Risoto de Funghi, Abobrinha e Macadâmia

segunda-feira, 30 de novembro de 2009

Amo risotos, mas o de funghi em especial é o meu preferido! Sem dúvida nenhuma. Este aí da foto foi feito a 4 mãos, eu e meu faminto (e também muito exigente) namorado. Tinha um funghi seco chileno que comprei no mercado municipal aqui em SP e estava querendo usá-lo em alguma receita especial. Mas numa sexta-feira sem muita inspiração resolvi mesmo que seria um risoto. Algumas abobrinhas baby na geladeira, um finalzinho de macadâmias que amamos petiscar e pronto. Por que não misturar tudo e ver no que dá? Olha pessoal, o risoto ficou mesmo muito gostoso, mas o melhor de tudo foi que em um dia de cansaço eu vi que posso contar com o meu ajudante, que aliás, finalizou o risoto deixando-o muito mais molhadinho que o meu. Homens na cozinha são uma mão na roda, quando estão de bom humor então…uma maravilha. Recomendo que gritem aos seus também quando precisarem.
Ingredientes:
1 e 1/2 xícara de arroz arbóreo ou carnarolli
80grs de funghi chileno (usamos inteiros, mas você pode picá-los se preferir)
1 taça de vinho branco seco
4 abobrinhas baby cortadas em fatias finas (são mais tenras e saborosas que as grandes)
1 punhado de macadâmias inteiras
1,5 litro de caldo de galinha ou legumes
1 cebola picada
2 dentes de alho amassados
folhas de hortelã fresca (ao seu gosto)
salsa e cebolinha fresca picadas (ao seu gosto)
pitada de pimenta do reino verde moída na hora (momento comédia: meu pequeno ogro nem pensou em usar o moedor e moeu as pobres bolinhas a marteladas com martelo de bater bife…hahah)
flor de sal a gosto para temperar (cuidado na dosagem. O caldo de galinha já é bastante salgado. Pode usar o sal comum também se preferir. Usei flor de sal por ser mais leve e saborosa)
1 colher de sopa de manteiga
1 fio de azeite
Preparo: Em uma panela aqueça o caldo de galinha e mantenha-o bem aquecido durante todo o preparo do risoto. Você pode fazer um caldo de galinha caseiro, mas também pode utilizar aqueles cubos prontos e dissolvê-los na quantidade indicada de água. Quando o caldo de galinha começar a ferver acrescente o funghi. O caldo vai ficar bem escuro e forte, mas é normal. (Tem pessoas que deixam o funghi hidratando e depois desprezam toda a água, que é justamente onde o funghi solta boa parte de seu sabor. Se quiser lavar o funghi, passe-os rapidamente em água corrente apenas para retirar eventuais impurezas e em seguida utilize). Em outra panela inicie o preparo do risoto dourando a cebola na manteiga. Quando a cebola estiver dourada acrescente o alho. Doure bem e acrescente a medida de arroz. Dê uma leve fritadinha no arroz e adicione a taça de vinho branco. Deixe o álcool evaporar e então adicione uma concha do caldo de galinha com o funghi. Vá mexendo bem e conforme a água for secando acrescente mais uma concha até finalizar. Quando o arroz estiver começando a amolecer acrescente a abobrinha, as folhas de hortelã, a salsa, a cebolinha e a pimenta verde moída. Continue mexendo e acrescentando o caldo de galinha e funghi. Se sobrar funghi ainda no caldo retire-os do caldo e passe-os para a panela do risoto. Quando perceber que o arroz está al dente e ainda úmido desligue a panela, acrescente um fio de azeite, as macadâmias e tampe a panela. Deixe descansar por apenas 2 minutos e sirva. Você pode ralar queijo parmesão por cima do risoto se gostar.
Vinho: Neste calor, vou indicar novamente o meu vinho verde preferido: Casal Gracia, vinho português de ótimo custo benefício. Cor amarelo palha claro, com aromas frutais e uma fermentação que lhe permite ter uma leve perlage. Sirva bem gelado!
Dica: Nunca, mas nunca mais comprem funghi nos mercados comuns. Os funghis chilenos vendidos no Mercadão além de enormes e muito macios, tem um preço imbatível. Comprei um pouco mais de 100grs a apenas R$ 8,00, enquanto que naqueles mercados bem conhecidos, um funghi bem tímido e ressecado sái a pelo menos R$ 15,00 por míseras 50 gramas. A flor de sal também é de lá, e o preço ótimo! Portanto, vale a pena abandonar a preguiça e dar um passeio pelo mercadão aos finais de semana.
Bom Apetite!
Fabiana Pinfildi

9 Comentários para “Risoto de Funghi, Abobrinha e Macadâmia

  1. Fá querida! Estava agora dando uma olhadinha no seu site e me deu uma fome…pena que é tarde demais pra me arriscar na cozinha. Mas já vi várias coisas pra fazer no Natal!!
    Depois te falo como saiu…rs…

    Bjs

  2. Linda aparência e textura digna de um ótimo risoto… o tal do montê ficou perfeito hehehe! Tenho várias receitas boas de risoto. Vou votar em você. Bjs e apareça lá no meu blog, será um prazer! Larissa =)

  3. Oi, Fabi! Foi muito legal conhecer você e sua irmã pessoalmente. As duas são lindas!!!
    Eu também adoro risotos, qualquer sabor, mas, cá pra nós, aquele não estava “al dente” achei muito perto de cru mesmo!!!!KKKKKKKKK! Mesmo assim estava saboroso…
    Beijos e ótimo final de semana!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *