Polenta Cremosa à Bolonhesa Gratinada

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

Se tem um prato que todo mundo gosta, ou quase todo mundo gosta é a polenta. Um prato originário da Itália que acabou se popularizando aqui no Brasil e hoje é presença constante na mesa dos brasileiros. E se for uma polentinha cremosa com molho básico à bolonhesa e preparada com muito carinho o resultado só pode ser um sucesso. Esta receita é fácil e deliciosa, tenho certeza que até mesmo as amigas iniciantes na cozinha conseguirão fazê-la. Quando estou com tempo sobrando e inspirada pra cozinhar eu uso farinha de milho especial para polentas artesanais e “politicamente” corretas, mas quando não é o caso faço uso mesmo daquelas semi prontas, os famosos flocos de milho pré-cozidos, e olha, não vejo nenhum crime nisso. Se você está sem tempo e sem paciência pra ficar horas apurando uma polenta artesanal use esses flocos também que eu garanto que a sua polenta vai ficar deliciosa!
Polenta Cremosa à Bolonhesa Gratinada
(rende 6 porções)
 
Ingredientes:
Para a Polenta Cremosa:
2 xícaras de flocos de milho pré-cozidos
1 tomate picado
1 cebola picada
salsa fresca picada à vontade
pimenta-do-reino moída na hora à gosto
2 dentes de alho amassados
1 colher de sopa de óleo vegetal
1 litro de água fria
 
Para o Molho:
250g de carne moída
1 cebola picada
1 colher de sopa de óleo vegetal
1 xícara de molho de tomates ou tomate pelado
pimenta à gosto
sal à gosto
1 pitadinha de açúcar
3 colheres de sopa de queijo ralado para polvilhar
 
Modo de Preparo: Comece refogando a cebola, o tomate picado, e o alho no óleo até que o tomate comece a se desfazer. Aí então junte a água fria e a farinha de milho e continue mexendo em fogo alto mesmo até a polenta engrossar. Quando a polenta engrossar e estiver lisinha, mas ainda cremosa, acrescente a salsa picada, desligue o fogo e passe a mistura para um refratário untado levemente com manteiga. Deixe esfriar em temperatura ambiente e enquanto isso prepare o molho, refogando todos a cebola e a carne moída no óleo vegetal até que a carne esteja cozida e começando a secar a água que ela vai desprender naturalmente. Aí então junte o molho de tomates ou os tomates pelados, a pitada de açúcar e abaixe o fogo. Deixe apurando até ferver, mexendo de vez em quando. Desligue, ajuste a pimenta, o sal e cubra a polenta já fria com este molho. Polvilhe o queijo ralado e leve para gratinar no forno médio pré-aquecido por aproximadamente 30 minutos. Sirva bem quentinha acompanhada de arroz branco e salada. Bom demais!
 
Bom Apetite!
 
Fabiana Pinfildi

22 Comentários para “Polenta Cremosa à Bolonhesa Gratinada

  1. Fah,
    Em minas é angu…aqui em sampa esse nome mais gracioso, né?! :]
    Gosto bastante de fazer…na casa de minha mãe ela fazia com a panela de ferro…e ficava uma vida esperando dar o ponto e criar aquela casquinha ao redor… bons tempos!
    Mas, nessa correria, assim prática é bem mió, né?! :}
    Num carecia nem colocá a carninha, viu?!
    Ficou muito linda..
    Um bejim bem grande procê!

  2. Fabi, sabe q depois q conheci a polenta cremosa, aprendi a gostar da bendita!…rs. O molho é mesmo essencial para o "tchan" do prato.

    Bjo gde, Dani :)

  3. Jesus Maria José, Pedro, Lucas, João e benedito! Chegou a me dar uma coisa aqui (sangue de italiano é uma coisa triste). Essa polenta tá tudo! Adorei!

  4. nham nham.
    mas sabe que eu não entendi muito bem o que são os 'flocos de milho pré-cozidos'?? sobre polenta só me lembro do método da farinha de milho e mexe mexe mexe na panela pra ela dar ponto. ou daqueles tijolos de polenta prontos e terríveis.
    o que você falou eu não conheço não.

    adoro polenta. gosto dela bem quente com molho de tomate e requeijão. nham nhaaaaam.

    beijo

  5. Fabiana do céu…agora você me pegou …adoro polenta.
    Tanto faz se com molho, frita e até purinha, pra comer de colheradas…rs!
    Com esse molho bolonhesa ficou completo…lindo mesmo!!!
    Bjuss!!!

  6. Olá! Venho lhe convidar para ler “É Primavera” no meu http://jefhcardoso.blogspot.com . É possível fazer poesia com um velho, urubus e uma carcaça podre? Eu tentei, agora estou pedindo quantas opiniões for possível. Grande abraço e obrigado antecipado!

    “Para o legítimo sonhador não há sonho frustrado, mas sim sonho em curso” (Jefhcardoso)

  7. Tô com a Vinni, no Rio polenta também é angú e é tradicionalmente servido com molho de carne e esse é o único jeito que eu gosto de comer polenta. Preciso fazer aqui em casa pois faz tempo que eu não como um angú.

    Bj,

    C.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *