Salmão Semicru com crosta de gergelim

terça-feira, 12 de abril de 2011

Este prato delicinha é figura fácil nos restaurantes japoneses e pra quem gosta de peixe cru é uma refeição irresistível. Há muito tempo que eu queria fazer, mas acreditem, estava tomando coragem porque achava que o peixe ia se desmanchar todo, que o gergelim ia desgrudar do peixe, que não ia conseguir acertar o ponto, enfim, “neuras” de cozinheira. Mas ontem tudo mudou! Finalmente comprei o lombo de salmão com destino certo, e deu super certo, no fim foi muito fácil, bem mais fácil do que eu imaginava. O segredo está na frigideira bem quente e no tempo mínimo que o peixe deve ficar no fogo. Para acompanhar fiz um molhinho “vapt vupt” de shoyo com mel que caiu perfeito. Anota aí então e se decidir fazer depois me conta como ficou:
 
Salmão Semicru com Crosta de Gergelim
(para 2 pessoas)
 
Ingredientes:
1 lombo de salmão limpo com 300g aproximadamente (se for alto melhor ainda)
3 colheres de sopa de gergelim preto
1 colher de sopa de gergelim branco
2 colheres de sopa de azeite 
pimenta moída na hora
 
Para o molho:
1 colher de café de mel de abelha
1 colher de chá de molho shoyu
 
Modo de Preparo: Pegue o lombo do salmão limpo e corte toletes dele, em forma de retângulos compridos. Besunte os toletes com 1 colher de azeite e em seguida polvilhe a pimenta moída, o gergelim preto e depois o branco em cada um deles. Numa frigideira aqueça bem em fogo alto 1 colher de sopa de azeite e quando estiver bem quente coloque um tolete por vez e deixe fritar  10 segundos de cada lado, virando o peixe para que toda a borda fique cozida. Faça isso com cuidado e delicadeza para que o peixe não desmanche nas bordas. Retire do fogo e passe para uma tábua. Com uma faca muito bem afiada segure o tolete com uma mão e com a faca na outra mão corte fatias largas do peixe (para ficar como quadradinhos). Misture bem os ingredientes do molho até ficar encorpado e regue as fatias com ele. Sirva em seguida. A cenoura ralada e o alho poró combinam muito bem como acompanhamento.
 
Dica: o tempo de frigideira depende muito da espessura do tolete de peixe que você vai usar, quanto mais alto melhor ele ficará, e quanto mais baixo, menor deve ser o tempo de frigideira porque ele começará a cozinhar rapidamente no centro, e a idéia aqui é deixar o centro bem cru mesmo, e apenas as bordas cozidas.
 
Dica 2: Usar uma faca bem afiada é importante para o resultado final desta receita porque ela será a responsável por cortar perfeitamente as fatias de peixe sem “desfiar” as bordas.
 
Bom Apetite!
 
Fabiana Pinfildi

24 Comentários para “Salmão Semicru com crosta de gergelim

  1. Fabi,
    Esse prato ficou igualzinho aqueles servidos nos restaurantes….chic e delicioso.
    Seu cantinho não tem frescura….vai de carne seca até o salmão..adooooro!
    beijos

  2. Fabiana, esse receita é incrível!
    Adorei seu blog e já estou te seguindo, será um prazer se vc me seguir tbm.
    Vou correndo participar do sorteio, quem sabe ñ ganho?rsrs
    Bjka

  3. Sandrinha, faz então porque se ele gosta de peixe cru este prato ele vai amar.

    Obrigada Marcel!

    Carol, então um dia vc tem que vir me fazer companhia no jantar :)

    Fabi, uau! Que delícia ouvir isso amiga. Mas olha, aqui rola de tudo mesmo porque retrata o que eu gosto e são pouquíssimas as coisas que eu não gosto…hahahah

    Beijos!
    Fabi

  4. Hummmm, ultimamente tenho feito algumas coisisnhas japonesas/chinesas por aqui, por que amo de paixão.
    Esse salmão deve ficar uma delícia e vou tentar fazer aqui, mas periga não ficar tão perfeito, minhas facas não estão boas, preciso urgente providenciar uma que preste a isso.
    Maravilhosa apresentação, Parabéns!
    Bjuss!!!

  5. Fabi eu tenho uma inveja de quem comi comida japones que vc nem pode imaginar… rsrsr mas meu paladar infelizmente não aceita a idéia de comida crua ou semi crua… meus olhos devoram, mas meu estômago recusa .. snif snif

  6. Fabi, fiquei com agua na boca, de verdade. Sou louca por salmao cru e esse assim levemente grelhado deve ter ficado fantastico! Vou copiar a ideia, sem duvidas!
    Parabens!
    Debora

  7. Ficou muito lindo seu prato! Como sempre…
    Aqui em casa nós adoramos comida japonesa! Qq dia vou tentar fazer, depois te conto.
    Bjim

  8. Oi Fabi!
    Fiquei apaixonada por essa receita!
    Mas me conte.. a parte do gergelim (o topo do tolete) não entra em contato com a frigideira, né? Só os outros 3 lados (as bordas e a “bundinha”)?
    Porque, se eu estiver certa, será que não fica mais fácil deixar pra colocar o gergelim no final, antes de cortar em cubos, pra não ter que ficar fazendo malabarismo com medo dele escorregar de cima do salmão na frigideira?
    Adoro seu blog!
    Beijocas!
    Lia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *