Tarte Tatin de Banana

Postado em Clássicos, Doces, Fácil, No forno, Receitas de 30 minutos, Receitas Rápidas, Sobremesas, Tortas - 15 de abril de 2014

Tarte Tatin de banana_F&F

Se tem uma fruta que eu acho que fica muito mais gostosa em doces como bolos e tortas do que in natura é a banana. Desde pequena nunca fui de gostar muito de banana, mas as tortas e os bolos de banana sempre me conquistaram.

 

Outro dia eu estava com algumas bananas quase passando na fruteira e fui em busca de uma receita fácil e linda de Tarte Tatin de Banana para usá-las, porque eu não queria dar a elas o mesmo destino de sempre: um bolo de banana. Eis que navegando pelos meus sites preferidos eu encontrei a minha receita eleita, no blog do meu querido amigo Richie, o delicioso “A Cozinha Coletiva”. Aliás, para quem ainda não conhece o blog do Richie e tem uma preferência especial por doces tem que ir até lá correndo. O Richie faz os doces mais lindos e primorosos que eu já vi! É de ficar babando litros….

 

Bom, o Richie como bom confeiteiro que é faz a própria massa para a Tarte Tatin (e se você quiser aprender a fazer no blog dele tem a receita), mas eu como não tenho talento para confeitaria e tenho uma forte tendência à deixar tudo mais prático e mais fácil usei a massa folhada comprada pronta, e também amei o resultado! A  cobertura de bananas caramelizadas fica simplesmente perfeita, deliciosa e irresistível. É facílima de fazer e além de não sujar quase nada fica pronta rapidinho. Quer coisa melhor?

 

Com a Páscoa chegando esta tortinha é uma ótima opção para sobremesa, para se juntar aos muitos ovos e doces com chocolate que surgem nas mesas nesta época do ano.

 

TARTE TATIN DE BANANA  (do blog “A Cozinha Coletiva”)

(serve até 6 porções)

 

Ingredientes:

  • 1 quadrado de massa folhada de aproximadamente 24 x 24 cm
  • 4 bananas maduras descascadas e cortadas ao meio no sentido do comprimento
  • 60g (ou 4 colheres de sopa) de manteiga sem sal
  • 1/2 xícara (chá) de açúcar cristal (a receita original sugere 160g, quase uma xícara, mas eu reduzi)
  • 1 colher (chá) de raspas de casca de laranja
  • 1/4 de colher (chá) de canela em pó
  • sumo de 1/2 laranja (acrescentei por conta própria e gostei do resultado)

 

Modo de Preparo: Preaqueça o forno em 180º. Numa frigideira ou assadeira que possa ir ao fogão e depois ao forno (a minha tem cabo removível) derreta a manteiga em fogo baixo e quando estiver totalmente derretida junte o açúcar, espere derreter e cozinhe por mais uns 5 minutos. Desligue o fogo, ajeite as metades das bananas com o corte virado para baixo, regue com o sumo de laranja, depois com a canela e as raspas de laranja e reserve. Enquanto isso abra a massa folhada sobre uma superfície enfarinhada até conseguir um disco de uns 26 cm, ou um pouco maior que a sua forma e espessura de aproximadamente 0,5 cm. Ajeite a massa sobre as bananas apertando bem as laterais para que a calda não vaze por cima da massa. Faça furos na massa com um palito ou garfo e leve ao forno por 30 minutos ou até que a massa esteja dourada. Retire do forno e desenforme ainda quente para que as bananas não grudem na forma. Sirva quente com uma bola de sorvete ou em temperatura ambiente.

Tarte Tatin de banana2_F&F

Bom Apetite!

 

A mais bela propaganda de comida

Postado em Bate papo na cozinha, Propaganda - 09 de abril de 2014

Ontem recebi de uma amiga pelo Facebook o link para uma matéria com as propagandas produzidas por uma cafeteria francesa chamada Carte Noire e no mesmo instante em que o primeiro vídeo começou a rodar eu me apaixonei! Todo o processo produtivo dos doces é capturado pelas câmeras com riqueza de detalhes, e tudo isso enquanto o café também é preparado. Riqueza em todos os sentidos, visual, sons, cores, texturas, só faltou mesmo o cheiro e o sabor! Pena que a tecnologia ainda não chegou a tanto.

 

Gente, é tanta perfeição, é tanta beleza que eu não podia deixar de compartilhar com vocês aqui. As propagandas não são apenas bonitas, elas dão água na boca, são para quem aprecia comida e para quem aprecia uma bela produção de vídeo como os que a Carte Noire fez. Aqui eu copiei apenas dois vídeos da campanha chamada de “Couleuer Cafe”, o “rosé” e o “rouge”, que são os meus preferidos, mas no YouTube você pode conferir muitas outras propagandas desta mesma cafeteria. E no site da cafeteria há as receitas dos doces que foram produzidos em vídeo na campanha.

 

 

A campanha foi foi eleita pelo AdWeek como a propaganda de comida mais bonita já feita! Eu acredito, e vocês?

 

Aff, babando litros aqui!

Fonte: daqui

 

Carne Louca

Postado em Antepastos, Aperitivos, Carnes, Clássicos, Fácil, Light, Receitas de Família, Sanduíches - 08 de abril de 2014

Carner louca_final_F&F

 

Carne louca é uma receita ultra clássica, é bem antiga mesmo e por isso alguns até a consideram meio demodê, mas pra mim na cozinha não existe isso, as receitas que eu gosto nunca caem de moda, e assim a carne louca da minha mãe, que me acompanha desde os lanchinhos que eu levava no recreio aterrissou por aqui hoje.

 

É uma receita tão fácil de fazer e com ingredientes tão simples que eu acredito que você tenha os ingredientes agora mesmo aí na sua geladeira para preparar esta delícia para o lanche da tarde ou jantar. Uma coisa que eu amo nesta receita da minha mãe é que ela não leva vinagre como muitas outras que eu vejo por aí, o que deixa a carne mais saborosa na minha opinião.

 

Sim, eu sei que todo mundo tem sua própria receita de carne louca, e que talvez até seja bem parecida com esta aqui, mas como nem todos que vem até aqui sabem cozinhar uma receita básica e ultra clássica assim nunca é demais! Sem contar que é linda, super colorida, saudável e deliciosa!

 

CARNE LOUCA DA D. LETÍCIA

(rende aproximadamente 1kg)

 

Ingredientes:

  • 1 peça de lagarto de 1kg, bem limpa
  • 2 cebolas grandes fatiadas
  • 2 pimentões vermelhos grandes
  • 2 pimentões amarelos grandes
  • 1 pimentão verde grande
  • 2 dentes de alho amassados
  • 1 xícara (chá) de azeitonas verdes sem caroço picadas
  • 1 xícara (chá) de salsa fresca picadinha
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • 2 colheres (sopa) de óleo de girassol
  • sal a gosto

 

Modo de Preparo: Numa panela de pressão coloque o óleo e deixe esquentar. Junte a peça de lagarto e sele de todos os lados, dando uma leve fritada até que a parte externa esteja levemente dourada. Junte o alho, e refogue. Cubra com água até passar um palmo da altura da carne, tempere com sal e feche. Cozinhe na pressão em fogo médio por 1 hora, desligue, abra a panela e veja se já está no ponto de desfiar. Se não estiver retorne ao fogo com a panela tampada e deixe mais 30 minutos na pressão, acompanhando sempre para não queimar. Depois desligue, retire a carne e desfie. Enquanto isso em outra panela coloque 2 xícaras da água do cozimento da carne e deixe ferver, Junte então os pimentões já limpos e cortados em tiras, a cebola também em tiras e as azeitonas e cozinhe rapidamente por uns 3 minutos, apenas para dar uma murchada leve. Adicione sal a gosto, mas cuidado porque a carne já estará salgada. Desligue, espere esfriar e monte num refratário camadas de carne desfiada e camadas de pimentões com cebola, e camada de salsinha. Vá regando com um fiozinho de azeite se desejar. Cubra com filme plástico e leve à geladeira até o momento de servir. Esta receita dura até 5 dias na geladeira e meu jeito preferido de servir é com pão ciabatta.

 

Bom Apetite!

 

Frango tem que ser saudável!

Postado em Propaganda, publieditorial - 07 de abril de 2014

Sadia-campanha-do-Juvenal

 

Eu percebo que atualmente as pessoas estão muito mais preocupadas com a alimentação do que há alguns anos atrás. A ameaça de inúmeras doenças causadas em decorrência de uma alimentação desregrada e o risco da obesidade faz com que as pessoas pensem melhor no que vão colocar na mesa da sua casa, e principalmente na escolha dos ingredientes que vão colocar no carrinho do supermercado.

 

E é justamente por isso que a SADIA se preocupa com a qualidade dos seus produtos. O Frango Sadia, por exemplo, é um produto livre de hormônios e de conservantes, e todo seu processo de produção é acompanhado pelo Programa Garantia Total Sadia, que segue todas as normas desde a granja até o supermercado, para garantir que a sua família possa ter um produto de qualidade na mesa.

 

Você sabia que  o Frango Sadia é criado em ambientes espaçosos e arejados, onde os animais tem livre trânsito e é tudo muito limpo. As aves  tem acompanhamento de veterinários, zootecnistas e técnicos, e qualquer eventualidade eles estão a disposição.

 

A alimentação é  rica em vitaminas e minerais, com nutrientes específicos para cada fase da vida.

Campanha Sadia

Os produtos  Sadia são inspecionados um a um, com o menor contato físico possível. E são congelados rapidamente, o que dispensa a utilização de conservantes. O transporte do Frango Sadia já embalado para ir para o supermercado é feito também de forma cuidadosa, em caminhões frigoríficos com temperatura interna adequada para que a carne esteja sempre fresquinha quando chegar à mesa. Estes são apenas alguns dos cuidados que envolvem o preparo do Frango sem Hormônio da Sadia.

 

Além disso, o frango é um alimento rico em proteínas, que oferece todos os aminoácidos essenciais necessários ao bom funcionamento do nosso organismo e é uma carne de fácil digestão.  O frango também é amigo da dieta, por ser uma carne magra, com baixo teor de gorduras totais e saturadas, e bons níveis de gorduras insaturadas, o que garante proteção ao coração e ajuda a prevenir doenças cardíacas.

 

Por tudo isso é que aqui em casa nós consumimos bastante frango, principalmente nas refeições em dias de semana que tem o propósito de serem mais leves e mais saudáveis. E agora eu fico muito mais tranquila em saber que o frango que eu sirvo para a minha família é um frango de qualidade e que não oferece riscos à nossa saúde. Desse jeito a clássica dupla frango com saladinha fica ainda mais saborosa, sem preocupações, porque eu só quero o melhor, eu só quero frango sem hormônio, sem conservantes e cheio de vitaminas!

 

E você? O que faz para cuidar bem da alimentação da sua família?

 

Saiba mais em http://bit.ly/1kxQtc8

 

artigo-patrocinado_F&F

Bolo de Chocolate com peras

Postado em Bolos, Clássicos, Comfort Food, Doces, Fácil, No forno - 01 de abril de 2014

Bolo de chocolate com pera

Hum, pois é…vocês bem sabem como eu gosto de um bolinho! O escolhido da vez foi  este bolo lindo e irresistível de chocolate com peras, que caramelizam enquanto o bolo assa e cresce :)

 

Bom, o bolo de chocolate é um clássico né, há infinitas receitas pra ele, e todos defendem o seu, então vou defender o meu também! hahahah. Falando sério, a massa deste bolo é divina, fica fofinha e leve, macia, saborosa – o melhor: SABOR DE CHOCOLATE!!! e tem pedacinhos de pera no meio. Preciso dizer mais? Ah sim, preciso dizer que a pera grande cortada ao meio e colocada sobre o bolo fica um charme mas também fica deliciosa, o bolo perde um pouco do glamour sem ela. Ah, não gosta de pera? Pois saiba que esta combinação com o chocolate é perfeita, mas se não quiser tentar pode substituir por banana, maçã e ou frutas secas da sua preferência.

 

Outra coisa, eu não sei vocês, mas eu adoro esta carinha de bolo rústico que fica todo rasgadinho na superfície, ele dá a certeza de que a massa cresceu, deixando o bolo leve e fofinho. Sim, esta é a minha receita preferida de bolo de chocolate, aquela que não pode faltar no repertório culinário de nenhuma mulher que se preze no planeta (afinal mulher precisa saber fazer ao menos um bolo de chocolate, eu acho! kkkk). Você não sabe? Não, não fica chateada, eu te digo que é fácil, bem fácil de aprender e acertar. Vem comigo!

 

BOLO DE CHOCOLATE COM PERAS 

 

Ingredientes:

  •  3 xícaras (chá) de farinha de trigo com fermento
  • 1/2 xícara (chá) de cacau em pó (sem açúcar, não é achocolatado)
  • 1 xícara (chá) de açúcar (eu gosto mais do orgânico ou mascavo, mas pode usar o comum)
  • 2/3 xícara (chá) de leite
  • 1/2 xícara (chá) de óleo (de coco ou de girassol)
  • 2 ovos grandes
  • 1 colher (sopa) de canela em pó
  • 1 colher (chá) de extrato ou essência de baunilha
  • 3 peras grandes sem sementes picadas em cubos
  • 1 pera grande cortada ao meio

 

Modo de Preparo: Em uma tigela misture a farinha com o cacau, o açúcar e a canela e mexa. Em outro recipiente misture com um garfo ou fouet os ovos, o óleo, o leite e a essência de baunilha. Acrescente os ingredientes úmidos aos secos e mexa até ficarem bem incorporados. Unte uma forma redonda sem buraco ou de bolo inglês com manteiga e polvilhe farinha e canela.  Despeje metade da massa do bolo de chocolate na assadeira, faça uma camada por cima com as peras picadas e depois coloque a outra metade da massa. Ajeite a pera cortada ao meio bem no centro do bolo e asse por 40 a 50 minutos a 190º ou até passar no teste do palito. Retire do forno e espere esfriar para desenformar.

 

Bolo de chocolate com peras

 

Bom Apetite!

Salmão assado com salada morna de lentilhas e beterraba

Postado em Fácil, Light, No forno, Peixe, Pratos Principais - 25 de março de 2014

Salmão assado com salada morna de lentilhas e beterraba

 

O salmão além de ser um peixe bastante nutritivo é muito versátil de preparar e aceita infinitas combinações e formas de servir, mas uma das minhas formas de preparo favoritas é servir este delicioso peixe acompanhado de grãos, pois torna o prato uma refeição completa, leve e cheia de sabor. O grão escolhido da vez foi a lentilha, e como o tempinho está finalmente esfriando por aqui a salada morna de lentilhas com cubos tenros de beterraba assada com azeite, caiu perfeitamente bem. Para finalizar este prato ainda usei pimentões vermelhos confitados e croutons de pão australiano, o que conferiu à receita um quê de sofisticação, tornando-o uma ótima opção para aquele jantar em que se quer impressionar alguém em especial.

 

O preparo como sempre é bem simples e na verdade o prato é muito menos elaborado do que parece ser. Se você não gostar de lentilhas pode substitui-las por ervilhas frescas, grão-de-bico, quinua, cevadinha ou o que mais julgar que combine aqui. Seu problema é com a beterraba? Bom, preciso informar que você não sabe o que está perdendo em não provar a beterraba desta forma assada com azeite e ervas, pois é simplesmente divina! Mas, se quiser continuar torcendo o nariz basta substituir por mandioquinha, brócolis ou o legume que preferir. O salmão também pode ser substituído por bacalhau ou badejo, mas dê preferência para peixes de postas altas, assim você garante a suculência e maciez da carne, essencial neste prato.

 

SALMÃO ASSADO COM SALADA MORNA DE LENTILHAS, BETERRABAS E MANJERICÃO, COM PIMENTÕES CONFITADOS E CROUTONS

(serve duas pessoas)

 

Ingredientes:

 

Salmão:

  • 2 postas grandes e altas de salmão ou outro peixe de posta alta, de aproximadamente 250g cada
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 2 colheres (sopa) de vinho branco seco (ou sumo de limão)
  • pimenta moída na hora a gosto
  • sal a gosto

 

Salada Morna de lentilhas e beterraba assada:

  • 1 xícara (chá) de lentilhas
  • 2 beterrabas pequenas descascadas e cortadas em cubos médios
  • 1 cebola pequena bem picada
  • 1 dente de alho bem picado
  • 1 colher (sopa) de óleo de girassol
  • 1 fio generoso de azeite
  • alecrim e tomilho frescos a gosto
  • salsa fresca picada a gosto
  • sal a gosto

Salmão assado com salada morna de lentilhas_2

 

Modo de Preparo: Misture o vinho, o azeite, a pimenta e o sal e pincele sobre todo o pedaço de salmão. Deixe marinando por 1 hora. Numa panela pequena refogue a cebola e o alho no óleo de girassol. Junte a lentilha já lavada e cubra com 2 xícaras de chá de água ou caldo de sua preferência. Espere levantar fervura, reduza o fogo e cozinhe por 20 minutos, ou até que a lentilha esteja macia, mas ainda al dente. Enquanto a lentilha cozinha espalhe a beterraba sobre uma assadeira, regue com azeite e salpique alecrim e tomilho frescos e sal a gosto. Misture bem para que os pedaços absorvam o tempero e leve ao forno preaquecido a 180º por 30 minutos. Retire a beterraba do forno e num bowl misture com as lentilhas já cozidas. Utilize o tempero da beterraba que ficar na assadeira na salada. Reserve.  Asse o salmão em 200º por 20 minutos, ou até que a superfície esteja levemente dourada. Monte o prato com a salada morna por baixo, o salmão assado por cima e finalize com tiras de pimentão vermelho confitado em azeite, croutons de pão feitos na hora  aproveitando o forno já aquecido e folhas de manjericão fresco a gosto. Sirva em seguida.

 

Bom Apetite!

 

Dica rápida Parte I – alho assado e ervas frescas

Postado em Dicas - 17 de março de 2014

dica alho assado

 

Há tempos que eu queria ter uma coluna aqui no blog só de dicas de cozinha. Tudo bem que elas vivem pipocando por aqui num e noutro post, mas ter um canto só pra elas é uma forma bem prática e divertida de ter “mini pílulas” de informação útil para facilitar a vida na cozinha. E quem não gosta de ganhar daquela tia avó, da colega de academia e da vizinha de fila do supermercado uma dica bacaninha de cozinha? Eu adoro, e se você nunca bateu papo e trocou dicas de cozinha na fila do supermercado não sabe o que está perdendo! (#soudessas :))

 

Pois então, hoje a dica é fazer alho assado, ou na brasa da churrasqueira que foi acesa para o churrasco ou no forno. Eu simplesmente amo fazer alho assado, seja para aproveitar uma bela assadeira de legumes para um jantar rápido em dias de semana, seja para incrementar um purê de batatas, um patê frio ou ainda para acompanhar um medalhão ou uma carne assada. Alho assado é tudo de bom, e além de ser muitíssimo saboroso ele fica suave, perde aquele sabor forte que lhe é tão característico quando está cru ou cozido junto com o alimento e que alguns acham indigesto. A textura do alho assado também é incrível, ele fica mais parecendo um alho confitado, que derrete na boca e quando amassado torna-se um purê…é o puro purê do amor! Ah, e tem mais, se for conservado em azeite e armazenado em um vidro fechado com tampa pode durar até uma semana na geladeira.

 

ALHO ASSADO

Do que você vai precisar:

 

  • 1 quadrado de papel alumínio de 20 x 20cm aproximadamente
  • 1 cabeça de alho inteira, com dentes grandes
  • 1 bouquet garni com louro, tomilho e alecrim
  • 3 colheres (sopa) de azeite
  • pimenta moída
  • flor de sal a gosto

 

Como fazer: Coloque a cabeça de alho sobre o papel alumínio, delicadamente abra um espaço no centro da cabeça de alho, dobre a folha de louro e coloque-a dentro desta cavidade. Depois adicione nesta mesma cavidade 1 ramo de tomilho e 1 de alecrim. Regue tudo com azeite, polvilhe a flor de sal e feche o papel alumínio fazendo uma trouxinha e deixando um espaço para o ar circular. Leve para assar sobre a grelha da churrasqueira por 15 minutos ou no forno preaquecido em 180º por 40 minutos.

 

dica ervas frescas

ERVAS FRESCAS

Para esta dica da receitinha de alho assado foi usado apenas um ramo pequeno de cada erva fresca, então imagine que você queira fazê-la na sua casa usando os mesmos ingredientes e depois não sabe o que fazer com toda aquela erva fresca que sobrou. Para evitar desperdício o ideal é ter uma pequena horta de ervas na sua casa em vasinhos na varanda, pendurados na janela ou ajeitados sobre a pia da cozinha. Aqui em casa eu tenho a minha própria horta de ervas frescas, mas o condomínio onde eu moro também teve uma iniciativa super bacana de preparar uma horta de ervas com a ajuda das crianças para que todos os moradores pudessem usufruir, e se acontece de eu precisar de alguma coisa e não ter posso ir até lá buscar apenas a quantidade certa que vou precisar. Assim teremos ervas frescas sempre e com a possibilidade de serem colhidas na hora. E eu garanto, nada se equipara ao aroma delicioso de ervinhas frescas colhidas na hora :)

 

Espero que tenham gostado da nossa nova coluninha de dicas rápidas aqui no blog! Até a próxima!

 

Boa semana!!!

 

Bacalhau na Brasa

Postado em Bacalhau, Clássicos, Fácil, Peixe, Pratos Principais - 13 de março de 2014

Bacalhau na Brasa_F&F

 

Como vocês sabem aqui em casa nós amamos bacalhau! Prova disso são as inúmeras receitas com este delicioso peixe aqui no blog, com muitas opções diferentes na forma de preparo em pratos que vão dos petiscos aos pratos principais, e hoje trago mais uma forma diferente e super prática de preparar o bacalhau: na brasa!

 

E tem coisa mais gostosa do que reunir a família e os amigos em um domingo de sol e colocar o carvão na churrasqueira? Bom, pelo menos pra mim é um dos programas mais gostosos aos finais de semana, e olha que nem gaúcha eu sou hein…hahahaha. Se bem que hoje o churrasco já é um patrimônio nacional né gente, o país inteiro ama! Foi num desses dias ensolarados que resolvemos colocar um bacalhau na brasa para fazer companhia às carnes e aos deliciosos legumes que não podem faltar num churrasco aqui em casa. Sim, eu amo churrasco mas amo ainda mais aproveitar a brasa quente para grelhar uns legumes, e os meus preferidos do coração são: cebola, pimentão vermelho, abobrinha e berinjela. Você pode colocar qualquer tipo de legumes ou vegetais na brasa, mas estes ficam especialmente bons.

 

Voltando ao bacalhau, não há dificuldade alguma para o preparo dele na brasa, apenas uma dica preciosa: quando eu faço bacalhau na brasa eu o deixo de molho em uma marinada de azeite aromatizado de um dia para o outro, isto garante um sabor muito especial ao peixe assado. A mesma marinada pode ser feita se você quiser aproveitá-la para um bacalhau ao forno, mas seu uso não é tão essencial quanto para o bacalhau feito na brasa.

 

BACALHAU NA BRASA EM MARINADA DE AZEITE AROMATIZADO

(serve 6 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 1 filé grande de bacalhau com a pele de aproximadamente 1,5kg
  • 1 xícara (chá) de azeite
  • 3 dentes de alho amassados
  • 2 folhas de louro
  • 1 colher (chá) de grãos de pimenta rosa
  • 1 colher (chá) de grãos de pimenta preta
  • 1 ramo de tomilho
  • sal a gosto (cuidado com o sal pois mesmo dessalgado o bacalhau ainda guarda um pouco do sal)

 

Modo  de Preparo: Na véspera do preparo coloque o bacalhau em um refratário baixo e regue co, o azeite e adicione todos os outros temperos. Cubra com filme plástico e leve à geladeira até o momento de preparar o peixe. Quando a brasa estiver bem quente coloque o bacalhau sobre uma folha de papel alumínio com a pele para baixo sobre a grelha da churrasqueira e deixe por 20 minutos, depois retire o papel alumínio debaixo do peixe e deixe por mais 30 minutos, ou até que a superfície esteja levemente dourada, a pele crocante e a carne se desfazendo em lascas na parte de dentro. Sirva em seguida.

 

Dica: Para fazer na brasa eu recomendo o uso do bacalhau tipo ling ou o macrocephalus, que são tipos “menos nobres” (se é que se pode dizer este sacrilégio sobre o bacalhau) de bacalhau, pois o gadus morhua (conhecido também como imperial, do Porto, etc) é considerado um tipo muito nobre de bacalhau para ser preparado na brasa e deve ser valorizado com receitas preparadas no forno ou confitados, ou ainda na tradicional receita à portuguesa.

 

Se quiser saber mais sobre bacalhau e tirar algumas dúvidas sobre este delicioso peixe acesse esta matéria esclarecedora que conta muito sobre ele, clicando AQUI

 

É isso aí! Viram que moleza? Por isso que eu disse que o segredinho está na marinada, fazer um tempero caprichado na véspera e deixar o bacalhau curtindo nele faz com que o sabor fique absolutamente espetacular :) Então que tal um deste para este final de semana?

 

Bom Apetite!

Bife de Panela

Postado em Carnes, Clássicos, Dicas, Fácil, Pratos Principais, Receitas de Família, Receitas Rápidas - 06 de março de 2014

Bife de Panela_F&F

 

Esta receitinha além de ser muito fácil é daquele tipo de receita que pode ser preparada com qualquer corte de carne, até mesmo aquelas que são mais durinhas, já que é toda preparada na panela de pressão.

 

Aqui em casa eu preparo a carne desta forma quando quero fazer um ragu no molho vermelho para massas. Isto fica especialmente bom com massas longas e o spaghetti com ragu é um clássico. Dá para aproveitar carne que sobrou do churrasco (porque nem toda sobra de churrasco deve ser condenada a virar arroz carreteiro né?), aquele corte de coxão mole ou até mesmo o duro que estava numa super promoção no açougue e por aí vai.

 

Outra coisa que eu amo nesta receita é que como a carne é cozida na panela de pressão já com o molho, basta colocar todos os ingredientes na panela, fechar e aguardar que esteja pronta. Além disso é uma receita versátil já que pode ser servida assim como prato principal acompanhada da clássica dupla arroz com feijão, ou com purê de batatas, ou como ragu de uma massa, ou ainda como acompanhamento de um risoto ou recheio de torta. Me lembro que quando eu era criança e minha mãe tinha pouco tempo para preparar nossos almoços por conta da rotina atribulada que implicava em cuidar de 2 filhas pequenas ela preparava muito este bife de panela pra nós, e amávamos quando ela cozinhava batatas junto com a carne, ou quando servia sobre um delicioso purê bem quentinho e cremoso. Enfim, praticidade é a palavra que eu gosto de usar para definir esta receita.

 

BIFE DE PANELA 

(server 4 pessoas)

 

Ingredientes:

  • 600g de bife bovino (pode ser contrafilé, coxão mole, coxão duro, cupim, maminha)
  • 1 fio de óleo vegetal
  • 1 lata de tomates pelados picados
  • 1 cebola grande bem picada
  • 1 medida da lata de tomates de água
  • 1 cenoura grande descascada e cortada em cubinhos
  • 3 dentes de alho amassados ou espremidos
  • 4 colheres (sopa) de vinho tinto
  • 1 pedaço de bacon bem picadinho (opcional)
  • 1/2 xícara (chá) de salsa fresca picada

 

Modo de Preparo: Na panela de pressão coloque o fio de óleo (se for usar bacon nem precisa do óleo ok?) ou o bacon e aqueça. Se estiver usando bacon deixe fritar e junte a cebola, o alho e a cenoura e refogue por alguns minutos até que a cebola esteja começando a dourar. Junte os bifes e com a ajuda de um garfo de cabo longo vá virando-os para que selem de todos os lados. Em seguida regue com os tomates pelados picados e seu suco, junte a água, a salsinha picada, o vinho tinto e tampe a panela ainda em fogo alto. Depois que a panela pegar pressão e começar a chiar abaixe o fogo para a chama média e conte 30 minutos. Depois deste tempo desligue o fogo e aguarde a pressão sair para abrir a panela. Sirva a carne quente como prato principal ou desfie para fazer ragu.

 

Bom Apetite!

 

Batatas Assadas com Recheio Cremoso de Frango

Postado em Aves, Comidinhas, Fácil, Frango, Light, No forno, Pratos Principais - 25 de fevereiro de 2014

Batata Recheada com Frango_F&F

 

Na minha lista de pratos facílimos e muito práticos para os dias de muita pressa e pouco tempo para a cozinha está com certeza a batata assada recheada.  Eu sou fã de pratos assim, que além de serem rápidos e fáceis, ainda salvam a refeição também no quesito sabor, e permitem modificações de acordo com o que tiver disponível no momento. Foi num desses dias cheios e sem muito tempo para a cozinha que nasceu esta batata assada recheada à base de frango desfiado, porque não só de torta precisa “viver” o coitado do frango desfiado né não?!

 

Tudo começou com uma porção de frango desfiado meio que sem destino na geladeira, duas batatas grandes, um pouco disso, outro pouco daquilo e foi uma jantinha deliciosa com o que eu tinha, acompanhada de uma saladinha de mini agrião temperada com molho de limão e hortelã. O preparo em si é muito rápido, o que leva um pouquinho mais de tempo é o forno, mas até aí não é preciso fazer nada, apenas esperar.

 

E não corra o risco de avaliar por baixo o resultado só porque o modo de preparo é simples e rápido, não se engane! A tal da batata não faria feio se servida em porções mini (usando então mini batatas, claro) como entrada num jantar para a família ou amigos. Os franceses que são os finos servem batatas em muitas receitas chiquérrimas e tradicionais, então por que também não poderíamos abusar dela, concordam?

 

BATATAS ASSADAS RECHEADAS COM FRANGO CREMOSO

(rende 4 porções)

 

Ingredientes:

  • 2 batatas grandes com a casca
  • 1 xícara (chá) bem cheia de peito de frango desfiado (ou 1/2 peito de frango cozido e desfiado)
  • 2 colheres (sopa) de queijo cottage
  • 4 colheres (sopa) de creme de ricota (ou cream cheese, ou requeijão light)
  • 1 colher (chá) de azeite
  • 1 colher (chá) de tomilho e alecrim bem picados
  • 1 colher (sopa) de salsinha fresca picada
  • pimenta e sal a gosto
  • parmesão para gratinar

 

Modo de Preparo:lave bem as batatas com a casca, seque e leve ao forno preaquecido em 190º por 40 a 50 minutos (tudo depende do seu forno, como sempre). Quando as batatas estiverem macias por dentro retire-as do forno, corte-as ao meio no sentido do comprimento e retire parte da polpa das batatas com uma colher e reserve, deixando a casca com 1 cm de espessura. Numa tigela misture o frango desfiado, o queijo cottage, o creme de ricota, a polpa das batatas reservadas, o azeite, as ervas, a pimenta e o sal e misture bem. Distribua este creme de frango desfiado dentro de cada metade das batatas, cubra com queijo parmesão e retorne ao forno por mais 10 minutos. Sirva bem quente acompanhada de salada ou uma carne grelhada da sua preferência.

Batatas recheadas com frango_F&F

 

 

Bom Apetite!