Bruschettas no Pão Australiano com Molho Dijon

terça-feira, 10 de novembro de 2009

As bruschettas na minha opinião são tão rápidas, tão fáceis e tão confort food que são frequentadoras assíduas da minha cozinha. São originárias da culinária italiana, na categoria antepastos, sendo as mais famosas as bruschettas tradicionais de tomates, com pão italiano grelhado, tomates e manjericão fresco, nem levam queijo na composição. Creio que eu já tenha feito e experimentado infinitos sabores e combinações para esta receitinha sem segredos. Esta da foto leva como base pão australiano fatiado, tomates débora picados e temperados com alho picadinho, azeite, sal, suco de limão e pimenta calabresa, cogumelos paris em fatias finas e queijo de cabra ralado. Monte as bruschettas nas fatias de pão australiano que devem estar impregnadas por um dente de alho esmagado (mas inteiro) esfregado sobre uma das faces (sendo esta a que receberá a cobertura), e sobre uma assadeira antiaderente. Depois de montadas leve ao forno pré-aquecido a 180º por aproximadamente 5 minutos. Retire do forno, acrescente o queijo e retorne ao forno por mais 3 minutos aproximadamente. Retire, enfeite com folhas de manjericão fresco, regue com azeite e sirva acompanhado de saladinha de baby rúcula e molho de mostarda dijon com mel e vinagre balsâmico. Quer uma confort food mais gostosinha e compensadora para os dias de verão?
Vinho: Fica uma delícia acompanhado de um bom vinho branco seco tipo espumante brut, geladíssimo, mas também adoro o vinho verde português Casal Garcia para harmonizar com essas comidinhas, vinho de cor amarelo palha claro, com finíssimas e discretas bolhinhas naturalmente formadas dentro da garrafa, em razão da fermentação das uvas.
Dica: O pão pode ser variado, trocando-se o pão australiano por pão italiano, pão francês em versão mini, pão integral, de grãos, enfim, depende apenas da sua imaginação.
Bom Apetite!
Fabiana Pinfildi

11 Comentários para “Bruschettas no Pão Australiano com Molho Dijon

  1. Eu também adoro bruschettas. Aqui em casa somos só 2 e sempre sobra pão, então fazemos sempre!
    Essa combinação deve ter ficado divina!
    Ultimamente meu vinho preferido é Casal Garcia! Delícia!!!

  2. Hum faz tempo que estou querendo fazer umas bruschettas, mas só de imaginar que eu vou comer tudo e me empanturrar de pão e penso duas vezes antes de fazer….hehe
    beijinhos

  3. Sou fãzona de mostarda dijon.
    Seu prato está com ar tão chique :) Servir como entrada num jantar, é sucesso garantido, ne (se bem que facilmente ficaria só com o pão)

    bjos, Glau

  4. Bibi, também adoro Bruschettas, principalmente pela facilidade em fazê-las, além de serem uma opção light!!! Aliás, esta da foto fui eu que comi!!! hummm

  5. Nunca tinha pensado em usar pão australiano para fazer bruschetta. Adorei a dica. E esse queijinho de cabra deve dar um sabor todo especial ao conjunto.

  6. Que delícia essa receita de bruschetta!!!
    Pão australiano é sensacional, e ainda por cima com mostarda dijon…nham, nham!!!
    Parabéns!!
    Beijinhos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *