Minha primeira Vaca Atolada e uma estréia em grande estilo!

quarta-feira, 04 de agosto de 2010

Gente, esta vaca atolada me deixou até emocionada! Sério mesmo! Eu sempre comi vaca atolada na fazenda e em restaurantes mineiros, e a receita que me atrai para dentro de um restaurante mineiro é sempre esta. Contudo eu sempre acreditei que fosse uma receita difícil de fazer, muito trabalhosa, cheia de etapas e nunca me animava. Até que ganhei de presente de casamento uma super panela Lyon da TDC (Tramontina Design Collection) na cor berinjela (eu tinha escolhido antes, porque adoro esta cor e combina com o blog!) e na hora que abri a belezinha me veio em mente uma vaca atolada dentro dela. Achei perfeito para a panela, já que uma super panela exige uma super receita, e uma boa vaca atolada deve ser feita em altas temperaturas e cozida lentamente – é gente, às vezes uma bela receita exige mais tempo na cozinha. Eu ia deixar a estréia da panela nova pra casa nova, mas o marido ficou me desafiando e perguntava: vai colocar sua panela num quadro? Aí então acabei cedendo, só escolhi o final de semana que iria preparar a vaca atolada, porque tinha que ser um almoço de domingo para fazer sentido ficar tanto tempo na cozinha, convidei alguns amigos e voilá! Estreei minha panela roxinha e perdi o medo da vaca atolada! Tenho que admitir sem falsa modéstia que eu fiquei muito satisfeita com o resultado, a vaca atolada ficou deliciosa! Apesar de ter visto esta receita em muitos lugares – inclusive nos livros de receita da família – eu não segui nenhuma receita específica, apenas o meu feeling e também utilizando dicas preciosas de preparo de uma costela com o meu amigo Wilson, churrasqueiro exímio. De quebra, meu amigo Rafael Sartori, fotógrafo talentosíssimo levou a câmera dele e tirou várias fotos lindas pra eu mostrar aqui pra vocês. O Rafa tem um ábum no site Olhares.com e tem um perfil no Facebook com algumas fotos que ele tira, quem tiver Facebook ou estiver cadastrado no Olhares dá uma passadinha lá pra conferir que vale à pena. Vamos à receita?
Vaca Atolada
(serve bem 6 pessoas)
Ingredientes:
3 kg de costela bovina com o osso (procure uma com mais carne do que gordura)
3 kg de mandioca descascada, lavada e cortada em 3 partes
1,5 litro de caldo de carne
1 cebola grande picadinha
2 dentes de alho amassados
1 maço de salsinha fresca picada
1 pimenta dedo-de-moça sem sementes e filamentos internos, picadinha
1 fio de azeite
sal à gosto
Modo de Preparo: Tempere a costela apenas com sal fino e acomode todos os pedaços dentro de uma panela de pressão grande. Tampe a panela e cozinhe a costela em fogo baixo. Quando a panela começar a chiar marque 30 minutos e continue cozinhando em fogo baixo. Espere sair toda a pressão da panela e retire a tampa. Você irá perceber que formou-se bastante gordura líquida no fundo da panela. Retire 4 colheres de sopa deste líquido e reserve. Despreze o restante. Escorra bem os pedaços de costela que estarão quase se soltando do osso e reserve. Em uma panela de ferro aquecida previamente (ou de alumínio forjado como a minha) acrescente a gordura reservada da costela e doure o alho e a cebola. Acomode todos os pedaços da costela no fundo da panela de ferro e cubra com os gomos de mandioca. Regue tudo com o caldo de carne, junte a pimenta, o sal e cozinhe por 2 horas (sim, isso mesmo!) em fogo médio acompanhando e mexendo sempre. A vaca atolada estará pronta quando quase todos os pedaços de carne tiverem se desprendido do osso e a mandioca estiver mole. Algumas delas irão se desmanchar e formar um delicioso purê em meio à vaca atolada (acho que o nome vem daí). Desligue, salpique a salsa picadinha e sirva na mesma panela do cozimento (que permanecerá quente por muito tempo ainda), acompanhada de arroz branco e couve refogada com bastante alho! Uma delícia!
(Foto: Rafael Sartori)
                   (Foto: Rafael Sartori)
Dica: Você pode usar o corte de carne que preferir, mas que não se desmanche rapidamente. Eu usei costela porque pra mim vaca atolada tem que ser com costela, mas isto é questão de preferência.
Sobre a panela: Esta panela Lyon é feita de alumínio forjado e com revestimento interno com atiaderente. Seu diferencial é a vedação, que torna a panela capaz de preparar receitas como se fosse um forno. Por enquanto só testei uma receita nela e espero que seja realmente tudo isso o que dizem a respeito. Linda ela é, mas não é só isso que importa não é mesmo? 
         (Foto: Rafael Sartori)
Bom Apetite!
Fabiana Pinfildi

27 Comentários para “Minha primeira Vaca Atolada e uma estréia em grande estilo!

  1. Parabéns Fabi, é tão bom quando nós conseguimos fazer uma receita com sucesso, não é mesmo, ficou linda sua vaca atolada, e sua panela também é muito linda! Bjokas

  2. Fabi…vou dizer que nem sou mto fã de vaca atolada…mas eu realmente acredito que é pq nunca comi uma boa!!hehehe…A sua ficou linda que realmente quebrou o preconceito de era algo difícil! Amei a panela!!Linda deeeemaaaiiisss!!
    Bjao querida

  3. Oi, Fabi,

    Eu estava comentando num outro blog quando vi a foto da sua vaca atolada. Pronto, foi o suficiente para eu já ficar eriçada, pois comida mineira (e vaca atolada!) é comigo mesma! rsrs. A sua 'vaca' ficou maravilhosa, imersa nos líquidos do cozimento, afe! Também adorei a panela.

    Beijão

  4. vaca atolada é tudo de bom..eu amo!!e…como boa "quase mineira!"rssss..meu marido é mineiro..e….aprendi fazer por lá..e faço sempre aqui em casa..a sua ficou linda!parabens…linda…maravilhosa é mesmo a sua panela!!!!,..show mesmo..amei..bjus

  5. Adoro vaca atolada e já fiz algumas vezes cá em casa. Nem sequer sou fã de carne de vaca mas a costela com a mandioca é qualquer coisa de divinal :)

  6. É super legal 'vencer' as receitas clássicas, né?
    Nossa, eu fico feliz da vida qdo consigo fazer alguma receita da minha mae ou vó!
    A vaca atolada tá que quase sinto o aroma! Soh faltou patinho no meio pra quem nao come costela, como eu..rsrs.

    Bonitas as fotos do teu amigo, Fabs!

    bjim

  7. Quem ficou atolada agora fui eu na minha baba menina…isso parece bom demais, pois eu amo mandioca, to só me imaginando de frente a uma prato desse, vou me acabar. adoreiiiiii. beijinhos

  8. Essa panela é linda!!!!!! Eu sou fã da vermelha, mas confesso que quando vi a berinjela ao vivo fiquei balançada! Fabi, eu não sabia o que era vaca atolada! Acho que até se faz coisa parecida aqui no sul, mas não com este nome. Me lembro de ver em algum restaurante de comida campeira… Acho que é tem uma versãa sim, mas ao invés de mandioca vai polenta. Parabéns pela execução da receita, deve ter ficado muito bom! Beijos, Ju

  9. Fabi, como vc mesma disse, em alto estilo mesmoooooo. Eu adoro esta receita. É deliciosa. Com relação a panela, linda de morrer, acredito que perfeita para este prato!

    Bjo gde, Dani :)

  10. Menina este trem deve ter ficado bão dimais da conta sô!!!!
    Como boa mineira que sou….hummmmmm babei aqui, e até senti o cheirim desta vaca atolada.
    E sua panela é lindona mesmo.
    Inaugurou ela bonito !!!!! rs
    Agora o nome Vaca Atolada é um troço muito esquisito, pq eu só consigo visualizar a bichinha atoladinha na lama,,,rs pode??? rs rs [ sou besta mesmo,,,rs rs]
    Beijinhos e tudo de bão procê!
    Sandra
    http://studiophotoarte.wordpress.com/

  11. Parabéns Fabiana! Também tenho que perder o medo e encarar algumas receitas que venho adiando faz tempo… Na verdade, eu nem gosto de Vaca Atolada, mas estou babaaaaando pela panela!!! Ela é lindíssima!
    Ah! As fotos também ficaram lindas, de os parabéns ao seu amigo!

  12. Oiiiiii Fá, tudo bem???
    Não sei o que eu gostei mais nesse post se foi a vaca, se foi a panela ou se foram as fotos…
    Tudo ficou maravilhoso e sua vaca atolada ficou maravilhosa, eu como uma boa mineira adoro essa prato!!!
    Parabéns !!!
    Bjocas

  13. Que bom que gostaram, no final das contas perdi o medo, ví que é realmente demorado pra cozinhar, mas é bem fácil, o segredo é acertar o tempo de cada etapa.

    Obrigada pelos comentários pessoal!

    Bjinhos,
    Fabi

  14. Oi Fabi. Que coisa mais deliciosa essa comida.
    Eu também nunca fiz esse prato. Ganhei uma mandioca da minha mãe lá do anterior do RS e fiquei super a fim de fazer essa receita. Espero que dê certo. Depois te conto.

    Beijinhos.

  15. Oi Lê, faz sim porque você não vai se arrepender, é fácil, deliciosa e recomfortante para este inverno que está fazendo bastante frio.

    Beijinhos à todas!
    Fabiana

  16. Pingback: Dica – costela que desmancha! | Figos & Funghis

  17. Fabi, eu fiz, ficou mesmo uma delícia!! E olha que eu nunca tinha comido, fiquei com vontade só de ler sua receita. Acrescentei tb umas cenouras pra dar um colorido. Obrigada por simplificar tanto as receitas que parecem complicadas… bjos!!

  18. P E R F E I T O !!!! Eu fiz igual está na receita e deu certo. Ficou simplesmente maravilhosa. E eu também tinha medo de arriscar. VALEU !!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *