Projeto Natal 2010 do Figos & Funghis

domingo, 31 de outubro de 2010

Eu adoro o Natal, primeiro porque é época de repensar nossas atitudes durante o ano que está se encerrando, refletirmos sobre o que desejamos para o futuro, é época de se reunir com a família, os amigos queridos, é época de amor e boas energias. Assim, como estamos a menos de 2 meses do Natal estou começando hoje o PROJETO NATAL 2010 do Figos & Funghis! Aqui vão rolar posts sobre o Natal e tudo o que está relacionado a ele, com muitas curiosidades, sugestões de menu para a ceia tão aguardada e receitas, é claro, sobre esta festa deliciosa que podemos curtir a cada final de ano. Inauguro esta coluna nova com um post sobre as castanhas, já que castanhas e Natal tem tudo a ver! As castanhas pra mim são uma das melhores coisas do Natal, ah, castanhas de todos os tipos, tamanhos e sabores. Infinitas receitas podem ser feitas com elas, desde entradas à sobremesas, mas prová-las sozinhas também é puro deleite. Mas as castanhas não são apenas saborosas não, elas também são muito benéficas à nossa saúde. Vejam alguns trechos de matérias que eu encontrei por aí: 
“Em segundos, ao mastigar uma única castanha-do-pará, você recarregará os níveis de um mineral extremamente importante para uma vida longa e saudável: o selênio. A pequena oleaginosa repõe a quantidade do nutriente necessária para dar combate ao envelhecimento celular, causado pela formação natural daquelas incansáveis moléculas que danificam as células, os radicais livres…O mineral da castanha também teria um papel especial na proteção do cérebro. É que, com essa capacidade de acabar com a farra dos radicais livres, as células nervosas seriam preservadas, evitando o surgimento de doenças neurodegenerativas com a idade. Justamente por isso, a pesquisadora Bárbara Rita Cardoso começa a estudar os possíveis benefícios do selênio em portadores do mal de Alzheimer. A gente desconfia que nesses pacientes os radicais façam maiores estragos, diz ela.
tireóide também funciona melhor na presença do selênio, acrescenta Christine Thomson. Isso porque, se não houver esse elemento, ela não consegue produzir direito seus célebres hormônios. ” (Saúde Vital)
 
“Se as amêndoas, castanhas e nozes passam longe do seu cardápio por causa das calorias, você não sabe o que está perdendo. Essas delícias fazem parte do seleto grupo das frutas oleaginosas, que, além de carregarem muitos nutrientes, podem ser excelentes parceiras na hora de emagrecer. Estudos indicam que, quando aliadas a uma dieta, essas castanhas auxiliam na perda de peso, pois são ricas em gorduras monoinsaturadas, responsáveis por manter o nível de açúcar no sangue estável e ativar o metabolismo da queima de gorduras. O mais recente deles, publicado na revista norte-americana International Journal of Obesity, comparou os efeitos de uma dieta para emagrecer enriquecida com amêndoa a uma mais tradicional, suplementada com carboidratos complexos. O grupo que comeu amêndoa não só obteve mais sucesso na redução do peso e do total de gordura corporal como também teve mais facilidade em manter a perda de peso durante o tempo estudado.” (Revista Boa Forma)
 
“As castanhas e nozes, que são a castanha-do-pará, amêndoas, castanha de caju, avelã e noz, são frutas oleaginosas. Em geral apresentam as mesmas propriedades: combatem o envelhecimento celular, previnem diversas doenças e contêm um tipo de gordura saudável, a monoinsaturada, responsável por efeitos como a diminuição do LDL (colesterol ruim) e aumento do HDL (colesterol bom). 
Noz: ótima fonte de energia, potássio, proteína vegetal e vitamina E, que tem ação antioxidante, além de proteger contra doenças do coração. 
Castanha-do-pará: fornece selênio, mineral antioxidante que atua no equilíbrio da tireóide e do magnésio. Contém ômega 3, gordura que previne doenças do coração. 
Como acontece com todos os alimentos, a recomendação é que elas não sejam ingeridas em excesso. O segredo está na quantidade. Comer de três a quatro unidades por dia é o suficiente para usufruir todos os benefícios sem prejudicar sua dieta.” (Bonde Saúde)
 
Então é isso gente, espero que tenham gostado de conhecer um pouco mais as castanhas. Até o próximo post de Natal!
 
Imagem: Getty Images
 
Fabiana Pinfildi

7 Comentários para “Projeto Natal 2010 do Figos & Funghis

  1. ÊBA, Natal está chegando. ADORO ISSO TUDO!. as castanhas fazem parte de nosso cardápio aqui em casa. Temos um saquinho delas com casca e o quebrador ao lado, pertinho da mesinha do café. É pau para toda obra, como dizem. Demais de informativo seu post. Parabéns.

  2. Eu adoro todos os tipos, sempre tenho em casa, pra incluir nas receitas, para mastigar na hora da fome e dar uma turbinada na dieta, mas no natal parece que elas tem um gostinho diferente, né?

    Bjão

  3. Oba
    Também adoro o Natal, vou ficar de olho por aqui…como se já não ficasse kkk
    Vou compartilhar depois uma receitinha bem bacana que minha mãe faz todo ano!
    Mando por e-mail depois…
    bjs

  4. Querida, adorei o post e como adoro Natal também, ficarei ligada nos próximos posts. No meu caso, que estou gravidinha, ingerir castanhas moderamente, faz muito bem.
    Este ano, quero me arriscar e fazer um panetone, porque eu AMO panetone, mas se você for fazer alguma receita assim, vou esperar as suas dicas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *