Polenta Cremosa com Ragu de Cogumelos

segunda-feira, 02 de maio de 2011

Lembram-se que eu mencionei aqui que estive na semana passada em um evento delicinha a convite da Elma Chips? Pois é, nós preparamos o nosso prato principal do almoço, mas a entrada foi uma polenta incrível, bem cremosa e com ragu de cogumelos! Bom, como eu sou uma fanática por cogumelos (e o love também) não sosseguei enquanto não fiz a tal polenta cremosa em casa. Ocorre que como eu não tinha a receita da chef Morena Leite fui na intuição mesmo, e como eu já havia feito polenta cremosa em outras ocasiões foi molezinha. Usei uma farinha de milho pré-cozida, da marca italiana Divella, que é muito boa por sinal, eu recomendo. Ela é instantânea, fica pronta em apenas 2 minutos quando adicionada ao caldo fervendo, uma beleza! E olha, sinceramente esta polenta me surpreendeu porque eu era daquelas que torciam o nariz para polentas instantâneas, sempre que me dava vontade fazia aquela tradicional, de ficar quase 1 hora mexendo a polenta, mas vamos combinar que praticidade de vez em quando não cai nada mal né? Já falei demais, eu sei, mas preciso acrescentar só um comentário: essa receita é perfeita para esses dias frios deliciosos que estão por vir, portanto aproveite!
 
Polenta Cremosa com Ragu de Cogumelos
(para 2 pessoas)
 
Ingredientes:
Para a polenta:
1 litro de caldo de legumes (usei caseiro, mas pode ser 2 cubos dissolvidos em água)
1 xícara de chá de farinha de milho pré-cozida
1 xícara de chá de leite desnatado
1 colher de sopa de manteiga sem sal
2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado (se for ralado na hora é melhor ainda)
sal a gosto
 
Para o ragu:
1 xícara de chá de cogumelos shiitake limpos e fatiados
1 xícara de chá de cogumelos paris limpos e fatiados
1/2 xícara de chá de cogumelos shimeji limpos
1 colher de sopa de azeite
1 colher de sopa de manteiga sem sal
1/2 xícara de chá de vinho tinto seco
1 cebola pequena picada
1 dente de alho picado
ervas secas a gosto (tomilho, alecrim, manjericão)
pimenta a gosto
sal a gosto
salsa fresca picada
 
Modo de Preparo: Aqueça o caldo de legumes até começar a ferver. Enquanto isso derreta a manteiga em uma frigideira e adicione azeite. Refogue o alho e quando começar a dourar junte a cebola. Mexa até ficar transparente. Adicione as ervas secas, o vinho tinto e deixe reduzir em fogo baixo por 5 minutos aproximadamente. Ajuste o sal e a pimenta. Junte os cogumelos, cozinhe por 3 a 5 minutos (até murcharem apenas) tomando o cuidado para não cozinharem demais. Desligue e reserve. [O ideal é procurar calcular o tempo para finalizar o ragu junto com a polenta]. Adicione a farinha de milho pré-cozida e mexa sem parar em fogo baixo até começar a ficar consistente. Então pingue o leite aos poucos na polenta até obter a consistência cremosa desejada (se precisar de mais leite basta acrescentar). Ao final do cozimento desligue, adicione o queijo parmesão, a manteiga e mexa delicadamente. Sirva imediatamente com o ragu de cogumelos sobre a polenta. Finalize o prato com salsa fresca picada.
 
CURIOSIDADE: O termo ragu vem da denominação francesa ragôut, que consiste em um molho bastante denso composto por carnes cozidas, molho de tomate, vinho tinto e temperos diversos. O ragu tradicional é cozido em fogo baixo durante horas até atingir o ponto desejado e depois é servido com massas ou polenta. Com o tempo e a modernidade na cozinha surgiram diversos tipos de ragu, de linguiça, de carne moída, de cordeiro, de vegetais, de cogumelos, etc. Para que um molho seja considerado um ragu ele precisa ser consistente e conter vinho.
 
Bom Apetite!
 
 
Fabiana Pinfildi

14 Comentários para “Polenta Cremosa com Ragu de Cogumelos

  1. Fabi querida..numca imaginei fazer polenta cremosa que amo!com ragú de cogumelos…maravilha..amei..amei..bjus..e bom começo de semana..li

  2. ADORO polenta com ragu! Acho uma perdição! Sua foto tá tão linda que deu até vontade de dar um pulinho ali na cozinha….

    Beijo!

  3. Fico com os cogumelos e deixo a polenta cremosa para quem aprecia. Tenho uma cisma antiga com polenta cremosa, não consigo gostar, menina!
    Mas a frita eu como, tipo uma ou duas vezes ao ano, quando visito Santa Felicidade, nosso bairro italiano.
    Boa semana!

  4. Oi Fabi! Amo seu blog, conheci por meio da Glau-Quitandoca e sempre visito. Passei pra dizer que falei de vc ontem e hj lá no meu cantinho. Essa polentinha é demais:)
    bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *