Escondidinho de Abóbora e Carne Desfiada

terça-feira, 08 de fevereiro de 2011

Aqui em casa eu e marido adoramos uma comidinha nordestina, e o escondidinho (em todas as versões possíveis) é um dos pratos preferidos. Estava com uma abóbora japonesa linda na geladeira e pretendia fazer uma torta, contudo ainda tinha um bom pedaço de carne assada de uma outra refeição que estava com um tempero mara, e para me fazer mudar de vez os planos para o jantar me deparei com 2 queijos de coalho que ganhei da Tirolez e 1/2 copo de requeijão cremoso. Pronto, o que mais poderia sair disso? Pra mim era muito óbvio que o universo conspirara para que eu fizesse um escondidinho de abóbora com carne desfiada e muita, mas muita cebola! Bendita hora que mudei de planos, o escondidinho superou as expectativas e ficou de fato divino. Foi um pouquinho trabalhoso para preparar a carne e a abóbora que eu quis fazer assada antes de amassar, achei que ficaria mais saborosa e com menos água, tal como o resultado obtido.
Escondidinho de Abóbora com Carne Desfiada
(rende 4 porções)
 
Ingredientes:
300g de abóbora japonesa – cabotiá (de preferência pedaço inteiro com casca)
1/2 xícara de água
1 xícara de carne bovina assada ou cozida e desfiada (usei peito bovino, mas pode ser carne seca também)
2 cebolas pequenas fatiadas
2 queijos de coalho para churrasco picadinhos
4 colheres de sopa de requeijão cremoso (usei tirolez que não derrete e é bom para receitas)
1 xícara de caldo de carne
2 dentes de alho
1 ramo de alecrim
1/2 cebola pequena sem picar
1 colher de chá de manteiga
1 colher de sopa de azeite
1 colher de chá de molho de pimenta chipotle tabasco (ou outro molho suave de sua preferência)
1/2 xícara de leite
pimenta-do-reino e pimenta branca à gosto
sal à gosto
 
Modo de Preparo: Coloque a abóbora em uma assadeira antiaderente com a polpa virada para baixo e regue com 1/2 xícara de água. Cubra com papel alumínio e asse a abóbora em forno baixo (180º) por 1 hora, ou até que esteja bem macia. Com uma colher retire delicadamente toda a polpa da abóbora e amasse fazendo um purê. Misture com o leite, temperando com 1 fio de azeite e sal à gosto. Se estiver usando ramequins individuais (como esses potinhos da foto) forre o fundo de 4 deles com metade do purê de abóbora e reserve (se estiver usando um refratário único é só seguir os passos seguintes unindo todos os ingredientes em um só refratário). Agora passe para o preparo da carne. Se tiver 1 pedaço de carne de panela ou carne assada coloque-a direto em uma caçarola com o caldo de carne (que deve estar suave, com pouco sal), a 1/2 cebola, os dentes de alho inteiros, o alecrim e pimentas preta e branca moídas à gosto. Tampe a caçarola e deixe cozinhar em fogo baixo por 20 minutos. Enquanto isso refogue bem as cebolas em 1 colher de chá de manteiga e 1 colher de sopa de azeite até quase começarem a tostar. Quando o caldo da carne secar ela estará pronta para ser desfiada. Desfie a carne, elimine o ramo de alecrim, misture a carne desfiada aos outros ingredientes de seu cozimento e cubra as camadas de purê de abóbora dos potinhos com a carne desfiada. Distribua o molho de pimenta sobre a carne desfiada nos potinhos. Depois faça uma camada de cebolas e outra do purê restante. Finalize com uma camada de queijo coalho picado bem miúdo e 1 colherada de requeijão cremoso em cada potinho. Leve para gratinar em forno baixo (180º) e pré-aquecido por 20 minutos. Sirva imediatamente com molhos de pimenta à sua escolha e arroz branco se achar necessário. 
 
Dica: Se não tiver carne pronta em casa faça uma carne de panela ligeira cozinhando 200g de carne com caldo de carne, cebola, alho e pouco sal na panela de pressão por 40 minutos antes de iniciar a receita. Por isso é mais fácil guardar um bom pedaço de carne de panela de uma receita anterior para fazer esta receita. Programe-se e faça um pouco mais para sobrar.

Bom Apetite!
 
Fabiana Pinfildi
 

15 Comentários para “Escondidinho de Abóbora e Carne Desfiada

  1. Oi Fabi, esse prato ficou bem apetitoso viu!
    Confesso que nunca fui muito fã de abóbora, mas de uns tempos pra cá meu paladar mudou muito e esse seu escondidinho me deu uma baita vontade de preparar aqui também!

    bjinhos
    Dani

  2. Fabi em casa também amamos escodidinho, de todos os tipos de recheio, eu amo cabotiá então com certeza esse seu ficou maravilhoso, adorei, parabéns! As fotos ficaram nota 10! Beijos

  3. Dani, não usei carne seca nesta receita, mas você pode usar que fica delicioso também o escondidinho.

    Paty, essas mini panelinhas de cerâmica eu comprei na loja Camicado, aqui em SP, tem de várias cores.

    Beijos,
    Fabi

  4. Pingback: Figos & Funghis » Escondidinho de Mandioca e Carne Moída

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *