Degustação de Azeite

sexta-feira, 02 de outubro de 2009

O azeite de oliva além de delicioso é super saudável, e para quem gosta de comer bem e para quem gosta de cozinhar é um ingrediente indispensável em muitas receitas. Entre as maiores qualidades benéficas do azeite estão a contribuição para a melhora do funcionamento do estômago, do pâncreas, do sistema hepato-biliar e dos intestinos. Além disso, ele estimula a produção de suco hepático, ajudando no esvaziamento gástrico e facilitando a absorção intestinal de vitaminas lipossolúveis e alguns minerais.
Uma pesquisa publicada no Journal of Epidemiology and Community Health, em setembro de 2000, descreve que o azeite de oliva apresenta efeito protetor contra o câncer intestinal.
O azeite é um produto tão importante e tão consumido mundialmente que existem profissionais especializados em degustação de azeites.
Encontrei esta matéria sobre degustação de azeites e achei bem interessante para postar aqui no blog. Matéria retirada do site www.italiaoggi.com.br.
Uma das etapas mais importantes da determinação da qualidade do azeite de oliva é a avaliação sensorial, conhecida como cata. Nessas sessões, são detectados e pontuados os atributos positivos e negativos (caso haja), procurando definir a personalidade do produto.
Quando a sessão de degustação é profissional, uma equipe de seis a oito especialistas (catadores), extensivamente treinados, dá notas ao aroma e ao sabor do produto, atendendo às normas da União Européia. As dicas de degustação a seguir são da Casa do Azeite Espanhol, um centro de serviços criado pela Asoliva (Associação Espanhola da Indústria e Comércio Exportador de Azeite de Oliva), para divulgar o uso do azeite de oliva espanhol no Brasil.
Antes de começar a degustação, é fundamental que olfato e paladar estejam em condições adequadas. São elas:
– O melhor período do dia para realizar uma degustação é pela manhã.
– É recomendável que os degustadores estejam pelo menos uma hora de jejum.
– É importante não ter bebido café nem fumado cigarro, charuto ou cachimbo.
– O ambiente deve estar tranqüilo, sem odores nem pessoas fumando ou que tenham fumado no recinto.
– Os degustadores não devem ter usado perfumes no dia.
Passo a passo da degustação de azeite de oliva virgem:
– Coloque cerca de 20 mililitros do azeite de oliva em um copo pequeno, de preferência opaco – assim a cor do produto não irá afetar o julgamento.
– Com uma das mãos, tampe o copo. Coloque a outra mão por baixo do copo, para aquecê-lo. Permaneça assim por 30 segundos. Esse procedimento irá concentrar os aromas do azeite de oliva, ajudando em sua identificação.
– Aspire os aromas do copo, procurando identificar a natureza de cada um. Dependendo da variedade, podem lembrar ervas recém-cortadas, maçãs verdes, frutos secos, abacate, notas cítricas, entre outros.
– Em seguida, sorva vigorosamente um pouco do azeite – o barulho é desagradável, mas ajuda a perceber melhor todos os sabores do azeite de oliva.
– Você vai notar, em graus diferentes, uma sensação doce na ponta da língua, uma amarga na parte superior e outra picante na base da língua, perto da garganta. Dependendo da intensidade de cada uma dessas sensações e de suas transições, uma história sensorial será contada. Pode agradar ou não, mas um azeite de oliva que proporciona essas sensações tem algo a dizer e merece respeito.
Portanto, azeite em mãos e boa degustação pra todos nós!
Fabiana Pinfildi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *