“Tomato Bisque” – Sopa de Tomates

sexta-feira, 16 de outubro de 2009

Me apaixonei perdidamente por esta simples (mas surpreendente) sopinha de tomates em uma viagem e desde então testei algumas vezes diversas receitas diferentes até conseguir reproduzir aquele mesmo sabor e textura que me confortou tanto naquela tarde de muito frio e neve. O lugarzinho era um café bristrot, em NY, na Bleecker St., http://www.cafeangelique.com/ , e a placa na parede oferecia os caldinhos do dia para aquecer o inverno, entre eles um me atraiu, a Bisque de Tomates, ou Tomato Bisque. Não sei se foi exclusivamente a sopa que tornou aquele momento inesquecível, ou se foi uma combinação de fatores: a neve lá fora, o frio, a companhia de quem se ama, uma cidade incrível, enfim, acho que tudo isso junto me faz querer voltar ainda muitas vezes naquele lugarzinho tão charmoso. A tomato bisque surgiu na França, e é costumeiramente consumida por lá.
Pode ser servida fria ou quente. Leva ervas, especiarias, caldos e em algumas receitas um tipo de creme de leite mais pesado. Eu prefiro a versão mais leve, portanto, sem creme de leite. Sugiro que testem, principalmente para esses dias frios de primavera com inverno fora de hora. É super fácil de fazer, embora exija paciência pelo processo de cozimento e redução do caldo. Então vamos à receita:

Ingredientes:
2 kg de tomates maduros e firmes, sem pele e cortados em pedaços
2 cebolas cortadas em pedaços
4 dentes de alho
1 cenoura inteira descascada
1 pedaço médio de aipo sem casca
1 copo de caldo de galinha
2 colheres de sopa de azeite
4 cravos da índia
1 colher de sopa de açúcar
1 punhado de salsa picada
1 colher de chá de folhas de tomilho
sal a gosto
1 pitada de pimenta do reino em pó
folhas de manjericão para enfeitar

Modo de Preparo:

Em uma panela aqueça o azeite e acrescente o alho e a cebola até amolecerem. Em fogo alto, acrescente os tomates e mexa com uma colher de pau para amassá-los. Acrescente o caldo de galinha, a cenoura e o aipo inteiros, os cravos, o açúcar e deixe ferver. Quando ferver, abaixe o fogo e acrescente as ervas, o sal e a pimenta do reino. Cozinhe por  aproximadamente 1 hora para reduzir e engrossar. Desligue o fogo, retire a cenoura, o aipo e os cravos da sopa e despreze. Deixe esfriar um pouco, bata a sopa no liqüidificador e depois passe pela peneira. Se achar necessário, retorne ao fogo para aquecer. Enfeite com algumas folhinhas de manjericão fresco e sirva bem quente.
Dica: Fatie um pão de ciabatta em rodelas e esfregue um dente de alho amassado sobre elas. Disponha as fatias sobre uma assadeira, derrame um fio de azeite sobre elas, tempere com uma pitada de sal marinho, salpique ervas de sua preferência e leve ao forno até que estejam douradas. Sirva como acompanhamento da bisque.
Sugestão de Vinho: A sugestão de vinho para harmonizar com esta receita está melhor detalhada no blog Vinhos de Corte, do Daniel Perches, trata-se de um Syrah Argentino muito macio. Confiram a descrição detalhada fornecida pelo Daniel, vale à pena!
Bom Apetite!
Fabiana Pinfildi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *