Como é a sua relação com o Supermercado?

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Eu sou daquelas que acredita que a qualidade da vida que se leva começa pela qualidade dos alimentos que você ingere, e embora as vezes eu acabe exagerando no quesito quantidade, procuro ser criteriosa com relação à qualidade, e percebi que sim, é possível ter qualidade na mesa sem ter que dobrar as despesas com compras no supermercado. Quer ver só as atitudes que eu adotei nos últimos meses e que tem dado certo? Acompanha o raciocínio então…
 
Fazer ou não a LISTA 
Nunca deixo de fazer uma lista prévia para os produtos que preciso comprar, e me permito comprar até 3 itens fora da lista, para alguma novidade ou promoção que eu resolva aproveitar. Geralmente dá certo e o controle sobre o que se compra fica mais fácil, fazer lista evita o desperdício de alimento e também contribui para a economia das despesas do lar.
 
Ir a mais de 1 supermercado por semana é válido?
Eu acho muito válido ir a mais de um supermercado por semana, e tiro proveito disso! Semanalmente vou a um hortifruti perto de casa para comprar frutas, legumes e verduras, costumam ser bem mais em conta e mais frescos nesses lugares. É claro que o ideal é ir na feira, e de preferência orgânica, mas eu não tenho esse tempo todo livre, infelizmente. Para a compra de produtos de limpeza, enlatados, arroz, feijão, conservas, farináceos e afins, o que eu chamo de compra “pesada”, eu faço no supermercado a cada 15 dias. Carne eu compro fresca no dia que resolvo fazer, assim não preciso congelar. Cereais, grãos e sementes orgânicos compro em uma loja de produtos naturais. Especiarias, temperos e bacalhau só compro no Mercadão, já que lá eu consigo melhor variedade e preço. No fim das contas a economia é boa porque cada um consegue o preço mais competitivo na sua especialidade e quem se dá bem é o consumidor. 
 
Fazer um cardápio prévio da semana 
Eu não faço exatamente um cardápio prévio da semana, mas procuro definir antes de ir às compras o que pretendo fazer de uma forma geral, por exemplo: um peixe num dia, um kibe no outro…aí compro alguns ingredientes específicos. 
 
Encha a sua geladeira de VERDE
Eu adoro ter muitas opções de legumes e verduras na geladeira porque o momento do dia em que eu mais cozinho é à noite, então procuro fazer pratos mais leves, raramente comemos carne nesse horário, aí os vegetais atendem perfeitamente a minha vontade. Compro um pouco de tudo e vou usando ao longo da semana. Esta é uma boa tática para você fugir da idéia da comida industrializada e ter sempre comida saudável na mesa. Se tiver na geladeira você tem que usar, então naturalmente você vai conseguir uma alimentação mais cheia de verde.
 
Peixes e Carnes no DIA
Costumo comprar peixes e carnes frescos no dia em que decido fazer, mas todas as vezes que vou ao mercado compro ao menos um tipo de carne ou peixe para fazer naquele mesmo dia e aproveitar a ida ao lugar. Eu adotei esta tática depois que me casei, porque na minha família várias pessoas congelam a carne, mas agora que comando a cozinha opto pela carne fresca que tem sabor e textura incomparáveis com a carne congelada. Além de contribuir na economia, o congelador não fica abarrotado e sempre tem espaço para gelar bebidas e sobremesas.
 
Oba! Promoção!
Outro dia assisti a um economista recomendando que quando houver uma promoção no supermercado e você identifique que de fato está mais barato do que o preço de sempre, você deve aproveitar a promoção e comprar mais de uma unidade do produto se você sabe que vai utilizá-lo de todo o jeito. Eu costumo aproveitar promoções de tomates pelados em lata, azeites, vidros de azeitonas e milho, leite e massas secas pois sei que uso bastante e mais tarde terei que comprar mesmo, então decido investir na promoção e economizar.
 
Bom gente, é isso, assim eu consigo ter uma boa alimentação e ainda consigo economizar. Espero que as dicas sejam úteis :)
 
E você, tem alguma tática especial no momento de fazer suas compras? Conta pra mim aqui nos comentários, vou adorar saber!
 
Beijos,
Fabi
 
Imagem: Getty Images

8 Comentários para “Como é a sua relação com o Supermercado?

  1. Fabi, começando por verduras que consumo muito, o que não planto, compro aqui na redondeza numa horta organica.
    os legumes e frutas da estação compramos diretamente do produtor em caixas, juntamos um grupo e compramos de caixa fechada, sacos etc, e divimos entre 6 familias.
    ovos compro diretamente no produtor.
    carnes compro as 3as nos meu açougeiro quando recebe carnes fresca, separo tudo e congelo.
    o grãos, frutas secas, bacalhau compro em SP quando vou para lá.
    o resto é no supermercado mesmo.
    se for comparar com os 25 anos que morei na capital, o custo de vida aqui é menor, por estas facilidades, mas sinto muita falta das variedades e da certeza de encontrar qualquer coisa em sampa.
    seu post ficou completo.
    bjs

  2. Olá Fabi, boa noite!
    Achei legal seu post .
    Aqui em casa eu e meu esposo temos o hábito de fazer caminhadas, então já sabemos que todas as Terças-Feiras e Quartas-Feiras tem promoção de frutas e verduras nos supermercados do bairro sendo assim toda semana temos verduras e frutas frescas. Quanto ao quesito compras do mês já mantenho uma lista pronta pois como compro sempre as mesmas coisas então não perco tempo.
    E como você falou a respeito da orientação do Especialista de estar comprando uma boa quantidade do produto que estiver em promoção(isso no caso se for realmente necessário) também adotamos este método. Você se lembra o ano passado quando em todos os lugares o preço do feijão estava super caro? Pois então nesta época eu encontrei uma boa promoção em minhas caminhadas e puder comprar pra estocar, o que me sai super lucrativo e econômico.
    Outro Dica boa é ir em Atacadão. Eu moro aqui na zona sul de SP, e tem um atacadão na região do piraporinha onde posso comprar no atacado produtos que uso muito como: oléo de milho, azeite,candida, sabão em pó eu vejo que sai mais em conta do que comprar de 1 em 1 no supermercado.
    No quesito Carnes e Aves, só compro quando vamos usar mesmo, também não gosto de estar descongelando os alimentos.
    Bem é isso, um grande beijo pra você e quando puder espero sua visita. Ok
    http://olhandodoauto.blogspot.com/

  3. Fabi, comigo acontece diferente… é no super mercado que resolvo o que vou fazer…rs!
    Faço minhas compras "pesada" a cada 15 dias, mas a semana eu resolvo conformo o que encontro e me agrade, tem dado certo assim e fico doidinha quando chego em casa e tenho resolver o que fazer com o que comprei…rs, uma terapia!
    Bom fim de semana, Bjuss!!!

  4. Fabi, eu também sou plenamente de acordo de que somos verdadeiramente o que comemos e que a nossa saúde, beleza e bem estar passa em grande parte pela qualidade dos alimentos que ingerimos.
    Cá por Portugal existe um conceito relativamente recente (não sei se também existe por aí no Brasil) de mercados biológicos, onde são vendidos produtos horticulas produzidos de forma tradicional sem os químicos dos métodos industriais. Procuro ir sempre que posso a esses mercados e mesmo nos grandes hipermercados também existe uma secção desses produtos onde vou sempre.

    De resto tenho a cultura de ler sempre os rótulos e tentar ao máximo fazer o que posso em casa: pão, molhos, etc.

  5. Adorei a postagem! Bem relacionado, até mesmo, com Publicidade. Sou publicitário e seu texto pode ser facilmente tratado nos bancos da universidade.

    Amei o blog! Já virei fã!

  6. Oi, Fabi,
    Adoro xeretar seu Blog..rss
    Acrescento uma dica: ir as compras de barriginha cheia…sempre q vou ao mercado quando saio direto do trabalho, exagero…
    Suas dicas são ótimas e as receitas…melhores!
    Bjs querida!
    Renata

  7. Oba, fico feliz que tenham gostado do post, afinal de contas toda dona de casa passa por isso sempre! Acho bacana trocarmos nossas dicas sobre o assunto, gostei de todas as dicas! Obrigada!

    Uau! Fico feliz em saber que meu post poderia ser discutido em uma sala de aula. Obrigada!

    Beijos,
    Fabi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *