Bruschettas bem Sicilianas

quarta-feira, 03 de fevereiro de 2010

Em casa uma das comidinhas que mais gostamos é a bruschetta. É uma receita italiana que leva pão italiano grelhado como base e cobertura de tomate em cubos com manjericão. É bem levinha e ao mesmo tempo muito saborosa. Pode ser feita em versão grande para porções individuais e na versão mini para servir como petisco ou entrada. Esta da foto eu retirei do livro Para Comer com as Mãos, da chef argentina Pia Fendrik. O nome da receita é este mesmo, e segundo a autora é a receita original das legítimas bruschettas sicilianas, originária da região da Sicília, na Itália. O trabalho é um pouco maior do que eu costumo ter com as bruschettas que sempre faço, por conta da caponata que tem que ser feita com antecedência, mas vale à pena.
Ingredientes: (rende 4 bruschettas)
4 fatias largas de pão italiano redondo
2 dentes de alho grandes
1 berinjela grande cortada em cubos médios
2 tomates sem pele e sem sementes em cubos médios
1/2 pimentão vermelho sem pele e sem sementes
3 colheres de sopa de azeitonas pretas picadas
3 colheres de sopa de alcaparras
1 pitada de pimenta chilli em pó
1 pitada de pimenta-do-reino moída na hora
6 colheres de sopa de azeite de boa qualidade
2 colheres de sopa de vinagre (usei o vinagre de Mel da Borges)
1 colher de chá de açúcar
sal marinho a gosto
folhas frescas de manjericão
Modo de Preparo:
Para a Caponata: Frite os cubos de berinjela em azeite bem quente até que fiquem douradas. Retire as berinjelas com uma escumadeira e acomode-as sobre 2 camadas de papel absorvente. Cubra com mais 2 camadas e deixe descansando por 20 minutos. Faça uma cruz nos tomates e queime-os sobre a chama do fogão para que soltem a pele. Abra-os ao meio, retire as sementes e corte-os em cubos. Faça o mesmo com o pimentão vermelho, queimando-o na chama do fogão até que solte a pele (parecerá queimado por fora). Caso fique algum fragmento ainda da pele retire-a em água corrente. Misture a berinjela, os tomates e o pimentão vermelho em uma tigela e regue com um fio de azeite. Acrescente as azeitonas, as alcaparras, o vinagre, o açúcar, as pimentas e ajuste o sal. Misture bem e guarde em um recipiente fechado na geladeira por 24 horas. Para montar as bruschettas asse os dentes de alho com as cascas em forno baixo (160º) por 30 minutos. Retire as polpas (que parecerão uma pasta) e esfregue-as sobre as fatias de pão italiano. Aqueça uma grelha e toste as fatias de pão dos dois lados. Retire e cubra com a caponata (fria ou quente, depende de como você prefere). Enfeite com folhas de manjericão fresco e sirva.
Bom Apetite!!
Fabiana Pinfildi

16 Comentários para “Bruschettas bem Sicilianas

  1. Práticas e deliciosas!
    Por aqui só acho pão Italiano bom em 2 padarias que são super longe de casa, mas sempre que tenho esse pão o destino são as bruschettas!
    Bjs

  2. Meninas, obrigada pelos comentários.
    Tati, eu faço com pão australiano também, mas quando a fome aperta e não tem nenhum desses eu uso o pão comun em fatias grossas. Quebra o galho.
    Tamy, este pão italiano redondo tem um sabor bem especial mesmo, mas cuidado com aqueles que tem a casca muito dura. Podem machucar a gengiva (horror!)

    Bjinhos

  3. Adoro as suas receitas. Não voce eu, igualmente uma fã de comida italiana. Vou ter de experimentar fazer as bruschettas desta maneira.

    Beijinhos

  4. Vim agradecer suas visitas no meu EternosPrazeres, dizer que serás sempre benvinda e elogiar seu blog! Quanto capricho, e quanta coisa gostosa muito bem fotografadas,parabéns!
    Estarei sempre por aqui, fonte de inspiração, certamente!
    Abraço
    Renata Boechat

  5. Hum…que essa cozinha tá muito chique ninguém tem dúvidas, né?!!=)
    Até uma torradinha vira uma refeição, fia…
    Vinagre de mel? Ainda não conheço, preciso experimentar…rs
    Um bejim,
    da Vinni

  6. Estava procurando umas bruschettas "básicas" como essa, muito saborosas, essa caponata fica divina, adorei, to levando a receita viu,
    bjs
    Paula

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *