada pessoa carrega consigo a sua porção de molho e dosa a quantidade que desejar para regar a salada. O importante aqui é o conceito para a montagem de uma salada, já que fazer salada não é assim tão simples quanto a maioria das pessoas imagina. É preciso ter delicadeza, cuidado, criatividade e noção de harmonização entre os seus ingredientes. Vou dar algumas dicas para que você possa se orientar melhor quando for fazer a sua salada.
 
Para fazer uma salada como esta da foto você:
 
1) começa fazendo uma “caminha” de folhas verdes variadas. Use as folhas de sua preferência já lavadas e secas (ou escorre-se as folhas ou delicadamente seca-se uma a uma com papel toalha). Passe as folhas por água corrente fria e se quiser deixe alguns poucos minutos de molho em produtos específicos para lavar verduras, depois escorra e seque. Para valorizar a apresentação da salada as folhas não podem estar molhadas. As minhas folhas preferidas para fazer este tipo de salada verde da base são: alface americana, alface romana, alface frisé, alface roxa, rúcula, agrião, radicchio e endívia.
 
2) escolha no mínimo 3 e no máximo 5 ingredientes diferentes que se harmonizem entre si para completar a salada. Por exemplo: se você pretende utilizar legumes cozidos deve harmonizar apenas legumes cozidos e ovos (opcional), se pretende utilizar frutas, queijos e frios deve combinar apenas ingredientes frios e crus. Frutas combinam com frios de sabor pronunciado como: copa, presunto de parma, peito de perú, lombo defumado fatiado. Se pretende usar atum ou kani procure harmonizar com outro ingrediente suave frio, como grão-de-bico ou feijão branco cozidos al dente. Nesta salada que eu escolhi combinei ingredientes frios: corações de alcachofra, tomate cereja e mini mussarela de búfala. 
 
3) não precisa seguir uma ordem de arrumação dos ingredientes da salada, basta distribuí-los de forma displicente  sobre a cama de folhas, apenas tomando o cuidado de distribuir a quantidade de cada ingrediente por toda a travessa da salada. Uma dica valiosa aqui é a apresentação dos ingredientes,  com pedaços que caibam em uma bocada só, por exemplo: como eu usei tomates cerejas e eles são bem pequeninos eu os mantive inteiros. O mesmo foi feito com a mussarela de búfala. Já os corações de alcachofra foram partidos ao meio por serem maiores. Com relação às folhas, eu gosto de servi-las inteiras na travessa da salada, assim quem for comer pode dobrá-las com os talheres até que o tamanho esteja ideal para ser abocanhado. Diz a regra da boa etiqueta que não se deve cortar as folhas com uma faca, no máximo rasgá-las com as mãos, e quando já no prato o correto é dobrá-las. Mas estando na sua casa e fazendo a sua própria comida você pode se dar ao luxo de “esquecer” essas regrinhas sem culpa.
 
4) deve fazer uma finalização na sua salada que pode ser dada com um toque de algo crocante ou de sabor mais pronunciado, mas que deve ser apenas salpicado pela salada em pequena quantidade. Você pode utilizar para a finalização: ervas desidratadas, amêndoas ou nozes picadas, castanhas, pedacinhos de alho crocante, pedacinhos de bacon crocante, linhaça, gergelim ou lascas de queijo parmesão, dependendo dos ingredientes escolhidos nas etapas anteriores.
 
5) por fim escolha um molho bem gostoso para combinar com a salada que você fez e sirva-o à parte, em uma molheira grande ou em molheiras individuais sempre posicionadas perto da travessa da salada, para que cada pessoa possa se servir da quantidade de molho que desejar. Além disso não é recomendado temperar a salada antes de levá-la à mesa porque os temperos utilizados no molho podem desidratar as folhas e deixá-las murchas, além de alterar o sabor das mesmas. Os molhos podem ter como base: azeite, limão, maionese, creme de leite fresco, iogurte natural, mostarda ou mel. A combinação de 2 ou 3 bases no mesmo molho também pode ser testada. Depois podem ser adicionados ainda a seu gosto: sal, pimenta, molho de soja, molho inglês, ervas desidratadas, ervas frescas, especiarias, entre outros.
 
6) deixe para preparar a salada próximo do momento de servi-la. Isto faz com que a sua salada esteja bem fresca quando for servida. Procure ter sempre folhas frescas à mão, pois a qualidade das folhas que você utilizar fará toda a diferença na sua salada. 
 
Agora a receita da minha salada do Amor:
(serve 4 pessoas)
 
Ingredientes:
10 folhas de alface americana
15 folhas de rúcula
15 folhas de agrião
10 corações de alcachofra cortados ao meio
10 bolinhas de mussarela de búfala inteiras
15 tomates cereja inteiros
1 colher de chá de gergelim preto
 
Molho:
3 colheres de sopa de mostarda amarela
1 colher de sopa de molho shoyu
1 colher de chá de mel
2 colheres de sopa de azeite
suco de 1/2 limão tahiti
 
Preparo do molho: coloque todos os ingredientes dentro de um pote de vidro com tampa, tampe e chacoalhe bem até obter a consistência desejada. Transfira para uma molheira e sirva com a salada.
 
Então é isso, espero que gostem das dicas!
 
Bom Apetite!
 
Fabiana Pinfildi

10 Comentários para “Salada do Amor – e como montar uma bela salada

  1. Carol, eu amo salada, então pra mim é delicioso no inverno ou no verão. Mas quando como salada fria no inverno faço durante o dia, à noite opto pelas saladas mornas que eu adoro!
    Beijos,
    Fabi

  2. Nada como uma salada que pareça ser fresquinha e apetitosa, né… Essa sua parece realmente maravilhosa!!! Seu amor tem mto bom gosto!!!

    Beijos
    Lari

  3. Adorei a receita, aliás ótimas dicas! Muito obrigada :)
    Ah, gostaria de deixar uma sugestão: um link para impressão da receita :)
    beijos e parabéns pelo blog

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>